CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 105 - Santa Filha do Samsara (II)

Shen Yin Wang Zuo (SYWZ)

Capítulo 105 - Santa Filha do Samsara (II)

Tradução: Owl | Revisão: Merewen (Otaku Nya Scans)

Havia um cheiro remanescente no ar, e o colchão ainda estava morno; essa era a prova de que ele estava dormindo lá, mas já era tão tarde, para onde ele poderia ter ido?

Enquanto sua silhueta brilhava, Cai'er desapareceu da janela como fumaça azul. Aparecendo mais uma vez na rua, ela procurava por sinais nos arredores, procurando vestígios dele. Sua bengala de bambu batia no chão enquanto se dirigia diretamente ao hotel, cheia de preocupação. Não o encontrando, procurou em todos os quartos, incluindo os de Li Xin e Ye Hua. Em todos os quartos, ela cuidadosamente usou sua percepção para detectar as mudanças na atmosfera e procurá-lo. Mas todos esses esforços foram infrutíferos; ele não estava lá, não havia nenhum vestígio dele em nenhum outro lugar além de seu quarto.

Pode ser que algo tenha acontecido com ele? A bengala azul na mão de Cai'er tornou-se mais ruidosa, enquanto seus pés estavam envoltos em uma camada de energia fria. Se algo realmente aconteceu com ele, não importa quem seja o culpado, nunca os deixarei se safar.

Voltando a sua residência, ela sentou-se de pernas cruzadas no sofá da cama. Mas como poderia Cai'er se acalmar? Ela dizia para si mesma que aquela era a sede da Aliança do Templo e que, como participante da Seleção de Caçadores de Demônios, ele provavelmente não correria perigo. Mesmo quando ela invadiu Yang Wenzhao, as forças das Alianças não o salvaram rapidamente? Mas então, onde ele poderia ter ido?

Mesmo após um período de meia hora, Cai'er não conseguiu se acalmar.

Eu tenho que encontrá-lo.

Descendo de sua cama, Cai'er pegou sua bengala azul e saiu do hotel mais uma vez. Por causa de sua impaciência, no meio da noite, esquecera-se de usar o véu.

A frieza da noite e o vento soprando despertaram Cai'er. Com a mente em desordem por causa do pânico, ela finalmente conseguiu se acalmar e começou a refletir sobre o lugar onde Long Hao Chen poderia ter ido. Se não foi que ele foi capturado por outra pessoa, para onde ele poderia ter ido?

Poderia ser isso ...

De repente, ela percebeu algo; que ele poderia estar naquele lugar, esperando por ela. Mas já era tão tarde; era realmente possível?

Não importa o que, independentemente de ele ter ido ou não, esse lugar ainda era uma possibilidade afinal.

Normalmente, ela e Long Hao Chen levavam meia hora para percorrer essa rua, mas quando ela saltou, não demorou mais do que o tempo de dez respirações para cobrir toda a distância.

Movendo a ponta do nariz, a face de Cai'er mudou. Era o cheiro dele! Era o cheiro dele! Ele estava realmente naquele lugar!

Cai'er deu passos rápidos para a frente com sua bengala azul, seguindo os rastros da atmosfera familiar e relaxada que sentia.

Long Hao Chen já estava tendo muita dificuldade em manter sua consciência e ficou ainda mais enfraquecido pelo fato de ter caído continuamente no chão. Os olhos dele eram ainda incapazes de ver claramente a paisagem a sua frente. Rangendo os dentes e suportando a dor, ele ficou ali; seu corpo era como o de um velho bêbado que tremia incessantemente.

"Du, du, du."

"Du, du, du."

Um ruído familiar entrou vagamente em sua mente. Era ela? Ou eu estou apenas tendo fantasias?

"Long Hao Chen." Cai'er ansiosamente gritou para ele.

Imediatamente após este chamado, uma longa e fina bengala de bambu azul tocou levemente o corpo de Long Hao Chen.

Long Hao Chen, que antes ficava instável, imediatamente caiu ao ouvir esse chamado, mas a queda o deixou um pouco mais claro.

Uma saia longa preta, cabelos roxos espalhados, desordenados e cobrindo seu rosto. Uma fragrância delicada, contendo uma espécie de frieza, veio até ele. Atônito, ele estava olhando para o rosto extremamente ansioso.

Sua pele estava um pouco pálida, seus olhos inexpressivos, mas seu rosto delicado e bonito não estava nem um pouco coberto. É ela, é ela!

Pelo que pôde lembrar, foi a primeira vez que Long Hao Chen viu o rosto de Cai'er. Seus sentidos extremamente refinados e a atmosfera fria que ela soltava eram completamente opostos ao seu lindo rosto, tão lustroso quanto o jade, com sobrancelhas semelhantes a jade. E embora sua pele de jade fosse um pouco pálida, ainda era tão brilhante quanto uma lichia fresca e requintada. E nesse momento, seu rosto elegante parecia ter penetrado instantaneamente nas profundezas da mente de Long Hao Chen.

"Você ... Como você está?" Sentindo que Long Hao Chen havia caído, Cai'er ficou instantaneamente ansiosa, apressando-se a agachar-se e gentilmente acariciou-o com as duas mãos.

Suas roupas estavam levemente molhadas e, obviamente, seu corpo tremia intensamente, permanecendo por tanto tempo naquela estrada noturna e sua respiração era extremamente instável.

“Cai… Er, Cai… Er. Eu estou ... me desculpe.” Quando ele viu Cai'er, Long Hao Chen ficou extremamente alegre. Ele ainda se sentia tonto, e não podia nem pensar algum motivo pelo qual Cai'er resolveu aparecer essa hora. Ainda assim, ele não podia controlar a alegria em seu coração. Segurando sua pequena mão macia, ele disse, sem ser capaz de controlar sua respiração, "Eu, eu ... não perdi ... nossa nomeação ... de propósito ... você concordaria em ... me perdoar ...?"

Segurado por suas mãos, o coração de Cai'er foi imediatamente abalado porque ela podia sentir claramente que a mão dele estava incrivelmente fria; não havia mais nada do seu antigo calor.

Apressando-se a segurar a mão com força, num instante, Cai'er pôde sentir o quão fraco era seu estado atual. E por causa do fato de que ele estava aqui, esperando por ela, ele estava atualmente à beira de um colapso.

"Eu te perdoo." Cai'er se inclinou, gentilmente se inclinando em direção a ele para abraçá-lo, colocando sua mão macia nas costas e gentilmente passando sua energia espiritual para o seu corpo, ajudando a dissipar a frieza, enfraquecendo o ar frio em torno dele que o fazia se sentir tão mal, de modo a evitar que ele adoecesse.

Como ela poderia não perdoá-lo? Assim que ela o descobriu aqui, ela imediatamente adivinhou tudo o que ele estava pensando. Ele estava extremamente fraco e, no entanto, tudo o que ele pensava era o compromisso com ela; como ela poderia se ressentir dele?

Mais importante, não foi de propósito que ele perdeu o encontro.

A energia espiritual de Cai'er era quente, mas Long Hao Chen estava se sentindo fraco demais. Suas pálpebras pareciam pesadas, muito pesadas; logo antes de murmurar algumas palavras.

Após um curto período, Long Hao Chen já estava de volta ao seu quarto.

Cai'er cuidadosamente colocou-o em sua cama, sentou-se ao seu lado e ficou segurando sua mão.

Neste momento, sob o efeito da energia espiritual de Cai'er, a mão de Long Hao Chen já estava muito mais quente.

"Desculpe, eu não deveria ter duvidado de você." O rosto elegante de Cai'er parecia ainda mais encantador, quando ela gentilmente e cautelosamente levantou a mão, tocando suavemente seu rosto e a ponta do nariz, acariciando intimamente sua pele delicada. Assim, o rosto pálido de Cai'er gradualmente começou a corar.

Uma luz fraca de cor dourada cintilou e uma adaga calmamente apareceu em sua mão. Seus dedos macios pareciam de um artista hábil. Ela moveu a adaga, formando a figura de um pequeno personagem, ao lado da cama, antes de tampa-la com a mão.

Então, ela gentilmente acariciou suas bochechas, um pouco relutante em separar-se dele, ainda corando. Neste momento, ela ainda se lembrava das palavras de Long Hao Chen antes de cair inconsciente. Ele disse: "Cai'er, você é realmente linda".

Palácio do escritório da aliança. O líder Cavaleiro Santo Han Qian, cuja posição dentro da Aliança do Templo era apenas a segunda poderosa do nono degrau, atualmente usava uma cara fria e ficava em frente à mesa ampla. Um som alto só podia ser ouvido, produzido pelas mãos dele batendo na mesa.

"Ying Suifeng, hoje, se você não tiver uma boa explicação, não culpe a Aliança dos Cavaleiros por se tornar hostil." Han Qian estava cheio de raiva. como ele fez esta declaração. Por que ele estava com raiva? Não era só ele, na verdade; atualmente, todos os cavaleiros de alta patente da Aliança do Templo estavam furiosos, e até aquelas onipotentes mansões do nono degrau que estavam normalmente em reclusão também estavam alarmadas.

Este ano, o Templo dos Cavaleiros foi o favorito para se tornar o número um da competição, por causa de seu Cavaleiro da Retribuição Yang Wenzhao, que até possuía uma fornalha espiritual. No entanto, ele acabara de ser seriamente ferido por alguém. E sem dúvida, o culpado era do Templo dos Assassinos. A prova era clara, além das habilidades registradas do Templo dos Assassinos que eles usavam, havia também a sua Fornalha Espiritual dos Mil Golpes, um sinal notável do fato de que o atacante pertencia ao Templo dos Assassinos.

Era uma manhã radiante quando Han Qian imediatamente fez a viagem para reclamar agressivamente com eles. Os representantes dos Seis Grandes Templos estavam todos, sem exceção, no escritório do palácio da Aliança. A cada dez anos, uma comissão seria eleita para representar os Grandes Templos, a fim de unificar os assuntos de todos os Templos. Entre eles, haviam 36 membros do comitê principal, seis para cada um dos templos. Como resultado, embora o Templo dos Cavaleiros fosse nominalmente o líder desses Seis Grandes Templos, eles também não tinham um status esmagador dentro dos Templos.

Han Qian era um dos seis membros principais do comitê do Templo dos Cavaleiros, no topo um Cavaleiro Santo, líder dos 36 Cavaleiros do Templo dos Cavaleiros e encarregado de lidar com assuntos cotidianos em relação ao Templo dos Cavaleiros, como um vice-mestre do palácio. Seu status era extremamente honrado, apenas abaixo dos três Cavaleiros Divinos. E com seu status de ancião, mesmo entre os três Cavaleiros Divinos, apenas um realmente tinha mais poder do que ele.

Na frente de Han Qian, sentado do outro lado da mesa estava um ancião magro. Ele parecia estar vestido com roupas pretas comuns, tinha cabelos curtos de cor cinza e uma aparência bastante comum. A única coisa que o fazia parecer diferente das pessoas comuns era seus olhos distintos e aterrorizantes. Este par de olhos parecia completamente morto e não tinha a menor expressão. Se ele estivesse deitado no chão, definitivamente haveria pessoas que pensariam que ele realmente estivesse morto.

Como um dos mais altos classificados do Templo dos Cavaleiros, os olhos de Han Qian pareciam diferentes das pessoas comuns também. E como o Assassino Herói Parlour, seu colega estava no controle dos 36 Assassinos Heróicos e também era um vice-mestre do palácio, Ying Suifeng. Ao mesmo tempo, ele estava encarregado de lidar com os assuntos diários do Templo dos Assassinos, como supervisor.

O Templo dos Assassinos e o Templo dos Cavaleiros eram diferentes em um aspecto. Em muitas ocasiões, o primeiro havia causado uma grande dor de cabeça aos 72 deuses demoníacos, forçando-os a serem constantemente assumidos e sucedidos por outros de seus parentes. No período de 6000 anos, 91 deuses demoníacos foram mortos pelas mãos do Templo dos Assassinos. Esta que foi uma época tão gloriosa para eles que nenhum dos outros cinco Grandes Templos poderia se comparar com eles nesse aspecto.

Mesmo dentro da Aliança, ninguém sabia quantas cartas escondidas o Templo dos Assassinos tinha, exceto pelos membros principais do comitê do Templo dos Assassinos e suas potências do nono passo. Dentro dos Seis Grandes Templos, o Templo dos Assassinos era a existência com a qual alguém mais temeria mexer.

Ying Suifeng não ficou nem um pouco abalado com o humor furioso de Han Qian, e simplesmente disse: "Para um caso tão grande, eu naturalmente lhe darei uma compensação".

Ao ouvir sua resposta, Han Qian se acalmou um pouco, puxando uma cadeira e batendo a bunda. Furioso, ele olhou para Ying Suifeng.

Por Dokohan | 19/08/19 às 17:24 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Drama