CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 7.1 -『TEMPORADA DO DESABROCHAR DAS FLORES』 - fronteira nebulosa -

Shuumatsu Nani Shitemasuka? Mou Ichido Dake, Aemasuka? (SukaMoka)

Capítulo 7.1 -『TEMPORADA DO DESABROCHAR DAS FLORES』 - fronteira nebulosa -

Tradução: Jcarvalho | Revisão: Kaoby | QC: Itsuki Lonely Driver

Parte 1: A morte de um velho


Um dia, um velho que morava sozinho morreu.

Nas profundezas do quarteirão mais ao norte da cidade de Lyell havia uma antiga instalação de controle de águas subterrâneas. Construído quando a cidade ainda era jovem e crescia reunindo chapas de cobre e parafusos, o pequeno prédio já havia sido abandonado, deixado à deriva no espaço entre o tempo e a história depois que outra instalação roubou seu objetivo original e a forçou a fechar.

Em um canto daquele edifício antigo, o velho deu seu último suspiro enquanto dormia, passando deste mundo sem uma última palavra.

Um sorriso satisfeito permaneceu em seu rosto; o resquício esculpido de seus muitos anos existindo junto com a cidade de Lyell. Ele estava sentado como se estivesse dando um breve descanso depois de um longo período de caminhada.

Ninguém compareceu no seu leito de morte. As velhas máquinas que o rodeavam emitiam um zumbido fraco, enquanto a poeira flutuava de suas estruturas enferrujadas. Então elas se calaram também, para nunca mais se mexerem.

Ele já fora conhecido como o Velho Barba Dente-de-leão. Era provável que muitos que viviam no acima do solo se lembrassem dele como o “produto mais famoso” de Lyell. Ele era magro e de porte pequeno, com uma enorme barba branca. Ele aparecia quase magicamente em várias partes de Lyell, correndo silenciosamente em roupas de trabalho sujas e esfarrapadas, realizando manutenção nos mecanismos abandonados espalhados por toda a cidade. Alguns diziam que ele já fora um engenheiro famoso no passado distante, mas ele já havia partido, agora ele era apenas um excêntrico comum.

Seu nome verdadeiro era desconhecido e ele não tinha parentes. Nenhum dos que poderiam ser chamados de conhecidos jamais apareceram. Ele não falou uma única palavra com ninguém. Naturalmente, ele não solicitou nem aceitou compensação. Ele simplesmente consertava qualquer coisa que pudesse ser consertada, depois saia mais rápido do que havia chegado.

Havia muitas teorias sobre que tipo de existência ele poderia ser. Alguns o viam apenas como uma lenda urbana; outros sugeriram que ele poderia ser um fantasma, ou talvez uma fada. Ele certamente agiu sobrenatural o suficiente para se encaixar nessa descrição, mas viveu e respirou como qualquer outro cidadão de Lyell.

Um boato sugeria que ele carregava o sangue dos dragões da Terra que morreram na superfície em uma época passada, e foi seu último sobrevivente. Se havia alguma verdade nisso, a morte do velho era uma grande tragédia; uma linhagem que mal havia sobrevivido por quinhentos anos agora finalmente cessara definitivamente. Claro, não estava claro se havia alguma verdade no boato ou não, e agora era impossível confirmar.

O significado da morte daquele velho solitário permanece incerto, por enquanto.

Por Itsuki Lonely Driver | 19/11/19 às 19:35 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Drama, Tragédia, Protagonismo Feminino, Guerra, Mistério, Sci-fi, Japonesa