CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 248 - Eu desenharei para você

Pursuit of the Truth (POT)

Capítulo 248 - Eu desenharei para você

Tradução: João Pedro | Revisão: Evlin Huth

– Zi Che, seu pequeno bastardo, foi um completo desperdício lutar por você quando você foi intimidado da última vez! Se você ainda é homem, traga Sun Da Hu aqui agora!

A voz da mulher quando ela sibilou entre os dentes rapidamente veio do além do nono cume.

Dois longos arcos assobiavam no ar no céu. Um deles usava uma túnica amarela e tinha um rosto oval. Embora seu rosto estivesse torcido de raiva, isso simplesmente lhe dava uma vibração diferente de beleza.

Havia uma mulher atrás dela. Essa mulher também era linda, mas havia um olhar em seu rosto que sugeria que ela estava escondendo suas palavras. Havia também um olhar estranho em seus olhos. Essa mulher era Fang Cang Lan.

Zi Che coçou a cabeça e rapidamente se levantou, mas ele não tinha ideia do que deveria estar dizendo nessa situação, então ele simplesmente estava parado ali sem jeito.

– Irmã...

– Não me chame de irmã, eu não tenho um irmão como você!

A mulher olhou para Zi Che e seu olhar caiu sobre Su Ming.

– Ah, se não é o tio mestre Su.

A mulher disse com uma risada arrepiante.

Su Ming podia sentir o início de uma dor de cabeça florescendo. O nome da mulher era Zi Yan e ela era irmã de Zi Che. Durante esses dois meses, ela vinha aqui muitas vezes para procurar Hu Zi.

Ele conseguiu evitá-la algumas vezes, mas uma vez que ela o encontrou, algo aconteceu entre eles, e depois disso, Hu Zi começou a se esconder no fundo da montanha. Eles só sabiam que ele estava na montanha, mas era difícil para eles saberem onde ele estava escondido.

Somente quando ele era forçado a um beco sem saída ele começava a gritar, mas suas palavras flutuavam no ar, tornando difícil para qualquer um determinar a fonte de sua voz.

Houve até um momento em que Hu Zi achou injusto que a mulher só viesse procurá-lo para lhe ensinar uma lição quando todos os outros também a viram, por isso ele gritou essas palavras. Depois de algumas vezes, a atenção da mulher se espalhou lentamente.

Su Ming só podia se sentir resignado, rir amargamente e sentir dor de cabeça com isso.

A personalidade da mulher também era difícil de entender. Uma vez que ela desviou sua atenção para eles, ela fez um pedido absurdo a Su Ming, e se ele não atender ao seu pedido, ela continuaria incomodando-o.

Felizmente, Su Ming não foi o instigador disso. Depois que ele a evitou algumas vezes, Zi Yan voltou a concentrar sua atenção na busca pelo instigador de todo esse incidente, Sun Da Hu.

– Hum… discípula júnior Zi Yan...

Su Ming olhou para a furiosa Zi Yan e também viu Fang Cang Lan parada atrás dela. Ele piscou instintivamente.

Fang Cang Lan fingiu não vê-lo e virou a cabeça em outra direção.

– O que você quer de mim, tio mestre Su? Você ainda não está satisfeito com o que viu?

Zi Yan soltou um suspiro frio e caminhou em direção ao nono cume com elegância. Ela estava na plataforma do lado de fora da caverna de Su Ming e, quando o vento passou por ela, seus cabelos pretos foram levantados, o que também trouxe uma fragrância agradável que flutuou no nariz de Su Ming.

– Hum... Sobre o que você pediu, não é como se eu não pudesse fazer isso, mas você vê, já que seu tio mestre Hu é o instigador, se ele pode atender ao seu pedido, então eu naturalmente o farei também.

Não era como se Su Ming não fosse bom em falar, era apenas que ele optou por ficar quieto quando chegou à Terra da Manhã do Sul.

Agora, ele já havia encontrado o calor que lhe dava a sensação de estar em casa no nono cume, e sua maneira de falar quando estava na Montanha Negra começou a voltar um pouco.

– Você…  – Zi Yan olhou para ele. Quando ela estava prestes a falar, Fang Cang Lan soltou uma tosse leve ao lado dela. Zi Yan lançou um olhar profundo para Su Ming antes que ela bufasse e dissesse:

– Vou deixar isso de lado para minha irmã mais nova Fang. Só espere até eu encontrar esse Sun Da Hu!

Quando ela disse isso, Zi Yan deu um pulo e começou a se mover pelo nono cume.

O nono cume era um lugar estranho. Não havia Runas que protegessem a montanha. Qualquer um poderia entrar como quisesse, mas apenas se fosse permitido. Se as pessoas no cume não permitissem sua entrada, as pessoas que entrassem acabariam como Zi Che.

No entanto, pode-se dizer que todos no nono cume prejudicaram Zi Yan. Tian Xie Zi era astuto e se isolara para treinar há muito tempo. Como essa coisa não tinha nada a ver com o irmão sênior de Su Ming, ele também desfrutou de sua paz e sossego.

Seu segundo irmão mais velho andava por aí com frequência durante esses dois meses e estava ocupado cuidando de suas plantas. Toda vez que via Zi Yan, ele dava um sorriso tão gentil quanto o vento primaveril antes de assentir.

Depois que Zi Yan saiu para procurar Sun Da Hu, que se escondera no nono cume, Han Cang Zi desceu do céu e ficou na plataforma. Zi Che percebeu que esses dois se conheciam há muito tempo e, juntamente com as coisas que circulavam nas Grandes Planícies Congeladas do Clã Céu Congelante em relação a Su Ming, elas fizeram Zi Che abaixar a cabeça e dar alguns passos para trás deixando o lugar.

Nuvens brancas cobriam o céu azul. O vento provocou um calafrio ao passar pelas duas pessoas. Enquanto o vento levantava algumas mechas de cabelos, também dava uma sensação de beleza à serenidade do local.

– Você parece estar me evitando. – Disse Su Ming, olhando para Fang Cang Lan com um sorriso.

– Eu não estou.

Fang Cang Lan não olhou para Su Ming. Em vez disso, ela ficou na plataforma e olhou para o céu azul ao longe.

– Você veio a este lugar com sua irmã mais velha Zi Yan várias vezes durante esses dois meses, mas esta é a primeira vez que você escolhe ficar sozinha.

Aos olhos de Su Ming, Fang Cang Lan era como um lótus de neve sereno ao vento.

 – Eu vim aqui antes. – Sussurrou Fang Cang Lan.

– Obrigado.

Su Ming sentou-se e seu olhar caiu sobre as nuvens brancas no céu.

– Pelo que?

O movimento quando Fang Can Lan virou a cabeça para o lado foi muito bonito. A luz do sol brilhava nela, e ele podia ver alguns dos cabelos finos emoldurando seu rosto.

– Obrigado por se preocupar comigo quando Zi Che veio aqui, e obrigado por me avisar quando eu estava lutando contra Si Ma Xin.

Su Ming pegou o quadro ao ladoqdele e bateu com a mão direita.

Um leve som de eco ecoou no ar e uma fina camada de pó caiu do quadro.

– Eu sei que você deveria ter adivinhado o objetivo de Si Ma Xin, por isso não vim avisá-lo novamente.

Fang Can Lan sorriu fracamente. Havia uma sugestão de algo que Su Ming entendia, mas ainda estava um pouco incerto em seu sorriso.

– Um filho Berserker, hum?

Um olhar arrepiante apareceu brevemente nos olhos de Su Ming. Se ele ainda não conseguisse descobrir os objetivos de Si Ma Xin, ele não seria o Su Ming que chegara sozinho à Terra da Manhã do Sul e chegado a esse ponto da vida.

Fang Cang Lan hesitou por um momento antes de dizer baixinho:

– Eu não sei mais o que Si Ma Xin está planejando fazer, mas pelo que eu entendo sobre ele, uma vez que ele se decide sobre algo, então ele não vai desistir.

– Você... tem que ter mais cuidado.

Depois que terminou de falar, ela levantou a mão direita e alisou os cabelos, que estavam bagunçados devido ao vento. Ela colocou algumas mechas atrás da orelha e se virou para não olhar mais para Su Ming. Foi exatamente como Su Ming disse, ela o estava evitando, porque toda vez que encontrava seu olhar, ela sentia seu coração acelerar de repente.

– Não se mexa – disse Su Ming de repente.

Fang Cang Lan ficou atordoada e olhou para Su Ming com curiosidade.

– Continue assim, deixe-me desenhar você.

Su Ming pegou seu quadro e olhou para Fang Cang Lan, depois desenhou um traço no quadro com a mão direita.

As bochechas de Fang Cang Lan ficaram de cor vermelha. Ela mordeu o lábio inferior e olhou para Su Ming enquanto mantinha a postura de colocar o cabelo atrás da orelha. Seu vestido tremulava ao vento, e o céu azul e as nuvens brancas atrás dela agiam como pano de fundo.

O vento não apenas fez no vestido tremular, como também fez o cabelo flutuar na diagonal. Era uma imagem bonita.

Era como se o tempo desacelerasse de repente. O rosto de uma mulher apareceu gradualmente no quadro sob os dedos de Su Ming.

O coração palpitante de Fang Cang Lan se acalmou lentamente. Ela manteve o olhar fixo em Su Ming e o que primeiro entrou em sua visão foi a cicatriz embaixo do olho dele.

Quando ela viu a cicatriz, o coração de Fang Cang Lan se apertou de dor.

Os dois não se falaram. Nessa paz, um deles ficou parado e o outro observou.

A admiração apareceu no rosto de Zi Che, enquanto ele ficava à distância. Ele pode não ter ouvido o que Su Ming e Fang Cang Lan disseram um ao outro, mas quando viu Su Ming desenhando Fang Cang Lan, sua admiração por Su Ming cresceu para um ponto incrivelmente alto.

“Como esperado do tio mestre Su, quando ele lutou contra Si Ma Xin, sua intenção de matar era sufocante, e ele tinha uma presença intimidante... Agora, ele pode desenhar com ternura e fazer uma mulher tão envergonhada... Quando eu vou ser assim…?”

Zi Che suspirou profundamente. Ele balançou a cabeça e fechou os olhos levemente, como se estivesse pensando em alguma coisa.

“Ele acabou de lutar com Si Ma há dois meses, agora está sentado desenhando para uma mulher. Se chegar o dia em que eu possa fazer isso…”

"Qual deve ser minha próxima frase...?"

Zi Che franziu o cenho. Durante esses dois meses, enquanto continuava observando as estranhas excentricidades das pessoas no nono cume, ele ganhou uma epifania e acreditou que talvez essas excentricidades fossem o que as tornava tão diferentes das outras. 

Foi por isso que ele também tentou procurar uma peculiaridade estranha, o que levou a algo assim acontecer, onde ele começaria a fazer poesia quando estivesse profundamente comovido...

Enquanto Zi Che pensava sobre qual seria sua próxima linha, enquanto Su Ming olhava para Fang Cang Lan e a desenhava, o segundo irmão mais velho, que cuidava de suas flores no nono cume, levantou a cabeça e olhou na direção da caverna de Su Ming. Seus olhos também brilhavam brilhantemente.

– Irmão mais novo, obrigado. – O segundo irmão mais velho pronunciou de repente essas palavras obscuras antes de se levantar rapidamente e soltar algumas tosses falsas. Então ele desapareceu sem deixar rastro.

Em outro ponto do nono cume, o segundo irmão mais velho de Su Ming apareceu de repente. Primeiro alisou as vestes e respirou fundo algumas vezes antes de colocar as mãos atrás das costas e levantar a cabeça para olhar o céu.

No entanto, ele logo mudou o corpo para o lado e deixou a luz do sol cair sobre o rosto enquanto olhava para cima.

Logo, ele franziu a testa novamente e acenou com a mão esquerda ao seu lado. Imediatamente, uma leve brisa passou por ele e fez suas vestes e cabelos longos tremerem no ar. Com o vento constantemente ao seu redor, o segundo irmão mais velho olhou para o céu e permaneceu imóvel.

Em pouco tempo, Zi Yan apareceu na escada, não muito longe. Ela já tinha ido a alguns lugares, mas simplesmente não conseguia encontrar Sun Da Hu. Ela podia estar furiosa, mas não poderia fazer nada para desabafar sua raiva.

Enquanto ela continuava caminhando para frente, uma voz suave de repente alcançou seus ouvidos.

– Senhorita Zi Yan.

Os passos de Zi Yan vacilaram. Quando ela se virou, viu o segundo irmão mais velho de Su Ming parado nas proximidades. No instante em que o viu, o choque apareceu em seu rosto.

Ela viu o cabelo do segundo irmão mais velho de Su Ming dançando ao vento.

Ela também viu suas longas vestes tremulando ao vento...

Ela até o viu posicionando o lado do rosto em sua direção e, com as mãos atrás das costas, olhava as nuvens brancas no céu. Quando a luz do sol caiu em seu rosto, ela o fez parecer diferente de como costumava ser.

Zi Yan sentiu a pele arrepiar. Ela não sabia o que tinha acontecido com essa pessoa, então ela rapidamente deu alguns passos para trás e falou suavemente.

– Er... Saudações, segundo tio mestre do nono cume...

Por João Pedro | 21/08/20 às 20:51 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Xianxia, Chinesa, Tragédia