CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 54 - Ataque (Parte 1)

Sentimento Zero: Projeto Serafim (SZPS)

Capítulo 54 - Ataque (Parte 1)

Autor: Matheus Freitas | Revisão: Agente SSS

Base da organização, ao mesmo momento do ataque.

Paula e Jennifer encontraram Francisco no corredor, ao vê-lo, elas se dirigiram para ele e informaram que haviam cumprido o pedido de Reinaldo.

“Perfeito, me acompanhem.” Francisco liderou o caminho.

Ao entrarem na sala elas saudaram Reinaldo como de costume. Paula projetou o vídeo, onde era possível ver Letícia congelando um copo de água e Vitor abrindo um buraco nele.

“Tipo vento?” Essa foi a primeira coisa que Francisco disse, mas ao mesmo tempo, ele refutou a ideia. “Não, se fosse do tipo vento, ele não teria formado esse pó, o que será isso?” Francisco se pôs a pensar.

Depois de um período de silêncio, Reinaldo abriu a boca e falou.

“Provavelmente é um tipo especial!”

“Um tipo especial? Isso explica o por que de não vermos o ataque, agora qual tipo de habilidade será essa?” Francisco falou.

“Isso não sabemos. A propósito, eles já foram, correto? Mande esse vídeo para eles, vai ser útil.” Ordenou Reinaldo.

“Certo!” Elas e Francisco responderam ao mesmo tempo.

“Estão dispensados!”

Depois que eles saíram Reinaldo se levantou e olhou pela janela, ele sempre fazia isso quando pensava em algo, mesmo que sua paisagem fosse um grande laboratório.

‘Uma classe especial, e por ser um indivíduo de série 'A' ele é pelo menos 2° classe alta ou elite, mesmo entendendo, ainda acho muito arriscado devolver esses indivíduos. Usando o doutor, seria melhor mantê-los para a organização. Mas já que é a forma que a central trabalha, eu não posso fazer nada sobre isso... Bem, pelo menos isso está se mostrando efetivo, usando esse método nós já conseguimos controle total sobre a China, algumas partes da Índia, Rússia, Japão, Europa e África. Além disso, nossa influência está presente em todos os países.  É esperar para ver…’

◊ ◊ ◊

Letícia estava no lago alimentando os peixes, esse tipo de vida era excelente para ela, é uma paz que não sentia a muito tempo.

Enquanto alimentava os peixes, ela viu pelo canto de sua visão, um grupo de seis pessoas se aproximando. 

Arregalando os olhos, ela entrou instantaneamente em um modo pronta para o combate.

“Quem são vocês!?” Ela gritou.

“Oh! Essa é uma tigresa! Calma, nós só queremos fazer um convite.” Breno riu.

Letícia sentiu que a situação era ruim, ela entrou em alerta total a medida que o grupo se aproximava dela.

“Entrem em formação, como eu já disse, não a matem.” Ramon falou.

Breno e Júnior ficaram no meio, enquanto Soraya e Bianca ficaram em cada um dos lados, Fabiana levitou e ficou nos céus, a procura de uma abertura. Ramon ficou atrás na defesa.

‘Pelo visto, o treino com o sogro não vai mais ser necessário... Se eu não vencer esses seis, é fim de jogo!’ Pensou Letícia amargamente enquanto se preparava tanto física quanto mentalmente.

◊ ◊ ◊

Lúcio estava bocejando quando uma mensagem chegou no terminal da aeronave, quando ele abriu, viu o vídeo e leu a ordem, ele não pode deixar de xingar. Os interessados dessa mensagem já haviam saído, pela hora, eles já devem estar lutando, e no meio de uma luta, ninguém vai olhar seu terminal pessoal.

◊ ◊ ◊

Letícia atirou alguns pingentes de gelo para os dois do meio, que logo foi combatido por Júnior. Bianca correu para a esquerda e disparou uma descarga em Letícia enquanto Soraya atacava com suas chamas pelo outro lado.

Sem ter como se esquivar, Letícia criou um cubo de gelo em volta de si mesma para se defender do ataque. Agente SSS: Um cubo...

Como era uma sondagem, Letícia conseguiu suportar os dois ataques. Mas a situação estava muito complicada, ela estava sem saber o que fazer e contra seis inimigos. Letícia estava com seu cérebro funcionando a velocidade máxima, pensando em um método para escapar.

“Oh! Ela sobreviveu, vamos aumentar a intensidade!” Breno rugiu enquanto lançava um ataque em direção a Letícia.

Letícia não perdeu tempo e usou a água do lago para criar uma parede de água fortificada para defender esse ataque. Mas seus olhos não saíram de Bianca que a flanqueava pela esquerda.

Enquanto defendia o ataque de Breno ela lançou algumas lanças e facas de gelo em direção a Bianca. Sob hipótese alguma, ela poderia deixar que algum dos cinco a atacasse por trás, já era ruim o suficiente não poder lidar com a pessoa que estava voando.

Bianca que estava a 10 metros de Letícia, viu os ataques e recuou. Nesse momento uma grossa nuvem de vapor surgiu e encobriu a visão de todos.

Aproveitando esse momento, Letícia se transformou e ativou seu domínio rapidamente. Quando sentiu a localização de Bianca ela correu para o seu flanco esquerdo.

Nesse momento, Fabiana limpou a cortina de vapor, por estar no alto, ela foi a primeira a notar que Letícia não estava mais no local, olhando para o lugar da batalha ela percebeu o movimento de Letícia.

“Cuidado Bianca!!! Suas costas!!!”

Com esse grito, Bianca se virou e o que ela viu foi Letícia em sua forma transcendente, fazendo um ataque com seu braço direito coberto de gelo, era como uma espada afiada.

“Tarde demais.” Murmurou Letícia.

Quando viu isso Bianca deu um passo para trás, mas o que se seguiu foi uma dor nas costas.

Ela foi estocada!

Letícia não perdeu tempo e atacou o coração de Bianca. Tudo foi tão rápido que não durou 5 segundos desde o início da cortina de vapor para o ataque em Bianca. Agente SSS: 5 segundos é bastante em uma luta.

Bianca olhou para baixo com uma expressão de choque, ela viu que uma lança de gelo aparecia no seu peito. Usando todas as suas forças para olhar para trás ela finalmente entendeu como morreu. ‘Eu morri para um truque tão simples!? Que descuidada!’

Letícia já esperava que o primeiro ataque iria falhar, então ela preparou uma lança de gelo para quando Bianca recuasse, o resultado foi como ela esperava.

“Um já foi! Quem vai ser o próximo!?”

Foi somente agora que toda a cortina de vapor foi dispersa, que eles puderam ver o que tinha acontecido.

A mulher estava em sua forma transcendente, enquanto flocos de neve caiam. Ao lado dela, estava Bianca caída no chão com dois buracos no peito.

“Você!!!” Breno rugiu e também se transformou, Júnior seguiu seu exemplo e também se transformou.

Uma batalha entre 3 transcendentes estava para começar.

“Soraya, Fabiana se afastem um pouco, a luta vai ficar bem mais complicada agora!” Ramon falou enquanto avançava, mesmo não sendo um transcendente, desde que tivesse cuidado, ele não seria morto em um ataque graças a sua defesa, mas elas duas não teriam a mesma sorte.

'Um transcendente não pode ser levado na brincadeira, em um descuido já perdemos uma de nós!’ Ramon pensou.

Os três ficaram frente a frente com Letícia.

Foi aí que uma nova rodada de ataques começou.

Júnior avançou e lançou seus pingentes de gelo, Letícia contra atacou com o mesmo movimento. Mas seus olhos estavam atentos aos movimentos do outro, que estava preparando um ataque com suas chamas.

Ela estalou os dedos e um grande bloco de gelo foi em direção a Breno para impossibilitar seu ataque, mas Ramon ficou na frente dele e bloqueou o ataque, depois de ser forçado alguns passos para trás.

“Júnior! Se afaste!” Breno gritou, enquanto lançava uma imensa bola de fogo em direção de Letícia.

Ela olhou para cima e viu que não teria tempo para montar uma defesa adequada, sendo assim, ela se utilizou da água do lago novamente para frear o ataque, enquanto se jogava para dentro do mesmo.

“Não perca ela de vista!” Comandou Ramon.

Quando terminou de falar, pequenos filamentos de gelo começaram a prendê-lo no chão, como se fossem galhos de uma árvore.

‘Droga! Não consigo me mexer.’ Ramon olhou para Breno.

Breno olhou a situação, ele ficou em dúvida se deveria evaporar o lago ou ajudar Ramon, se ele fizesse o primeiro, ela poderia matá-lo. E perder mais um não seria aceitável. Sendo assim, ele parou seu ataque e auxiliou Ramon.

Letícia se aproveitou da situação e saiu do lago, seus olhos azuis percorreram todo os cantos da batalha, ela olhou para Júnior que estava fazendo a guarda dos dois e lamentou não ter sido rápida o suficiente para matar Ramon instantaneamente.

Respirando fundo, ela murmurou:

“Niflheim!”

A temperatura começou a cair rapidamente, e como uma avalanche, o ataque foi em direção aos três. Letícia percebeu que estava em uma desvantagem total, agora que só esses três ficaram para lutar contra ela.

Mesmo que estivesse em uma desvantagem total, ela só poderia usar seu ataque mais poderoso e torcer para surtir efeito.

“Não podemos matá-la, não é?” Breno olhou para Ramon, que ainda estava preso, mesmo já sabendo a resposta.

Ramon olhou para Breno, mas não respondeu.

“Droga!” Breno falou enquanto observava o ataque de Letícia chegando.

“Vá para trás de mim!” Ele gritou enquanto lançava o seu ataque.

“Inferno!”

Um mar de chamas surgiu para contra-atacar o ataque de Letícia.

Quando os ataques se chocaram, uma nova cortina de vapor surgiu, mas desta vez, Fabiana não iria dar nenhuma chance, quando percebeu o que Breno iria fazer ela já tinha atacado com um vendaval para tirar o vapor. Além disso, o vento fortaleceu o ataque de Breno.

Nessa troca, Letícia estava perdendo.

Júnior aproveitou a oportunidade e atacou pela direita com cristais de gelo.

Vendo isso, Letícia tentou desviar, mas então, um tremor de terra a desequilibrou e ela foi atingida na perna de raspão.

“Argh!!!!” Letícia caiu ao mesmo tempo em que perdia o controle do seu ‘Niflheim’ quando o ‘Inferno’ iria avançar contra ela. Como último recurso, ela criou um cubo de gelo com todas as suas forças para se defender do ataque.

Bang!

Letícia foi atirada para trás cuspindo sangue com o contato dos dois poderes, foi nesse momento que ela escutou Júnior que surgiu em algum momento ao lado dela.

“Game over!”

Ele prendeu Letícia em um cubo próprio de gelo e gritou.

“Fabiana, agora!”

Fabiana veio voando e colocou a mão no cubo de gelo, transformando o oxigênio dentro do ar que estava no cubo por dióxido de carbono a uma velocidade muito rápida. A hemoglobina tem mais afinidade com o CO² que com o oxigênio, então o efeito foi muito rápido.

Sentindo as pálpebras pesadas e uma grande vontade de dormir, Letícia murmurou enquanto desmaiava.

“Vitor...” Sua mente caiu na escuridão.

“O suficiente, não a queremos morta, ela já desmaiou.” Ramon falou, depois de finalmente ser solto.

Júnior então desfez o cubo de gelo e voltou a sua forma normal.

“Essa mulher ainda nos fez perder um de nós! Cara! É um anjo de 2° classe elite!” Breno estava revoltado. Mesmo ele sendo marrento e arrogante, ele se preocupava com seus companheiros, e ver Bianca morrer não o deixou nada bem.

“Eu entendo como você se sente, mas o sacrifício de Bianca não foi em vão. A organização acabou de ganhar agora mais um transcendente!” Ramon disse com um tom pesado.

“Mas que perdeu para nós!” Retrucou Breno.

“Nós estávamos em maior número, usamos ataques combinados e tínhamos vantagem nos elementos. Mas você também percebeu, certo? Em poder bruto, ela pode ser mais forte que você.” Respondeu Ramon.

“Chega! Vamos seguir com o plano. Fabiana, você volta com ela enquanto vamos dar suporte para a equipe Gama.” Júnior interrompeu.

“Será que eles já começaram?” Ramon falou, enquanto olhava para a direção onde Vitor estava.

Por Matheus Freitas (Leia SZPS) | 16/09/20 às 09:10 | Ação, Romance, Ficção Cientifica, Super-Poderes