CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 24.1 - 『O NEVOEIRO NO CÉU』- sonetos incompletos -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 24.1 - 『O NEVOEIRO NO CÉU』- sonetos incompletos -

Tradução: Itsuki Lonely Driver


Parte 01 - Visitante Elq Hrqstn

Ela só queria ser ‘alguém’. Isso é tudo o que ela desejou no início.

Uma criança pequena adormeceu profundamente dentro de uma barreira pequena e sólida. Em termos simples, a barreira criou seu próprio pequeno mundo isolado do exterior. A criança nunca deu nem um passo para fora dessa barreira durante toda a vida.

[Vocês visitantes têm uma presença tão grande que, apenas existindo, você sobrecarregaria as mentes de todos os seres vivos no mundo exterior].

Um dos membros da família da criança, Ebo, disse a ela uma vez.

[Quase todos os seus pais e outros anciãos tiveram que quebrar suas almas em pequenos fragmentos para viver nesta terra. Mas não queremos que você siga o mesmo caminho. Você é o nosso último mestre. Queremos que você fique assim para sempre].

Essas foram as palavras de outro membro da família, Carma.

[Nós três Poteau existimos para guiar os Visitantes - Ou, agora que quase todos eles deixaram este barco, nós existimos para guiá-la sozinha. Vamos arriscar nossos corpos e almas para protegê-la de qualquer pessoa que cause danos, mestre Elq Hrqstn].

Essas palavras vieram de outro membro da família, Jay.

Desde o momento em que a criança, Elq, ganhou consciência, esses três sempre estiveram ao seu lado. Eles gentilmente a apoiaram. Eles lhe ensinaram muito. Eles ouviam seus desejos, exceto, no entanto, por apenas uma coisa. Eles nunca concederam sua permissão para deixar a barreira, para ver o mundo exterior com seus próprios olhos.

Um dia, Jay desapareceu.

Então, mesmo Ebo parou de aparecer.

Quando Elq perguntou a Carma para onde eles foram, ela nunca deu uma resposta adequada.

[Uma vez que eles completem suas missões, eles voltarão para casa], ela falou, depois desviou seus olhos.

Missão? O que poderia ser isso? Elq pensou. No entanto, sua ignorância impediu que ela ponderasse mais a questão e sua juventude a impedia de pensar em sua ignorância.

Em pouco tempo, Carma foi embora para algum lugar, deixando Elq sozinha na pequena barreira. Não sentia ansiedade nem espanto, apenas tédio. No entanto, esses dias de tédio continuaram por muito mais tempo do que ela esperava. Dentro de seu mundo em miniatura sem sol e sem lua, ela simplesmente esperava o retorno de sua família.

Elq logo ficou sem brinquedos para brincar na barreira. Todos os seus bichos de pelúcia desenvolveram o desgaste de seu tratamento áspero, então os colocou na parede e os deixou sozinhos para evitar mais danos. Uma vez que Jay voltou, ele certamente os consertaria.

Quando a parede exterior da barreira quebrou, fez um ruído barulhento de ruptura. O que é isso? Elq pensou. Certamente, não era Ebo e os outros. Eles não causariam tal tumulto ao entrar. Mas quem mais poderia ter sido?

A resposta logo apareceu na frente dos olhos de Elq. Uma humana de cabelos vermelhos, de 16 anos, empunhando uma espada estranha e grande que parecia ser feita ligando muitos fragmentos de metal. Chamada de Lillia Asplay, ela era um tipo de arma, chamada de Regal Brave, enviada pela Igreja da Luz Sagrada para matar o tremendamente poderoso visitante Elq Hrqstn.

[... Agh...].

Lillia não tinha muito mais tempo. As feridas cobriam seu corpo. O sangue escorria pela armadura. Inúmeras lágrimas violaram suas roupas e a pele embaixo delas. Qualquer uma poderia facilmente se transformar em feridas fatais com o movimento errado.

[Quem é você?].

Elq enviou uma pergunta simples na forma de um pensamento.

Sua pergunta não continha hostilidade, mas, por mais inocentes que fossem suas intenções, isso carregava uma enorme quantidade de poder. O pensamento lançado por Elq rapidamente ecoou em todo o interior fechado da barreira e a mente de Lillia foi ferozmente maltratada.

Lillia se contorceu em agonia, soltando os gritos de um pássaro estrangulado. Ebo não estava exagerando. Quando uma baleia gigante simplesmente torcia seu corpo, faz com que o pequeno peixe próximo seja varrido. Contra a imensa alma de Elq, a alma humana insignificante de Lillia não era mais do que um pedaço de poeira.

Os joelhos de Lillia se curvaram, e ela quase desabou no chão. No entanto, usando sua espada, o Carillon Seniorious, como uma bengala, conseguiu se sustentar. Um pequeno passo de cada vez, como se estivesse arrastando os pés, avançou.

Elq não sabia o que pensar. Ainda jovem, ela ainda não entendia o conceito de morte. A realidade da situação que ocorria diante de seus olhos, Lillia estava à beira da morte devido a nenhuma outra causa se não a própria Elq, superando completamente os limites de sua compreensão. Mas precisamente porque não conseguia entender, Elq se interessava. O que está acontecendo? O que ela está tentando fazer?

[O que você está fazendo aqui?].

Elq enviou outro pensamento.

Este segundo impacto enviou Lillia voando contra a parede. Ainda assim, enquanto o sangue dela sujava as paredes e o chão, ela levantou-se.

Uau. Não sei o que está acontecendo, mas isso é incrível. O interesse de Elq só se intensificou ao ver tantas coisas novas pela primeira vez. E sua excitação fez suas ondas de pensamento ficarem ainda mais fortes.

[Eu...].

Lillia começou, mas depois fez uma pausa para tossir o sangue saindo de sua garganta.

[Eu sou Lillia Asplay. Eu sou apenas um Brave que vai matá-la e salvar o mundo].

[Isso parece ser um monte de problemas].

O corpo inteiro de Lillia tremia como se fosse atingido por um raio. Mas ainda assim, ela conseguiu dizer as palavras:

[E é].

Enquanto o sangue escorria pelas bordas de seus lábios, ela sorriu sem medo.

Elq não entendia os conceitos de morte, dor ou sofrimento. Olhando para Lillia, no entanto, Elq podia sentir a quantidade de determinação que ela mantinha enquanto estava ali. Ebo, Jay e Carma, todos muito poderosos, nunca mostraram a Elq esse tipo de emoção.

[Por que você quer salvar o mundo?], perguntou Elq.

[... Ah-].

Agarrando-se à sua espada por apoio, Lillia tomou um momento para pensar. Bem, acho que, se eu for sincera, devo ser agora, ela murmurou silenciosamente para si mesma.

[Há alguém que eu amo].

A expressão de Lillia naquele momento. O sorriso dela. Seu sorriso gentil e deslumbrante. Ao ver isso, Elq de repente queria ser como ela. Uma semente de aspiração correu dentro de Elq.

[Eu percebo que é uma razão estúpida para ir e matar um deus, mas o que devo fazer? Ele é ainda mais impressionante. Se eu não agir dessa forma estúpida primeiro, ele irá. Willem realmente é estúpido, afinal].

Os efeitos dos impactos se sobrepondo um ao outro, trabalhando para quebrar a consciência de Lillia. Os olhos dela pareciam estar perdendo o foco, como se estivessem prestes a entrar em um sonho, mas continuou caminhando mais perto, um passo de cada vez. Eventualmente, ela chegou bem na frente do rosto de Elq.

[Bem, meu pequeno deus. Eu não tenho nada contra você, mas boa noite. Espero que você tenha bons sonhos].

Lillia ergueu sua espada, então, lentamente, e de forma limpa, empurrou-a diretamente para o peito de Elq. A lâmina perfurou o corpo pequeno de Elq suavemente, como se estivesse esfregando a cabeça de um bebê.

Elq piscou em confusão. Os Visitantes, sendo imortais, não podiam morrer, a menos que em sua terra natal, mas a estrada havia se perdido há muito tempo. Então, embora pudessem sentir dor, seus corpos não podiam reconhecer como um perigoso. O sangue saiu da ferida.

As rachaduras que atravessam a lâmina se alargaram ligeiramente, e uma luz fraca começou a derramar das lacunas, significando a ativação do talento de Seniorious, o melhor Carillon forjado pela humanidade. Sua capacidade de converter qualquer ser em um mortal não admitia exceções.

Depois de um breve período de tempo, a fraca luz diminuiu, e desapareceu completamente.

Lillia com o coração e mente completamente dizimados, finalmente esgotou a força e fechou os olhos.

Hã?

A visão de Elq de repente tornou-se negra, como se uma cortina tivesse descido diante de seus olhos. Uma sensação flutuante envolveu seu corpo. Ela parecia estar caindo para sempre e sempre. Para baixo, em uma grande escuridão. Mais profundo e mais profundo, ela foi. Com isso, a jovem Visitante caiu no longo sono conhecido como morte.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Os Braves conseguiram derrotar os visitantes do mal, eliminando a grande ameaça que atravessava o mundo. Assim como em todos os contos de heróis, a justiça havia prevalecido, e os fortes tinham protegido os fracos.

Infelizmente, vidas foram perdidas, mas certamente não em vão. Seus sacrifícios permitiram à humanidade sobreviver. Toda morte teve significado. A única coisa que restava fazer foi celebrar este maravilhoso final feliz...

Mas enquanto as massas se alegravam inocentemente, uma noite, o Quasi Brave Navrutri Teigozak roubou o cadáver da Visitante Elq Hrqstn da cripta selada e o carregou em segredo. Os fragmentos das almas dos visitantes não só serviam como um dos ingredientes que criaram a humanidade, mas também a chave para salvar a humanidade da destruição. Com o objetivo de abrir a porta para a salvação, a True World extraiu a alma do cadáver que Navrutri trouxe e tentou esmagá-la em pedaços.

No entanto, não foi muito bom. Havia muitos motivos para isso. Na época da batalha decisiva, ninguém sabia o paradeiro do fundador da True World, Nils D Foreigner. Uma associação de médicos roubou uma série de pesquisadores da True World, percebendo que seu trabalho poderia levar a descobertas no tratamento de muitas doenças. Além disso, grupos de aventureiros atacaram a organização, alimentados por seu senso de justiça e sua convicção de que a True World era um grupo maligno que representava uma ameaça para o império.

Todos esses motivos interferiram uns com os outros em formas complexas para produzir o resultado inevitável. A alma, que precisava ser esmagada em pedaços tão fina quanto os grãos de areia, manteve quase metade de sua forma original, enquanto a outra metade quebrou em pedaços apenas do tamanho de pedregulhos. Claro, isso se revelou insuficiente para ser a chave para a salvação.

Os contos de heroísmos já não tinham qualquer uso. Ninguém orou por um milagre ou tentou reverter à situação. A antiga sabedoria capaz de resolver tudo nunca despertou. Então, naturalmente, a humanidade permaneceu em seu curso original para a devastação.

As consequências incluíam 3 coisas.

As Bestas aterrorizantes que carregavam um profundo ódio por toda a vida e continuaram sua fúria violenta até que nenhuma presa permanecesse à vista.

Os poucos refugiados que mal sobreviveram no primeiro ano antes de buscar segurança no céu.

E, finalmente, os fragmentos quebrados da alma de Elq Hrqstn, abandonados não tinham nenhum lugar para ir.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[Eu tive outro sonho sobre a terra no céu].

Dentro de um espaço ilusório criado pelo Cantor, uma menina de cabelo vermelho falou com o espaço vazio na frente dela com um bocejo.

[Aquela fada novamente? Aquela que arrastou uma criança para um lago?].

Fora daquele espaço vazio, um grande peixe voador apareceu.

[Não, aquela foi punida logo depois disso. Este sonho era diferente. Um monte de fadas se reuniram dentro de uma floresta e causou um tumulto. Elas não podiam falar, mas elas choraram, riram e gritaram].

[Soa como uma perturbação da vizinhança].

[Sim, os outros ficaram irritados], disse a menina dos cabelos vermelhos, e o peixe assentiu com aprovação.

[... Eu me pergunto quem elas eram].

[Hmm? O que você quer dizer?].

[Quando eu sonho, estou em um lugar nostálgico. Dentro dessa pequena barreira, em um momento em que Ebo e Jay ainda estavam lá].

[Ah, nosso barco, hein].

[Lá, é como se houvesse histórias espalhadas. Nos buracos das paredes, ou presas entre armários, nas ilustrações de livros de imagens... Quando as encontro aprendo sobre essas crianças. O que elas fazem, o que eles pensam, o que elas sentem... Assim como leio um livro, eu posso ler suas vidas].

[Essa barreira em que nos encontramos já é como um sonho, mas você ainda está sonhando com isso? Eu acho que você está chegando naquela idade...], comentou o peixe, mas a garota realmente não entendeu.

[Essas crianças são todas você, Elq].

[Eu?].

[Aqueles idiotas que quebraram sua alma não tinham muito poder ou habilidade. Basicamente, eles não terminaram o trabalho. Os fragmentos eram todos de tamanhos diferentes, e eles ainda permaneceram conectados uns com os outros. Essas fadas em seus sonhos são os resultados de partes de sua alma... Como o cabelo que você cortou há muito tempo ou algo assim. Como você não morreu corretamente, esses fragmentos de sua alma não poderiam simplesmente ficar quieto. E através dessa conexão, você está vendo suas vidas como sonhos].

[Então, meus sonhos realmente estão acontecendo, fora desse mundo de barreiras?].

[É isso mesmo].

[Essas meninas fazendo travessuras e sendo punidas e causando um alvoroço... Tudo isso realmente aconteceu?].

[Mhm].

Ah, entendo, pensou Elq. Isso é interessante. O mundo de barreira criado pela Primeira Besta em que residia, proporcionava à ingênua Elq um entretenimento mais que suficiente, mas a vida passageira dessas fadas no céu proporcionava um tipo de estimulação completamente diferente. Ela apreciava seus sonhos, ou melhor, a vida dos fragmentos de sua própria alma, como uma espécie de diversão que lhe permitia experimentar histórias curtas e agradáveis.

Depois disso, o tempo passou.

No mundo criado pelo Cantor, no entanto, a passagem do tempo não tinha significado. Cada dia passava exatamente da mesma maneira que o anterior. O senso comum de que, a cada ciclo de nascer e pôr do sol, o amanhã se torna hoje, e hoje se torna ontem não se aplicava. Uma constante de hoje simplesmente continuou para sempre.

Em meio a essa monotonia nunca cessante, os sonhos de Elq sozinhos mudaram um pouco a pouco. Ilhas flutuantes caíram nas mãos do Timere flutuante. Algumas fadas impediram esses ataques, fazendo com que seu Venenum ficasse berserk. Algumas pessoas perceberam isso e tiveram a ideia de usar as fadas, que anteriormente não eram mais do que perturbações da vizinhança que viviam dentro das florestas, como armas para proteger as ilhas.

[Recentemente, meus sonhos ficaram um pouco perturbadores].

Ver as fadas se dedicando a perseguir suas ambições tornaram os sonhos de Elq divertidos, mas recentemente ela quase não conseguia mais ver isso. Agora, ela só via fadas que se matavam para salvar a vida dos outros, como se fossem meras ferramentas.

Mais tempo passou.

Como sempre, quando a noite chegava, Elq viu as vidas das fadas. Ela observou como as fadas aprenderam a língua das pessoas da ilha, receberam espadas e se tornaram soldadas enquanto ainda eram tratadas como armas.

Nesse ponto, algumas fadas começaram a ter consciência de si mesmas e ter o desejo de viver. Por algum motivo, Elq não conseguia ver essas fadas por algum tempo depois do nascimento. Só depois de crescidas, suas histórias se relacionavam com seus sonhos. De acordo com Carma, esses fragmentos, depois de passar por muitas reencarnações, gradualmente se tornavam independentes, enfraquecendo sua conexão com Elq no processo. Isso significava que as divertidas histórias de Elq eventualmente desapareceriam completamente. Ela não estava muito feliz ao ouvir essas notícias.

Então, um dia, uma fada em particular apareceu nos sonhos de Elq. Aquela fada tinha o cabelo da cor de um céu azul claro e os olhos da cor da superfície calma do oceano. Ela tinha grande força e, além disso, seu uso dessa força já estava decidido. Ela usaria o Carillon Seniorious e venceria um Timere especialmente grande, perdendo sua própria vida no processo. Ela existia para esse único propósito.

Ahh, isso de novo não. Apenas ao ver o início dessa história simples e fechada, Elq caiu em um humor deprimente. Essa fada seria exatamente a mesma coisa que todas as outras. Ela descartaria sua vida curta sem nunca saber o que era diversão ou felicidade. Elq facilmente previu a conclusão.

Sua previsão teria sido certeira, se não fosse por três pontos decisivos. Primeiro, a fada de repente teve o desejo de caminhar em uma cidade estrangeira. Em segundo lugar, um gato malicioso arrancou seu precioso broche e fugiu. E em terceiro lugar, depois de cair de um edifício alto, e pousando em cima e quase esmagando um jovem de cabelos negros.

Você está machucado!? Você está vivo!? Algum órgão esmagado!?

Os dois correram por toda a cidade, depois se separaram, depois se encontraram de novo.

Bem, prazer em conhecê-lo, Sr. Supervisor.

Eventualmente, a fada notou os sentimentos dentro dela.

... Se eu pedisse um beijo ou algo assim. O que você faria?

Sua determinação de morrer se desfez, ela caiu em um turbilhão confuso de ressentimentos, mas ainda assim ela levantou a cabeça e decidiu perseguir suas aspirações.

Elq ficou fascinada na história daquela fada, aquela vida que uma vez foi uma parte dela. Ela sentiu que a fada tomara algo importante dela, mas não sabia o que.

A fada amou alguém e desistiu de sua própria felicidade para essa pessoa. Ela foi sem hesitação a um campo de batalha onde a morte certa a aguardava. Ah, é isso. Elq percebeu: aquela fada lembrava Lillia, a humana Regal Brave que matou Elq Hrqstn. Elq morreu enquanto desejava se tornar como Lillia. Ela levou essa admiração com ela para o túmulo.

Esse desejo se tornou realidade. Todas as fadas nos sonhos de Elq abdicaram de suas vidas sem um único pensamento sobre sua própria felicidade. Ela nunca prestou muita atenção a esses elementos, já que ela mesma não entendia os conceitos de amor ou a própria felicidade muito bem. Seus sonhos ficaram aborrecidos recentemente, mas agora Elq percebeu que era resultado de seu próprio desejo. Ela queria interagir com o mundo exterior. Ela queria agitar uma grande espada e sacrificar-se como Lillia. O tempo todo, aqueles desejos infantis dela foram cumpridos uma e outra vez, consumindo inúmeras vidas no processo.

Mas agora, essa menina de cabelos azuis... Chtholly Nota Seniorious, ela quebrou o padrão. Em vez de simplesmente seguir os desejos de Elq, ela tinha suas próprias aspirações. Ela amou alguém e não escondeu esses sentimentos. Ela queria trazer essa felicidade a pessoa e também encontrar a sua própria. Ela se dirigiu a uma perigosa batalha apesar do medo e da agitação dentro dela.

Dentro de seus sonhos, Elq não era mais que uma criança pequena sentada dentro das ruínas do antigo barco dos Visitantes. Ela não entendia o que tinha feito, nem sentia nada. No entanto, quando ela acordou no mundo da barreira, ela ficou brava consigo mesma. Como ela poderia ter sido tão má? Ela queria vomitar. A Igreja da Luz Sagrada estava certa. Elq Hrqstn era um deus perverso que merecia ser morto.

[Você não deveria se preocupar com isso], disse Carma, casualmente.

[Todas aquelas meninas morrendo e nascendo são você, então você não está realmente prejudicando ninguém. Não só isso, mas essas ilhas no céu estão sendo protegidas com o seu poder, certo? Você está fazendo uma coisa boa].

Não, pensou Elq. Chtholly pode ser eu, mas eu não sou Chtholly. Mesmo que as fadas fossem todas partes de Elq, cada uma delas mantinha sua antiga personalidade individual e aspirações. Elq não estava lutando desesperadamente por algo como elas. Ela não podia. Ela só podia assistir de uma certa distância e admirar aquelas que podiam.

Tempo passou.

Elq viu o colapso do ego de Chtholly durante a batalha. No começo, seus sonhos não eram mais do que uma forma de diversão, onde ela poderia experimentar histórias curtas e agradáveis. Elas não eram mais do que uma maneira de obter estimulo, ela não poderia entrar no mundo da barreira. Então por quê? Por que isso estava acontecendo?

[Eu tenho um desejo. Este provavelmente será o meu último], disse Chtholly.

Eu sei, pensou Elq.

[Não consigo lembrar com precisão, mas sinto que há alguém que eu quero salvar. Há sentimentos que eu quero transmitir].

Eu também sei disso. Eu não sou você, mas você sou eu. Eu assisti você perseguir Willem esse tempo todo.

[Eu entendo tudo agora. Mas ainda estou lhe pedindo].

Achei que você diria isso.

Elq não conseguia dizer a Chtholly que queria que ela parasse, vivesse um pouco mais, para deixar Elq ver um pouco mais de sua história. Então ela simplesmente a viu uma última vez.

Elq não lançou uma única lágrima em seus sonhos. Mas ainda assim, ela não conseguiu afastar os olhos da história da menina de cabelos azuis e do jovem de cabelos negros até o final.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 14:00 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa