CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 9.4 - 『RESSSURGIR O PASSADO, DESAPARECER O FUTURO』- sem notícias são boas notícias -

Shuumatsu Nani Shitemasu ka? Isogashii desu ka? Sukutte Moratte Ii desu ka? (SukaSuka)

Capítulo 9.4 - 『RESSSURGIR O PASSADO, DESAPARECER O FUTURO』- sem notícias são boas notícias -

Tradução: Itsuki Lonely Driver

Parte 04 - Quando Essa Batalha Termina

[São vocês que estão criando as fadas, não é?].

Os dois com quem Willem estava conversando não mostraram sinais de negar seu palpite.

[Correto, mas não saímos por aí criando cada uma delas separadamente. Nós recitamos os feitiços necessários para os grandes espíritos, que são usados como materiais essenciais para as fadas aparecerem naturalmente com a forma Emnetwyte], explicou Souwong com um rosto sério.

[Nós também interferimos na barreira que circunda Règles Ailés para que essas almas não caíssem no chão. Bem, você vai agir de forma diferente agora que você já ouviu tudo isso?]. Ebon Candle adicionou.

Ao contrário de Souwong, a expressão de Ebon Candle não parecia mudar (isto é, se crânios pudessem fazer expressões). Sua voz também permanecia normal; Ele estava simplesmente esperando observar a reação de Willem.

Permanecendo em silêncio, Willem de repente pegou Souwong pelo colarinho e levantou o punho fechado. Ele mirou na bochecha de Souwong e segurou a pose por alguns segundos.

[Bater em vocês não vai ajudar em nada...].

Não era bom culpar o próprio sistema de fadas. O poder dos Carillons era necessário para proteger Règles Ailés, e Emnetwyte Braves eram necessários para usar esse poder. Uma vez que não havia mais nenhum desses, Souwong e Ebon Candle criaram Leprechauns como substituições. Se não fizessem, Règles Ailés não existiria mais.

O sistema de fadas era o melhor e o único sistema possível. Não havia espaço para a ética ou a moral para se argumentar. As fadas não foram forçadas a lutar por vontade, mas por necessidade.

O próprio Willem não podia lutar. Ele ficava como todos os outros em Règles Ailés, incapaz de fazer qualquer coisa, além de ver as fadas irem para a batalha e esperar. Não importa o quanto isso o irritasse, ou não importava o quanto ele quisesse mudar, ele ainda não podia culpar Souwong.

[Mas lembre-se disso. Os Braves lutavam para proteger as pessoas e as cidades em que viviam, não para conquistar território por ganância. Não as jogue fora em uma guerra, nós não precisamos lutar], disse Willem, então soltou Souwong.

[Não é uma guerra desnecessária. Você também deve entender, certo? Règles Ailés não durará para sempre. De alguma forma, temos durado mais de 500 anos, mas os próximos 100 não são garantidos. Devemos retornar à terra eventualmente].

[Somos apenas eu e você, não é?].

[- O que você quer dizer?].

[Muito poucos já colocaram os olhos no mundo que já existiu na terra há 500 anos. Para todos os outros, lá é apenas um lugar distante. Talvez algum o idealize como uma ilha do tesouro de sonhos e aventura, mas todos nós sabemos que isso não é real. Para todos os outros além de nós, o lar doce lar está aqui, no céu. Não lá embaixo. Estou errado?].

[Mas... Você não está incomodado com isso? Você não quer ir para casa? Eu vivi aqui por 500 anos, mais do que eu vivi lá! Isto é inconfundivelmente minha segunda casa. Mas minha primeira casa ainda é a capital imperial! É o mesmo para você também, não é?! Não, deve ser ainda mais para você, já que você acabou de chegar aqui! Eu sei que você não esqueceu!].

[Mesmo que juntem toda a força de Règles Ailés e conseguirmos retomar a terra...]. Em contraste com a irritação de Souwong, Willem respondeu discretamente e calmamente. [… Quem estará lá? Alguém estará lá para nos receber em casa?].

[...]. Souwong perdeu suas palavras. Ele abriu a boca como se estivesse tentando dizer alguma coisa, mas logo fechou novamente.

[Você não vai contar a ele?], perguntou Ebon Candle.

[Não]. Souwong balançou a cabeça e voltou para Willem. [Então, essa é sua opinião final, Willem Kmetsch?].

O velho amigo de Willem, Souwong Kandel, não estava mais lá. Diante dele agora estava o Grande Sábio, o homem que havia levado o futuro de Règles Ailés nas costas por 500 anos. Seu cabelo loiro, uma vez fofo, se tornara mais leve, sua pele jovem agora estava coberta de rugas, e seu pequeno corpo cresceu como um gigante.

- E agora, o homem uma vez louvado como uma criança genial estava tentando arriscar o presente e o futuro para recuperar o passado.

[Me desculpe, Grande Sábio]. Willem colocou o melhor sorriso que ele conseguiu para esconder a solidão. [Acabei de lutar pelo futuro distante do mundo].

[... Eu pensei que você fosse mais como um Brave do que isso].

[Eu também]. Willem assentiu.

O que Willem aspirava ser, mesmo indo tão longe a ponto de obter o título de Quasi Brave. No entanto, ele não podia ir mais longe. Ele culpou sua falta de talento. Ele culpou as circunstâncias de sua origem. Mas talvez, talvez, ele estivesse errado. Talvez lhe faltasse algo completamente diferente.

[Eu também pensava. assim. Eu realmente acreditava que eu poderia me tornar um Brave. Mas eu estava errado. E é por isso que estou vivendo neste estado de desgraça agora].

[Hm. Deixe-me perguntar uma mais coisa], disse o crânio ao lado.

O crânio preto rolou de seu trono e voltou para o carrinho de bagagem, que tinha uma almofada para suavizar sua queda. A empregada que havia ficado de pé em silêncio durante todo o tempo o levou para onde Souwong e Willem estavam de pé.

[Antes, quando eu te desafiei, você disse que não tinha motivos para lutar. E mesmo que você tenha tido tal motivo, como o grande, charmoso e majestoso Deus Ebon Candle que você conheceu tornou-se reduzido a uma forma tão modesta?]. Willem não se lembra de dizer isso, mas... [Você evitou habilmente o assunto, mas você não pode me enganar. Mesmo se você tivesse um motivo para lutar, há algo que o impede de fazer. Estou certo?].

[Hm?]. O Grande Sábio ergueu uma sobrancelha.

[Sim, está certo]. Willem assentiu. [Embora, felizmente, eu não sou apenas um crânio, meu corpo dificilmente se recuperou da minha batalha com esse cara. A petrificação e as maldições foram removidas, mas ainda estou uma bagunça graças às feridas que permaneceram em todo o meu corpo. Uma Troll que eu conheço, até me disse que poderia morder minha carne sem cortá-la antes].

[Entendo. Trolls realmente tem um olho para a carne. Em outras palavras, você perdeu a força que você já teve uma vez. Mesmo que você queira lutar, você não pode. O que significa que, se tentarmos fazer você obedecer pela força, você não teria meios de resistir, eu estou errado?], disse Ebon Candle.

[Hm. Eu acho que você está correto]. Willem coçou a cabeça. [Bem, tudo o que posso dizer é que espero que você não decida fazer isso. Pode parecer clichê, mas alguém está esperando meu retorno para casa].

[Você teme por sua vida?].

[Não, é só que depois que eu der uma surra em vocês, eu não teria nenhuma maneira de sair daqui]. Willem deu de ombros. [Não sei como pilotar uma aeronave].

[Hah! Eu gosto disso. Você não mudou um pouco]. Por algum motivo, o crânio preto parecia feliz ao ouvir a resposta de Willem.

Ele então se virou para Souwong e disse:

[Grande Sábio, vamos desistir por enquanto. A vontade de alguém é forte. Parece que a vontade imutável é a essência desse homem. Ele só pode ter um objetivo por vez, e ele não vê nenhum valor em nada que não esteja diretamente relacionado ao seu objetivo atual. É por isso que ele não vai se curvar. Ele não vai parar. Ele continuará se empurrando até seus limites. Agora que ele decidiu que ele precisa proteger as fadas, isso é tudo para ele. Ele as protegerá, independentemente do sacrifício necessário, e não desejo ser o alvo daqueles feitiços proibidos mais uma vez].

Bem, isso não acontecerá de qualquer maneira, pensou Willem. Feitiços proibidos não devem ser tratados de maneira leviana. Em primeiro lugar, ele já não cumpriu as condições para lançar a maioria dos feitiços que ele usou naquela batalha. Ele poderia conseguir um par, mas, como resultado, ele morreria ou, se tivesse sorte, voltaria a ser uma pedra. De qualquer maneira, ele não poderia voltar para casa. Bem, ele não precisava explicar tudo isso. Ebon Candle parecia superestimar Willem, então talvez seja melhor deixar rolar.

[Mas...]. Souwong começou a protestar.

[Se você não pode aceitar isso, então talvez você deva contar tudo a ele. Se você revelar uma ou duas das verdades sobre a terra que você escondeu, eu suspeito que sua atitude mude].

[Não!]. Souwong ergueu a voz, com uma pitada de pânico no rosto.

[... Verdades sobre a terra?]. Willem observou Souwong com desconfiança. [O que você está escondendo de mim?].

[... Não tem relação com você].

[Não conte uma mentira tão óbvia. Pelo que esse crânio aqui está dizendo, isso me fará mudar de ideia].

[Não direi nada], respondeu Ebon Candle.

[Bem, parece que depende de você, Grande Sábio].

[Eu também ficarei em silêncio. Está relacionado ao futuro deste mundo, e vejo que você não tem interesse nisso].

Seu bastardo. Como Willem estava prestes a dizer algo não tão bom em resposta, ele escutou passos pela escada em espiral.

[Parece que tenho muitos convidados hoje], murmurou Ebon Candle.

Todos os quatro pares de olhos se juntaram na porta da sala do trono. Em pouco tempo, seu visitante apareceu: o 1º oficial Haresantrobos.

[Me desculpe por intrometer].

[Este é um terreno sagrado. Eu acredito que eu disse para você não entrar!]. O Grande Sábio o repreendeu com uma voz estrondosa.

O Haresantrobos assentiu e reverenciou ligeiramente. [Eu estou ciente. No entanto, trago notícias urgentes].

[- O que é?], o Grande Sábio pressionou por mais detalhes, com uma voz calma, desta vez.

O Haresantrobos olhou para Willem por um momento, então sussurrou algo na orelha do Grande Sábio.

[... E você julgou que isso era tão urgente, que você precisava invadir o território sagrado para reportar?].

[Sim]. O Haresantrobos assentiu com a pergunta curiosa do Grande Sábio.

[Entendido. Eu também digo a esse homem]. O Grande Sábio se aproximou de Willem.

[… O que? Isso é algo relacionado a mim?].

[Certo, Willem Kmetsch, 2º técnico de armas encantadas]. O Grande Sábio falou com uma voz sombria.

[Fomos contatados por alguém da Orlandri. A usuária de Dug Weapon Seniorious sofreu a destruição da personalidade devido à invasão da vida anterior. O desaparecimento do corpo físico ainda não começou, mas é apenas uma questão de tempo].

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Willem, de rosto pálido entrou na aeronave do 1º oficial e deixou os solos sagrados. Os dois deixados para trás ficaram em um pesado silêncio, olhando além do mar de nuvens onde o jovem agora navegava.

[Por que você não contou tudo a ele?]. Ebon Candle finalmente falou. [O que está na terra. O que continua a espreitar lá. Se ele soubesse, sua resposta teria sido diferente].

[Provavelmente], o Grande Sábio respondeu com um rosto amargo. [Mas seu espírito teria sido esmagado. Esse tipo de pessoa que pode lutar sem parar apenas com uma crença, não consegue fazer nada quando seu espírito se quebra. Se uma lança estiver enferrujada, ela ainda pode ser usada. Mas se a ponta está quebrada, está acabada].

[Isso depende de como você contar a ele. Você é habilidoso em manipular pessoas com informações, não é?].

[Eu suponho. Ele é um homem simples. Eu poderia manipulá-lo facilmente, mas...]. O velho encolheu os ombros. [Ria se quiser, mas não posso fazer isso. Ele é alguém que costumava admirar como um irmão mais velho. Eu não consigo mentir para ele].

[Bem, espero que tudo termine bem]. Ebon Candle suspirou de alguma forma, apesar de não ter pulmões.

[Uma fada quebrada nunca mais voltará. O espírito desse homem vai ser esmagado de qualquer maneira].

Por ScryzZ | 03/08/18 às 09:14 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa