CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 14.1 -『A BELEZA DESTE MOMENTO』- minha felicidade -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 14.1 -『A BELEZA DESTE MOMENTO』- minha felicidade -

Tradução: Itsuki Lonely Driver


Parte 01 - O Emnetwyte suspeito

Durante o tratamento, Willem descobriu que Nopht realmente tinha muitas cócegas. Durante todo o tempo, seu corpo se contorceu e suas pernas e braços se agitavam violentamente, tornando muito difícil realizar sua tarefa. Ele finalmente conseguiu que Chtholly a ajudasse; se não o fizesse, quem sabe quanto tempo teria tomado. Ele também provavelmente teria acabado com mais de uma contusão ao lado de seus olhos.

Rhantolk, por outro lado, provou ser problemática por uma razão completamente diferente. Sempre que Willem pressionava os dedos nas costas, ela soltava um gemido estranhamente sugestivo. Bem, Rhantolk parecia muito madura para sua idade, mas sempre que ele ouvia essa voz, Willem sentiu que eles estavam fazendo algo inapropriado e teve que interromper seu trabalho.

Como resultado, os tratamentos levaram muito mais tempo do que se esperava originalmente. O brilho afiado de Chtholly na parte de trás do pescoço de Willem durante o tempo todo não ajudava exatamente.

Mais cedo, Nopht e Rhantolk disseram-lhes que os ataques da Besta haviam continuado a ocorrer esporadicamente após a queda de Saxifraga. Nenhuma delas acabou por ser uma grande ameaça, e a dupla lidou facilmente com os intrusos. No entanto, após a inspeção, Willem descobriu que ambas sofreram uma leve intoxicação por Venenum, o que levou a tratamentos penosos.

Venenum atua como uma espécie de oposição à força vital. Acender o Venenum inevitavelmente leva à desordem daquela energia vital, e se alguém inflama uma chama forte demais, e continua a usá-la por muito tempo, ou a usa repetidamente sem descansar, o estado desordenado pode persistir mesmo depois da batalha, tornando-se cada vez mais difícil de curar.

O tratamento que Willem fez nas duas garotas é uma das contramedidas dessa condição. Envolve estimular os pontos de acupuntura apropriados para ajustar o fluxo sanguíneo e relaxar a força dos músculos endurecidos. Já era bem conhecido como uma técnica prática para médicos do campo de batalha, no mundo anterior.

[Bem, como você se sente? Melhor?], perguntou Willem, exausto.

As duas meninas trocaram olhares.

[Meu corpo parece tão leve... É meio assustador].

[Se eu não estou cansada depois de uma intensa batalha, simplesmente não parece estar certo].

Parecia que seu tratamento funcionava adequadamente, mas as respostas que ele recebeu não pareciam muito entusiasmadas ou agradecidas. Desde que Willem se apresentou ontem, suas atitudes em relação a ele foi de estranheza. Bem, Willem podia entender. Para elas, o 2º técnico Willem Kmetsch não era mais que um homem suspeito que de repente apareceu na frente delas e começou a agir como se estivessem sob seu controle. Embora houvesse prova e apoio de Chtholly e Nephren, Willem ainda não passou algum tempo tentando construir sua confiança em um nível pessoal. Então ele entendia por que elas permaneceram cautelosas com ele... Ou então ele pensou. Parece que a situação é muito mais do que isso.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[Mas... você é um Emnetwyte, não é?]. Ao perguntar, Rhantolk revelou prontamente o motivo de sua atitude. [Se você fosse apenas uma fraude ou qualquer outro tipo de história, mas Chtholly e Nephren confirmaram a verdade. Isso significa que você pertence à raça maldita que destruiu a Terra. Aceitá-lo tão facilmente é a opção não natural aqui].

Willem podia ver aonde ela chegaria. Até agora, ele nunca recebeu esse tipo de resposta de pessoas para quem ele revelou sua identidade, mas talvez isso fosse apenas devido à boa sorte. Quando pensou nisso, a visão de Rhantolk fazia sentido como uma reação padrão.

[Não é como se eu pessoalmente fiz alguma coisa...].

[Além disso, essa atitude despreocupada e casual que você tenta manter é suspeita. É como se você estivesse tentando esconder suas verdadeiras intenções, ou você está acostumado a enganar as mulheres... Bem, eu entendo que se eu continuasse a te criticar, eu poderia continuar para sempre, mas...].

[Então não faça isso... Acostumado a enganar as mulheres? Um equívoco grosseiro. Exijo que retire essas palavras].

[Agradeço que você tenha salvado Chtholly da sua morte planejada. E do seu tratamento anterior, parece que suas habilidades são confiáveis. Você costumava ser... Um Quasi Brave, não é? Não duvido que você foi uma vez um guerreiro com esse título. Você provavelmente é muito mais especializado para a batalha do que nós, quem vive e morre por esse único propósito. Mas ainda assim, isso não é prova suficiente para eu julgar você como um personagem inofensivo].

[O que diabos mais você precisa?].

[Você sabe como o Emnetwyte lançou as 17 Bestas sobre o mundo?].

[Ouvi um pouco do Grande Sábio, sobre como as bestas eram armas biológicas desenvolvidas pela organização anti-Império True World e assim por diante].

[Armas biológicas].

[Sim, foi o que ele me disse].

[Então isso significa que deve ter havido um ser original com o qual a arma foi construída, certo? Você tem alguma ideia do que poderia ter sido?].

[Não faço ideia. Não acho que isso seja muito importante. Provavelmente capturou uma nova espécie de Monstruoso ou algo assim].

[Entendo].

[Isso é tudo?].

[Isso é tudo].

[Entendo…].

E assim foi a conversa de Willem com Rhantolk.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[Eu particularmente não te odeio ou algo desse tipo], respondeu Nopht ao perguntar. [Você não parece muito alto e poderoso ou qualquer coisa, na verdade você parece um pouco simples. Além disso, se Ithea e Nephren confiam em você, acho que você não está pensando em coisas ruins. Na verdade, parece que você não está pensando em nada, mas...].

[Não posso dizer se acabei de ser elogiado ou insultado...].

[Ainda assim, não posso confiar plenamente em você. Eu confio mais no julgamento de Rhan. Desculpe, mas enquanto ela não confiar em você, não posso fazer nada].

[Entendo…].

E assim foi a conversa de Willem com Nopht.

 

[Eu não acho que você precisa se preocupar demais com isso]. Talvez porque o humor desencorajado de Willem mostrou isso, Nephren caminhou até ele. [Essas duas são quase sempre assim. Elas não são do tipo que odeiam seriamente alguém, por isso tenho certeza de que sua atitude irá relaxar em breve].

[Sim, eu acho].

Elas não pareciam garotas ruins. Rhantolk estava apenas tentando pensar as coisas por sua própria lógica, e a Nopht simplesmente confiava nela. Willem não tinha motivos para manter sentimentos hostis em relação a elas.

[Obrigado, Nephren]. Suas palavras foram encontradas com um olhar intrigado. [Você sempre me apoia. Eu agradeço].

[Nn... Não é realmente isso], Nephren respondeu com sua habitual expressão difícil de ler. [Você parecia que iria colapsar se eu deixasse você sozinho].

[... Eu pareço tão fraco agora?]. Ele perguntou ligeiramente magoado. Nephren, no entanto, nunca respondeu.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

O empacotamento dos produtos escavados parecia estar indo bem. Uma a uma, as caixas de madeira encheram o porão da aeronave, que cheirava a ferro e óleo. Depois de receber a permissão da pessoa encarregada do trabalho, Willem abriu uma dessas caixas e tirou o pacote firmemente embrulhado em um pano sujo que estava colocado dentro.

[Cuidado, se você tocar isso, você pode pegar uma maldição Emnetwyte], advertiu um bondoso assistente Orc.

[Obrigado pela sua preocupação, mas você não precisa se preocupar. Eu sou um Emnetwyte].

[Hahah, você não é um pouco velho para continuar a brincar de faz de conta?]. Com uma risada saudável, o trabalhador saiu.

[... Ele achou que eu era um adolescente delirante?].

Bem, mesmo que ele estivesse falando a verdade, para a maioria das pessoas, os Emnetwyte eram as encarnações lendárias do mal. Se alguém de repente declarou que pertencia a tal raça, seria natural que outros assumissem que ele estava delirando. Willem precisava ter mais cuidado no futuro.

Mudando o foco para a tarefa em questão, Willem segurou o conteúdo daquele pacote - uma grande espada composta de dezenas de fragmentos de metal - até seus olhos. Não havia dúvida: era o Carillon Lapidem Sybilus.

Ele não tinha a menor ideia do por que tinha sido encontrada aqui em Gomag. Navrutri era de Garmond Ocidental e não pensava muito no império. Willem não conseguiu pensar em uma razão pela qual ele iria até aqui, até as fronteiras do império, depois da batalha com os Visitantes e o Poteau.

[Ah, quem se importa].

Ele deve ter visto alguma coisa lá, mas nada preocupante para Willem. No momento, a própria espada era mais importante. Ele realizou uma verificação áspera na condição das linhas de feitiço. Como esperado, elas tinham caído em desordem total. Nessa condição, não seria de uso algum, e Willem não estava confiante de que ele poderia restaurá-la com suas habilidades. Ele precisava desmontá-la e ver mais detalhadamente.

[- O que você está fazendo aqui?]. Nopht apareceu por trás de uma caixa de madeira. [Mesmo se você roubar algo, você acabará lidando com a Orlandri de qualquer maneira, então não tem sentido, sabia?].

[Estou aborrecido de você ter assumido que eu estava fazendo uma malícia tão insignificante]. Willem balançou o dedo. [Eu sou um maligno Emnetwyte, afinal. Se eu planejar algo, será um crime de maior escala].

[Sério?].

[Sério]. Ele riu.

[Bem, que tipo de crime é então? Você vai afundar toda essa aeronave?].

[Não, então eu também morreria].

[Não seria legal se você fielmente executar ações malignas sem pensar no seu bem-estar?].

[Que tolice. Os vilões de verdade não precisam desse orgulho clichê. Nós nos respeitamos e a natureza das coisas. Noções básicas de ser mau, de verdade].

[Sério?].

[Sério]. Outra risada. [Oh, isso me lembra. Eu vou fazer uma manutenção nesse cara, então, enquanto eu estiver fazendo isso, eu também poderia fazer nas espadas de vocês também].

Depois de pegar emprestadas as espadas da Nopht e de Rhantolk, Willem encontrou uma boa sala de armazenamento vazia. As paredes pareciam mosaicos aleatórios de chapas de aço, cobre e estanho, e estavam cobertas de grafite não tão elegantes. Os tubos que atravessavam o teto tinham pequenas rachaduras aqui e ali. A grelha de ferro cobrindo o duto de ventilação só tinha um parafuso esquerdo para apertá-lo; apenas um pouco de agitação provavelmente o derrubaria. Várias ferramentas, talvez trazidas a bordo para realizar operações necessárias para a aeronave superar barreiras em torno de Règles Ailés, foram deixadas espalhadas pelos lados da sala. Assim que Willem colocou o pé dentro dela, um cheiro terrível de origem desconhecida invadiu seu nariz. Desnecessário seria dizer que não era um lugar muito agradável para estar. Mas, proporcionava proteção contra os ventos e areia, e, o mais importante, era silencioso.

[Bem, acho que não estou em posição de reclamar]. Willem colocou as duas espadas que ele carregava nas costas contra a parede. Depois pegou uma delas e sentou-se. [Iniciar manutenção].

A lâmina gradualmente se separou quando o Venenum entrou nela. Aproximadamente metade dos 38 fragmentos de metal flutuaram por conta própria e se estabeleceram uma vez encontrando seu lugar. Ao contrário daquela vez naquela colina quando ele consertou Seniorious, seria difícil desmontá-la completamente ao mesmo tempo devido às restrições de espaço da sala. Ele poderia fazer um exame mais aprofundado uma vez que ele voltar para o armazém; Agora, basta uma checagem simples e retocar. Felizmente, ninguém parecia estar por perto, então ele provavelmente poderia fazer isso muito rápido se ele entrasse no seu ritmo –.

[Ah, aqui está você]. Chtholly de repente apareceu na entrada. Ela usava roupas de trabalho fora de moda e estava com o cabelo amarrado, de modo que não iria atrapalhá-la.

Desde que entraram na aeronave, Chtholly estava indo por toda a parte e ajudando em várias tarefas. Afinal, ela foi levada a bordo apenas como a assistente do 2º técnico de armas encantadas. Sem quaisquer deveres reais, a única maneira de encontrar alguma maneira de se tornar útil era pedir por trabalho.

[Pare de desaparecer. Eu sou sua secretária, então eu pelo menos preciso saber onde você está, certo?].

[Ah ... Hum ...]. Willem, surpreso com a visita inesperada, fez uma pausa no trabalho. [Quero dizer, secretária é apenas o título que costumávamos usar aqui, então não é como se você realmente tivesse que trabalhar ou qualquer coisa assim].

[Eu não quero ouvir isso de você].

Willem absolutamente não tinha uma resposta. Por que ela queria trabalhar tanto?

[Além disso, se eu não fizer nada, você realmente será 'aquele cara que abusou de sua autoridade e trouxe seu amante inútil com ele para o campo de batalha'. Eu não quero que isso aconteça].

[Isso não é algo para você se preocupar].

[Bem, eu me preocupo com isso]. Chtholly inchou suas bochechas, como uma criança mimada. [Ei, posso observar?].

[Eu não me importo, mas aqui está fedendo bastante, sabe?].

[Tudo bem. Há salas muito piores do que esta em outro lugar na aeronave].

Se Willem estivesse na posição de Chtholly, ele definitivamente não chamaria esse fedor de ‘tudo bem’, mas se ela estivesse bem com isso, não havia necessidade de argumentar. Ele gesticulou para que ela entrasse.

[Essa é a espada da Nopht?].

[Sim].

Willem tocou levemente um dos fragmentos de metal, os talismãs, com a ponta do dedo. Deslizou suavemente pelo ar até chegar ao seu lugar apropriado, onde parou e emitiu um ruído de toque suave, como o de um metallophone. Enquanto isso, Chtholly sentou-se em uma caixa de ferramentas próxima.

[Com certeza é bonito, mas essa sala não parece nada romântica].

[Melhor que fazer isso no meio de uma tempestade de areia].

[Verdade].

Uma pergunta surgiu repentinamente na cabeça de Willem. “Você ainda se lembra daquela noite que fiz a manutenção na Seniorious?”.

[Sim, lembro]. Chtholly assentiu. [Talvez seja porque estou tomando cuidado para não acender qualquer Venenum, mas recentemente eu realmente não sinto que mais lembranças estão desaparecendo. Pode ser que eu não esteja percebendo, mas eu me sinto muito bem agora. Nephren, Nopht, Rhantolk, Ithea... Ainda me lembro de todas elas. Talvez minhas memórias tenham perdido alguns detalhes, mas...].

[Entendo]. Willem notou que seu próprio nome não apareceu nessa lista, mas não havia necessidade de perguntar sobre isso. Ele não tinha sido esquecido. Se fosse esse o caso, Chtholly não estaria nessa aeronave com ele.

Enquanto os talismãs tocavam sua canção desleixada, os dois se sentaram em silêncio por um breve momento.

[... Hm?]. Willem notou algo estranho.

[Algo de errado?], perguntou Chtholly.

[Não está quebrada].

[Claro que não está. Se estivesse quebrada, Nopht teria tido grandes problemas].

[Não é o que eu quis dizer... Como eu poderia dizer isso...]. Ele precisou de alguns segundos para pensar em como explicar. [Carillons tem algo chamado de ‘slayer level’, o que indica sua habilidade. Ele determina contra que tipo de inimigo a espada é especialmente eficaz].

[O-Ok]. Chtholly ficou um pouco surpresa com a súbita onda de termos técnicos, mas ela parecia estar entendendo o suficiente.

[À medida que a espada mata mais do mesmo tipo de inimigo, ela começa a se adaptar, ou adquirir uma especialidade. Você pode ter ouvido falar de uma ‘Dragon Slayer'. Isso é o que as pessoas chamavam de espada cujo nível de matador tinha uma afinidade extremamente alta para dragões].

[A-Ah...].

Para Chtholly, que nunca tinha lutado contra ninguém, exceto as Bestas, pode ter sido um pouco difícil de entender. Além disso, ela nunca tinha visto um Dragão de verdade. Por enquanto, Willem continuou.

[Esta espada é uma ‘Kinslayer’].

[... Hm?].

[É especializada em matar o próprio tipo de usuário, seus parentes. Existe para o único propósito de um humano matar outro. Não parece muito útil para qualquer outra coisa].

[Uh, não é um pouco estranho? Nopht luta contra as Bestas com essa espada].

[Exatamente, é estranho. É por isso que pensei que algo relacionado ao mecanismo de especialização deveria estar quebrado, mas...].

Tanto quanto Willem sabia, a espada, Desperatio, sofria de desgaste geral, fazendo com que sua eficiência funcional caísse, mas as próprias funções ainda estavam intactas. Willem achou difícil acreditar que mais de 500 anos se passaram desde a sua última manutenção. O circuito da espinha dorsal estava em boa forma, e as linhas de feitiço não se deterioraram tanto.

[De qualquer forma, hoje era apenas um reparo de emergência. Podemos deixar a solução do mistério para outro dia].

Então, isso significa que deve ter havido um ser original com o qual a arma foi construída, certo? Você tem alguma ideia do que poderia ter sido? Willem lembrou a conversa que teve com Rhantolk antes.

[... O que é desta vez?], perguntou Chtholly com desconfiança.

[Nada]. Willem balançou a cabeça.

Agora, ele tinha uma ideia. Uma muito desagradável. Uma ideia que pousou no meio do cérebro e recusou-se a se mover. Ele estava pensando demais. Ou pelo menos, ele tentou convencer-se de que ele estava pensando demais.

Era verdade que, se ele aceitasse essa ideia, resolveria muitos mistérios ao mesmo tempo. Por que as 17 Bestas conseguiram destruir o mundo a uma velocidade tão aterrorizadora. De acordo com os livros de história, em apenas alguns dias, 2 países desapareceram do mapa. Na próxima semana, 5 países, 4 ilhas e 2 oceanos deixaram de existir. Depois de mais 1 semana, um mapa não tinha mais nenhum significado.

[...].

Não. Não poderia ser verdade. Se fosse, não há como o Grande Sábio Souwong não tivesse percebido até agora. E se ele soubesse, não há como não ter dito a Willem-

Se você não pode aceitar isso, então talvez você deva contar tudo a ele. Se você revelar uma ou duas das verdades sobre a terra que você escondeu, eu suspeito que sua atitude mude.

Ele lembrou aquelas palavras que Ebon Candle falou com Souwong. Está certo. Aquele que silenciou Souwong, aquele que não o deixou falar mais, não era outro senão o próprio Willem. Ao insistir que eles precisavam se concentrar no que tinham agora e que não podiam se preocupar com coisas já perdidas, ele rejeitou Souwong. Pensando bem, talvez sua atitude naquela conversa não estivesse correta. Mas ele não se arrependeu.

O que tenho agora...

[Vamos, o que é?], perguntou Chtholly pela 3ª vez.

Sem uma única palavra, Willem levantou-se, caminhou até Chtholly e abraçou-a com força.

[... O que há de errado?]. Chtholly envolveu seus braços ao redor dele e gentilmente acariciou suas costas.

[Você não está surpresa?].

[Estou muito surpresa].

[Você não vai entrar em pânico?].

[Estou entrando em pânico. Meu coração está ficando batendo feito um louco agora. Eu não sei o que aconteceu, mas você finalmente me mostrou seu lado fraco, mesmo que você sempre tente parecer forte. O sentimento de felicidade e o conforto de você em mim ganharam do pânico].

[... Chtholly...].

[Agora mesmo, parece que você desapareceria se eu o deixasse sozinho, sabia? Isso é realmente embaraçoso, mas está claro que não posso me afastar].

Willem colocou mais força em seus braços.

[Ah! Ei, isso dói...].

[Você é uma boa garota].

[... Desculpe, não pude ouvir isso muito bem. Pode repetir? Preferivelmente em uma voz mais alta].

[Nada].

[Ei! Diga isso de novo! Apenas mais uma vez!].

[Case-se comigo].

[Um mo- Espera o quê?].

Agora, Chtholly estava realmente começando a entrar em pânico. Willem a abraçou ainda mais.

A vontade de alguém é forte. Parece que a vontade imutável é a essência desse homem. Ele só pode ter um objetivo por vez, e ele não vê nenhum valor em nada que não esteja diretamente relacionado ao seu objetivo atual. É por isso que ele não se curvará. Ele não vai parar. Ele continuará empurrando-se até seus limites.

Ele finalmente encontrou. Ao encontrar-se com Chtholly e estar no armazém de fadas, ele, o único que não poderia proteger qualquer coisa que lutou para proteger, o único que não poderia voltar para casa para o lugar que ele tão desesperadamente ansiava, a casca de um ex-herói, finalmente encontrou um novo modo de vida.

Ele encontrou coisas novas que ele queria proteger.

Ele encontrou um novo lugar que desejava retornar.

Ele finalmente sentiu que estava tudo bem para ele continuar vivendo. E é por causa disso…

Eu queria fazer Chtholly feliz.

Willem lembrou-se de pronunciar essas palavras para Nygglatho em uma noite triste no armazém. Não, pensou ele. Não quero. Eu quero fazer Chtholly feliz. Quero me apegar a esse desejo. Quero esquecer o passado. Eu só quero pensar aqui e agora e o que está por vir.

[Unnhhh...].

Percebendo que Chtholly não parecia estar mais lutando para fugir de seus braços, Willem verificou para ver como ela estava. Se ela se tornara incapaz de respirar, ou se a força esmagadora fornecida por seus braços superou seu limite, ou talvez devido a uma combinação de ambos, ele não podia dizer, mas, por algum motivo, Chtholly parecia ter desmaiado.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 12:27 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Tragédia, Protagonismo Feminino, Guerra, Mistério, Sci-fi, Japonesa