CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 246 - Um por todos e todos por um!

O Último Herdeiro Da Luz (UHL)

Capítulo 246 - Um por todos e todos por um!

Autor: Rafael Batista | Revisão: O título ficou ruim!!!!

Turop...

Nove horas se passaram desde que o Gaspar foi pego pela barreira dimensional do Coronel Vargas. Sempre que ele tentava escapar da dimensão em que estava, ele era pego por uma armadilha que o levava de volta para aquele lugar.

Somente após longas nove horas que ele conseguiu sair e reencontrar o caminho para Turop...

A cerca de um quilômetro da 'Montanha Sagrada', Gaspar reapareceu e encarou o lugar enquanto murmurava: "Vargas... Seu maldito! O que você está fazendo aí? Você está tentando acabar com o mundo?"

Analisando toda a montanha, Gaspar viu que a alternativa mais rápida a sua disposição seria colocar tudo abaixo, porém, ciente do que havia naquele lugar e do perigo que aquilo poderia representar, ele abdicou da idéia.

O jeito era encontrar uma forma de quebrar a barreira ou burlá-la.

Foi enquanto ele pensava em uma forma de fazer aquilo, que uma voz familiar soou de um amuleto de transmissão sonora em seu bolso...

"Mestre... Eu preciso da sua ajuda! Eu estou em Turop..." A voz era baixa, como se o dono dela estivesse cochichando.

"Hummm..." Imediatamente, Gaspar fez uma expressão confusa e perguntou: "O que você está fazendo aqui?"

----------------------------------------------------------------------------------

Há duas horas, na dimensão da arena...

*Poof.* *Poof.*  *Poof.* *Poof.* *Poof...*  Exaustos, diversos corpos caíram ao solo. Ainda com vida, os donos daqueles corpos estavam ofegantes e esparramados pelo chão.

"Uaaaaaaaaaaa..." Quase que instantaneamente ao cair daquelas pessoas, gritos de comemoração e uma ensurdecedora salva de palmas ecoou por toda  arena.

Aqueles que caíram ao solo eram os jovens do 'Clã Da Graça', que  após horas de refino finalmente exauriram todas as suas forças e recursos.

Enquanto todos a redor aplaudiam e exaltavam eles, Zao Tian, que estava no centro deles permanecia sentado, totalmente concentrado no refino...

Sem sequer perceber o que estava acontecendo ao seu redor, Zao Tian refinava sem parar, até que uma mão encostou em seu ombro...

O Tenente Jones balançou  Zao Tian, como estivesse tentando acordá-lo e disse: "Zao Tian... Você já pode parar!"

Finalmente o Zao Tian retomou os sentidos e pôde ouvir todo o barulho que o cercava...

"O que está acontecendo?" Zao Tian perguntou.

"Vocês conseguiram! Todos foram curados ou imunizados!" Com um largo sorriso no rosto, o Tenente Jones respondeu.

Zao Tian, por sua vez, olhou ao seu redor, viu milhares de pessoas nas arquibancadas, e perguntou: "Quantos nós perdemos?"

O Tenente Jones fez uma expressão séria e respondeu: "Cento e três pessoas!"

"Como eles se foram?"  Zao Tian perguntou enquanto tentava disfarçar a sua surpresa. Ele pensava que muito mais pessoas tinham sucumbido.

"Eles eram pessoas já debilitadas, que não resistiram ao tratamento, mas eles sofreram o mínimo possível!" O Tenente Jones respondeu.

Zao Tian fez uma expressão complicada e comentou: "Infelizmente isso era inevitável..."

Imediatamente, o Tenente Jones concordou com a cabeça, mas falou: "Isso foi inevitável, mas sem vocês aqui, seria impossível! Vocês salvaram as vidas de todos aqui!"

Zao Tian acenou com a cabeça e comentou: "O plano do 'Olho' era infalível!"

O Tenente Jones deu sorriso de canto e respondeu: "E é por isso que eles não esperarão um reviravolta..."

Enquanto o Tenente Jones dizia aquilo, ele apontou para o solo e Zao Tian pôde ver algumas linhas desenhadas pelo chão, a perder de vista.

"Vocês conseguiram!?" Zao Tian comentou num tom de surpresa.

"Sim, nós conseguimos!" O Tenente Jones respondeu enquanto olhava para toda a arena.

Zao Tian por sua vez, fez uma expressão complicada e comentou: "Isso é bom, mas... Nós ainda temos que convencê-los a colaborar com o que está por vir..."

Assim que aquelas palavras caíram, o Tenente Jones deu um riso de canto e sacudiu lentamente a cabeça enquanto dizia: "Você ainda não faz a menor idéia do que fez aqui, não é?!

Zao Tian fez uma expressão confusa e questionou: "Como assim?"

O Tenente Jones apontou para as pessoas que aplaudiam e respondeu: "Tudo isso é para você! Experimente pedir algo a eles... Eu garanto que você nunca receberá um 'não'!"

*Poof.* Enquanto o Tenente Jones terminava dizer aquilo, Zao Tian escutou o som de alguém se ajoelhando ao seu lado...

"Jovem Zao Tian... Você e o 'Clã Da Graça' têm a minha gratidão e de todos aqui e... Se for necessário como pagamento, vocês têm a minha servidão!" Com uma voz emocionada e lágrimas de alegria escorrendo pelo rosto, Grim, o prefeito de Turop, se prostrou de joelhos ao Zao Tian e disse essas palavras.

Surpreso com aquilo, Zao Tian olhou ao seu redor e viu os seus concorrentes do torneio fazendo o mesmo que o prefeito...

"Uma dívida de vida tem que ser paga! Por favor, me diga o seu preço!" Ragnar, ficou sobre o joelho direito e falou.

"A minha espada está a sua disposição!" Ryuuji também ficou sobre um dos joelhos e jurou.

"Humph. Eu não irei me ajoelhar, mas eu confesso que te devo uma..." Tyrone cruzou os braços e falou num tom contrariado.

"Eu estou sob as suas ordens!" Joster se curvou e jurou.

"O que você precisa de mim?" Cruz perguntou com um largo sorriso na cara.

Esses cinco e o prefeito foram os primeiros a surpreender Zao Tian, porém, um a um, aqueles a sua volta iam fazendo o mesmo, prometendo as suas vidas para pagar aquela dívida.

Os olhos do Zian Tian tremiam enquanto ele percebia a dimensão do que tinha feito naquela arena. Aquele era um momento único de orgulho, nobreza e altruísmo. Qualquer pessoa ficaria paralisada e com o coração acelerado quando visse ou vivesse aquilo, porém...

"Moleque... Faça isso parar! Isso está ficando patético!" Gold, que há algum tempo estava calado, finalmente decidiu expor o seu ponto de vista.

Com aquelas palavras, o momento mágico de Zao Tian foi imediatamente interrompido e ele só conseguiu responder... "Cara... Você não pode ver ninguém feliz, não é!? Você tinha que estragar o momento!?

Gold, por sua vez, respondeu num tom sarcástico: "Olhe para isso... Vai levar uma eternidade até que todos se ajoelhem! Eles podiam muito bem fazer isso todos de uma vez, mas não... Eles têm que fazer essa maldita e dramática cascata..."

De uma forma bizarra, Zao Tian, observou aquelas pessoas se ajoelhando em cascata e surpreendentemente concordou com o Gold: "Não é que você está certo!? Porque eles não fazem isso de uma vez? Parece um roteiro de teatro..."

"Eu não falei!?" Gold respondeu enquanto ostentava uma expressão de sabedoria.

"Esse é teatro da vida!" Zao Tian fez a mesma expressão de sabedoria e filosofou.

Imediatamente, a expressão do Gold mudou e ele respondeu: "Teatro da vida é caralho! Eu lá tenho cara de ator?"

Da mesma forma que aconteceu com o Gold, a expressão do Zao Tian mudou instantaneamente e ele respondeu, provocando: "Você tem cara de vilão!"

"Hahahaha..." Gold deu uma risada irônica e respondeu: "Eu prefiro ser um vilão do que ser uma árvore... Como você... Moleque planta!"

"Por que eu ainda insisto em conversar com você..." Zao Tian coçou a cabeça enquanto dizia.

"Cale a boca e faça esse povo se levantar! Eu estou ficando entediado!" Gold respondeu num tom impaciente.

"Huff..." Zao Tian suspirou, antes de olhar para Grim e os outros e dizer: "Por favor, levantem-se! Nós ainda temos muito trabalho pela frente!"

Depois de dizer aquilo, Zao Tian focou-se no Cruz e perguntou: "Cruz, o Tenente Jones te explicou o que queremos que faça?"

Cruz se levantou enquanto coçava a cabeça e respondia: "Ele me explicou tudo, mas eu não sei se funcionará..."

"Essa não é uma opção!" Zao Tian respondeu, antes de explicar: "Ninguém abrirá aquele portal se ninguém souber que não há mais uma praga aqui! Com o passar do tempo, a fome e a sede começará a matar todos nós!"

"Eu entendo, mas eu preciso entender melhor... Para o que eu devo me preparar?" Cruz perguntou.

Com um expressão complicada, Zao Tian explicou: "Você será o centro da 'Matriz Da União'... Assim que ela for ativada, a energia espiritual de todos aqui convergirá para você. Prepare-se para liberar tudo de uma vez, senão, o seu corpo não suportará tanto poder e você será transformado em pó..."

"Esse é o problema..." Cruz ergueu as sobrancelhas, antes de dizer: "Essa quantidade de energia espiritual... Mesmo liberando tudo, eu não acho que vou conseguir manter um portal por tempo o suficiente para todos passarem... Se é que eu conseguirei criar esse portal..."

Zao Tian acenou com a cabeça e respondeu: "Esse é um outro problema que temos que resolver... Nós teremos que enviar alguém que consiga a ajuda necessária para nos tirar daqui..."

Cruz imediatamente fez uma cara feia ao perceber que aquele que saísse deveria ser capaz contatar um Santo. Coisa que dificilmente estaria ao alcance de qualquer um ali.

"Eu vou!" Grim não titubeou e se ofereceu, antes de falar: "Eu sou o prefeito da cidade e esse é o meu dever! Além do mais, uma transmissão minha tem maiores chances de chegar ao Momoa ou a algum Santo capaz de tirar todos daqui!"

O prefeito da cidade seria a melhor opção possível, porém, Zao Tian prontamente recusou: "Prefeito, me desculpe, mas o senhor não é a pessoa adequada para essa missão!"

Grim ficou chocado com aquela recusa, mas antes que ele questionasse, o Tenente Jones interveio: " Prefeito, o Zao Tian está certo... Nós não sabemos o que está acontecendo lá fora... Pode ser que Turop esteja sob ataque ou até mesmo tenha sido tomada!"

"O senhor não conseguirá se defender lá fora e muito menos se esconder! O seu rosto é muito conhecido lá fora!" O Tenente Jones encerrou.

Apesar de não ser a sua vontade, Grim concordou com a explicação do Tenente Jones e respondeu: "Você está certo, Jones! Você irá no meu lugar!"

O Tenente Jones acenou com a cabeça, mas, de novo, Zao Tian recusou: "O Tenente Jones também não é uma boa opção! Pelo menos não por enquanto"

"Por que?" Grim e o Tenente Jones perguntaram simultaneamente.

Zao Tian respondeu calmamente: "As comunicações com o exterior de Turop certamente estarão bloqueadas, sendo assim, aquele que for terá que escapar sorrateiramente da cidade e tentar se comunicar. E isso é algo fora de alcance para o Tenente Jones!"

"Os 'Salvadores' odeiam o Tenente Jones tanto quanto a mim, e assim que ele aparecer, começarão a atacá-lo e ele ficará batalhando por um tempo que não podemos perder. Sem dizer que eles saberão que têm sobreviventes aqui..."

"Aquele que sair tem que ser capaz de tirar todos nós daqui, de uma só vez!" Zao Tian completou.

"Eu vou!" Como se fosse um déjà vu, outra pessoa se ofereceu.

"Parem de se oferecer! Nós temos que pensar na melhor..." Irritado, Zao Tian começou a xingar enquanto se virava para o dono da voz, porém, assim que ele viu quem era, ele pausou a sua fala e fez uma cara confusa, antes de perguntar: "Você? Por que diabos mandaríamos você?"

A pessoa e questão era o Joster, que caminhava na direção do Zao Tian enquanto dizia: "Porque eu sou o único aqui que têm contato direto com um Santo!"

"É mesmo!? Você vai trazer o Momoa aqui!?" Descrente, Zao Tian fez um expressão de deboche enquanto ignorava o Joster.

Joster, por sua vez, não se abalou e sorriu enquanto respondia: "Infelizmente eu não sou capaz de contatar o Momoa, mas... Eu posso trazer o Gaspar... Ele serve?"

"Humm...?" De repente, a expressão de deboche do Zao Tian mudou e ele estreitou os cenhos, antes de novamente olhar para o Joster e perguntar: "Você está falando sério?"

"Sim!" Joster respondeu enquanto retirava um amuleto de transmissão sonora de seu bolso.

Todos ficaram surpresos e apreensivos com aquelas afirmações, mas isso não quer dizer que elas foram facilmente aceitas...

"Como a gente saberá que você está falando a verdade?" O Tenente Jones questionou.

"Como você pode provar isso? Também... Como nós saberemos que você não é um mentiroso que está apenas querendo se salvar?" Grim perguntou.

Joster por sua vez, se curvou ao prefeito e ao Tenente Jones e respondeu educadamente: "Prefeito... Tenente... Nós estamos em uma situação na qual a mentira me condenaria ao inferno e à desonra! Eu não tenho provas, somente a minha palavra e o juramento que há pouco fiz ao Zao Tian!"

"Qual é a sua relação com o Gaspar?" Cruz perguntou.

"Por que tem tanta certeza que ele atenderá o seu chamado?" Zao Tian também perguntou.

"Qual mestre não viria ao auxílio do seu discípulo?" Joster olhou para o dois e com apenas uma pergunta retórica respondeu-os.

"O que?" Imediatamente, todos a volta deixaram escapar essas palavras.

"Você é discípulo do Gaspar?" Tenente Jones não pôde deixar de questionar.

Grim, por sua vez, falou: "Se o Gaspar tivesse escolhido um discípulo tão importante nessa cidade, isso certamente já seria do conhecimento de todos!"

Joster olhou para o Grim e respondeu: "Eu não sou daqui! Eu só queria participar desse torneio, para me testar um pouco, então eu bati em alguns lutadores do clã que estou representando e vim no lugar deles!"

Imediatamente, Grim olhou para o líder do 'Clã Da Lança Viva', que fez uma expressão feia, mas concordou com a cabeça.

"Lark... Eu não acredito que você inscreveu um lutador contratado como se ele fosse um membro do seu clã..." Grim cerrou os dentes e falou num tom repreensivo e aborrecido.

Novamente, Lark, o líder do clã, não disse sequer uma palavra, ele apenas encolheu os ombros e fez uma cara mais feia ainda.

Assim que aqueles questionamentos acabaram, Joster teve uma idéia e falou enquanto erguia a mão direita: "Eu acho que isso não é bem uma prova, mas é o melhor que eu poso fazer para convencê-los..."

*Wooossh...* Lentamente, Joster concentrava a sua energia espiritual na palma de sua mão direita e pequenos pontos azuis, brilhantes, surgiam...

"Isso é..." Com um olhar surpreso, o Tenente Jones murmurou enquanto aqueles pontos se uniam e formavam um diamante azul, do tamanho de um punho adulto.

*Ping.* Quando aquele diamante parou de crescer e finalmente estabilizou, Joster olhou para o Tenente Jones e o Grim e falou: "Eu ainda não consigo fazer o que o meu mestre faz, mas isso prova algo aos senhores?"

Sem entender absolutamente nada do que estava acontecendo, Zao Tian olhou para o boquiaberto Tenente Jones, depois para o Joster e respondeu: "O que diabos isso prova?"

Depois de uns 3 segundos de silêncio, o Tenente Jones finalmente respondeu: "Zao Tian... Ele irá!"

"O que?" Zao Tian questionou, antes de completar: "O que te fez mudar de idéia?"

Dessa vez, foi o Grim que respondeu: "Zao Tian, a única pessoa no mundo capaz de criar diamantes é o Gaspar! Se esse garoto acabou de fazer isso... Ele provavelmente está falando a verdade..."

"Ahmm..." Zao Tian soltou um som, indicando que finalmente tinha entendido o que estava acontecendo.

"Agora eu entendi..." Ye Yang, que tinha acabado de auxiliar os jovens do clã da Graça e de recuperar as suas energias depois da cirurgia, surgiu do nada na conversa.

"Você ainda está vivo?" Zao Tian olhou para o Ye Yang e perguntou num tom irônico.

"Hehe. Estou vivo e louco para sair daqui!" Ye Yang sorriu e respondeu.

Zao Tian olhou para o Ye Yang e depois olhou para o Joster, antes de dizer: "Então... Vamos sair daqui!"

Imediatamente, Zao Tian preparou diversos selos no corpo do Cruz enquanto a sua voz era transmitida por toda a arena, explicando o plano deles.

Como tinha dito o Tenente Jones, não houve nenhum questionamento e pessoas dos mais variados níveis de poder concordaram em ajudar.

Depois de terminar o último selo, Zao Tian colocou as mãos no solo, olhou para o Cruz e falou: "Boa sorte! Tente não morrer!"

"Obrigado! Nós não morreremos!" Cruz respondeu enquanto fechava os olhos e colocava as duas mãos à frente.

"Aaaaaaahhhhh..." *Swwiiiiiiinnnggg...* Enquanto soltava um estrondoso grito, Zao Tian liberou muita energia espiritual para ativar a 'Matriz Da União' que acendeu por toda a arena.

*Poof.* *Poof.* *Poof.* *Poof.* *Poof...* Assim que a matriz foi ativada, as pessoas começaram a cair no solo após toda a energia espiritual em seus corpos ser sugada...

"Agora!!!" Zao Tian gritou para o Cruz.

"Aaaaaaarrrrggghhhh..." *Wooooooossshhhh...* No instante que toda aquela energia tocou o seu corpo, Cruz gritou e liberou tudo em um denso buraco negro, que a cada milésimo de segundo ficava mais intenso.

"Vaaaaaaaiiiiii!!!" Com as veias a ponto de saltar do corpo e todos os seus orifícios sangrando, Cruz gritou para o Joster.

*Vup.* Joster respirou fundo e sem saber se aquilo daria certo ou se ele seria esmagado por aquela monstruosa força gravitacional, ele pulou na direção do buraco negro, que fez o resto do trabalho de sugá-lo para dentro.

"Aaaaahhh..." Assim que o Joster desapareceu, Zao Tian soltou outro grito e usou o restante das suas forças para apagar uma das linhas da matriz e interromper o fluxo de energia.

Instantaneamente, toda a aquela energia caótica que parecia querer explodir o seu corpo cessou e o Cruz imediatamente sentiu um alívio indescritível.

Sem aquela imensa fonte de poder que alimentava o Cruz, o buraco negro rapidamente perdeu a força, até que desaparecesse por completo...

*Poof.* *Poof.* Zao Tian e Cruz caíram no chão, conscientes, mas exaustos.

O mesmo não se aplicava ao restante da arena... Todos estavam inconscientes, pois não havia praticamente nenhuma energia espiritual em seus corpos.

Cruz manteve o buraco negro por três segundos, ao custo de toda energia espiritual de centenas de milhares de pessoas, e isso foi apenas para talvez ser capaz de tocar nas capacidades de uma unha de um Santo.

"Deu certo?" Zao Tian perguntou enquanto ofegava no chão.

"Eu não faço idéia! Que o criador o tenha!" Cruz respondeu enquanto sentia fadiga até nos cabelos.

---------------------------------------------------------------------------------------

Em Turop...

*Woooshhh...* *Cofff...* Joster surgiu o lugar onde ficava a entrada da dimensão da arena, porém, ele já apareceu tossindo um bocado e sangue.

"Droga... Coff... Eu quase fui esmagado... Coff..." Joster murmurou enquanto relembrava o que passou dentro daquele buraco negro e tossia mais sangue.

"O barulho veio daqui!" De repente, Joster escutou alguns gritos vindo em sua direção.

"E tenho que me esconder!" Com alguma dificuldade Joster se levantou e correu para se esconder.

Diversos homens chegaram ao local onde Joster surgiu, mas não encontraram ninguém, porém, eles se espalharam para vasculhar os arredores.

Escondido em um beco, Joster ouviu os gritos de várias pessoas e viu muitos inimigos circulando pelo centro da cidade. Contudo, ao olha para o céu, ele pôde sorrir...

"Parece que eu não terei que escapar da cidade... O senhor já está aqui, mestre!" Joster murmurou aliviado enquanto olhava para o domo de diamante e pegava um amuleto de transmissão sonora.

"Mestre... O senhor está me ouvindo?" Joster chamou, mas não houve resposta.

"Mestre... Sou eu, o Joster! Eu preciso da sua ajuda!" Joster chamou novamente, porém sem êxito.

Sem nenhuma resposta do Gaspar, Joster chamou-o insistentemente, mas além de não conseguir nenhuma resposta, ele ainda denunciou a sua posição.

"Estão ouvindo isso?" Alguns homens perceberam aquela voz e seguiram na direção dela.

Joster teve que se esgueirar novamente enquanto tentava contatar o Gaspar.

Após uns 30 minutos de insistência, Joster finalmente conseguiu uma resposta...

"Mestre... Eu preciso da sua ajuda! Eu estou em Turop..." Joster transmitiu enquanto se escondia em uma latrina.

Gaspar, que tinha acabado de sair das armadilhas do Coronel Vargas, fez uma expressão de surpresa e questionou: "O que você está fazendo aqui?"

Joster fez ma expressão de alívio e rapidamente falou: "Mestre, eu não tenho tempo para explicar, mas o senhor precisa abrir o portal da arena!"

"Do que você está falando, Joster? Há um surto de 'Peste Pútrida' na arena! Todos lá estão condenados..." Gaspar respondeu num tom de desânimo.

Joster, por sua vez, respondeu: "Mestre, acredite em mim... A peste foi curada!"

Gaspar ficou com uma expressão cética e respondeu: "Isso não é possível Joster, essa peste não tem cura!"

Joster insistiu: "Eu estou dizendo a verdade! A peste foi curada e todos lá estão perfeitamente bem!"

Gaspar franziu os cenhos e questionou: "O que te faz afirmar isso?"

Joster explicou: "Mestre, eu acabei de sai de lá! O Zao Tian e o prefeito me enviaram para buscar ajuda!"

"Espere aí... Você disse... Zao Tian?" Gaspar fez uma expressão estranha e perguntou.

Sem entender o porquê daquilo, Joster respondeu: "Sim, por que?" O jovem que salvou todos nós se chama Zao Tian!"

"Idiota! Por que você não disse isso logo?" Gaspar repreendeu o Joster, antes de dizer: "Eu abrirei o portal!"

"O que? E sério?" Joster ficou sem entender nada.

Gaspar, por sua vez, comentou: "O mestre Chihuo me falou muito das capacidades desse garoto... Se há alguém que pode curar a 'Peste Pútrida', esse alguém é ele!"

"Finalmente eu poderei conhecê-lo..." Gaspar terminou enquanto murmurava.

Por Rafael Batista R. Ferreira | 22/12/19 às 22:09 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Maduro, Seinen, Adulto, Comédia