CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 20.4 -『COISAS QUE NÂO PODEM SER RECUPERADAS』- ovos sofreram uma grande queda -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 20.4 -『COISAS QUE NÂO PODEM SER RECUPERADAS』- ovos sofreram uma grande queda -

Tradução: Itsuki Lonely Driver

Parte 04 - Os Aventureiros

Originalmente, a maioria dos aventureiros eram apenas um grupo imprudente, embriagados em sonhos irrealistas, que nunca tiveram nenhum tipo de treinamento de verdade. Desnecessário seria dizer que eles não gostavam de um estilo de vida muito estável, e sua reputação geral na sociedade se inclinava fortemente para o lado negativo. Além disso, suas taxas de sobrevivência em batalhas contra Monstros ou coisas similares eram surpreendentemente baixas.

As guildas de aventureiros, organizações que coordenavam os esforços dos aventureiros locais, poderiam ser encontradas em todas as cidades moderadamente prósperas do continente. Estas operavam financeiramente independentemente uma da outra, mas todas as guildas foram coordenadas por uma organização superior, a Aliança. O sistema de nível, entre outras reformas, popularizado pela Aliança ajudou a transformar o grupo de aventureiros insensatos e sonhadores em exploradores treinados, estabilizar seus rendimentos, que antes não era mais que uma aposta selvagem, e aumentar a taxa de sobrevivência miserável.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[Um Brave...].

[É um Brave...].

[Um brave, hein...].

Os sussurros sigilosos espalhados pela sala reverberaram irritantemente nas orelhas de Willem. Os olhares jogados em sua direção continham uma mistura de ciúmes, ódio e admiração. Neste momento, ele estava acostumado a tal tratamento, mas ainda assim, isso o deixava desconfortável. Suprimindo o desejo de suspirar pesadamente, Willem deu uma olhada. Entre 10 e 20 homens e mulheres estavam reunidos na ampla entrada da única guilda de aventureiro de Gomag. Cada um deles tinha seu olhar emocionalmente carregado fixado em Willem.

Nós somos realmente odiados, pensou Willem enquanto ele sorria nervosamente. Afinal, a sociedade geralmente tratava os aventureiros como dificilmente um degrau acima dos bandoleiros desempregados. Por outro lado, Braves eram heróis que valentemente ficavam na linha de frente para defender a humanidade das outras raças. Ou pelo menos, a sociedade os tratava como tais.

No entanto, há um lado negativo. Na maioria das vezes, Braves não conseguiam escolher suas batalhas. Sua causa parecia justa e gloriosa, mas, no final, eles apenas agiam como mercenários para a Igreja da Luz Sagrada. Derrotar ou recuar não eram opções. Eles não tinham escolha senão lutar como ordenado e vencer. Em comparação com os Braves, os aventureiros pareciam viver uma vida tão livre e tranquila.

Esses foram apenas dois exemplos. Inúmeras outras diferenças que causavam atrito entre os dois grupos existiam. Como resultado, excluindo um punhado de exceções que tinham experimentado ambos os lados como Navrutri, Braves e aventureiros nunca se deram muito bem.

[É por isso que eu realmente não queria vir...], murmurou Willem. Os olhares hostis lembravam aqueles que ele costumava receber pelas costas por ser um 'sem marca' na 28ª ilha. Tentando evitar o contato visual com alguém, ele olhou para o teto desajeitadamente e soltou um pequeno suspiro.

[... Willem Kmetsch]. A recepcionista chamou seu nome com uma voz ligeiramente instável. [Seu status como Quasi Brave sob a Igreja da Luz Sagrada foi confirmado. Solicitamos sua ajuda com nossa próxima série de missões].

[Ah, vou fazer o meu melhor].

[D-Desculpe o problema, mas você poderia assinar esses document-].

[Espere, espere. Pare de falar assim], Willem interrompeu. [Quero dizer, essa guilda é apenas um bar barato que foi remodelado. Não consigo imaginar que seja sempre tão profissional e comercial aqui. Neste momento, sou apenas um camarada ajudando, então fale comigo normalmente. Claro que...-]. Ele virou a cabeça sobre o ombro dele. [- Se você tem algo a dizer, diga isso com sua boca, não com seus olhos].

10 ou 20 pessoas desviaram seus olhos. No entanto, um único homem manteve seu olhar fixado diretamente em Willem.

[Ok, então eu vou seguir em frente e dizer isso].

O homem gigante de pele escura lentamente se levantou da cadeira. Então, com um passo pesado de cada vez, ele se aproximou de Willem. Ele tinha um físico tão impressionante que Willem pensou que ele era realmente um gigante por um segundo, mas, é claro, ele tinha que ser humano. À primeira vista, o homem parecia andar de forma casual, mas, ao examinar mais de perto seus movimentos sutis e a maneira como ele mudou de equilíbrio, Willem podia dizer que o homem não era um amador.

[Assim como você disse, esta guilda é apenas um bar barato que foi remodelado. Não posso chamar exatamente isso de um lugar espetacular. Uma colher caída pode levar a uma briga. Alguns dias, mais pessoas passam a noite na polícia ou em um hospital do que em suas próprias casas. Esse é o tipo de lugar que isso é].

[Hmm?].

Maravilhosa ameaça, pensou Willem. O homem tinha o vocabulário de um tipo típico gângster de terceira categoria. Depois de admirar ligeiramente a habilidade do homem em seu movimento, Willem sentiu um pouco decepcionado. Bem, isso realmente não importava.

Claro, as pessoas raramente se dão muito bem, porque alguns superiores pedem que cooperem. Isto era especialmente válido para os Braves e aventureiros, cujo relacionamento padrão começou em um lugar muito ruim. Na experiência de Willem, a melhor solução foi ter uma pequena e agradável troca de opiniões. Uma troca moderada de punhos nunca magoaria. No entanto destruir a autoestima do grupo ofensor apenas pioraria as coisas, então Willem precisava encontrar um delicado equilíbrio de força e restrição. O homem que caminhava até ele parecia bastante forte. Willem provavelmente poderia fugir com um golpe com mais força do que o habitual. A parte difícil seria levar alguns golpes e agir como se realmente machucasse, mas fazer um leve corte na própria boca provavelmente seria suficiente.

[E é por isso], o homem começou a conversar novamente, primeiro olhando diretamente para Willem, depois deslizou o olhar para o local ao lado de Willem. [Você não pode trazer crianças pequenas aqui. Ninguém com menos de 15 anos pode entrar].

[…Hã?].

[Além disso, trazer uma garota tão doce e inocente... Eu não sei o que você estava pensando, mas deve ser ruim para a educação dela].

Nephren inclinou a cabeça confusa.

[Uhhh]. Willem olhou ao redor da sala mais uma vez. Cerca de metade da multidão desviou os olhos e a outra metade assentiu em uníssono. [Ah, certo. Entendo seu ponto de vista. Minha culpa].

[Não se desculpe comigo, peça desculpas a essa jovem garota].

[O-Oh. Desculpe, Ren. Você pode esperar um pouco para fora?].

[Nn]. Nephren assentiu com a cabeça e saiu da guilda quando lhe pediram.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

30 minutos depois, estavam andando em uma carruagem puxada por cavalos que patrulhava a cidade de Gomag. A carruagem tinha espaço para 4 passageiros, com todos os assentos atualmente preenchidos.

Nephren olhou para o cenário fluindo por eles com olhos brilhantes. Na 68ª ilha, lar do armazém de fadas, praticamente todas as carroças eram estritamente para fins de bagagem, e não do tipo que carregava passageiros e andava em altas velocidades. E quanto as aeronaves, bem, elas poderiam ser tratadas como uma categoria completamente diferente. Para Nephren, que cresceu na 68ª ilha, a paisagem que se espalhava por eles em sua carruagem balançante deve ter sido nova e emocionante. Se ela tivesse uma cauda, definitivamente iria mexer de um lado para o outro com vigor. Gomag nem sequer tinha nada de interessante para ver, então Willem não podia imaginar como seria se ele a trouxesse para a capital.

Ele tirou os olhos Nephren por enquanto e olhou para frente, onde estava Ted sentado, explodindo em gargalhadas.

[... Isso é tão engraçado?].

[Claro que é. Ah, eu gostaria de ter visto isso com meus próprios olhos. Infelizmente, não acho que haja mais uma chance de te ver assim por um tempo], respondeu Ted.

Desde que ouviu sobre o fiasco na guilda do aventureiro, Ted permaneceu nesse estado de diversão perpétua. Willem só queria golpeá-lo imediatamente.

[Eu superestimei os idiotas que defendiam a paz de Gomag. Nunca teria pensado que mesmo a guilda se tornasse um lugar tão suave].

[Bem, é natural], Ted disse enquanto limpava as lágrimas dos seus olhos. [Não há nenhum labirinto ou monstro forte por aqui, então todas as pessoas realmente violentas rapidamente se afastaram para uma guilda em alguma outra cidade. As pessoas deixadas aqui são praticamente pessoas normais].

[Se eles são pessoas normais, eles devem obter um emprego normal em vez de serem aventureiros...].

[As pessoas normais também podem ter sonhos de romance e glória].

... Ah, seja o que for. Willem não queria arrastar este constrangimento para sempre.

[De qualquer forma, você é realmente um Quasi Brave?]. A quarta passageira na carruagem, uma mulher vestindo uma fina armadura de couro vermelho, perguntou com um olhar suspeito.

Ela parecia ser um pouco mais velha do que Willem, talvez 20 ou um pouco acima disso. Ele havia se acostumado a receber olhares inquisitivos, mas não de jovens sentadas muito perto dele.

[Seu corpo é muito magro, tem um olhar distraído o tempo todo, e você não tem um Carillon especial ou qualquer coisa do tipo], continuou a senhorita, depois se virou para Nephren. [Além disso, você está trazendo uma criança para trabalhar. Em suma, você não parece muito forte].

Willem sabia muito bem que sua aparência externa não tinha ambição ou impacto. [Sim, eu ouço muito isso].

[Hmm. Sua resposta é meio vaga também. Isso não é bom. Estes dias, rapazes passivos não podem obter qualquer coisa, sabe?].

[... Ah, bem, é apenas uma parte de quem eu sou].

A mulher parecia bastante preocupada agora. [A Brave que conheci antes não era assim. Ela estava muito cheia de si, dizendo: ‘Eu vou cuidar de toda essa batalha, então todos os fracos se afastem' e outras coisas],

[Ah...].

Em um determinado momento, geralmente havia cerca de 30 Quasi Braves. Devido a várias circunstâncias, trocas frequentes ocorriam na composição. Além disso, como sempre lutavam em várias partes do continente, os Quasi Braves nunca tiveram a chance de se conhecer muito bem. No entanto, Willem sentiu como se ele conhecesse alguém que teria agido assim.

[Eu sabia que ela não tinha a intenção de ser hostil, e ela era muito mais forte do que nós, mas ainda assim esse tipo de coisa me irrita, você sabe?]. A mulher olhou para Ted para concordar, que vagamente respondeu 'sim' e encolheu os ombros. [Então, quando eu ouvi que vamos trabalhar com outro Quasi Brave, eu me preparei para outra pessoa realmente irritante, mas então eu pego esse cara agradável e inofensivo. O que eu deveria fazer?].

[Isso não é minha culpa...], murmurou Willem.

[Então, de quem é?].

Quem se importa? Willem pensou. [Quasi Braves também são humanos. Eles vêm em muitas variedades diferentes].

[Hmph].

A carruagem de repente sacudiu violentamente. Eles devem ter passado por uma rocha ou algo assim.

[Tudo bem, é o suficiente Lucie e Willem. Vamos ao tópico principal]. Ted bateu palmas para romper sua pequena conversa.

[Estou bem com a mudança do tópico, mas você assumir o comando meio que me irrita], disse Lucie.

[Sim, ver Ted tentando ser legal sempre me irrita], acrescentou Willem.

[Então agora vocês dois começaram a concordar um com o outro? De qualquer forma, apenas para confirmar, nossa missão é transportar um homem em coma para o hospital da cidade, certo?].

[É isso mesmo]. Lucie assentiu. [O nome dele é Odle N Gracis. 47 anos. Pintor. Vive com sua esposa, que é dois anos mais nova que ele. Hoje é o terceiro dia em coma. Sua esposa o encontrou naquele estado há dois dias atrás ao amanhecer, quando ela foi acordá-lo como de costume].

Naquele momento, um bando de pombas passou por sua carruagem. O olhar de Nephren seguiu a multidão branca para o céu.

[Hum, Lucie, uma pergunta]. Ted levantou a mão. [A esposa disse alguma coisa sobre Odle ter sonhos estranhos?].

[Ela disse. Aparentemente, ele contou a sua esposa muitas vezes que ele tinha um sonho interessante. Cinza até onde olho podia ver, um vasto deserto...].

Willem baixou os olhos para o chão. Almaria disse que viu o mesmo cenário dentro de seu sonho. Além disso... Ele não podia ter certeza se isso tinha alguma conexão com os incidentes, mas Willem e Nephren conheciam essa paisagem muito bem. Exceto que eles não viram isso em um sonho, nem neste mundo de sonhos, mas na realidade.

[... Criaturas desconhecidas como bestas que vagam por esse deserto...].

A descrição de Lucie do sonho de Odle continuou a combinar com a de Almaria e, além disso, combinou as experiências reais de Willem e Nephren.

[... Também, ele ouviu algo como uma canção, aparentemente].

[Canção?]. Uma pergunta inconscientemente escapou da boca de Willem. Tanto quanto Willem sabia, havia vastos desertos cinzentos e bestas vagando na terra, mas sem músicas.

[Está certo. Uma canção. Ele disse que não conseguia se lembrar da melodia ou das letras, mas definitivamente era uma canção]. Lucie olhou para o memorando. [Além disso, o deserto, as bestas e a música o faziam se sentir estranhamente nostálgico. Além disso, cada vez sucessiva que tinha o sonho, a nostalgia ficava mais e mais forte].

[Você acha que o sonho e a maldição de adormecer estão conectados?], perguntou Ted.

[Como eu vou saber? Com a nossa informação atual, poderíamos dizer qualquer coisa, o que significa que realmente não podemos dizer nada. Uma vez que o hospital realizar uma análise minuciosa, teremos um pouco mais de pistas], Lucie respondeu, depois voltou-se para Willem. [E quanto ao nosso Quasi Brave experiente aqui? Teve alguma descoberta ouvindo isso até agora?].

[Vejamos... O império, a Aliança e a Igreja têm conhecimento sobre a sede da True World, o grupo suspeito de estar por trás dessa maldição].

[Eh?].

[Hã?].

Os dois aventureiros deixaram escapar suspiros de perplexidade.

[Por que você diz isso?].

[Os incidentes de coma estão ocorrendo em todo o continente. Apesar disso, a Aliança está apenas investigando o território do império. A Igreja acrescentou um Quasi Brave à equipe de investigação aqui em Gomag, e o império e a Aliança concordaram com isso. Há algo de estranho em relação a isso, certo?] Willem explicou ao casal, que ainda tinham as bocas abertas estupefatas. [Esses três devem ter informações que preveem resistência armada pela True World e informações que agregam credibilidade a essa previsão].

[Por quê?].

[Braves lutam para proteger a humanidade como um todo. Ou, pelo menos, é o que a Igreja anuncia, e eles têm o cuidado de agir para que os cidadãos também acreditem nisso. Mas a Igreja se deu ao trabalho de colocar um Brave nesta missão. Isso significa que eles estão convencidos de que essa batalha se tornará um conflito de grande escala. E como tanto o império como a Aliança aceitaram essa demanda, é provável que eles compartilhem a mesma convicção].

Além disso, Navrutri, que estava investigando secretamente a True World, aconteceu dele estar em Gomag e parecia extremamente suspeito para Willem. Ele também lembrou o que o Grande Sábio, ou Souwong, contou a ele durante o encontro no céu: o grupo que desenvolveu as Bestas estabeleceu sua base em uma pequena cidade nos arredores do império. Claro, ele não podia dizer isso aos dois sentados na frente dele.

[E-Espera um segundo!]. Lucie interrompeu Willem. [Você está brincando certo? Ninguém me disse que esta missão era tão perigosa!].

[Bem, você pode contar isso à guilda depois e obter uma recompensa extra]. Willem olhou pela janela da carruagem. [Isso é o que a maioria dos aventureiros com quem  eu trabalhei fizeram].

[... E meio que tarde para dizer isso, mas, você realmente é um Quasi Brave, hein...]. O rosto de Ted parecia que tinha sido atingido por uma grande revelação.

[O que, Ted. Você tem algo a dizer?].

[Ah não, eu estava pensando, quando você descobre um lado inesperado de alguém próximo a você, é difícil acreditar imediatamente].

[Não me lembro de ser próximo a você].

[Estou preparado para uma luta longa, então estou bem em aproximar um pequeno passo de cada vez].

[Eu não acho que você entendeu o meu ponto].

A carruagem parou abruptamente.

[Parece que chegamos. Precisaremos caminhar a partir daqui], disse Ted quando abriu a porta da carruagem e desceu na pavimentação de pedra.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

True World, hein. Willem repetiu aquele nome nostálgico algumas vezes, mas detestável dentro de sua cabeça. Eles devastaram a terra. Ninguém poderia fazer nada sobre isso agora. Mesmo que Willem de alguma forma conseguisse frustrar seus planos neste mundo de sonhos, não teria efeito sobre a realidade, em que todos esses eventos já eram um passado antigo. Em primeiro lugar, ele e Nephren estavam tentando encontrar uma saída para o mundo e, para fazer isso, precisavam se concentrar em observa-lo. Não seria sábio interferir demais com a história deste mundo. Ele entendia isso.

Willem entendia, mas ele ainda aceitou esta missão. Ele fez isso porque a corajosa Almaria mostrou seu lado fraco, uma coisa rara de se acontecer. Ele definitivamente não caiu na sedução de Navrutri. Bem... Agora que cheguei a isso, acho que eu também poderia levar a sério. De acordo com o que ele aprendeu quando ele e seus companheiros derrotaram o inimigo pela primeira vez, e pelas explicações que ele ouviu ao pegar esta nova missão, Willem tinha uma compreensão básica da True World.

Sendo um grupo derivado da Igreja da Luz Sagrada, eles compartilhavam as mesmas escrituras fundamentais e, em sua maior parte, as mesmas crenças. No entanto, eles adicionaram um pouco extra aos seus ensinamentos, o que provou ser suficiente para fazê-los lançar um ataque armado contra o império. 'O estado atual deste mundo não é como deveria ser'. Essa única frase começou tudo. Após esse ensinamento, eles tentaram arrasar o mundo equivocado e restaurá-lo à sua forma adequada. Realmente um incômodo. Exceto, eles realmente conseguiram no final.

Acontece que a casa de Odle estava a uma caminhada considerável da carruagem. Os quatro passaram casualmente por uma área residencial ligeiramente desordenada no lado leste do Gomag.

[... Oh?].

Willem viu um carrinho na estrada vendendo castanhas assadas. Muitas castanheiras cresciam na floresta ao redor de Gomag, então, se você simplesmente reunisse algumas, as assasse e as envolvesse em um jornal velho, você poderia fazer um bom negócio. A cada outono, barracas semelhantes surgiam em toda a cidade, espalhando seu aroma delicioso pelas ruas. A maior parte desses vendedores iam embora quando chegava o inverno, mas alguns sempre permaneciam. Eles ocasionalmente apareciam do nada e desencadeavam seu apetite, como o que aconteceu com Willem. Para os moradores da cidade, as castanhas assadas eram um acontecimento anual, e Willem não as tinha experimentado em dois anos inteiros.

[Esperem aqui um segundo], ele disse aos outros, então correu até o carrinho. Depois de verificar o número de castanhas assadas no fogo, ele pediu 4 porções, depois carregou as nozes frescas empacotadas em um jornal velho de volta ao grupo.

[Eu não acho que seja mais época de castanha].

[Quem se importa? Eu só queria comê-las], disse Willem enquanto entregava as castanhas. [Elas estão quentes, então tenham cuidado].

Silenciosamente acenando com a cabeça, Nephren abriu o pacote. [Nozes... Assadas?].

[Eu não me importo com quem você é, se você chegar a Gomag nesta época do ano, não há como você sair sem comer isso]. Willem pegou uma e colocou na boca dele. Estava quente e fora de temporada, mas ainda era deliciosa, como sempre.

Inverno, hein. Willem de repente lembrou-se de algo. Ei, é meu aniversário em breve. Bem, não era importante.  Este mundo, alcançando o dia 17 anos depois do nascimento de Willem Kmetsch não tinha muita ligação com o seu verdadeiro eu. Na realidade, ele já tinha mais de 500 anos de idade, então ele nunca realmente pensou muito sobre sua idade.

Bolo de manteiga. Aquele que você assa é muito bom. Faça um especialmente grande no meu próximo aniversário, você poderia?

As palavras que ele falou uma vez apareceram em sua mente abruptamente, fazendo com que sua mão congelasse enquanto pegava outra castanha. Ah, está certo. A promessa que ele não pode manter. O espinho que perfurou seu coração que não conseguiu remover por um longo tempo. Depois de fazer uma nova promessa com Chtholly e cumprindo-a mutuamente, a dor desse espinho finalmente desapareceu, junto com as lembranças de Willem de sua antiga promessa.

Mas isso não era verdade para a Almaria. Para ela, não havia passado muito tempo desde que eles fizeram essa promessa. Não era um passado distante para ela. Portanto, o aniversário de Willem estava próximo também significava que o dia em que sua promessa deveria ser cumprida estava próximo.

[Almaria...]. Um sentimento incômodo arranhou a parte de trás de sua mente. Algo estava errado. Ele podia sentir, mas não conseguia identificar a fonte.

[... Você é muito estranho Willem]. Ted disse enquanto soprava uma castanha.

Willem foi puxado para fora de seus pensamentos. [Do que você está falando, tão de repente].

[Oh, é só que eu esperava que você fizesse questão de não me dar nenhuma castanha ou algo assim, mas você as entregou sem uma palavra. Fiquei um pouco surpreso].

Ah, maldição.

[... Você gostaria de ter pensado nisso antes, suponho].

[Não, não é isso. Mais como, se você quer castanha, desista da minha filha].

[Hm? Tem certeza de que está certo dizer isso? Se eu concordasse, significaria que Almaria era menos valiosa do que castanhas assadas].

[Eu vejo que sua sagacidade ficou mais afiada enquanto eu estava fora].

[Bem, é divertido ver você reagir].

[Sua personalidade também ficou podre].

[Isso é o que acontece quando uma pessoa não pode estar em um relacionamento com seu verdadeiro amor].

Enquanto isso, Nephren, que aparentemente encheu sua boca com castanhas sem esperar que elas esfriassem primeiro, agora estava com um rosto vermelho brilhante e parecia estar atordoada. Lucie teve que correr até o poço público mais próximo e pegar um pouco de água para ela. Assistindo a Nephren cometer o erro clássico de iniciante, Willem relembrou de memórias divertidas e nostálgicas.

[Ei, Ted. Eu vou te fazer uma pergunta estranha].

[O que é, Willem?]

[Hipoteticamente, se...], ele hesitou um pouco. [... Se eu fosse para uma batalha distante e nunca retornasse, você traria a felicidade para Almaria em meu lugar?].

Claro! Você planeja fazer isso no futuro próximo? Se assim for, deixe tudo comigo! Ah, e por sinal, está tudo bem se nomearmos nosso filho depois que você morrer!? Willem esperava esse tipo de resposta.

[Não].

[… Hã?].

[Não. Eu não gostaria disso. Mesmo como uma situação hipotética, eu não quero pensar sobre isso].

[Por quê? Não estou no seu caminho?].

[Bem, sim, você está. Eu sempre estou pensando que seria bom se você levasse um coice de um cavalo ou algo assim. Mas isso e aquilo são diferentes. Não gosto de fazer promessas que não consigo manter].

[Então você não acha que você poderia fazê-la feliz?].

[Claro que não], Ted respondeu com indiferença. [Para se casar feliz, ela precisaria da benção de seu querido pai. Então, até que isso aconteça, preciso que você fique por perto. Eu disse anteriormente, não entendeu? Estou preparado para uma longa luta. Oh, é claro, depois do casamento, não me importaria se você quisesse desaparecer imediatamente. Na verdade, isso seria desejável].

[Entendo].

Em meio ao frio ar de inverno, as castanhas recém assadas perdiam constantemente o calor. Willem agarrou 3 e jogou-as na boca, tentando comer antes de todas ficarem frias e duras.

[Então, você tem algum plano para ir lutar em algum lugar distante?].

[Hm... Não, na verdade não. Eu só queria perguntar]. Isso não era uma mentira. Mas as palavras de Willem também não eram inteiramente precisas. Ele tinha planos, mas eles já haviam sido realizados. Ele realmente foi para uma batalha distante e nunca mais retornou. [... Eu pretendo viver pelo menos mais 15 anos, então se você quer minha filha, você vai ter que tomá-la com seus punhos].

Ted riu alegremente.

[Eu realmente não entendo o que esses homens estão falando, mas... Ele tem uma filha crescida? Quantos anos ele tem?]. Lucie perguntou para Nephren.

Depois de pensar um pouco, ela respondeu: [Um pouco mais de 540].

Lucie suspirou.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Chegando ao seu destino, eles tocaram o sino pendurado no lado de fora da porta. Eles podiam ouvir o eco do som agudo em todo o interior, mas sem passos.

[... Ninguém parece estar vindo].

[Acho que ela não está em casa. Isso é estranho, ela deveria ter recebido o contato da guilda].

Do lado de fora da casa do Odle, os 4 se entreolhavam. Para chegar até aqui e não realizar qualquer coisa parecia um pouco triste.

Lucie tentou a maçaneta da porta. [Huh?]. A porta abriu-se. [Não está trancada].

[Hm, ela deveria ter mais cuidado. Não é muito seguro por aqui, não é?], disse Ted.

[Bem, é conveniente para nós. Ela pode ter simplesmente saído um pouco, então podemos esperar dentro].

[Eh, e-espera!]. Ted foi atrás Lucie, que entrou sem hesitar.

[Isso é permitido nos costumes sociais do Emnetwyte?]. Nephren perguntou.

[É uma espécie de zona cinzenta], respondeu Willem, depois seguiu os outros para dentro da casa.

Como com a maioria dos complexos de apartamentos abarrotados de um terreno bastante pequeno, a residência de Odle não tinha muitas janelas. Mesmo com o sol alto no céu, um interior sombrio e escuro os cumprimentou, dando-lhes o tipo de calafrios diferentes dos do ar frio lá fora.

Hm? Willem franziu a testa. Ele sentiu algo estranho. [Ren], ele sussurrou. [Prepare-se].

Nephren parecia entender o que ele queria dizer com essas duas palavras. Seu rosto ficou tenso e, depois de ajustar sua respiração, ela começou a inflamar levemente Venenum.

[Com licença. Alguém está em casa?], Gritou Lucie. Ela caminhou pelo corredor, espreitou além de uma porta aberta e disse: [Sra. Gracis? Se você estiver em casa, responda].

De repente, sem um som, uma lâmina se aproximou do pescoço dela.

Um choque de metal.

[... Quê?]. Lucie congelou em estado de choque.

A uma distância de um mero fio de cabelo na parte de trás do pescoço, uma lâmina negra sem brilho estava parada como se estivesse suspensa no ar. Apenas uma faca barata, o tipo entregue a todos os aventureiros pela guilda, bloqueava o caminho restante para o pescoço de Lucie. A faca, embora adequada para limpar pincel, cortar corda ou dissecar um animal, não era de maneira alguma adequada para uma batalha.

Então, com um barulho crescente como um grande martelo batendo na parede, a lâmina preta, juntamente com a figura encapuzada que a agarrava, voltou com tremenda força.

[Eh?].

Deslizando e passou a pobre e confusa aventureira, Willem correu para dentro da sala. Além do que ele acabou de atacar, havia outros 3 homens suspeitos, todos com o mesmo casaco com capuz e lâmina preta e curva. Eles se moveram em direção de Willem com passos firmes e silenciosos. Apenas observando seus movimentos, ele poderia dizer que os 3 eram habilidosos.

Esta faca não é boa. Willem tinha a pegado emprestado do cinto de Ted, mas esse choque com a lâmina preta já causou uma grande dano na lâmina. Mais um impacto daqueles, e ela partiria o meio. Assim, ele jogou-a para o lado.

Willem acendeu uma pequena quantidade de Venenum e ativou sua visão mágica. Nada. O que significava que os homens não usavam Venenum ou alguma magia desse tipo. Era tudo o que precisava saber. Ele respirou fundo, segurou-o e depois saltou.

No instante seguinte, um dos homens voou e esmagou o teto com um barulho explosivo e força suficiente para quebrar as tábuas de madeira. Instintivamente, os outros homens olharam para ele. Usando essa breve oportunidade, Willem misturou seu corpo com as sombras, mergulhou no ponto cego de um dos homens e quebrou seu pescoço.

Apenas mais um. Com uma pequena respiração e um som quase audível, Willem diminuiu a distância a uma velocidade incrédula, colidiu com o último homem restante e dirigiu o punho nas costelas do alvo. Então, de repente, uma lâmina preta deslizou pelo ar onde a cabeça de Willem estava a apenas uma fração de segundo atrás. Ele conseguiu esquivar a tempo. A ponta da lâmina pegou um botão logo abaixo do pescoço e o cortou.

Ele leu meu Nightingale Dash? Não era muito surpreendente. Afinal, Nightingale Dash era uma técnica bem conhecida. Nem muitos poderiam usá-lo, mas todos sabiam de sua reputação e capacidade. Alguém treinado em combate mano a mano acima de um certo nível provavelmente aprenderia a lidar com um oponente que dominou o Nightingale Dash, mesmo que eles não pudessem usar. Willem pensou que viu o homem encapuzado dar um sorriso presunçoso.

Ele saltou novamente. Seus movimentos iniciais quase exatamente correspondem ao que ele acabou de fazer. Instintivamente, o homem preparou-se para um Nightingale Dash e levou sua lâmina ao caminho previsto de Willem. Então, depois de um forte golpe por trás, o homem ficou inconsciente.

Willem não era bom o suficiente para usar o mesmo movimento duas vezes seguidas. A técnica que ele acabou de usar foi um 'Blazing Sun Dash' disfarçado como um Nightingale Dash no início. Geralmente, um soldado não utilizava mais do que uma técnica de arrancada diferente. O homem provavelmente nunca teve a chance de descobrir como Willem ficou atrás dele.

Com um tinir, a faca de Ted que Willem jogou fora mais cedo atingiu o chão.

Lucie caiu no chão, ainda chocada.

[O que foi esse barulho agora!]. Ted entrou na sala em pânico.

Nephren suprimiu o Venenum que ela acendeu com um rosto amargo, aborrecida por que não teve a chance de fazer qualquer coisa.

Willem expulsou a tensão acumulada em seu corpo junto com um suspiro. Não foi uma luta difícil, mas definitivamente poderia ter sido um pouco mais fácil. Se Navrutri, que dominou o Blazing Sun Walk, estando na mesma situação, ele provavelmente teria lidado com os 3 no primeiro golpe. Souwong teria lançado um feitiço e prendido todos eles em um instante. Hilgram os faria desmaiar com um battle cry. Emissa... Provavelmente os teria explodido e todo o quarto com uma explosão de Venenum.

Willem, que não tinha movimentos especiais como eles, não tinha escolha senão lidar com cada encontro um por um com uma combinação de técnicas modestas. Como resultado, ele trabalhou duro para criar uma boa variedade. As situações em que uma ou duas técnicas eram inúteis não apresentavam problemas, e eventualmente ele conseguia realizar o melhor desempenho, independentemente do campo de batalha. Seus resultados subiam vertiginosamente, e as pessoas até começaram a chamá-lo de ‘o Quasi Brave mais forte’, com o qual Navrutri costumava provocá-lo.

Mas no final, esse estilo de luta nunca permitiu que ele cruzasse a parede que se elevava acima dele. Ele só poderia continuar a mudar de técnicas ou mudar de equipamento e saltar repetidamente em tentativas inúteis para sequer vislumbrar o outro lado. Não importava quão habilmente ele dominasse as coisas de que ele era capaz, ele nunca conseguiu fazer as coisas que ele não podia fazer desde o início. Não importava quão completamente ele pudesse derrotar os mais fracos do que ele, a verdade permaneceu que ele nunca poderia conseguir a vitória contra aqueles que exerciam a verdadeira força.

Claro, Willem sabia que ter uma atitude pessimista em relação a tais coisas era inútil. Desejar o que ele não tinha não mudaria nada. Se um trabalho exigia esse nível de poder, poderia ser deixado para quem possui esse poder. Simples e lógico. Era assim que o mundo funcionava. Willem entendeu que, porque naquele dia, naquele dia que ele tomou uma espada pela primeira vez, desejando que um dia ele pudesse proteger sua preciosa família, ele se tornou um adulto.

[U... UAU...] A voz de Lucie trouxe Willem de volta ao presente.

[P-Podem esses caras ser da True alguma coisa ou outra!?], exclamou Ted.

Surpreendentemente, Ted entendeu rápido. Desembainhando sua espada e ficou vigilante. Nada mal, nível 8, pensou Willem. Infelizmente, no entanto, a batalha já terminou.

[Ted]. Willem gesticulou para Ted para colocar a espada de volta. [Seu trabalho está por ali].

No canto da sala, uma velha senhora estava sentada tremendo de medo.

[Ah... Você é a Sra. Gracis?], perguntou Ted.

A velha senhora assentiu vigorosamente.

[Oh, isso é um alívio]. Ted sorriu. [Nós viemos da guilda para pegar o seu marido. É seguro agora, então, relaxe. Uma vez que você estiver pronta, você se importa de nos contar tudo o que aconteceu em detalhes?].

A cautela dos olhos da velha desapareceu. Ted era cortês e bom com palavras. Não importa quantas técnicas de batalha ele dominasse, Willem nunca poderia se equiparar com Ted nesse departamento.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Eles voltaram para a guilda com o Odle N Gracis em estado de coma. Ao longo do caminho, eles pegaram e levaram os agressores, todos amarrados em cordas, para a polícia. De acordo com a esposa de Odle, pouco antes de Ted e os outros chegarem, esses homens de alguma forma entraram pela porta trancada sem um único som, depois a seguraram no chão enquanto tentavam levar seu marido dormindo. Em outras palavras, se os aventureiros tivessem chegado um pouco mais tarde, os homens, junto com Odle, desapareceriam sem deixar vestígios. À medida que a esposa chorosa contou sua história, ela repetidamente agradeceu aos deuses por suas bênçãos de boa sorte.

Willem percebeu que as bênçãos dos deuses não tinham nada a ver com isso, mas ele manteve isso para si mesmo. Os antigos Visitantes já haviam desaparecido. A única sobrevivente, Elq Hrqstn, também morreu recentemente nas mãos de um Regal Brave depois de tentar aniquilar a humanidade. Então, não importa quão devotamente as pessoas acreditassem neles ou orasse por eles, ninguém estaria lá para ouvir mais.

[Esses inimigos eram fortes o suficiente para que um Brave fosse necessário?], perguntou Lucie.

[Bem, eles poderiam ter sido um pouco fortes para uma aventureira média como você, não acha?].

[Mais como, se você não estivesse lá eu definitivamente teria morrido].

Hmm, eu me pergunto. Willem não sentiu a intenção de matar naqueles homens. Mesmo que ele não parasse aquela lâmina que balançava no pescoço de Lucie, provavelmente teria parado depois de apenas entrar ligeiramente em contato com a pele dela. Bem, isso não mudaria o fato de que o homem poderia ter acabado com sua vida.

[Você está brava por estar envolvida naquela bagunça perigosa?].

De acordo com a experiência de Willem, este foi o maior contribuinte para o atrito entre os aventureiros e Braves. Ter um Brave presente no campo de batalha significava um grande perigo à frente, e o perigo sempre entorpece o julgamento lógico. Os aventureiros viram os Braves como uma espécie de Jinx e os desprezavam como a principal fonte de perigo. Por exemplo, se uma vítima surgiu antes que o Brave chegasse ao campo de batalha, não importava quão bravamente o Brave lutasse depois, a responsabilidade da morte seria colocada sobre ele. As pessoas o culpariam por aparecer tarde demais. E, claro, eles não permitiram qualquer discordância ou argumento do Brave. O próprio Willem nunca se acostumou exatamente com isso, mas ele aprendeu a aceitar isso como uma ocorrência comum.

[Não, eu sou a única que se salvou, então eu não tenho nada para estar com raiva], Lucie respondeu casualmente. [Além disso, para ser sincera... Achei que você parecia legal lá]. Ela desviou os olhos e suas bochechas coraram de forma bem fraca. [Ah, desculpe. Eu não tenho uma queda por você ou algo do tipo. Você parece inacessível e, aparentemente você tem uma grande filha e, mais do que tudo, você não se parece com o tipo que poderia se tornar feliz comigo]. Lucie elaborou sua avaliação cruel de Willem com uma risada.

Willem achou suas críticas surpreendentemente fáceis de aceitar. Na verdade, ele pensou que o descreveram com bastante precisão. Ele estava sempre desejando trazer alegria à outra pessoa, mas ele sempre quis que alguém lhe trouxesse a felicidade em troca?

Se eu pudesse fazer qualquer coisa para lhe dar felicidade em 5 ou 10 anos, então isso me deixaria feliz também. Essa é a razão número um porque eu não me importaria de estar junto com você.

Willem se lembrou daquelas palavras que Nygglatho lhe disse uma vez. Naquele momento, ele não conseguiu aceitar o favor dela. Incapaz de encarar diretamente a forte vontade de Nygglatho, sua vontade de trazer nada além da felicidade de Willem Kmetsch, ele respondeu a resposta mais cruel possível, perguntando se ele poderia fingir que não tinha ouvido nada do que ela disse. Ele sabia que Nygglatho simplesmente iria rir, por mais cruel que fosse. Ele aproveitou isso.

[H-Hm? Eu disse demais? Eu trouxe de volta memórias ruins ou algo assim?]. Lucie perguntou, confusa em seu silêncio.

[Não, não é isso], Willem respondeu com um sorriso vago. [Você tem um bom olho para as pessoas. Tudo o que você disse provavelmente é verdade].

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Antes de deixarem a casa de Gracis, eles haviam inspecionado o corpo de Odle, com permissão de sua esposa. Os resultados não apareceram como esperado, para dizer o mínimo. Por mais que Willem ativasse sua visão mágica, ele não conseguiu encontrar vestígios de qualquer tipo de maldição. Ele aplicou pressão sobre vários pontos e verificou os movimentos dos olhos do homem, mas ainda não conseguiu descobrir quaisquer irregularidades. Odle parecia exatamente como se estivesse simplesmente dormindo pacificamente.

[Se ele é vítima de uma maldição experimental, não tem como eu não ser capaz de detectar qualquer poder mágico. É possível que seu coma seja natural e não esteja conectado de forma alguma à maldição se espalhando], ele murmurou. [Nesse caso, a propagação da maldição deve ser realmente aleatória, e nem mesmo a True World sabe quem está afetado e quem não está. Talvez os agressores não pudessem obter informações sobre as próprias vítimas do coma, então eles tiveram que roubar informações da guilda e agir sobre isso. Ou poderia ser o trabalho do traidor que Navrutri mencionou...].

[Willem].

[Ou talvez as Bestas sejam suas verdadeiras pesquisas, esses incidentes de coma são apenas subprodutos incontroláveis, e eles estavam tentando coletar amostras para descobrir como parar? Isso parece plausível, mas então por que o sonho seria sobre a futura terra?].

[Willem].

[Eles estão dando poderes preditivos a um grande número de pessoas aleatórias? Não tenho ideia do por que eles fariam isso, mas apenas olhando os resultados que a possibilidade não pode ser descartada. Porra, nós precisamos de mais pistas... Ow!?] Nephren deu um forte beliscão na bunda de Willem. [Para o que foi isso?].

[É culpa sua por não responder quando eu chamo seu nome], ela respondeu com uma voz mal-humorada.

[Você precisa de alguma coisa?].

[Mas é claro. Não pense sozinho]. Nephren agarrou levemente a ponta da manga.

[Isso é incomum para você. Você está sempre me agarrando sem hesitação].

[Isso é só quando você parece que vai colapsar se eu o deixar sozinho].

Willem sentiu como se ela tivesse dito isso a ele antes. [Então, por que você está segurando agora?]

[... Você parece que você não iria colapsar, mesmo que eu o deixasse sozinho].

[Hm?].

[Eu sou a única que entraria em colapso].

[O que você está dizendo?].

[… Deixa pra lá. Esqueça]. Nephren caminhou ao lado dele, segurando sua manga.

[Ok...]. Willem agarrou Nephren e puxou-a para mais perto, causando um pequeno grito. [Haha. Você está quente como sempre].

[... Eu não sou um aquecedor de mãos].

[Eu sei, eu sei]. Willem quase deu uma bagunçada no cabelo de Nephren, mas decidiu não fazer isso.

Aparentemente, desistindo de tentar fugir, manteve-se perto de Willem, então olhou para cima e perguntou: [Então você descobriu quem está tendo o sonho?].

[Hm? Oh, bem, até agora, conhecemos Almaria, esse cara o Odle, e... Eu acho que havia uma lista na guilda].

[Não é isso]. Nephren balançou a cabeça. [Este mundo é o sonho de alguém. Mas este mundo não poderia ter sido feito com sua memória. Deve ser alguém muito mais familiar com essa cidade. Foi o que você disse, certo?].

Ah.

[Você esqueceu?].

[Não é isso não…].

A falsa Gomag em volta deles se parecia muito com a verdadeira. Até mesmo o mais minúsculo dos detalhes que ninguém jamais prestaria a atenção. Quanto mais pesquisavam e passavam tempo na aldeia, mais evidências encontravam para essa declaração.

O problema pode ser com a nossa suposição de que se baseia apenas na memória de uma pessoa. Tendo em conta a precisão da cidade e todos os livros que Nephren estava examinando, seria mais sensato pensar neste mundo como uma espécie de quebra-cabeças de memórias de diferentes pessoas. Se era ou não logicamente possível fazer era uma questão completamente diferente.

Hmm.  Este mundo não poderia ter sido feito com apenas uma memória de pessoa. Mesmo com duas ou três pessoas, provavelmente ainda não seria o suficiente. Mas e se forem centenas de memórias? Ou mesmo milhares? A população de Gomag pairava em torno de 3 mil naquela época. Todas as suas memórias coletivas não seriam suficientes para recriar quase perfeitamente a cidade?

[… De jeito nenhum…].

Parecia uma afirmação ridícula. Mas, ao mesmo tempo, explicaria tantas das peculiaridades que tinham notado. Por exemplo, cada um dos habitantes da cidade parecia segurar sua própria força de vontade individual porque estavam todos em um ponto preso aqui, assim como Willem e Nephren estavam atualmente. E a razão pela qual eles não estavam conscientes desse fato era porque já fazia muito tempo desde que se tornaram residentes desse mundo de sonhos. Tudo fazia sentido.

Um demônio normal geralmente apenas aprisionava um indivíduo em seu mundo de sonhos. Ocasionalmente, eles aprisionavam algumas pessoas de uma só vez, mas tinha um limite. Se a nova hipótese de Willem fosse verdadeira, um ser com uma quantidade verdadeiramente aterrorizante de poder deve ter criado esse mundo.

Mas qual é o objetivo deles? Eles ainda tinham que ver qualquer armadilha do demônio projetada para quebrar sua vontade. A série de eventos envolvendo a True World pareceu um pouco como uma armadilha, mas foi muito indireta. Na verdade, Willem teve a impressão de que o oposto era verdade: seu inimigo estava deliberadamente abstendo-se de qualquer ação, deixando a história rolar como se pretendesse proteger a consistência desse mundo. Mas qual o significado por trás disso?

Será que este era seu objetivo? Para simplesmente deixar este mundo agir de acordo com a história? Não. Acalme-se e pense. Isso não poderia estar certo. Afinal, a presença de Willem e Nephren já contaminou a integridade histórica deste mundo. Qualquer interação entre eles e os aldeões nunca teria acontecido na realidade.

[... Mesmo que este seja um sonho, mesmo que isso seja falso, Almaria e os outros estão aqui, hein].

[Nn?].

[Nada. Eu estava pensando que já é hora de começar a causar alguns problemas].

Com suas informações atuais, eles não tinham como determinar os objetivos de seu inimigo. Não podiam discernir se o caçador estava tentando manter a história ou alterá-la. Portanto, não fazia sentido se sentar e ficar pensando desnecessariamente. Eles poderiam tomar a iniciativa mudando a própria história. Por exemplo, o incidente de hoje com o True World. Sem a interferência deles, esses homens teriam conseguido obter Odle. Seu fracasso provavelmente atrasou um pouco a pesquisa da True World e em comparação com a história real. Para destruir essa ilusão de um mundo e retornar à realidade, Willem e Nephren primeiro precisavam salvá-lo.

- Willem de repente sentiu um par de olhos na parte de trás do pescoço dele. Ele se virou, mas não conseguiu detectar conhecidos ou estranhos olhando para ele entre as multidões da noite movimentada. Talvez fosse apenas sua imaginação.

[Willem?]. Nephren perguntou.

[... Ah, desculpe].

Sua mente provavelmente já havia trabalhado muito após um longo dia de luta e pensamentos. Um pouco como, depois de assistir a um cristal de filme de terror, mesmo a menor vibração de uma cortina parecem os movimentos de um monstro terrível que o perseguia. Seus dias pacíficos sobre Règles Ailés devem ter roubado a presença de mente do campo de batalha que ele acumulou ao longo de seus anos como um Quasi Brave.

[Está ficando frio aqui fora. Vamos para casa].

[Nn].

Misturando-se com a multidão agitada de pessoas que corriam para casa, os dois se apressaram em seu caminho de volta para o orfanato sob o sol de inverno que rapidamente afundava.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 13:17 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa