CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 77 - A bolsa rasgada.

Pursuit of the Truth (POT)

Capítulo 77 - A bolsa rasgada.

Tradução: Luffy | Revisão: Laxuel

"Ah, amigo, você é realmente inteligente. Você está certo. É precisamente por causa dessa erva. Achem, eu não me apresentei. Sou Bei Qiong. Sou especialista em vender ervas misteriosas e raras na Tribo Corrente de Vento. Deixe eu lhe dizer, Ye Wang é um bom amigo meu, Chen Chong é um grande cliente meu, Wu Sen vem regularmente para comprar ervas de mim, e o Mo Su, eu não estou mentindo para você, eu realmente conheço o Mo Su!” O velho rapidamente pegou um grande número de ervas e acenou elas nos olhos de Su Ming.

"Ye Wang compra regularmente essas ervas."

"Chen Chong precisa regularmente disso."

"Wu Sen sempre compra isso quando ele vai treinar."

"Mo Su já reservou essas, eu não posso vender muito para você." As mãos do velho estavam se movendo rapidamente, e ele puxava um grande número de ervas a cada vez. A mudança rápida poderia deixar alguém confuso.

"Eu não estou interessado. Se você continuar me seguindo, então não me culpe por tomar medidas drásticas!" Um olhar frio apareceu brevemente nos olhos de Su Ming enquanto ele olhava para o velho, então ele rapidamente deu alguns passos para longe dele.

"Huh? Amigo, você parece familiar... Você... você... eu lembro agora, você é..." O velho olhou para Su Ming, e quando viu que o rosto de Su Ming estava coberto de couro, ficou claro para ele que Su Ming não queria que ninguém visse seu rosto. Ele tinha encontrado muitas pessoas desse tipo no passado e sabia exatamente o que elas temiam. Era por isso que um olhar exagerado apareceu em seu rosto, e ele exclamou, quase como se estivesse prestes a deixar escapar um deslize de sua língua.

Os passos de Su Ming pararam por um momento, mas ele era muito inteligente desde que era jovem e, junto com a orientação e os ensinamentos do ancião, era impossível que ele fosse enganado por um truque tão barato. Ele riu friamente em seu coração e continuou andando sem se importar com o velho.

Não havia um indício de constrangimento no rosto do velho quando ele viu que seu truque não funcionou. Em vez disso, um espírito de luta se acendeu em seus olhos como se ele não jogasse fora nenhuma chance de vender suas mercadorias com facilidade. Em especial assim quando ele viu as inúmeras bolsas penduradas no corpo de Su Ming e ficou certo de que essa pessoa era rica. Ele definitivamente não o deixaria sair.

Ele rapidamente deu alguns passos para a frente e alcançou Su Ming. Ele mudou suas palavras mais uma vez e continuou trazendo as ervas de seu peito...

Su Ming estava irritado. Ele estava prestes a usar sua velocidade máxima e sacudir o velho quando viu o velho trazendo outra grande quantidade de ervas de seu peito. Um pensamento ocorreu em sua cabeça.

"Essas ervas são tão poderosas quanto você diz que são?" Su Ming parou e lançou um olhar para o peito do velho enquanto falava devagar.

No momento em que o velho ouviu as palavras de Su Ming, ele ficou excitado e imediatamente deu um tapinha no peito. Assentindo com a cabeça, ele falou com uma expressão séria: "Amigo, não se preocupe. Eu sou igualmente honesto com as crianças e com os idosos, eu não minto!"

"Isso..." O rosto de Su Ming estava colorido de hesitação.

O velho ficou ainda mais animado e deu alguns passos para frente rapidamente antes de sussurrar: "Há muitas pessoas aqui. Não é fácil para nós fazermos o comércio. Vamos para lá. É mais tranquilo lá, e é perfeito para nós negociamos". Enquanto o velho falava, ele colocou uma expressão cautelosa e olhou para o seu entorno antes de apontar para um beco distante situado não muito longe.

Su Ming hesitou por um breve momento antes de assentir.

O velho rapidamente deu alguns passos com Su Ming, alcançando o beco remoto. Não havia ninguém lá. Ele reprimiu sua excitação e sussurrou: "Amigo, o que você gosta? Você gosta de Ye Wang, Chen Chong ou Bi Su? Mas amigo, eu não posso vender muito das ervas de Mo Su para você".

"Eu não vi elas claramente agora, então eu não sei o que é bom. Se elas são tão boas quanto você diz, então eu considerarei comprar algumas de vocês", Su Ming disse, com hesitação ainda evidente em seu rosto quando ele lançou um olhar para o velho.

"Não se preocupe. Eu posso deixar você ver as ervas." O velho ficou imediatamente ainda mais excitado. Um sorriso também apareceu em seu rosto, e ele rapidamente tirou vários tipos de ervas de seu peito. Ele trouxe duas a três ervas de cada tipo.

"Apenas essas? Isso é muito pouco." Su Ming passou o olhar pelas ervas e sacudiu a cabeça.

"Isso já é muito. Estas são todas as ervas raras, é impossível que haja muita coisa por perto". O velho ficou momentaneamente chocado antes de explicar rapidamente.

Su Ming não falou, mas em vez disso alcançou seu peito com a mão direita e tirou uma pequena bolsa. Ele abriu ela diante do velho e revelou quase dez moedas de pedra branca dentro.

O velho olhou para as moedas de pedra com olhos brilhando. Depois de algumas respirações profundas, seu rosto ficou incrivelmente sério e ele olhou em volta antes de se aproximar de Su Ming e sussurrou: "Amigo, já que você é tão sincero, eu lhe contarei a verdade. Eu tenho cem de cada tipo de erva em estoque. Não é que eles não sejam preciosos, mas eu tenho meu próprio método de conseguir elas. Já que você realmente quer comprar, eu vou pegar todos elas para você ver.”

Enquanto o velho falava, ele pegou punhados de ervas e colocou todas no chão. Em pouco tempo, o solo estava cheio de mais de mil ervas.

"Isso é tudo que eu tenho. Eu coloquei todas as minhas ervas aqui. 1.000 moedas de pedra e é tudo seu!" O velho estava muito nervoso enquanto olhava para Su Ming.

Se essas ervas fossem colocadas juntas, seria necessário uma bolsa muito grande. Era impossível colocar todas elas dentro de seu peito. O coração de Su Ming bateu no peito dele. Ele olhou para o peito do velho e algo passou por seus olhos.

"Como você conseguiu colocar todas aquelas ervas em seu peito? O que está pendurado no seu peito?"

No momento em que o velho ouviu suas palavras, seu rosto ficou cauteloso. Ele rapidamente deu alguns passos para trás e cobriu o peito, uma expressão assustada e chocada apareceu em seu rosto.

"Pare de fingir. Não vou comprar essas ervas, mas se você tiver uma bolsa que possa colocar todas essas ervas dentro, então eu posso pensar em comprar uma de suas bolsas", Su Ming falou devagar.

"Eu não vou vender!" o velho disse imediatamente, soltando um grito alto depois.

Su Ming segurou a bolsa contendo as moedas de pedra e balançou ela levemente. O som de moedas de pedra batendo umas contra as outras podia ser ouvido de dentro. O som era muito claro e melodioso, fazendo com que o rosto do velho se tornasse conflituoso.

"5.000 moedas de pedra! Me dê 5.000 moedas de pedra e eu vou vender para você." Enquanto falava, o velho trouxe uma pequena bolsa do tamanho de uma palma de seu peito. A aparência da coisa era muito peculiar. Havia uma imagem redonda desenhada nela por algum método desconhecido. Parecia que havia sido desenhada, mas se alguém olhasse de perto, descobriria que a imagem não estava desenhada, mas impressa na bolsa.

Era uma pena que houvesse uma parte rasgada em um canto da bolsa de pano.

"Isso é um tesouro. É raro até dentro da Tribo Corrente de Vento. Você pode armazenar muitos itens aqui. Sem 5.000 moedas de pedra, nem pense em comprar de mim", afirmou o velho, segurando firme a bolsa de pano.

"Há uma parte rasgada na bolsa", Su Ming calmamente apontou.

"Claro. Se estivesse em perfeita forma, esqueça 5.000 moedas de pedra, mesmo que fosse por 10.000 moedas de pedra, eu não venderia", disse o velho com orgulho.

"500 moedas de pedra. Se você não quiser vender, esqueça", disse Su Ming depois de pensar por um momento.

"O quê? O que você disse? 500 moedas de pedra? Impossível!" A expressão do velho mudou incrivelmente rápido. Seu rosto estava agora retorcido de fúria, como se o preço dado por Su Ming fosse uma forma de humilhação para ele.
"Você disse que você tem vendido ervas na Tribo Corrente de Ventos há muitos anos e que conheceu muitos prodígios. Eu não acredito que ninguém tenha visto isso também. Se você ainda tem essa bolsa com você, então está claro que este não é o único que você tem. 500 moedas de pedra, se você não estiver vendendo, esqueça", Su Ming disse calmamente e se virou para sair.

O velho ficou ali parado, oscilando e lutando com seus pensamentos. Quando ele viu que Su Ming realmente ia sair e estava prestes a chegar ao fim do beco, o velho rapidamente gritou com ele.

"800 moedas de pedra… Ah, tudo bem, 500 moedas de pedra. 500 moedas de pedra e é seu!"

Su Ming parou e virou a cabeça, gesticulando com a mão direita. O velho foi até ele com extrema relutância. Ele entregou a bolsa para o Su Ming. Uma vez que Su Ming pegou a bolsa, ele imediatamente sentiu que a bolsa era leve. De fato, no momento em que ele tocou a bolsa, uma imagem apareceu em sua cabeça. Era um espaço com cerca de 30 pés de tamanho. No entanto, apenas metade do espaço poderia ser usado.

"Hmph. Você ganhou muito dessa vez, eu estou dizendo a você. Você pode manter seus itens nela depois de dar um tapinha na bolsa. Se você quiser tirar os itens, tudo que você precisa é só pensar no que precisa", o velho explicou como usar o item, o tempo todo resmungando baixinho.

Su Ming estava muito curioso. Ele tirou uma erva de uma de suas numerosas bolsas e tentou colocar ela na bolsa usando o método que o velho acabou de lhe contar. Uma vez que ele viu que o que o velho disse a ele era verdade, ele não pôde deixar de sorrir.

"É bom, certo? Tenho muitas coisas boas comigo. Você comprou muito por apenas 500 moedas de pedra. Não saia contando a outras pessoas sobre isso. Me entregue o dinheiro rapidamente." O velho olhou desanimado enquanto estendia a mão pelo dinheiro.

"Metade do espaço está com defeito. É devido ao dano na bolsa?" Su Ming não lhe entregou o dinheiro imediatamente, mas perguntou em seu lugar.

"Eu não sei sobre isso. Eu só tenho ela comigo, e eu tenho usado ela por muitos anos. Sempre foi assim. Apresse-se e me dê o dinheiro." O velho rapidamente evitou a pergunta.

Su Ming olhou para o velho com um olhar profundo. Ele jogou a bolsa rasgada no velho e sacudiu a cabeça.

"O que você quer dizer? Você não quer mais?" O velho ficou imediatamente atordoado.

"Não importa o quão incrível seja, ainda é uma bolsa rasgada. Não vale a pena 500 moedas de pedra. Mais importante, eu acredito que em pouco tempo, o defeito dentro dela vai se espalhar lentamente até que eu não possa mais usar ela. Na verdade, há até mesmo um possibilidade de que eu não seja capaz de tirar as coisas de dentro. Qual é o uso disso para mim então?"

"De jeito nenhum. Eu tenho usado isso há muitos anos. Isso definitivamente não vai acontecer!" o velho rapidamente garantido.

"Eu não posso ter certeza sobre isso. Se eu comprar, então eu só vou te dar 200 moedas de pedra. Depois de alguns meses, se for realmente como você diz, então eu vou te dar o resto das moedas de pedra.” Su Ming disse com um tom casual.

"Assim não vai dar. Como eu vou te encontrar então?" O velho rapidamente sacudiu a cabeça.

"Se você não quer, então esqueça." Su Ming não mostrou qualquer relutância e se virou para sair.

"Ah, tudo bem! Vou vender para você por 200 moedas de pedra! Três meses depois, você tem que me dar o restante do dinheiro. Não há muitas tribos ao redor da região. Se você não pagar, eu ainda serei capaz de encontrar você”, o velho disse com um rosto de dor quando ele entregou a bolsa de pano para Su Ming mais uma vez.

Desta vez, Su Ming não mais ponderou e hesitou. Ele pegou duas moedas de pedra branca e pegou a bolsa de pano, completando o negócio antes de sair do beco remoto.

O velho esperou até Su Ming desaparecer antes que o olhar de dor no rosto desaparecesse completamente, substituído por um olhar de satisfação. Ele tirou outra bolsa de pano rasgada de seu peito e colocou todas as ervas no chão dentro dela. Então ele soltou um suspiro.

"Aquela criança é brilhante. Ele é muito mais difícil de enganar comparado a Ye Wang. Até mesmo Ye Wang gastou 500 moedas de pedra nela. Ele é ainda melhor, ele gastou apenas 200.”

"Hmph. Uma vez que eu vender mais algumas e eles estiverem acostumados com isso, então eu vou começar a colher os lucros", o velho resmungou baixinho enquanto a excitação e antecipação apareceram em seu rosto.

Por Luffy | 03/09/18 às 17:36 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Tragédia, Xianxia, Chinesa