CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 7.4 - 『AQUELES QUE NÃO VIERAM PARA CASA E AQUELES QUE CONTINUAM A ESPERAR』- dado no pote -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 7.4 - 『AQUELES QUE NÃO VIERAM PARA CASA E AQUELES QUE CONTINUAM A ESPERAR』- dado no pote -

Parte 04 - Uma Conclusão

A manhã o saudou, sozinho, depois de uma noite sem sonhos. Seu corpo estava em seu auge máximo, mas o mesmo não podia ser dito por seu humor.

[... Eu não consigo me acalmar]. Com as costas apoiadas contra a cama macia, Willem soltou um longo suspiro. Provavelmente foi culpa desta cama que ele não conseguia tirar da cabeça coisas desagradáveis. O colchão era excepcionalmente alto e fofo, o que fazia com que suas costas se afundassem bastante, aumentando seu desconforto. O teto alto com uma gravura intimidante de um Dragão sobre ele também não ajudou.

Um quarto de descanso para comandantes, quartel general da Winged Guard, Collinadiluche. Bem, ‘quarto de descanso’ não era muito adequado, pois tinha o tamanho e as utilidades necessárias para ser um quarto de hóspedes. Embora Willem, obviamente, não tenha recebido qualquer treinamento formal como oficial ou tenha realizado grandes atos no campo de batalha, ele obteve o notável título de 2º técnico de armas encantadas através de um processo especial (impreciso). Depois de mostrar seu ID, junto com a carta de introdução de Nygglatho, foi dirigido a esse quarto durante a duração da sua ‘missão’.

2º técnico de armas... É importante, eu acho. Ele apenas começou a perceber esse fato óbvio. Geralmente, tornar-se ‘importante’ requer uma razão apropriada: talento, dinheiro ou conexões. Sem nenhum desses, as chances de ser promovido a tal classificação são escassas, se não inexistentes. E este quarto em que ele dormiu foi feito para aqueles poucos excepcionais que preencheram essas condições.

Em primeiro lugar, ainda era um mistério para ele como Grick o colocou como 2º técnico de armas. Considerando que eles não se depararam com nenhum problema durante todo este tempo, parecia improvável que ele tivesse feito uma pequena falsificação ou alteração de alguns documentos. De qualquer forma, não havia dúvida de que a posição e autoridade atuais de Willem não coincidiam com seu valor real, o que o fez sentir como se estivesse traindo todos aqueles soldados legítimos tentando fazer seu trabalho seriamente, o que só mais inibiu sua habilidade de se acalmar.

[Eu acho que vou dar um passeio ou algo assim...].

Tiat não estaria pronta até a noite, então ele tinha uma boa quantidade de tempo livre. Lembrando de antes, toda a razão pela qual ele chegou a esta ilha distante, em primeiro lugar, era porque ele tinha muito tempo livre, o que fazia com que sua mente permanecesse em pensamentos indesejáveis. Então, isso proporcionou ainda mais razões para deixar de descansar em seu quarto. Afinal de contas, ele estava na chamada ‘panela de cozido de romance e lendas’, então o mínimo que podia fazer era dar uma olhada ao redor da cidade.

[Eu provavelmente acabaria sendo arrastado por todos os lados por Tiat antes de voltarmos para casa de qualquer maneira...]. Afinal, ela parecia estar realmente ansiosa para seu passeio turístico, então seria uma pena se eles acabassem desperdiçando tempo se perdendo. Além disso, arrastar a desesperada Tiat de volta para a 68ª ilha provavelmente seria doloroso. Considerando tudo isso, não faria mal ele dar uma olhada em todas as grandes atrações de antemão para descobrir as coisas. Escapou uma risada suave ao pensar naqueles olhos cintilantes, Willem começou a já se sentir um pouco melhor.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Ele percebeu assim que entrou no corredor perto da entrada da frente: a paisagem que se espalhava além da janela tinha começado a ficar cinza. Em outras palavras, estava chovendo.

[Por que tem que começar a chover agora...].

Em um canto do corredor, um grande balde situava-se embaixo de um vazamento do telhado, coletando gotas da chuva que gentilmente decidiam cair. Enquanto o prédio parecia enganadoramente robusto do lado de fora, era claro que tinha muitos anos de história por trás dele e estava começando a quebrar um pouco aqui e ali. Uma dupla de Borgles vestindo uniformes do exército se reuniu e discutiu o paradeiro de tábuas de madeira e martelos.

[Bem, tenho certeza de que a chuva acrescenta seu próprio charme especial à antiga capital... Provavelmente]. Quanto a um guarda-chuva, teria que ter um situado em algum lugar da sede da Winged Guard, e se não, ele sempre poderia simplesmente ir para uma loja próxima.

[Ah?!?].

Perdendo seus pensamentos enquanto olhava para o céu, a reação de Willem chegou um pouco atrasada. Ele quase colidiu com uma garota que acabara de entrar no saguão. E no atraso antes que seu cérebro pudesse processar a situação, as reações esculpidas em seu sistema ao longo dos anos entraram em ação. Interpretando os movimentos da menina como um avanço do inimigo, seu corpo deslizou para fora de seus olhos e em um ponto cego com uma quantidade mínima de movimento. Ele colocou o alvo no pescoço da menina, que parecia que estava prestes a entrar em colapso, levantou a mão e a levou para baixo –.

Logo antes de entrar em contato, sua mente finalmente ganhou controle e suprimiu as tendências violentas de seus reflexos. [Oops]. Embainhando sua espada de mão, ele enrolou o braço em volta das costas da menina, apoiando-a, mas também fazendo com que ela emitisse um pequeno grito.

[Hmm...].

[Isso é perigoso! Eu nem sempre digo para você olhar para frente quando você corre... Ou não]. Por hábito, sua boca entrou no modo de repreensão. Percebendo que a pessoa na frente dele não era uma pequena fada, Willem cortou suas palavras e soltou uma risada. Ele a ajudou a se levantar e se afastou alguns passos.

A jovem era da raça Licantropo. Ela tinha um nariz alto em seu rosto como de um lobo e tinha uma fina camada de pelo branco e macio sobre a pele, exceto em ambas as orelhas, que estavam cobertas de pelos com a cor da palha levemente queimada. A julgar pelo seu vestido de seda finamente costurado, deveria ser um bem de família. Por que uma pequena princesa como essa, estava correndo em uma instalação do exército no meio da chuva? Ela não se parecia com uma soldada, mas ela, obviamente, deveria ter alguma conexão, já que os guardas a deixaram ela passar pelo portão.

[Obrigado…?].

Com um rosto que dizia que ela ainda não tinha ideia do que aconteceu, a menina educadamente inclinou a cabeça. O gesto elegante a fez parecer ainda mais fora do lugar.

[Correr sem olhar para frente é perigoso, sabia? Especialmente em uma instalação do exército, você não sabe onde coisas perigosas podem estar por aí].

[Ah, sinto muito].

Inclinando a cabeça mais uma vez a garota curvou-se, Willem disse um rápido [Bem, então, eu estou saindo], e logo se afastou. Ele não queria qualquer tipo de problema, especialmente que envolvesse mulheres ou crianças. Você não pode fugir. Desistir depois de uma mulher ou criança ter solicitado sua ajuda é apenas... Apenas não faça isso. Esse pensamento era provavelmente - Não, definitivamente - A culpa do mestre. Os inúteis ensinamentos desse maldito homem velho tornaram-se parte de sua carne e sangue.

Então, ele sentiu o cheiro de problemas, fugir antes que alguém lhe pedisse ajuda parecia ser a melhor opção. As pessoas sempre disseram a ele que aquela era uma maneira distorcida de pensar ou que lhe faltava gentileza, mas ele há muito tempo estava ciente dessas coisas. Qualquer um que não possa controlar corretamente seu coração deve parecer desumano ou ingrato aos outros, então ele não estava errado. Fugir foi uma boa escolha.

[Hum, com licença!].

No final, no entanto, ele não podia fugir. Com as costas voltadas para a garota, ele se virou apenas com a cabeça. [O que? Se é porque eu toquei você, não me desculpo por isso].

[Não, a culpa foi completamente minha, então vou embainhar minha lâmina a respeito disso].

[Entendo... Que bom que entendeu rapidamente... Espera aí, lâmina?].

Ignorando a pergunta de Willem, a jovem seguiu. [Eu tenho algo que eu gostaria de pedir ao 1º oficial Limeskin. Posso solicitar uma audiência?].

[Lime... Hein?].

Ele tinha ouvido o nome antes: o gigante Reptrace, com escamas brancas, que conduziu as fadas para o campo de batalha e o superior direto do técnico de armas encantadas William Kmetsch, de acordo com os documentos. Mas agora…

[Se você está falando sobre aquele lagarto enorme, ele está no meio de uma batalha muito distante].

Mais especificamente, ele levou Chtholly e as outras para a 15ª ilha, onde, aparentemente, um Timere havia pousado e precisava ser derrotado. E ainda assim, não havia nenhuma palavra sobre os resultados dessa batalha. Espera, o que ele disse não estava inteiramente correto. Em geral, as ilhas flutuantes que estão próximas em número também estão próximas em distância física. Como eles estavam na 11ª ilha, a 15ª não poderia ser mais do que uma viagem instável de aeronave por 2 horas de distância. Então, seu ‘muito distante’ pode ter sido um pouco exagerado - Mas não havia necessidade de corrigir detalhes tão pequenos.

[E quando ele voltará?].

[Não faço ideia. Na verdade, eu queria saber também...]. Ele realmente queria. [Algo sobre uma barreira restritiva bloqueando todas as comunicações. Qualquer novidade só pode acontecer depois que a batalha acabar, aparentemente. Com certeza mantém o suspense alto...].

[Entendo...]. Os ombros da Licantropo cederam, e suas orelhas caíram. Sua expressão não poderia ter sido mais fácil de ler.

[Bem, se você tiver algum assunto, você pode tentar pegar um dos outros soldados por aí], ele disse, indicando um Borgle que acabou de passar.

De repente, ele ouviu uma agitação. Tudo e todos ao longo de todo o edifício pareciam explodir em movimentos apressados ao mesmo tempo. Soldados vieram correndo de algum lugar, agarravam outros soldados e conversaram com voz abafada, depois fugiam novamente, tudo em um piscar de olhos. Apenas observando, Willem poderia facilmente deduzir que houve algum tipo de mudança na situação. E sua intuição lhe disse que essa mudança não era boa.

[O-O que é isso?]. A jovem se assustou com a confusão.

Não prestando atenção nela, Willem viu um Orc tentando correr e o agarrou-o pelo pescoço.

[O que aconteceu?], ele perguntou de maneira simples e direta.

[I-Isso é uma informação confidencial. Esta informação não é permitida para ser espalhada, exceto através de rotas de contato estabelecidas].

[Eu o elogio por realizar seu trabalho de forma tão fiel, mas...]. Ele olhou um pouco para o emblema do Orc - Como ele pensava, um soldado comum. Willem apontou as insígnias de classificação costuradas em seu uniforme do exército.

[2º técnico de armas encantadas Willem Kmetsch. A responsabilidade de administrar Dug Weapons e Lep - As soldadas que os exercem estão comigo. Naturalmente, eu também tenho a autoridade para ouvir qualquer informação sobre uma batalha na qual estão envolvidas]. Isso era uma mentira. Willem realmente não tinha ideia de quanta autoridade veio com sua posição. Ele também não tinha muito interesse na resposta, então ele nunca se preocupou em saber. Empurrando este blefe valia a pena tentar, no entanto.

[Eu vou perguntar mais uma vez: o que aconteceu?] Willem colocou um tom mais forte em suas palavras e aproximou seu rosto.

O orc, aparentemente intimidado pela aparência de Willem, estremeceu e cedeu.

[Houve contato da 1ª frota. Sobre os resultados da batalha na 15ª ilha flutuante].

A respiração de Willem imediatamente parou. Contato da 1ª frota. Resultados da batalha na 15ª ilha. O que ele queria saber há tanto tempo. Quem estava ganhando, quando terminaria, se as garotas ainda estavam seguras - Tudo o que tinha sido mantido escondido até agora sob aquela barreira restritiva. Ele nunca teve a chance de descobrir até uma informação. Nunca teve a chance de testar sua determinação. Até agora.

Afinal, como estavam as meninas?

[Nós, na batalha contra o Timere, -].

Não havia necessidade de ouvir até o fim: a expressão do Orc contou tudo.

Willem riu. Seu coração já estava se tornando uma bagunça. Ele não sabia como enfrentar esse resultado, o resultado que ele supostamente se preparou, a conclusão de que ele estava tão determinado a aceitar. Tudo o que ele podia fazer era enrolar os fins de seus lábios em um sorriso frágil e indefeso e ouvir essas palavras.

[- fomos derrotados].

O campo de visão de Willem tornou-se preto. Toda a força deixou seus joelhos, e caiu no chão.

[V-Você está bem?]. A jovem Licantropo correu, mas ele não conseguiu sequer reunir a vontade de levantar a cabeça, muito menos agarrar a mão que ela ofereceu para ele.

Você é estúpido? Em algum lugar em sua mente, um outro Willem estava enojado dele. Não deveria ter ficado surpreso. Nada para ficar tão chocado. Afinal, suas chances de ganhar foram apenas um pouco acima de 5% - Ele havia pronunciado essas palavras. Com uma probabilidade como essa, é claro que ele deveria ter entendido que as meninas provavelmente perderiam.

[Ha ha ha...]. Sua boca ainda se torceu na forma de um sorriso, Willem descobriu que uma risada escapou de sua garganta surpreendentemente fácil. Mas nada além dessa risada saiu.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[... Acho que devemos enviar algum tipo de contato em breve].

[Verdade isso. Aposto que o coração de um certo alguém está prestes a explodir por esperar tanto tempo].

[Mas…].

[Circunstâncias são circunstâncias. Permitirei o uso de um cristal de comunicação].

[Viram? Mesmo o 1º oficial concorda].

[Mas... Se você usa um cristal de comunicação, eles podem ver sua aparência do outro lado, certo?].

[Bem, sim, é por isso que são chamados assim. Algum problema?].

[M-Mas estou toda coberta de terra, e essas roupas não são bonitas, e meu cabelo está todo desarrumado!].

[Quem se importa? Você está bem assim. Além disso, você está um pouco além desse ponto em seu relacionamento, não é?].

[Mas... Você sabe...].

[Vocês não se viram um por um longo tempo?].

[Sim, isso. Sinto que preciso me preparar...].

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

[… Hã…?].

Uma voz familiar. Aproximava-se, junto com alguns pares de passos. Ele ergueu a cabeça e olhou naquela direção.

[Hmm... Vendo uma jovem donzela apaixonada é... Como dizer isso... Uma espécie de dor]. Uma menina com cabelo castanho claro balançou a cabeça de um lado para o outro, falando sobre alguma coisa.

[Não é isso não! Isto é... Apenas... O mínimo de maneiras esperadas]. Uma menina com cabelo azul refutou, sua irritação podia ser percebida claramente em sua voz.

[Hmm... É como se o Chtholly tivesse decidido ficar forte, apenas ontem, ou como se fosse um pouco tarde para se preocupar com essas coisas. Eu acho que é verdade que quando uma garota geralmente séria se apaixona ela pode ficar fora de controle, hein?].

[Mm]. Uma menina de cabelos escuros e cinzentos deu um pequeno aceno de concordância.

[Ambas estão contra mim!?]. A de cabelo azul-céu soltou um grito de angústia.

As 3 pareciam exaustas: cabelos bagunçados, rostos cobertos de sujeira e poeira, usando roupas simples de cânhamo. Não são aparências exatamente lisonjeiras. E mais uma coisa: até Willem poderia dizer, elas, todas as três, estavam vivas. Sem feridas visíveis. Movendo-se. Falando.

[Ah...]. Ithea percebeu primeiro.

[Hm-]. Nephren inclinou a cabeça.

[Eh-]. Chtholly virou-se para olhar, depois congelou.

[Pessoal!!!!].

Seu campo de visão preto foi tingido de branco puro desta vez. Ele ainda não podia ver nada, mas seu corpo entendeu para onde ir e o que ele deveria fazer. Não havia necessidade de dobrar os joelhos. Não há necessidade de reunir força. Fazer isso só seria uma perda de tempo desnecessária. Correr assim, empurrando o corpo para frente com a força das pernas, como os corpos dos animais foram originalmente feitos para fazer, sempre levou a um arranque mais lento. Willem simplesmente contorceu todo o seu corpo e caiu à frente, como se estivesse escorregando pelo chão.

Há muito tempo, na época em que os Emnetwyte lutavam contra aqueles que tinham mais poder do que eles havia uma demanda pela capacidade de correr a velocidades sobre-humanas. Nascido no extremo do norte, refinado nos campos de batalha do oeste, finalmente cristalizou, a técnica possuía o nome oficial de Demolishing Nightingale Dash. Mesmo entre os aventureiros e Quasi Braves, apenas um pequeno punhado poderia usá-lo com eficiência. Mas uma vez dominado, poderia ser usado para enganar até mesmo os olhos afiados dos Elfos.

Em suma, um homem que acabava de se ajoelhar no chão correu para frente de repente, a uma velocidade indetectável aos olhos sem qualquer preparação ou aquecimento. E depois…

[Q-Q-Quê!? Ehhh!??].


No instante seguinte, ele estava abraçando Chtholly, que tinha estado a uma certa distância, com todas as suas forças.

[E-Espera! Ei! Isso dói! Não consigo respirar! Isso é embaraçoso! Estou coberta de sujeira e arranhões e eu não tomei banho e todos estão olhando - Você está ouvindo?]. A própria Chtholly realmente não entendeu o que ela estava dizendo e, é claro, os gritos de protesto entraram em uma orelha de Willem e saiu direto pela outra.

[... De onde esse cara surgiu?]. Ithea ergueu os olhos para o gigante Reptrace que estava ao lado dela, o 1º oficial Limeskin, e perguntou, mas ele simplesmente encolheu os ombros no lugar de responder.

[Eu disse que devíamos ter enviado algum contato antes...]. Nephren murmurou.

[Bem, sim, mas você realmente esperava que ele estivesse tão acabado?].

[Acabado?].

[Você sabe, ele é mais do tipo que gosta de parecer legal ou bancar o durão ou não é honesto consigo mesmo...  Então o desajuste em suas personalidades é meio fofo e tudo mais...]. Ithea girou o dedo no ar. [Então, você sabe, ele acariciaria a cabeça dela e apenas diria ‘bom trabalho’ ou algo assim, e então Chtholly seria como ‘você não vai dizer mais nada!?’ ou algo assim. Eu estava esperando esse tipo de encontro].

[Willem sempre foi assim]. Olhando para a atordoada Chtholly do lado, Nephren explicou com um tom despreocupado. [Trabalhando duro direto, não percebendo o que está acontecendo ao seu redor. Ele não parou de se mover até que ele finalmente ficou acabado, e se ele parou, ele não conseguiria se mover novamente até que ele fosse consertado. Você não pode tirar os olhos dele].

[Ahh... Eu entendo, mas, novamente, eu meio que não...]. Ithea sacudiu a cabeça. [O que você pensa sobre tudo isso, Chtholly?].

[Pare de ter uma conversa agradável e me ajude! Isso é o que eu penso sobre isso!]. Sua queixa quase soou como um grito.

[Mas, eu acho que você deveria deixar ele te abraçar até ficar satisfeito].

[Não! Antes disso, acho que minha espinha vai quebrar, eu vou sufocar, ou eu vou morrer de vergonha!].

[Se você pode falar tanto, não acho que precisamos nos preocupar com sufocar, hm?].

Nephren soltou um pequeno suspiro e puxou levemente as mangas de Willem. Então, de pé na ponta dos pés, ela aproximou sua boca perto do ouvido dele e sussurrou: [Está tudo bem. Estamos todas aqui. Não vamos mais desaparecer]. Parecia funcionar. Lentamente mas certamente, a razão começou a voltar aos olhos de Willem.

[... Ren].

[Mm]. Em resposta ao nome dela que foi chamado, Nephren assentiu ligeiramente com a cabeça.

[Ithea].

[Oi], ela respondeu com um aceno.

[E então...]. Willem olhou para baixo em seus braços. [Chtholly].

[Tanto faz, apenas se apresse e me solte... Isso realmente está ficando embaraçoso!].

Depois de olhar ao redor e compreendendo a situação, ele murmurou [Desculpa], depois afrouxou os braços. Chtholly, que silenciosamente escapou de seu abraço e recuou alguns passos, olhou para Willem com um rosto vermelho brilhante.

[Uma verdadeira bagunça, hein?]. Ithea riu provocativamente,

[Mm], Nephren deu um aceno resignado,

E os soluços de Willem soaram alto e claro.

Por ScryzZ | 03/08/18 às 08:51 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa