CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 33 - Lei Su

Pursuit of the Truth (POT)

Capítulo 33 - Lei Su

Tradução: Njordr | Revisão: Zezin

“Olhe para o seu cabelo, ele está branco.” Bai Ling cobriu a boca e riu. A luz em seus olhos era tão brilhante que o estranho sentimento no peito de Su Ming tornou-se mais forte.

“Eu não sou o único. Seu cabelo também está branco. Você é uma velha agora.” Su Ming apontou para Bai Ling e riu. Os dois riram e falaram, sentindo-se mais familiarizados um com o outro. Durante aquela noite nevada, Su Ming estava feliz, mas também sentiu que o tempo passava muito rápido. Antes que ele soubesse, o céu começou a clarear.

Não era devido à neve, mas porque o sol havia nascido.

A noite acabou. Quando o sol brilhou e iluminou o céu, a neve ainda estava caindo. Su Ming e Bai Ling desceram da árvore. Uma vez que eles se limparam, eles sorriram um para o outro.

Su Ming não disse nada além de se agachar. Os olhos de Bai Ling se iluminaram brevemente e ela subiu uma vez mais nas costas frágeis. Uma sensação calorosa floresceu em seu peito.

Desta vez, o sentimento estranho tornou-se mais claro quanto mais perto ele chegou a Tribo Dragão Sombrio. Ele não queria se separar de Bai Ling. Lentamente, ele ficou em silêncio, seus passos ficaram mais lentos e ele começou a circular novamente pela floresta.

Bai Ling ficou pendurado nas costas de Su Ming. Assim como no dia anterior, ela viu um monte de pontos de vista repetidamente e sabia que Su Ming estava caminhando em círculos. No entanto, desta vez, ela não falou. Ela colocou a cabeça contra as costas de Su Ming, ouvindo seu batimento cardíaco.

No entanto, tudo tinha que acabar eventualmente. O sol subiu ao ponto mais alto do céu e começou a se fixar mais uma vez. O esboço da Tribo Dragão Sombrio apareceu na linha de visão de Su Ming, apesar de a neve cair do céu.

Quando viu a tribo, Su Ming colocou Bai Ling no chão com um sorriso no rosto.

“Você está em casa.”

Bai Ling deu uma olhada em sua tribo, depois de se virar para Su Ming. A expressão estava em seu rosto lindo era ilegível. Ela balançou a cabeça silenciosamente e caminhou em direção a Su Ming. Ela então varreu a neve no corpo de Su Ming com suas mãos puras.

“Obrigada... espero que você volte para sua tribo em breve...” Bai Ling abriu a boca novamente como se ela estivesse prestes a dizer algo, mas no final, ela ficou em silêncio. Ela sorriu lindamente e voltou para a sua tribo.

Su Ming ficou ali observando Bai Ling desaparecer gradualmente de sua visão. Quando olhou para a pequena figura, ocasionalmente virando-se para ele, sua mente ficou em branco.

À medida que a distância entre eles cresceu, a neve caindo tornou-se uma barreira invisível. Obstruindo sua visão e cobrindo a figura da pessoa que se afastava. Era semelhante a passar por uma planície gelada. Se ele não retornasse, ele não veria o derretimento do gelo. Era como uma lembrança. Se ele não se lembrasse, ele não seria capaz de recordar a voz da pessoa que suspirou naquela lembrança.

Depois de um longo tempo, Su Ming sacudiu a cabeça. Ele olhou mais uma vez para Tribo Dragão Sombrio e se virou. A neve tinha sido sua companheira quando ele veio e a neve ainda era sua companheira quando ele saiu.

A neve caiu em seu corpo e no cabelo, mas Su Ming pensou que ele estava perdendo alguma coisa.

“Eu gosto dela...?”

Su Ming correu na floresta em direção a Tribo Montanha Sombria. Havia uma carranca entre suas sobrancelhas enquanto ele corria. Em sua cabeça, ele só conseguia ver a Bai Ling.

“É diferente de como me sinto com a Chen Xin...”

Su Ming respirou fundo e balançou a cabeça com força. Ele queria se livrar da sensação estranha e desconhecida em seu peito. Uma vez que ele se acalmou, ele correu ainda mais rápido.

Quando o céu ficou escuro, as estrelas brilhavam ao redor da lua e a neve ainda caiu infinitamente do céu. Su Ming finalmente voltou para sua casa, Tribo Montanha Sombria.

Ele examinou ontem a tribo e poderia dizer que a tribo estava ilesa. Agora que ele estava de volta, viu seus membros da tribo ficar de guarda na vigia noturna fora do gigante portão de madeira.

O assentamento da tribo era muito silencioso. A fogueira na praça ainda estava queimando como de costume e fazendo sons cruéis. Su Ming entrou e olhou em volta. Ele então chegou fora da casa do ancião. Ainda havia luz da casa do ancião, um sinal claro de que ele não tinha ido descansar.

“Su Ming, certo? Entre” A voz do ancião viajou de dentro da casa com um toque de fadiga.

Su Ming levantou a aba de couro gentilmente e entrou. Ele viu o idoso sentado de pernas cruzadas no meio. Seu cabelo branco também estava um pouco bagunçado.

“Ancião” Su Ming bradou para ele em voz deprimida. Então ele sentou-se num canto.

“A tribo está bem, não se preocupe” O ancião olhou para Su Ming com um sorriso no rosto. Ele gesticulou para que Su Ming se sentasse ao lado dele e acariciou a cabeça de Su Ming, seu sorriso se tornando mais amplo.

“Você alcançou o terceiro nível? Muito bem!”

Su Ming olhou para o ancião e lentamente contou tudo o que viu na caverna. Ele entrou nos detalhes, especialmente em relação ao cadáver. Quando ele falou sobre isso, ele viu o rosto do idoso se tornar sério.

“Por que você lamenta, oh céu azul...? Ancião, o que isso significa?” Su Ming franziu a testa.

“As lendas são verdadeiras...” O ancião olhou as abas de couro como se seus olhos pudessem ver através delas e eles permitiram que ele olhasse para a Montanha Sombria.

“Essa deve ser uma questão retórica. Talvez isso significasse ‘Por que eu deveria estar triste quando comparado com o solitário, céu infinito? ’ Ou talvez, há outro significado para isso...” O ancião suspirou. Então ele falou lentamente. Era uma voz sobrecarregada por suas experiências na vida quando um pensamento atingiu sua cabeça.

“Eu realmente não entendo as palavras sobre adorar o fogo. Talvez você tenha visto isso porque é o seu destino” O ancião desviou o olhar das abas e olhou Su Ming gentilmente.

”Eu irei a Tribo Corrente de Vento em um mês. Se você for sair da tribo, lembre-se de voltar a tempo”

“Mais uma coisa, ancião. Salvei um membro da Tribo Dragão Sombrio no ninho das Asas da Lua. O nome dela é Bai Ling. Ela é a neta da anciã da Tribo Dragão Sombrio” O ancião assentiu com a cabeça. Então, quando ele lembrou algo, ele falou mais uma vez.

“Bai Ling?” Ele ficou momentaneamente surpreso. Ele ficou em silêncio por um tempo. Então disse a Su Ming para voltar e descansar. Uma vez que Su Ming partiu, uma pitada de nostalgia apareceu nos olhos do ancião.

‘Lei Su... Sua neta foi salva por meu pequeno La Su acidentalmente... Talvez isso permita que você reduza seu ódio para mim um pouco... ’

O ancião suspirou e a pitada de nostalgia em seus olhos ficou mais espessa.

“A lua vermelho sangue apareceu mais cedo... Também o Qi forte que de repente apareceu da Tribo Montanha Negra durante aquela noite... Eu posso sentir o apresto de desastre...” O ancião fechou os olhos enquanto ele murmurava. Sua voz estava cheia de preocupação.

Su Ming deixou a casa do ancião e caminhou pela tribo. Ele não voltou para sua própria casa, mas foi para a casa do Lei Chen. Quando ele viu que Lei Chen estava ferido, mas estava acordado, ele aplicou pomada em suas feridas. Uma vez que ele fez isso, suas preocupações desapareceram.

Lei Chen também estava feliz em ver Su Ming. Ele bateu em seu peito e se gabou de sua luta contra as Asas da Lua. Su Ming deixou ele depois de conversar por um longo tempo.

Já era meia-noite, mas o olhar de Su Ming caiu em uma casa brilhantemente iluminada, não muito longe. Ao fazer isso, hesitação apareceu em seu rosto.

Era a casa do chefe dos guardas. Era também a casa de Bei Ling.

Por ScryzZ | 02/01/18 às 11:22 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Tragédia, Xianxia, Chinesa