CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 5.1 -『NAQUELES DIAS PACÍFICOS』 - nos bastidores da tragédia -

Shuumatsu Nani Shitemasuka? Mou Ichido Dake, Aemasuka? (SukaMoka)

Capítulo 5.1 -『NAQUELES DIAS PACÍFICOS』 - nos bastidores da tragédia -

Tradução: Jcarvalho | Revisão: Kaoby | QC: Itsuki Lonely Driver

O ódio encheu o mundo vermelho que se estendia por toda a superfície.

‘Eu nunca vou te perdoar. Não importa o que aconteça, eu não vou esquecer. Um dia eu definitivamente vou matar você.’

Mais do que uma mera declaração, isto foi uma promessa aos céus. Não era para alcançar os ouvidos de ninguém, nem para permanecer nas memórias de ninguém. Enquanto uma faísca de suas chamas cheias de ódio continuasse piscando em uma pessoa - ela - era um juramento irrevogável dirigido às profundezas de si mesma.

‘Plaft!’ O som de algo esmagador.

'Plaft!' O som de algo sendo esmagado.

Ela levou a mão ao rosto. Algo que parecia lixo estava grudado em sua face. 「Agora que eu olho para você com muito, muito cuidado, cara-a-cara, foi... só isso. Sabe, eu me dei bem com você uma vez, ri com você uma vez. Minha preciosa amiga a quem eu tanto amava e via como um igual.」

Ela riu.

「De alguma maneira...」

「... Eu sinto...」

「... Exaltada...」

「... meu rosto... um sorriso...」

「... Escapando...」

「...COL-」

Ela acordou abruptamente, ouvindo uma voz alta em algum lugar perto dela. 「…lon…?」

Ela apertou o peito, sentindo o barulho alto e em pânico do seu coração. ‘Ah... eu realmente acordei com meus próprios gritos. Eu não esperava por isso.’

「Você é tão barulhenta...」 Da beliche superior, Tiat murmurou com uma voz meio adormecida. 「Fazendo algazarra no meio... da noite... pare com isso...」

「Desculpe,」 desculpou-se quietamente, imaginando que a outra fada provavelmente não a ouviria de qualquer maneira.

Relembrando o incidente do outro dia, ela pensou outra vez de como estava contente por Tiat estar segura. Ela provavelmente pensou que todas estariam mortas em três meses de qualquer maneira, e apressou-se para tentar de algum modo fazer com que essa morte fosse significativa de alguma forma. ‘Eu gostaria de morrer de modo que uma de minhas amigas pudesse viver, mesmo se fosse por apenas mais um dia.’ Essa era provavelmente a esperança de Tiat.

Ela entendia bem esses sentimentos. Ela também gostaria que Tiat e as outras vivessem por muito mais tempo, mais do que apenas os próximos três meses.

Rhantolk contou tudo a ela. Fadas eram as meras sombras da alma de uma criança, alguém que morreu antes que pudesse entender a morte. Entre as Leprechauns, algumas pareciam ter sido criadas com almas particularmente grandes como base.

Embora ela realmente não entendesse sobre o assunto, lembrou-se de quando havia nascido. Naquela época, ela mal havia sentido outra coisa enorme lá, espreitando no escuro.

Se as almas perdidas eram suas verdadeiras formas, então essas almas também deveriam ter sua própria história. Se uma história existe em uma alma, também deveria haver lembranças lá.

Talvez suas próprias lembranças fossem, de fato, transitórias. Se ela revivesse as memórias originais que deveriam estar escondidas em sua alma, provavelmente desapareceria em um instante.

‘Seria a mesma coisa que a minha morte.’

‘Ou talvez, algo muito mais assustador do que a morte.’

Ela queria beber um pouco de água. Levantando-se de sua cama, foi além da lareira para pegar a jarra que havia sido deixada em cima da pequena mesa próxima. Ainda havia água sobrando nela. A garota colocou a água em uma xícara.

Enquanto tomava um gole, de repente percebeu o espelho na parede.

Foi-lhe dito uma vez que espelhos como este estavam pendurados em todas as paredes de todos os quartos da hospedaria. Uma vez ela teve a idéia de removê-lo, mas ele estava firmemente pregado na parede, dificultando qualquer tentativa. Ela também estava com medo de que eles perguntassem: 「Por que você não quer se olhar no espelho?」 Como resultado, ela não foi capaz de prosseguir fortemente com o assunto.

Uma garota de olhos vermelhos estava refletida no espelho.

Ela sentiu como se a garota estivesse olhando diretamente para ela. Os lábios da garota se curvaram em um sorriso sem alegria.

Ela ofegou, então rapidamente cobriu a boca com as duas mãos, deixando cair acidentalmente sua xícara. Ela caiu no tapete e rolou silenciosamente, depois parou de se mover.

Ela caiu no chão, cobrindo os olhos e soltando um pequeno soluço.

‘Não, melhor ainda, quero esmagar meus olhos. Eu quero rasgar e arrancá-los fora! Se isso resolvesse completamente esse problema, eu o faria sem hesitar!’

‘Alguém que eu não conheço está ali’.

‘Memórias desconhecidas, sentimentos desconhecidos, impulsos desconhecidos estão transbordando de dentro de mim.’

‘E não é uma coisa boa, não para nós.’

Naquele dia, Lakhesh Nyx Seniorious não conseguiu dormir.

Por Itsuki Lonely Driver | 24/10/19 às 22:56 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Protagonismo Feminino, Guerra, Tragédia, Mistério, Sci-fi, Japonesa