CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 05 - O Misterioso Novo Instrutor (Parte 1)

Shen Yin Wang Zuo (SYWZ)

Capítulo 05 - O Misterioso Novo Instrutor (Parte 1)

Tradução: Krieffer (Otaku Nya Scans) | Revisão: Momoi (Otaku Nya Scans)

-Hum...

Long Hao Chen lentamente recupera a consciência e pisca várias vezes, seus longos cílios podem realmente fazer qualquer garota suspirar. Ele gradualmente volta a sua lucidez.


Se virando ferozmente e sentando no cHao, ele fala:

-To inteiro ainda?

Olhando pro seu corpo sem nenhuma ferida, ele relaxa um pouco.


Ele está em meio a um grande silêncio: nas árvores, só há sons de pássaros.


Baixando sua cabeça , Hao Chen encontra, ão seu lado, as ervas selvagens perfeitamente em ordem. Surpreso, ele massageia o lugar atrás das suas orelhas.


-Acho que eu dormi, foi tudo um sonho?


-Ue, que é isso?

Ele percebe um anel no seu dedo. E um anel de cor azul que emite um brilho, não um tipo de brilho metálico, mas algo como uma porcelana ou uma jade. O modelo decorativo é coberto de ouro e com uma gema do tamanho de um grão de arroz nela. Essa pedra preciosa está completamente encravada no anel e usando seu toque, ele sente uma superfície lisa.


O círculo interno do anel é totalmente de ouro. Pressionando perto do seu dedo, parece espetar um pouco, passando um sentimento estranho.


Long Hao Chen encara abismado. Ele imediatamente percebe que tudo que aconteceu antes, era real, mas ele ainda está confuso e sua cabeça cheia de perguntas.


Qual era a relação entre a garotinha muda e o cara de branco? Também, como esse cara conseguiu fazer aqueles outros de olhar perigoso desaparecer. De quem é esse anel?


Para os nove anos de Hao Chen, essas perguntas eram muito complicadas e ele nem tinha ideia de como responder elas.


Se levantando, ele inconscientemente vai pro lugar onde os perseguidores tinham sumido. Ele descobre imediatamente algo estranho.


Após alguns passos, Long Hao Chen vê, que antes, era um chão cheio de gramas verdes, e agora todas elas tinham desaparecido e se tornaram uma terra árida, e essas áreas eram obviamente, uma imperfeição de outros lugares. A grama verde só deixou rastros de cinzas negras e ficou da mesma cor das terras verde escuro.


-Bem, melhor parar de pensar nisso, melhor voltar pra casa e levar pra mamãe a sopa com as ervas selvagens. Hao Chen checa seu peito, e vê que o Líquido de Treinamento Elemental ainda está lá, então ele rapidamente volta. Ele pega sua espada de madeira que estava do seu lado e pega o caminho pra voltar pra casa.


Entretanto, seus passos pararam logo após ele pegar sua espada, porque ele acabou de descobrir um fenómeno estranho. Sua espada de madeira ficou leve, como se fosse uma simples penal


De fato, a espada de madeira na sua mão não era a que os Cavaleiros Genuínos usavam: era pra ser leve e não feita do mesmo jeito. Essa espada era feita de uma madeira mais dura e pesava de 3.5 a 4 kgs mas, tirando isso, ele precisou de um mês de treinamento até que ele pudesse manejar ela direito para entrar no Salão de Odin.


-A espada ficou mais leve? Não, espera, está com a mesma aparência! Será que eu fiquei mais forte?


Enquanto ele pensa nisso, ambas as mãos de Hao Chen seguram a espada e ele faz uma investida, fazendo um corte. Imediatamente, um som saiu dela, um poder que realmente assustou ele, mas suas mãos ficaram estáveis. Ele claramente sente que seus membros e ossos ficaram mais fortes. Pulando várias vezes, ele sente que seu corpo agora ficou tão leve quanto a sua espada de madeira.


-Essa é a força de uma Energia Espiritual de nível 20?

Na sua cabeça, Hao Chen ainda se lembra daquela cara teimosa e indiferente da garotinha muda e resmunga:

-Foi você que me deu tudo isso? Amanhã vou avaliar minha energia espiritual no Salão. De qualquer modo, vamos encarar o mourão de madeira novamente.


O coração de um jovem não pode ser muito complicado. Embora hoje, um monte de coisas deixaram Hao Chen perplexo, mas depois de um pensamento que sua mãe poderia beber novamente o Líquido de Treinamento Elemental, ele esqueceu tudo isso. Mesmo assim, a garotinha muda foi alguém que ele acabou de conhecer, então e, ele só rezou pra que ela estivesse a salvo.


Um pequeno quintal, duas salas de palha, algumas prateleiras cheias de vinhas, e alguns vegetais secando no sol. Essa era a casa do Hao Chen.


-Mamãe voltei.


A porta de uma casinha de palha abre e uma mulher camponesa sai de lá. Long Hao Chen olha pro seu rosto e corre pra ela, imediatamente revelando um sorriso.


Ela é Bai Yue, a mãe do Long Hao Chen. A aparência dele parece bem com a dela, como se ele tivesse sido desenhado baseado na aparência dela. Embora Bai Yue estivesse vestida bem simples e que tivesse passado por trabalhos bem duros, sua beleza incrível poderia chocar qualquer um. A única coisa que não é a mesma com Hao Chen são a cor dos seus olhos. Os de Bai Yue eram pretos, enquanto que os de Hao eram um azul escuro.

Mas precisamente por causa das suas belas aparências, ambos tiveram uma villa dura.


Por causa da sua bela aparência, Bai Yue, enquanto estava cuidando do seu filho, era perturbada frequentemente com todos esses problemas, como alguém poderia viver?


Quando eles vieram pra cidade de Odin, sob acordo, ela foi forçada a viver num canto remoto da cidade, e lavar roupas era seu trabalho, em que ela poderia ganhar uma pequena renda que era o necessário para sustentar sua família.


-Chen Chen, você voltou. Então, como foi o exame?

Bai Yue, cheia de alegria corre pro seu filho, segurando ele nas suas mãos. Ela pega ele, o Hao Chen de 9 anos que cresceu bastante.


Sentindo o cheiro da fragrância pura da sua mãe, Hao Chen responde jubilante:

- Mamãe, eu passei.


Bai Yue sorri.

-Eu sabia que Chen Chen era incrível. Vai se lavar, mamãe vai preparar seu almoço rapidinho.


Hao Chen pulou do peito da sua mãe.

-Me deixa fazer. Eu peguei algumas ervas selvagens. Vou fazer uma sopa pra você beber.


Quando ele disse isso, ele correu pra dentro de casa. Enquanto entra, ele mostra pra sua mãe as ervas. Ele não sabe o porque mas, ele sente que a sua mãe parece bem feliz hoje. Na verdade, ela não era de falar muito durante o dia.


Bai Yue segue seu filho com os olhos até ele entrar na cozinha, murmurando:

-Você passou por maus bocados, mas...

Ela arfa levemente, seus olhos revelam um sentimento de esforço depois de finalmente restaurar suas energias que estavam prestes a sumir.


Uma noite silenciosa.


Um dia depois. Hao Chen acorda e vai comer o café da manhã que sua mãe tinha preparado antes de ir para o Salão de Odin.


Enquanto ele dormia, nos seus sonhos apareceu a cena que tinha ocorrido durante o dia e até quando a garotinha muda tinha dado pra ele o anel. Ele acordou bem animado naquela manhã, bem impaciente para descobrir logo quando sua energia espiritual tinha crescido.


Não havia ninguém no Salão de Odin porque Hao Chen tinha chegado muito cedo. Não tinha nada de valor no Salão de Odin, então não ficava alguém monitorando, só Balza, o Professor Cavaleiro que vivia perto.


Indo rápido para o local do exame de ontem, na frente do bloco de madeira, ele puxa sua espada de madeira. Ele veio mais cedo hoje só pra provar que estava correto sobre sua energia espiritual.


A espada de madeira lentamente sobe. Long Hao Chen se concentra, ele começa a acumular poder, respirando fundo, e das suas mãos, a espada de madeira desce em alta velocidade.


Puff -*swish*--, Ping-

Por ScryzZ | 28/12/17 às 00:36 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Drama