CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 24.4 - 『O NEVOEIRO NO CÉU』- sonetos incompletos -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 24.4 - 『O NEVOEIRO NO CÉU』- sonetos incompletos -

Tradução: Itsuki Lonely Driver

Parte 04 - Fim da Batalha

O tempo lentamente, mas certamente, fluiu. O verde das gramas à beira da estrada se aprofundava, e as árvores quase pareciam competir entre si para florescer suas flores primeiro. O vento assobiando parecia um pouco mais suave e mais quente a cada dia que passava.

À medida que as estações mudaram, o armazém de fadas ganhou duas novas moradoras. Uma veio de uma floresta na 26ª ilha flutuante, e a outra apareceu ao lado de um lago na 40ª ilha. A agência de busca da Winged Guard as pegou e as levou ao armazém. No início, Almita e suas amigas, a geração mais nova até então, se alegraram e causaram uma grande agitação ao ouvir as notícias. Tiat, no entanto, acabou com isso, repreendendo-as para que agissem mais maduras desde que se tornaram irmãs mais velhas.

Por outro lado, felizmente, nenhuma residente existente foi perdida durante esse período. Nenhum ataque de Timere ocorreu desde então, então ninguém precisava ir à batalha e sacrificar sua vida. Chtholly. Nephren. Willem. Desde aquele dia em que o armazém perdeu esses três rostos insubstituíveis, os tempos de paz continuaram exatamente como aqueles três sempre desejaram.

[Como de costume, não há previsões de batalhas], repetiu um gigante Reptrace do outro lado do cristal de comunicação.

[Se houver um ataque Timere no futuro, certamente será pego pela olhos prateados. Embora possa ser uma breve pausa, parece que as soldadas podem continuar a descansar suas lâminas].

[... Entendo].

Nygglatho suspirou aliviada.

Era um evento regular, mas, ainda, Nygglatho sempre ficava nervosa durante suas conversas com o 1º oficial Limeskin. No entanto, a culpa não era necessariamente dele. O tópico não era exatamente um bate-papo calmante. Seu coração nunca poderia ficar calmo ao pensar em enviar as preciosas filhas do armazém para o campo de batalha.

Mas porque a conversa deles sempre foi tão perturbadora, momentos em que Limeskin informava que nada aconteceu tornava Nygglatho ainda mais feliz. Somente em momentos como esses, ela se sentiu grata pelas habilidades de previsão supostamente perfeitas da Prima olhos prateados. Como declarou que não haveria batalha, um ataque surpresa seria inconcebível. Os dias de lazer no armazém continuariam um pouco mais.

[Estou feliz em ouvir isso], disse ela do fundo do coração.

[Este período de paz está se tornando bastante longo. Antes, haveria 2 ou 3 ataques por mês... Mas não aconteceu nada ultimamente].

[Hum].

O Reptrace deu um grunhido indecifrável antes de se calar.

Nygglatho ignorou isso e continuou, alimentada pela felicidade infinita que brotava dela.

[Eudea e as outras estão indo muito bem. Você sabe, as novas garotas que vieram no mês passado. Parecem ter medo de dormirem sozinhas, então eu fico com elas todas as noites. Ahh, seus rostos quando elas dormem são tão fofas, que eu só quero engoli-las, sabe?].

[Eu... Entendo...].

A voz do Reptrace parecia um pouco mais sombria do que o habitual quando ele murmurou essa resposta superficial.

Nygglatho percebeu claramente que algo estava errado.

[O que está errado?].

[Ah... Não é fácil discutir].

Limeskin parecia estar hesitante, algo muito incomum para ele.

[Oh, você está falando sobre isso? Depois que o Cantor desapareceu, uma expedição foi enviada com pressa, certo? Eles encontraram alguma coisa?].

[Não, não é isso. Os relatórios da expedição estão todos sendo escondidos por alguém mais alto na hierarquia do que eu].

[Eh?].

Limeskin era um 1º oficial. Agora, Nygglatho não conhecia a estrutura da Winged Guard com muitos detalhes, mas entendia que o 1º oficial era uma posição bastante alta. Certamente, a informação que lhe foi retida não poderia ter sido uma ocorrência normal. Em outras palavras, essa expedição encontrou algo lá embaixo e que algo tinha que ser tão importante que nem mesmo um 1º oficial poderia saber sobre isso. Aquilo intrigou Nygglatho um pouco, mas, aparentemente, Limeskin tinha outro tópico em mente.

[É sobre as previsões das batalhas], continuou ele.

[Sim?].

[Não apenas hoje ou amanhã. Absolutamente nenhuma visita de Timere foi prevista a partir de agora em diante].

O que? Nygglatho deu ao cristal de comunicação um olhar confuso.

[Por pelo menos alguns anos. Ou talvez para a eternidade. É por quanto tempo essa paz durará].

[Pelo menos alguns anos... Eternidade...].

O quê? Nygglatho repetiu algumas vezes essas palavras na cabeça dela.

[Sério!?], ela perguntou, inclinando-se contra o cristal, empurrada para a frente por sua alegria transbordante.

A eternidade provavelmente era um pouco demais para se ter esperanças, mas se ela não tivesse que fazer aquelas garotas lutar por mais alguns anos, não poderia haver mais feliz notícia. Ela não queria experimentar mais dor e tristeza por mais tempo, e ela não queria que ninguém mais as experimentasse.

[Waah. Waah. Waaah].

Sons estranhos começaram a sair da boca de Nygglatho. Ela desesperadamente suprimiu o impulso de saltar pela sala alegremente.

[... Em relação a esta notícia, as opiniões dos generais, o rank acima de nós oficiais, é dividida].

Limeskin continuou na mesma voz. Nem um único fragmento de felicidade mostrava em suas palavras ou em sua expressão.

[Atualmente, não tenho escolha senão dizer que o vento sopra em uma direção desfavorável].

[Eh? O que você quer dizer?].

[Muitos estão dizendo que devemos eliminar o armazém de fadas].

A boca de Nygglatho ficou aberta.

[P-Por quê?].

[Para que um guerreiro permaneça um guerreiro, é necessário um campo de batalha. Um guerreiro que perdeu seu campo de batalha e seus inimigos, não consegue mais ser respeitado e oferecer as pessoas], explicou o lagarto de grandes dimensões, com uma voz que parecia inteiramente casual para Nygglatho.

[Quando o vento deixa de soprar, mesmo as maiores bandeiras não podem mais vibrar].

[Por que...].

As palavras do Reptrace provaram ser tão enigmáticas como sempre, mas Nygglatho tinha se acostumado a conversar com ele ao longo dos anos. Então, infelizmente, ela entendeu perfeitamente o significado que estava por trás dessas palavras.

Nem a Winged Guard nem a Orlandri eram organizações com pensamentos unificados. Muitos de seus membros não se mostraram muito favoráveis ao uso das Leprechauns e Dug Weapons. Nygglatho certamente poderia entender o por que. Afinal, eles estavam pegando emprestado o poder deixado para trás pelos Emnetwyte. A sobrevivência de Règles Ailés literalmente ficou inteiramente nas mãos de um grupo ‘sem marca’, que usava armas cuja estrutura e lógica não eram entendidas por ninguém. Os fantasmas eram responsáveis pelos destinos dos vivos. Muito ódio foi direcionado para aqueles monstros que tomaram a forma de crianças. Para não mencionar, a compra e coleta de Dug Weapons custava uma quantidade astronômica  de dinheiro...

De qualquer forma, havia uma multiplicidade de razões. Várias pessoas com vários valores encontraram suas próprias razões para se opor à existência das Leprechauns. As meninas continuaram a ser usadas apesar de toda a resistência simplesmente porque eram necessárias. Règles Ailés não poderia continuar flutuante sem os seus sacrifícios. No entanto, se essa necessidade desaparecesse, as coisas mudariam. Uma vez que os ataques de Timere pararam, todas essas pessoas não ficariam em silêncio. Eles lançariam os argumentos e queixas que eles carregaram tanto tempo contra as meninas.

Deve ser o que o Limeskin está falando. Começando com sua instabilidade, as Leprechauns têm muitos problemas associados a elas. Então, agora que a ameaça do Timere desapareceu, as pessoas da Winged Guard estão dizendo para se livrar delas. Mas então…

[Se isso acontecer, o que acontecerá com as meninas? Elas não serão apenas... Iremos  libertá-las, não é?].

Nygglatho sabia muito bem, que isso nunca aconteceria. Essencialmente, as meninas não passavam de bombas andando com roupas. E já que ninguém além da própria Nygglatho foi quem colocou suas roupas, se o armazém de fadas desaparecesse, elas apenas estariam caminhando como bombas, nem mesmo usando roupas... Bem, de qualquer maneira, elas nunca seriam libertadas na natureza sem qualquer supervisão.

[Alguns exércitos municipais estão dizendo que querem afiar suas presas contra as Bestas].

Limeskin disse a verdade implacável.

[Eles já expressaram suas preocupações sobre deixar todas as lutas com as Bestas unicamente às mãos da Winged Guard e das Leprechauns. Para eles, esta é uma oportunidade perfeita para conseguirem o que querem].

[Então, eles querem outros exércitos para ser autorizados a manter Leprechauns? Em vez de a Winged Guard reunir todas as fadas como eles estão fazendo agora?].

[Ah. Há mais do que algumas vozes de acordo dentro da Winged Guard].

Entendo. Apenas perderão sua posição como as armas decisivas anti-Timere, as Leprechauns se transformaram em nada mais do que ‘bombas poderosas e instáveis’. Não é surpresa que haja alguns na Winged Guard não querem lidar com a manutenção delas.

E também não é nenhuma surpresa que existam outros que desejam por a mão nelas. O poder faz com que as pessoas que o controlem se sintam seguras e aqueles que as rodeiam se sintam desconfortáveis. Règles Ailés não é um grande país. Asas Nobres do Império, Federação Mercantil de Elpis, Condado do Chá de Elmwood, Bosque Boreal... Não há escassez de ilhas e cidades que desejam poder político e militar para dominar seus vizinhos. Mas isso significaria...

[Não há nenhuma maneira que eu vá entregar minhas filhas preciosas para alguma outra organização].

Claro, Nygglatho não podia ter certeza de que todos esses lugares eram terríveis. Uma vida muito agradável pode estar esperando as meninas em algum lugar. No entanto, não existe um lugar onde as pessoas possam se dar ao luxo de amá-las como Nygglatho. De jeito nenhum. A enorme quantidade de tempo que ela gastou no armazém e os muitos litros de lágrimas que ela derramou lá deixaram Nygglatho declarar com confiança. Ela não entregaria suas garotas a ninguém.

[Ainda não foi decidido nada concreto ainda. Não apresse as conclusões], advertiu Limeskin.

[Mas é um resultado muito provável, não é?].

[Não se precipite. Há muitas vozes de dissidência, incluindo as minhas], ele respondeu bruscamente. No entanto, ele tinha mais a dizer.

[No entanto, seria melhor se preparar].

Nygglatho de repente se lembrou de uma memória dos dias escolares. Se ela se lembrava corretamente, ocorreu durante uma palestra de história. Seu professor  Armado estava falando em sua voz habitual difícil de escutar murmurante.

O conflito é o destino natural de todos os seres vivos. A paz não é natural e, portanto, é valiosa. O que não é natural não pode ser obtido simplesmente sentando-se ao redor. Só depois de gastar o esforço necessário e pagar os sacrifícios necessários para suprimir o instinto e perseguir a razão, primeiro pode ser obtido. Precisamente por sua dificuldade em obter, a paz é vista como algo tão lindo.

Ah, entendo, Nygglatho pensou depois de ouvir isso. É precioso porque não existe naturalmente. Temos que construí-la através de nossos próprios esforços... Agora que penso sobre isso, o mesmo pode ser dito para quase qualquer coisa. A paz não é uma exceção mágica.

No final da palestra do dia, o professor pegou uma última linha, como se de repente se lembrasse disso. As coisas não naturais sempre vêm com dificuldades insuperáveis. Claro, tentar manter algo com dificuldades intransponíveis resulta necessariamente em grande perda. Pode parecer estranho, mas o preço da paz é muito maior que o da guerra. É mais difícil ver de onde os custos são provenientes. Essa é a razão pela qual, desde a antiguidade, as pessoas sempre buscaram a paz, mas nunca conseguiram mantê-la por muito tempo.

[... Por que tem que ser assim...].

Depois de desligar o cristal de comunicação, Nygglatho virou-se para baixo em sua mesa. Ninguém, exceto ela, estava no quarto. Usando isso como uma desculpa, ela enterrou o rosto na manga e deixou as lágrimas fluírem.

[Se elas não precisam lutar mais, então por que não deixá-las descansar? Se elas podem viver em paz agora, por que não deixá-las? Por que não pode ser tão simples...].

Se fosse um conto de fadas, uma vez que os bandidos foram derrotados e o mundo voltou para o bem, esse seria o fim. O mundo chegaria ao fim com todos vivendo felizes para sempre, e o futuro seria uma página em branco. Infelizmente para Nygglatho, no entanto, o mundo real é um pouco mais complicado que nos contos de fadas. Mesmo depois que uma história termina, o tempo continua seguindo em frente. Essa felicidade duramente merecida desaparece e se dispersa. Nada acaba enquanto ainda está em plena beleza.

[... Willem, seu idiota...].

Seus soluços se transformaram em queixas direcionadas a uma certa pessoa ausente.

[Não foi você quem disse que é doloroso carregar esse sentimento sozinho... Não é você que me prometeu suportar isso junto comigo...].

Nygglatho percebeu o quanto as queixas eram deploráveis, mas não tinha capacidade para se importar. Ninguém, exceto ela, estava no quarto. Suas queixas não incomodariam ninguém, nem chegariam aos ouvidos da pessoa a quem foram direcionadas.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 14:41 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa