CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 270 - Mestre

Pursuit of the Truth (POT)

Capítulo 270 - Mestre

Tradução: João Pedro | Revisão: Evlin Huth

Assim que a linha foi desenhada, uma fenda que parecia dividir o céu e a terra apareceu no ar sob o céu escuro. O dedo indicador direito de Su Ming era como a ponta de um pincel. Quando ele passou pelo peito do velho Xamã, seu corpo se moveu junto com ele. Como a queda das folhas no outono, ele desenhou um arco, depois virou as costas para o velho Xamã bem em sua frente e foi embora.

O velho Xamã tossiu sangue e cambaleou algumas dezenas de passos para trás antes de erguer a cabeça rapidamente. No momento em que ele fixou seu olhar em Su Ming, uma linha longa e aterrorizante apareceu em seu peito e sangue jorrou dela. Seu sangue caiu no chão, fazendo com que o lugar se enchesse de um fedor sangrento.

Os ossos do velho Xamã podiam ser vistos se quebrando centímetro a centímetro pela ferida em seu peito, e os órgãos sob esses ossos se transformaram em uma poça de sangue...

O rosto do velho imediatamente ficou pálido. Ele abaixou a cabeça e olhou para o longo ferimento. Lentamente, como se não conseguisse ficar em pé, ele se ajoelhou no chão e o sangue jorrou novamente de sua boca.

Su Ming parou diante dele e fechou os olhos. Em sua mente, as palavras que não pareciam ter existido, mas haviam aparecido durante o corte que ele traçou, reverberaram em sua cabeça.

Uma voz rouca saiu da boca do velho Xamã fracamente. – Um Estilo que supera até mesmo os feitos da própria natureza provou minhas suposições. Você definitivamente não é um Berserker comum. Na Tribo Berserker, você é definitivamente um dos prodígios que são conhecidos por terem a maior possibilidade de se tornar o Deus dos Berserkers... 

Su Ming não falou. Ele ainda estava com os olhos fechados, imerso na experiência que teve.

– É uma pena, mesmo que esse seu Estilo pareça um ataque da própria natureza, mas... a diferença entre o nosso poder faz com que mesmo que eu esteja gravemente ferido, você ainda não será capaz de me matar completamente tão facilmente!

O velho se ajoelhou no chão e lutou para erguer a cabeça. Uma luz fraca apareceu em seus olhos opacos e a escuridão imediatamente se formou em seu corpo, embora ele estivesse mortalmente ferido. A escuridão veio da ferida no peito e se espalhou por todo o seu corpo.

Su Ming abriu os olhos e olhou para o velho Xamã com calma. Ele teve que admitir que o velho estava certo. Exatamente como ele disse, ele não poderia matar essa pessoa completamente.

Porque no instante em que ele usou essa linha para destruir a força vital do velho, Su Ming sentiu aquela presença horrível e maliciosa mais uma vez. Essa presença havia se tornado uma com o velho e, por causa disso, embora ele pudesse destruir seu corpo, Su Ming não poderia destruir sua alma.

Ele tinha que ter o mesmo nível de cultivo de Bai Chang Zai, ou então ele não seria capaz de cortar a conexão entre o velho e o Totem do Lagarto que ele adorava.

– Daqui a treze anos, quando a besta sagrada da Tribo Lagarto Xamã refazer meu corpo, vou esperar por você na terra dos Xamãs... A luta entre nós não acabou!

A voz do velho xamã ficou cada vez mais fraca. Seu corpo meio ajoelhado já havia ficado completamente preto, e cada mancha coberta de preto transformava o corpo do velho em uma estátua. Seu corpo ficou rígido rapidamente.

– Quando nos encontrarmos novamente, eu irei...

Os olhos opacos do velho brilhavam com um ódio cruel e profundamente enraizado. Ele olhou para Su Ming. No momento em que ele fechou os olhos e abriu a boca, querendo dizer suas palavras finais antes que seu corpo morresse...

... a voz indiferente de Su Ming o interrompeu.

– Você descobrirá que sua Tribo Lagarto Xamã foi destruída há treze anos. – Su Ming afirmou calmamente. Suas palavras não continham nenhum indício de sede de sangue, mas quando caíram nos ouvidos do velho, seus olhos se abriram.

– Você!

No momento em que o velho abriu os olhos, sua respiração se acelerou, como se ele estivesse lutando para escapar da morte. O sangue escorria de seus lábios, mas ele descobriu que não conseguia nem formar uma frase completa. Ele só conseguiu forçar uma única palavra e, enquanto lutava, sua cabeça ficou rígida e todo o seu corpo se transformou em uma estátua. Ele estava enraizado no chão e logo envolvido por uma presença horrível e maliciosa. A menos que o poder de alguém fosse maior do que o do lagarto sagrado adorado pela Tribo Lagarto Xamã, ninguém poderia destruí-lo, muito menos levá-lo.

Esta estátua se transformou em uma parte da floresta.

Os olhos frios de Su Ming estavam fixos no velho morto agora transformado em estátua. Seu coração estava muito calmo. Mais uma vez, ele ganhou uma nova compreensão da estranheza da Tribo Xamã. Evlin Huth: Pq os Berserkers são super normais, né?

Se o velho fosse um Berserker, talvez ele tivesse realmente morrido. No entanto, agora mesmo, seu corpo físico podia ter sido destruído, mas sua alma ainda estava por perto e se fundiu com a floresta. Com algum tempo, seu corpo seria refeito.

Su Ming não entendia essa habilidade mística, mas ele ainda podia sentir que essa habilidade realmente existia.

Ele pegou algumas pílulas medicinais e as colocou na boca. Ele respirou fundo e ergueu a cabeça para olhar o clima. O céu não estava mais escuro. O amanhecer estava quase terminando e os primeiros raios de sol estavam prestes a brilhar. Na verdade, se ele olhasse ao longe, descobriria que o horizonte havia se tornado claro.

– Tribo Xamã... – Su Ming murmurou.

Sua viagem à terra dos Xamãs permitiu que Su Ming ganhasse um conhecimento em primeira mão da tribo dos Xamãs. Essa compreensão foi muito mais impactante e útil do que se ele tivesse ouvido sobre os Xamãs de outras pessoas ou lido sobre eles em pergaminhos antigos.

Se seu irmão sênior não tivesse lhe dado o tesouro para se proteger, ele teria morrido durante o dia. Quando ele foi cercado por aquela dúzia de Xamãs, se ele tivesse sido contido e cometido um único erro, ele não teria sido capaz de voltar.

Se não fosse pela escama que se transformou no Clone Divino de seu tio mestre Bai, Su Ming sabia que ele seria aquele deitado no chão agora.

Ele olhou para o velho Xamã que havia se transformado em uma estátua. Sua expressão era a que ele tinha em seus momentos finais de vida -  um rosto cheio de raiva que parecia querer dizer algo. Essa pessoa pode ser considerada o inimigo mais forte que Su Ming já encontrou!

Su Ming tocou seu peito. O ferimento ali tinha piorado ainda mais, mas depois que ele usou muitos remédios para se recuperar, ele conseguiu controlar um pouco.

“Ainda falta um dia... com a minha velocidade, não vou conseguir voltar a tempo...”

Su Ming ergueu a cabeça e olhou na direção em que seu Mestre estava esperando por ele. Ele ficou em silêncio por um momento.

“Vou me atrasar cerca de meio dia. O Mestre disse que esperaria três dias...”

Su Ming fechou os olhos. Agora, ele tinha que fazer uma escolha.

Uma das escolhas era ele deixar esta floresta o mais rápido possível. Mesmo que ele não pudesse chegar a tempo, talvez seu Mestre ainda estivesse esperando por ele.

Quanto à segunda escolha, seria...

Su Ming abriu os olhos e dentro deles havia determinação e crueldade. Ele virou a cabeça e olhou para as partes mais profundas da floresta.

“Se eu voltar agora, com certeza vou questionar minha decisão de fazê-lo!”

Ele se virou calmamente e guardou todas as coisas que havia trazido neste lugar antes de virar um longo arco e entrar na floresta. Em sua corrida, ele desapareceu do local. Sua direção foi clara. Era o lugar onde a Tribo Lagarto Xamã estava localizada nas profundezas da floresta!

Su Ming pode não saber a localização exata de onde a Tribo Lagarto Xamã estava localizada, mas ele viveu em uma floresta desde que era jovem. Se houvesse uma parte da floresta onde vivia uma tribo de mais de cem pessoas, então definitivamente haveria rastros e pistas que mostrariam onde eles estavam na floresta.

Podia ser um pouco difícil para outras pessoas procurarem por uma tribo escondida dentro de uma floresta com base nessas pistas, mas para Su Ming, isso não era difícil, especialmente quando ele tinha seu sentido divino ajudando- o. Com isso, a busca ficou ainda mais fácil.

– Esta tribo definitivamente não é uma grande tribo e não há muitos Xamãs poderosos lá. Já que matei um bom número deles e o velho xamã de sua tribo morreu... Se eu não acabar com isso, vou me arrepender!

A intenção de matar brilhou nos olhos de Su Ming. Ele não nutriu hostilidade e rancor para com a tribo, mas por causa de um momento de fraqueza, ele caiu em uma situação em que quase morreu.

Não muito depois que Su Ming saiu, no lugar que acabara de ser um campo de batalha momentos atrás, um farfalhar repentino pôde ser ouvido no meio do silêncio ao lado do velho Xamã que havia se transformado em uma estátua.

Esse som era de alguém caminhando lentamente à distância. Em pouco tempo, uma pessoa saiu da floresta.

Essa pessoa estava vestida com vestes roxas. Naturalmente, era Tian Xie Zi!

Tian Xie Zi caminhou em direção ao velho Xamã agora transformado em estátua e ficou ao lado dele com um olhar calmo. Assim que ele ergueu os olhos e lançou um olhar na direção que Su Ming tinha deixado, seu olhar caiu sobre a estátua do velho Xamã e, naquele instante, seus olhos estavam cheios de uma poderosa intenção de matar.

– Como você se atreve a tentar caçar meu discípulo...! Já que você deu uma chance de aprimorar suas habilidades, vou conceder-lhe a morte.

Tian Xie Zi ergueu a mão direita e deu um tapa na estátua suavemente.

Com aquele tapa, a estátua tremeu, e com um grande estrondo, numerosas rachaduras apareceram em seu corpo antes de se estilhaçar em pedaços que se espalharam no ar. Um som fraco que soou como um grito de dor ecoou no ar.

No momento em que a palma da mão de Tian Xie Zi atingiu a estátua, ele quebrou a conexão entre o velho Xamã e o lagarto sagrado na floresta, que por sua vez destruiu sua alma e causou sua verdadeira morte!

– E você, seu pequeno réptil... Você é meramente uma coisa que ganhou consciência depois que uma pequena Tribo Xamã o adorou. Você realmente acha que é uma besta sagrada da Tribo Xamã?! – Tian Xie Zi disse para o ar sem pressa e ergueu a perna direita antes de pisar no chão.

No instante em que seu pé pousou, uma violenta rajada de vento passou pela floresta. A terra tremeu e muitos sons penetrantes e gemidos ecoaram. Su Ming, que corria pela floresta, não conseguiu ouvir. Apenas a causa daquele som, Tian Xie Zi, poderia notar.

Quando seu pé pousou e o gemido penetrante ecoou no ar, uma grande quantidade de névoa negra começou a se formar no ar diante dele. Logo na frente do rosto de Tian Xie Zi, a névoa negra se juntou e se transformou em um lagarto gigante.

O lagarto estava indistinto. Seus olhos originalmente cruéis agora mostravam pânico, terror e um pedido de misericórdia enquanto olhava para Tian Xie Zi. Ele tremeu e, bem no local onde estava, abaixou a cabeça e se rebaixou para Tian Xie Zi.

Tian Xie Zi permaneceu em silêncio por um momento antes de soltar um pigarro frio.

– Parece que a Tribo do Lagarto Xamã o idolatra bastante. Você não só ganhou uma forma por causa disso, mas também tem inteligência... Posso conceder-lhe misericórdia. Fique aqui, e quando encontrar meu discípulo novamente, deve seguir ele e protegê-lo com sua vida!

– Se você desobedecer às minhas palavras, eu o mandarei de volta de onde você veio!

A voz de Tian Xie Zi estava serena, mas quando suas palavras chegaram aos ouvidos do lagarto ilusório, isso fez a criatura estremecer e, em seus olhos, gratidão e obediência apareceram.

– Vá embora!

Tian Xie Zi acenou com o braço e caminhou na direção que Su Ming havia deixado.

O lagarto ilusório se transformou em névoa negra mais uma vez e desapareceu no chão.

Enquanto corria pela floresta, Su Ming ocasionalmente parava para observar os sinais ao seu redor, então mudava sua direção de acordo com o que descobrira. O céu clareou gradualmente e quando o sol atingiu seu ponto mais brilhante ao meio-dia, um brilho apareceu nos olhos de Su Ming. Ele já havia descoberto a localização da Tribo Lagarto Xamã. Essa tribo... estava em algum lugar na frente dele!

O corpo de Su Ming flutuou para frente como uma aparição, mas quando ainda havia cerca de dezenas de milhares de metros entre ele e a Tribo Lagarto Xamã, ele de repente parou. Ele viu uma pessoa parada diante dele!

– Mes... Mestre!

Por Evlin Huth | 16/12/20 às 18:05 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Xianxia, Chinesa, Tragédia