CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 17.1 -『UMA PERGUNTA COM QUATRO RESPOSTAS』 - decisão final -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 17.1 -『UMA PERGUNTA COM QUATRO RESPOSTAS』 - decisão final -

Era uma tarde quente de verão.

[Imagine que você está em uma aeronave quando ela cai em uma ilha desabitada. Apenas duas pessoas sobrevivem: você e a pessoa que é mais importante para você. Em um mês, outra aeronave passará perto da ilha, mas você não terá meios de comunicação com o mundo exterior até então].

Sentada no outro lado da mesa, Ithea Myse Valgulious perguntou repentinamente esta pergunta bizarra.

[No entanto, há um problema. Não importa o que você faça, você só tem comida suficiente para uma pessoa. Nessa situação, o que você faria?].

[O que é isso?]. Chtholly Nota Seniorious respondeu, girando seu espaguete com um garfo.

[Algum tipo de teste psicológico?].

[Oh, apenas apareceu em um livro que eu li ontem. É algo sobre testar o processo de pensamento indivídual. Mesmo que você não responda nada, não é como se fosse ler muito profunamente isso de qualquer maneira].

[Bem, eu realmente não me importo - Mas não é estranho? Eu sei que você disse 'individual', mas acho que todas nós fadas daríamos a mesma resposta].

[Mesmo? O que você quer dizer com isso?].

[Nós damos toda a comida à outra pessoa e deixamos a ilha nós mesmas. Se alguém é precioso para nós, é claro que queremos que essa pessoa sobreviva. Nós não estaríamos nos sacrificando por nada, porque podemos voar, então provavelmente abordaremos outra aeronave antes de ficarmos completamente exaustas].

[Hmm... Como devo colocar isso? É um pouco como você dar tal resposta, Chtholly].

[Ei! O que há com esse olhar presunçosoo? Sua resposta seria diferente?].

[Eu acho. Um mês de comida para uma pessoa permitiria que duas pessoas sobrevivessem por meio mês. É por isso que, para mim, eu uso esse meio mês para procurar maneiras de escapar ou comunicar com o mundo exterior. Por exemplo, eu poderia explorar a ilha, determinar minhas coordenadas a partir das posições das estrelas e extrair alguns itens utilizáveis dos destroços da aeronave. Há muitas coisas que você pode fazer, você sabe].

[E-espera um minuto! Esse tipo de resposta era permitida?].

[Quero dizer, esta é uma questão para testar os processos de pensamento das pessoas, então, é claro que é permitido. Se tais opções não estivessem abertas para nós, provavelmente seria impossível. E você, Ren?].

A menina sentada ao lado de Chtholly, Nephren Ruq Insania, parou de rasgar um pedaço de pão e ergueu a cabeça quando ouviu o nome dela sendo chamado.


Ithea explicou o cenário novamente.

[O que você faria se estivesse nessa situação, Ren?]

Chtholly seguiu seu olhar, voltando-se para observar Nephren. Como ela irá responder?

[Hmm], Nephren pensou por um momento.

[Eu dormiria], ela respondeu calmamente.

[Se a ajuda virá de qualquer jeito, então vou esperar. Se não houver comida suficiente, pelo menos tentarei não estar com fome. Estar sozinho pode ser solitário no meio do caminho, mas se houver duas pessoas, provavelmente estará tudo bem. Perfeito]. Ela terminou com um hmph satisfeita.

Chtholly e Ithea se encararam novamente.

[... Essa foi uma resposta completamente diferente da sua].

[B-bem, o sua também foi diferente, certo? Minha resposta é mais convencional em comparação com vocês duas].

[Você não é um pouco perversa? Se eu lhe perguntasse novamente, você responderia que você não faria nada então?]. Ithea sorriu maliciosamente. [Por que não perguntamos à próxima pessoa que entrar no refeitório para ver se sua resposta é a mesma que a sua, Chtholly?].

[Veremos]. Chtholly levantou a cabeça majestosamente.

Naquele momento, uma mulher apareceu na entrada.

[Aah!].

As duas garotas gritaram, percebendo que ambas foram vencidas.

[Eh? O que está acontecendo?] Vendo os rostos delas, a mulher Troll, Nygglatho, recuou confusa.

 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[Bem, é uma questão do quão carnuda essa pessoa preciosa é, não é?], Nygglatho respondeu com um sorriso radiante, afastando os braços. [Não seria bom ser um com a pessoa que você ama? Nós estaríamos felizes unidos e a questão alimentar também seria resolvida. É ainda menos um problema se houver mais carne, afinal de contas].

No entanto, elas pensaram nisso ou tentaram resolver a questão, todas encontraram uma espécie de resposta.

As duas meninas voltaram à mesa e continuaram comendo o almoço.

[Quão afortunado é ter nosso almoço normalmente assim], disse Ithea, enchendo a boca com vegetais.

[Não há nenhuma chance de nós ficarmos presas em uma ilha desabitada de qualquer maneira], Chtholly murmurou suavemente, girando seu espaguete com um garfo.

Enquanto isso, Nephren tinha acabado de comer. [Obrigada pela refeição], disse ao prato vazio, juntando as mãos.

Era uma tarde quente de verão. O tempo passou pacificamente para as habitantes do armazém de fadas, por enquanto.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 12:32 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Tragédia, Protagonismo Feminino, Guerra, Mistério, Sci-fi, Japonesa