CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 60 - Retorno (Parte 1)

Red Storm (RS)

Capítulo 60 - Retorno (Parte 1)

Tradução: Luis Gimenes | Revisão: illusia

Com Yarumaha com eles, a progressão de Yulian foi tranquila.


9 dos 11 oásis da Pareia aceitaram Yulian como Glow e prometeram sua lealdade.


Restavam apenas dois oásis. O maior oásis, onde estava localizada a família Provoke e o oásis que a família de Librie estava encarregada.

Janet, que suspeitava que as coisas não estavam indo bem, pediu à família de Librie que voltasse ao Império com eles, mas o pai e chefe de família da Librie, Duripue, recusou a oferta.


Era questionável se os guerreiros os seguiriam e, como alguém que morou no deserto durante toda a vida, ele não planejava viver o resto de sua vida no império. Seria suficiente se ele pudesse viver o resto de sua vida sem ter que ficar tomando cuidado com tudo e todos.


Librie queria ir ao Império Silêncio com Janet, mas Orca não se moveu um centímetro de sua tenda e estava recusado qualquer alimento. Com Orca assim, não havia muito que pudesse ser feito.


Desde que o motivo para Janet pedir para que eles fossem ao império era para usar Orca no futuro para engolir Pareia e, com Orca não querendo ir, ele não os forçou para ir com ele e rapidamente saiu com seu grupo de pessoas.


Librie e a terrível ação de Janet causaram muito mal a Pareia, mas tudo desmoronava tão rápido quanto havia começado.


..................................................................................................


Yulian olhou para o oásis grande com saudade e fúria antes de falar com uma voz estóica.


"Eu acho que é hora de pôr fim a este pesadelo curto mas terrível."


A morte de seu pai que ele respeitava tanto. A traição de sua família.


Mas o que ele conseguiu ganhar era o irmão mais novo e a fé em si mesmo.


Os olhos de Yulian começaram a tremer com emoções complicadas. Mas ele rapidamente começou a controlar suas emoções.


O que precisava ser feito precisava ser feito.


"Ainda não há notícias?"


Como Yulian perguntou a Yarumaha, Yarumaha respondeu obedientemente.


"Desde que lhes enviamos um ultimato, eles vão decidir se eles querem lutar ou desistir. Mas você está realmente planejando deixá-los viver se eles se renderem? Os pecados que cometeram ao assassinar o Glow são extremamente pesados.​"


"Para falar a verdade, isso era uma questão familiar. Meu pai ficaria feliz com o resultado. Se houvesse uma guerra civil, muitas pessoas de Pareia seriam mortas. Tenho certeza de que meu pai não quer uma vingança sangrenta em seu nome."


"Eu concordo com a afirmação do Glow Yulian-nim, no entanto, você deve dar o exemplo. Especialmente por ter acabado de se tornar Glow."


Pere concordou com Yarumaha e entrou na conversa.


"Não foi apenas Librie. Toda a família dela participou disso. Você também não pode deixar os guerreiros de seus oásis viverem."


Yulian olhou para Pere e Yarumaha, bem como para os guerreiros que o rodeavam quando ele começou a falar.


"A família de Librie é uma coisa, mas que pecados os guerreiros do oásis cometeram? O mais importante para um guerreiro é ouvir o comando do chefe. E você acha que a família de Librie disse aos guerreiros a verdade para convencê-los? Para eles, eu era a pessoa que envenenou seu Glow e a criança imoral que matou seu pai. Como podemos culpá-los e puní-los por isso?"


"..."


"Para aqueles que derrubarem suas armas e se renderem, vocês não devem balançar seus shamshirs contra eles. Essa é a minha primeira ordem. Minha inocência já deveria ser conhecida por ambos os oásis. Não acredito que eles me ataquem sabendo a verdade."


"Se o chefe deles ordená-los, eles podem atacar."


"Eu sou o Glow. Eu sou a pessoa que deve dar-lhes o comando. Estou confiante de que os guerreiros inteligentes saberão quem realmente tem autoridade."


Com a declaração firme de Yulian, ninguém mais poderia dizer nada.


"Pessoas estão saindo do oásis."


O guerreiro escoteiro correu para relatar e Yulian dirigiu o olhar para a nuvem de poeira que chegava.


"Vocês se decidiram? Espero que vocês tenham tomado uma decisão sábia. Ou seja, a menos que vocês queiram deixar uma mancha na história de Pareia."


Yulian murmurou assim antes de correr para a nuvem de poeira que chegava. Seus seguidores e 10 mil guerreiros seguiram atrás dele. Era uma situação que acabaria por ser a primeira batalha de Yulian.


'Mas eu não quero que seja contra meu próprio povo.'


Os sentimentos honestos de Yulian eram que ele não queria que sua primeira batalha gloriosa e memorável fosse travada contra sua própria tribo.


Os 6.000 guerreiros que saíram do oásis, bem como Yulian e seus 10.000 guerreiros se encontraram no meio do deserto.


A vitória e a derrota na batalha eram determinadas pelas mentes dos guerreiros.


Como os guerreiros eram semelhantes em nível de habilidade, a vitória e a derrota eram determinadas pelo comandante e pela moral. Na verdade, não era raro ver os guerreiros derrotarem o inimigo, mesmo que o inimigo fosse várias vezes o tamanho dos guerreiros do time amigo.


Os 10.000 guerreiros que seguiram Yulian ultrapassaram o outro lado e desde que Yulian recebeu a bênção de praticamente todo o grupo de chefes para se tornar o Glow, como seu comandante, a moral era maior do que nunca.


Por outro lado, os guerreiros que saíam do oásis pareciam não querer lutar.


Parecia que eles saíram porque tinham que seguir.


Só com este fato, você já poderia dizer que a vitória estava nas mãos de Yulian.


Yulian deu um passo à frente por conta própria.


"Vocês irão levantar seus shamshirs para mim, Yulian Provoke, o sucessor do falecido Glow Baguna e aquele que tem o direito de ser o Glow de Pareia?"


A voz de Yulian, que tinha um traço de ki misturado, podia ser ouvida claramente nos ouvidos dos cerca de 20 mil guerreiros que estavam ali.


Os guerreiros começaram a sussurrar uns aos outros sobre as habilidades de Yulian e Duripue, o pai de Líbrie, avançou para o meio e ficou na frente de Yulian.


"Há quanto tempo, Duripue Anishun-nim."


Yulian falou friamente enquanto olhava para Duripue com os olhos cheios de ódio.


Em um ponto, ele era um dos chefes que ele respeitava. Mas, agora, ele era o inimigo que havia cometido uma amarga traição.


Duripue não conseguia fazer contato visual com Yulian. Tudo o que ele podia fazer era olhar para o céu e suspirar com arrependimento.


"Vi... Vo... É ótimo que você esteja vivo. Realmente ótimo."


A voz trêmula do velho guerreiro penetraram o coração de Yulian.


"Eu devo ter sido possuído pelo diabo. Uma tentação tão estúpida... Sim, deve ter sido isso. Mas, felizmente, você ainda está vivo e a pior situação não aconteceu. Eu só quero agradecer ao meu santo protetor por isso."


"Qual o significado disso?"


O coração de Yulian estava doendo, mas sabendo que este velho guerreiro diante dele era uma das pessoas que mataram seu pai e tentou matar a ele e seu irmão, ele afastou suas emoções enquanto perguntava.


Enquanto Duripue saiu do seu pirma de repente e se ajoelhou e se curvou na frente do pirma de Yulian, todos os guerreiros olharam para ele e começaram a sussurrar um ao outro de novo.


"Com a minha morte... Me matando com a lâmina de Yulian Provoke, o Glow de Pareia, por favor perdoa o resto deles. Eu ficaria extremamente grato se você me desse uma oportunidade de me redimir, mas não posso fazer um pedido tão sem vergonha. Por favor, deixe-me morrer pelas mãos do Glow. Por favor, considere o fato de que, em um ponto, eu tinha dedicado meu corpo para Pareia e me mate você mesmo."


Embora os gritos de Duripue não pudessem ser ouvidos por todos os guerreiros como o grito de Yulian, os guerreiros poderiam adivinhar o que ele estava dizendo a Yulian.


"Foi tudo em vão. Afiei minha lâmina da vingança uma e outra vez para chegar aqui, mas vendo você assim, foi tudo em vão."

Por Luis Gimenes | 03/12/17 às 20:10 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Coreana, Harém