CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 23.1 -『PARA QUEM É ESSA BRAVURA?』- nós nunca salvaremos XXX -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 23.1 -『PARA QUEM É ESSA BRAVURA?』- nós nunca salvaremos XXX -

Tradução: Itsuki Lonely Driver












A longa jornada teve um grande impacto nas memórias. Sua cidade natal ficava muito longe, suas memórias de sua cidade natal estão se tornando cada vez mais borradas. As eras passando já não tinha qualquer sentido de tempo para eles.

Eles partiram em sua jornada por causa de alguma guerra ou desastre, os detalhes dos quais apenas eles poderiam se lembrar vagamente. Expulsos de sua terra natal, eles navegaram através das miríades de estrelas em um barco. Eles visitaram muitos mundos ao longo do caminho, apenas para deixá-los logo depois.

Eventualmente, eles perceberam que perderam de vista o caminho de volta para casa. Olhando para trás, apenas revelou um vasto mar de escuridão, sem nenhum traço dos rastos de seu navio. E no momento em que a verdade grave se instalou, seu desejo de voltar para casa aumentou em seus corações pela primeira vez. Mas esse desejo, sem um caminho para a realização, logo não se tornou mais do que uma fantasia selvagem.

Tudo o que eles podiam fazer era simplesmente continuar a relembrar, esperar e rezar. Já não tinham memórias de sua cidade natal. Para compensá-lo, eles liam e reviam os antigos registros esculpidos nas paredes de seu navio e desejavam as visões inspiradas por essas palavras.

Suas vidas não conheciam o fim conhecida como a morte. Depois de vagar por uma eternidade, eles finalmente desistiram de encontrar sua casa. Em vez disso, eles construíram um jardim em miniatura de acordo com sua terra natal para dormir nele para a próxima eternidade.

E assim terminou uma história, mas outra começou.

Aqueles viajantes das estrelas depois se tornaram conhecidos como visitantes.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Lillia Asplay preparou-se de antemão, mas ouvir a palestra de seu mestre provou ser muito mais dolorosa do que ela esperava.

[Então, esta é a verdadeira história da criação do mundo? Isso parece algum tipo de fantasia delirante que um adolescente criaria! Vamos lá, você não acha que você é um pouco velho para isso, mestre?].

[É esse tipo de atitude que a atual Regal Brave deve ter? Em primeiro lugar, nunca contei uma mentira].

[Eu sei, eu sei, é um pouco difícil ouvir isso com uma cara séria].

Com um leve sorriso, Lillia tomou um grande gole de hidromel.

Os dois estavam sentados em um bar barato localizado em alguma esquina rudimentar do 6º Distrito da Capital Imperial. Apesar de estarem profundamente na noite, as lâmpadas do bar brilhavam como sempre, e os cigarros e a carne chiando produziam fumaça suficiente para encobrir a visão de Lillia. O lugar era oposto à limpeza e elegância, mas a comida em si mais do que satisfazia seu estômago. Para sua escolha de restaurante, Lillia adicionou um ponto à reputação de seu mestre em sua mente.

[Então, de qualquer maneira, de acordo com sua história, os Visitantes enterraram suas almas neste mundo de jardim em miniatura que eles criaram? A palavra ‘alma’ parece bastante suspeita e oculta para mim, mas deixarei isso em paz por enquanto].

[Depois disso, apenas dois visitantes ficaram vivos. Um deles é Elq Hrqstn, aquele que vamos matar amanhã. E o outro...]. Lillia apontou o garfo para  frente, com o mestre sentado do outro lado da mesa.

[- é o nosso próprio 'Foreigner' Nils].

[Não aponte utensílios para pessoas. É grosseiro].

[Bem, você é um deus, não uma pessoa].

[Não aponte utensílios para deuses também. Ainda é grosseiro].

Lillia virou o garfo e enfiou na carne ainda presa nos dentes da boca. Os sucos transbordantes e as marcas de queimaduras amargas na superfície combinaram para produzir um sabor verdadeiramente diferente. Virando-se, ela gritou para a cozinha:

[Isso é bom, velho! Mais um prato!].

[Além disso, sou completamente diferente de Hrqstn e dos outros. Nossas terras natais e nossas jornadas que iniciamos eram diferentes. Aconteceu de eu estar a deriva no mesmo mundo que eles].

[Como um humano normal deste mundo, isso não parece ser uma grande diferença].

[Eu não sou tão deus como Hrqstn e eles. Não sou onisciente ou onipotente. Eu conheço magia de outro mundo, mas vem com limites de uso rigorosos. Mais duas vezes e vou ter que partir deste mundo. Agora, é verdade que sou especial. Eu sou super forte, super inteligente e super bonito. Mas não posso ser mais do que isso].

Pensei que nunca tivesse mentido, Lillia pensou em dizer, mas decidiu continuar com ela. Infelizmente, seu mestre, Nils D Foreigner, realmente era bastante forte e inteligente. Ela não conseguiu realmente comentar a última parte, mas, bem, talvez algumas pessoas o vejam dessa maneira. Afinal, a beleza assume muitas formas, e Lillia não era uma pessoa para julgar.

[Então eu tenho medo de não poder ser de grande ajuda na próxima batalha de vocês. Eu vou deixar vocês Braves serem centro das atenções, enquanto eu limpo algumas coisas chatas nos bastidores].

[... Entendo]. Lillia engoliu alguns vegetais.

[Essa coisa chata é relacionada à True World?].

[Sim, algo assim], respondeu Nils vagamente, depois esvaziou a garrafa de cerveja na frente dele.

[Você sabe, em primeiro lugar, eu a criei como uma sociedade secreta cujo único propósito era proteger a humanidade. Eu até passei 2 anos pensando cuidadosamente em um bom nome].

[Huh?]. 2 anos? 2 anos para isso!?

[Mas então eu deixo isso sozinho por apenas 80 anos e vejo que está uma bagunça].

[Huhhh?]. Apenas 80 anos!? Eu acho que é imortal para você...

[Depois de fazer isso e por muito tempo, o tempo começou a se esgotar. A destruição da humanidade está se aproximando na escala de segundos agora. Mas, como se o grupo já não estivesse suficientemente uma bagunça, houve uma divisão interna e estamos sendo forçados a trabalhar em segredo. Não podemos fazer muito neste estado, mas entrei em contato com os líderes e entreguei-lhes algumas ordens diretamente. As pistas que a levaram até mim foram provavelmente a partir desse momento].

Nils fez uma pausa e estreitou os olhos.

[Lillia. Você acredita em mim até este ponto?].

[Bem, eu realmente não quero acreditar, mas você não está mentindo, certo?].

Um aceno de cabeça.

[Nesse caso, existem duas possibilidades. Ou você está afundado até o pescoço em seus delírios loucos, ou tudo o que você disse é verdade... Pessoalmente, eu preferiria o primeiro, mas...].

Lillia suspirou.

[Se eu fizer isso, você provavelmente vai chorar, e isso também seria muito irritante].

[Essa maneira de falar... Você e Willem realmente são parecidos].

[Isso é só porque nós somos ambos como você, mestre. Você é responsável por contaminar nossas mentes jovens e inocentes].

[Ei, você é a única que queria ser minha discípula, não te convidei], reclamou Nils, mas Lillia não parecia estar ouvindo.

[Bem, colocando isso de lado].

Depois de enfiar um pedaço de algo, se era carne ou gordura, ele não conseguia dizer, na boca dele, Nils endureceu sua expressão.

[Lillia. Não vá para a batalha de amanhã].

[Não fale com a boca cheia de comida].

[Nn? Ah].

Nils fez uma pausa para engolir.

[Lillia. Não vá para a batalha de amanhã], ele repetiu.

[Elq Hrqstn ainda é jovem. Ela não tem conhecimento para decretar uma purificação da humanidade sozinha. Um dos Poteau deve estar por trás da declaração de guerra... Eu acho que é o Jade Nail].

[Como você sabe?].

[Eu o conheço há tanto tempo, quanto os humanos existem].

Eeeh?

[Eu também não o vejo há tanto tempo quanto os seres humanos existem].

Eeeeh?

[A destruição do mundo está perto], continuou Nils enquanto começava uma nova garrafa de cerveja.

Lillia sentiu que a bebida estava um pouco mais rápida do que o habitual, mas aparentemente, com um corpo imune a todos os venenos, ele não conseguiria ficar bêbado.

[Para pará-lo, precisamos do cadáver de um Visitante. Ou com mais precisão, sua alma. Depois disso, precisamos do conhecimento e habilidades para processar a alma e estabilizar a maldição original. Se não deixarmos tudo pronto, a humanidade vai devastar este mundo num futuro não muito distante].

[Por quê?].

[Levará muito tempo para explicar. Basta aceitar isso por enquanto. De qualquer modo, o raciocínio do Poteau é bastante simples. Eles não querem que ninguém prejudique a preciosa alma de Elq, então eles vão esmagar a humanidade primeiro].

[Espere um segundo], Lillia interrompeu o mestre.

[Isso parece uma situação de perder-perder. Se vivermos, o mundo será destruído. Se morrermos, então é claro que a humanidade acabará].

[Não necessariamente. Tenho conhecimento e habilidades para trabalhar a maldição. Nós já terminamos secretamente construindo instalações para processar a alma debaixo de alguma cidade. Tudo o que resta é uma alma de visitante...].

[Eu recuso], disse Lillia bruscamente.

[... Ainda não terminei de falar].

[Eu posso dizer para onde está indo. Se eu puder matar Elq, então tudo funcionará. Ou você conversou com a Igreja, ou um de nossos camaradas está com a True World. De qualquer maneira, você recupera a alma e faz o que quer que seja com essa maldição. Eu acho que esse era o plano original].

[Mas desde que você me disse para fugir, isso significa que agora você está planejando pegar a alma de outro lugar. Provavelmente, porque eu apareci hoje à noite e suas emoções ficaram no caminho].

Lillia agarrou a garrafa de cerveja de Nils e bebeu.

[Você vai usar sua própria alma, não é? Como esse não era o plano original, acho que as chances de sucesso não são muito altas].

Nenhuma resposta.

[Não vou deixar isso acontecer. Como uma Regal Brave, é meu trabalho me sacrificar pelo mundo].

[Lillia...].

[Eu sei. Não poderei derrotar os visitantes sem usar Seniorious com força total. Matá-los provavelmente não será um problema, mas a probabilidade de eu voltar para casa em segurança é perto de zero].

Lillia sorriu. Ela tinha confiança em sua habilidade de atuação.

[Mas o mais importante, se eu ir com tudo, eu definitivamente posso ganhar. Minha vida e determinação não serão desperdiçadas].

[Não há nenhuma razão para você lutar tanto], disse Nils com um rosto amargo.

Lillia lembrou-se de ouvir uma vez antes, de um certo discípulo sem talento em algum campo de batalha anos atrás.

[Você carrega a tristeza de perder sua cidade natal, mas você não tem raiva. Você não assumiu o destino de um Brave ou o peso de um Carillon pelo seu próprio desejo].

[Isso é verdade].

Exatamente como antes, Lillia concordou, mas suas próximas palavras eram diferentes.

[Mas não há nada que eu possa fazer sobre isso. Se eu fugir, Willem ainda vai insistir em lutar, mesmo que seja ele mesmo. E ele realmente iria sozinho, você sabe?].

Lillia pegou uma batata frita e jogou-a na boca. Ao mastigar, ela começou a indicar o que ela havia percebido há algum tempo.

[Os Regal Braves são fortes. Nenhuma técnica de artes marciais, nem feitiços podem tocá-los. Nenhum monstro pode se igualar a eles. Então, se eles lutam, eles sempre ganham. Por que é isso?].

Nils manteve o silêncio.

[Todos os Regal Braves têm um histórico trágico semelhante. Eles carregam juramentos semelhantes e desejos semelhantes. Sem esses, não se pode tornar um Regal Brave. Somente aqueles com um plano de fundo de história podem alcançar uma vitória certa. Não conheço o raciocínio por trás disso. Estou simplesmente afirmando minhas impressões sobre os Regals Braves, mas estou bastante confiante de que estou certa –], ela engoliu.

[... Basicamente, Regal Braves não são mais do que cópias da vida de um protótipo de herói que já existiu].

Nils ainda permanecia em silêncio.

[Nós não estamos vivendo nossas próprias vidas. Estamos apenas seguindo alguém cuja vida passou a ser conveniente para todos os outros, com pequenas modificações. Para derrotar um inimigo que só um ‘herói’ pode derrotar, tudo o que eles precisam é alguém que vivesse uma vida semelhante à de um ‘herói’].

[Então, nós, semelhantes aos ‘heróis’, exercemos maior poder do que qualquer outra pessoa, como o ‘herói’ costumavam ser. Assim como ele, quando lutamos, sempre ganhamos. E…].

Ah não. Lillia sentiu o perigo se aproximar: seus olhos estavam ficando mais quentes. Ela decidiu que não iria mais chorar. Ela decidiu que ela sempre esconderia suas verdadeiras emoções, que ela sempre seria aquela garota irritante que nunca se abre para ninguém. Ela jurou a si mesma, mas... Mas... Ela não conseguiu se segurar.

[Assim como o ‘herói ‘ foi... Nunca seremos capazes de salvar as pessoas que realmente queremos salvar... Nunca seremos capazes de voltar para casa para o lugar que desejamos... Não está correto, 18ª geração Regal Brave, Nils Didek Foreigner?].

Nils, o homem que estava sentado com ela na mesa, que vivia uma vida muito mais complicada e problemática do que Lillia desviou os olhos.

[Não é exatamente uma regra ou qualquer coisa].

[Você acabou de dizer isso antes, você sabe?]. Lillia deu um sorriso vago.

[Mesmo que não seja uma regra claramente declarada, você ainda não pode negar que as coisas geralmente se tornam assim].

Nenhuma resposta.

[Bem Estou contente. Minha determinação não foi em vão. É verdade que não sinto nenhuma fúria em ter meu país de origem e meus pais roubados de mim, e não penso em meu destino como uma escolhida por um Carillon para ser tão importante, mas, ainda assim, não é como se eu não tenho qualquer motivo para jogar fora a minha vida lutando].

Chegou ao ponto em que ela não podia mais tentar escondê-los, então Lillia usou seus dedos para limpar suas lágrimas levemente. Então, um pouco divertida com seu próprio comportamento impróprio, ela soltou uma risada silenciosa.

[Willem tem um lugar para o qual ele quer voltar para casa. Ele tem pessoas que ele quer salvar. Eu sou diferente. E eu acho que você também é mestre].

Com a voz tremendo, Lillia declarou com orgulho:

[Nunca irei deixar Willem tornar-se um Regal Brave. Isso é o suficiente para eu lutar. Eu continuo com o título de Regal Brave para esse propósito único, e amanhã, vou derrotar os Visitantes para esse propósito único].

Por ScryzZ | 03/08/18 às 13:56 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Tragédia, Protagonismo Feminino, Guerra, Mistério, Sci-fi, Japonesa