CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 9.2 - Sem problemas, a reunião dança, mas não avança (parte 4)

Yahari Ore no Seichun Love Comedy wa Machigatteiru (Oregairu)

Capítulo 9.2 - Sem problemas, a reunião dança, mas não avança (parte 4)

Tradução: Riberiru | Revisão: Marverick

 O que é felicidade, ouso dizer?

 Esse seria o kotatsu.

「Ah, onii-chan. Bem-vindo.」

 Com o longo dia acabado, quando voltei para casa, na sala estava Komachi. Ela tinha olhos sonolentos. Parecia que ela tinha dormido um pouco.

 E o motivo pelo qual ela estava dormindo era por causa desse kotatsu que foi trazido para a sala em algum momento.

 Finalmente, fui revivido... Esta engenhoca mecânica demoníaca. O kotatsu era um dispositivo que produzia pessoas imprestáveis. Eu poderia até propor que enviássemos kotatsus a todas as nações inimigas durante o inverno, porque seríamos facilmente capazes de conquistá-los.

「Komachi, não estude no kotatsu. Você só vai ficar com sono e vai pegar um resfriado quando adormecer. O kotatsu transforma as pessoas em inúteis.」

 Quando contei a ela rapidamente, Komachi me olhou sarcasticamente. Mas o quê? Ela poderia estar em sua fase rebelde agora...?

「Espere, isso não é algo que você deveria me dizer enquanto se acomoda no kotatsu...」

 Hahaha, o que você está dizendo, Komachi-chan? Eu não estou conseguindo... Oooh! Eu já estava no kotatsu antes mesmo de perceber!?

 Só brincando. Eu encenei aquele pequeno drama inútil quando entrei no kotatsu.

 ... Nukunuku da nyaa.

 Com o longo dia acabando, os raios infravermelhos distantes pareciam confortáveis ​​para o meu corpo, que estava gelado de tanto caminhar para casa nas ruas noturnas. Quando estiquei minhas pernas, meus pés bateram em algo macio.

 Quando o fiz, aquela coisa macia envolveu minha perna. O que poderia ser esse algo suave com mente própria...? Então, seriam as pernas de Komachi? Eu olhei para Komachi e quando nossos olhos se encontraram, Komachi sorriu de volta.

 E pensar que ela gostaria de emaranhar nossas pernas debaixo do kotatsu... Recentemente, minha irmã mais nova tem sido um pouco incomum. Na verdade, o que era isso? Isso foi tão constrangedor...! Esta garota maldita mimada.

 Eu empurrei de volta contra ela para dizer a ela para parar. Quando o fiz, a sensação suave foi embora.

 E então, algo saiu rastejando de debaixo do kotatsu. Era nosso gato, Kamakura. Aparentemente, não era Komachi que estava enrolado em minha perna, mas esse sujeito. Por que os gatos costumam usar suas pernas como travesseiro, não?

 Quando Kamakura saiu do kotatsu, ele se espreguiçou e deu um longo suspiro. Foi isso? Esse cara era um cara velho que acabou de sair de uma sauna ou algo assim?

 Quando ele olhou para meu rosto, ele bufou. Ele deve ter ficado insatisfeito por ter sido expulso do kotatsu pelas minhas pernas esticadas. Ou talvez fosse porque meus pés estavam fedorentos... Isso me preocupou, então, por favor, pare com essa reação, ok...?

「Onii-chan, você está olhando com uma cara muito feia para Kaa-kun. Algo errado?」

「Nada mesmo...」

 Embora Kamakura tenha saído do kotatsu, aparentemente ainda estava frio quando ele pulou nas pernas de Komachi na posição de pão e começou a dormir. Tudo o que ele fez foi dormir à tarde, mas ainda iria dormir mais? Ser um gato com certeza era bom. Eu também quero viver esse tipo de vida.


 Komachi começou a acariciar Kamakura enquanto ele dormia sobre as pernas dela. Aah, não importa quanto tempo passe, sempre que eu fizesse isso, ele simplesmente iria para outro lugar...

 Er, isso mesmo. Olhar para Komachi me fez lembrar.

「Heeey, Komachi-chan. O que poderia ser isso, hmm?」

 Tirei a carta que ainda estava no bolso da camisa do meu uniforme. Komachi se inclinou para olhar sem acordar Kamakura. Ela então falou calmamente.

「Eh? É exatamente como você vê.」

「Hoh ...」

 Ela realmente queria um eletrodoméstico...? O que era minha irmã mais nova?

 Komachi parecia não ter vontade de explicar mais nada e cantarolava enquanto acariciava Kamakura.

 ... Bem, se eu pressionasse mais, aquela mensagem na carta surgiria e seria realmente embaraçoso. Vou usar a lista apenas como uma referência quando pensar em diferentes presentes para conseguir para Komachi.

 Nós dois passamos o tempo em silêncio, atordoados, sem conversar muito.

 De repente, Kamakura se levantou. Ele coçou as orelhas com as pernas traseiras e fez uma expressão fingida ao sair da sala. Ele então foi em direção à entrada.

 Aparentemente, nossa mãe estava em casa. Kamakura foi incrível quando se tratou de conhecer a mãe e Komachi quando eles voltaram. A propósito, ele nunca cumprimenta a mim e a meu pai na entrada.

 Em apenas um momento, o som da abertura da entrada pôde ser ouvido. O som de passos ecoou enquanto eles subiam as escadas e na sala apareceu nossa mãe. Atrás dela estava Kamakura.

「Eu estou de volta. Aaah, que cansaço.」

 Minha mãe colocou a bolsa naquela área e soprou o café que comprou na volta ou em alguma cafeteria. Komachi e eu saudamos sua aparência cansada com apreço.

「Bem-vinda de volta, okaa-san.」

「Aah, bom descanso. Onde está o velho?」

 Se papai também estivesse em casa, pensei que poderia exigir algum dinheiro dele pelos presentes de Komachi, mas minha mãe ficou surpresa.

「Sei lá?」

「Como assim ‘sei lá’?」

 HEY, HEY, MY MOTHER? YOU é a WAIFU do MY FATHER, não é? Você não acha que deveria ser um pouco mais respeitosa com ele? Ou foi porque você não tinha interesse em seu marido? Riberiru: Tive que deixar assim kkkkkkkkk; e é WAIFU, pq Wife é uma construção criada pelo governo. Mas pra quem não entendeu, ele disse “Ei, ei, minha mãe? Você é a esposa do meu pai, não é?”

「Durante este período da temporada, ele não pode realmente voltar para casa, já que ele mal consegue cumprir sua agenda, talvez? Eu voltei para casa com meu trabalho também.」

 Nossa mãe disse isso completamente natural, sem tentar suavizá-lo. Em vez de ter qualquer interesse, era mais como se fosse uma coisa muito natural que ela não prestasse atenção. Hhmm, variava dependendo do tipo de indústria, mas os funcionários de escritório durante essa época da temporada estavam bastante ocupados, não estavam? Não tenho como lidar com o trabalho quando o Natal está se aproximando, sério. Eu queria ser um adulto que passaria tempo com sua família durante o Natal. Definitivamente não irei trabalhar. Enquanto eu reforçava minha vontade teimosa, minha mãe falou quando algo veio à mente.

「Certo, Hachiman. Você está livre, não é? Reserve um Party Barrel. Bolo também.」

「Ahn?」

 Por que eu? Então, novamente, não está confirmado que eu estaria livre? Minha resposta 「ahn」 foi curta. Não houve um único 「ok」 em qualquer lugar.

「Normalmente peço a Komachi para fazer isso, mas este ano pode não funcionar tão bem...」

「Aah, ok. Me dê o dinheiro.」

 Se for esse o motivo, então eu estava disposto a fazer isso. Até agora, eu nunca estava realmente ciente disso, mas quando eu era um aluno que fazia o teste, Komachi provavelmente também ajudou muito a nós. Na verdade, Komachi fazia a maioria das tarefas da casa de qualquer maneira. Em um momento como este, eu deveria pelo menos fazer isso.

 Quando eu atendi, Komachi interrompeu.

「Komachi pode fazer pelo menos isso?」

 Mas por algum motivo, nossa mãe deu um meio sorriso enquanto acenava com as mãos.

「Tudo bem. Nosso trabalho já está forçando você a assumir muitas responsabilidades, Komachi. Pelo menos deixe o onii-chan fazer isso.」

 Não, errado. Isto é errado. Eu tinha muita motivação para fazer as tarefas domésticas. Mas isso só quando eu pensava 「vou fazer as tarefas」, tudo já estaria pronto (pelas mãos da Komachi)

 Ter uma irmãzinha competente era uma bênção e uma maldição era uma desculpa que eu daria, mas minha mãe não pareceu nem um pouco interessada na minha reação quando tirou a carteira da bolsa.

「Ah, esqueci de sacar o dinheiro. Da próxima vez tudo bem?」

「Certo.」

 Depois que eu respondi rapidamente, minha mãe agradeceu com um suspiro, estalou os ombros e saiu da sala.

 Enquanto Komachi observava suas costas cansadas, ela disse algumas palavras.

「Ela não precisa se preocupar com a Komachi também.」

「Bem, é apenas amor dos pais. Não se preocupe com isso e concentre-se em seus estudos.」

 Quando eu disse isso, Komachi semicerrou os olhos por um instante. Mas para jogar fora, ela deu uma risada tensa.

「Mmm, dizer isso é um pouquinho ...」

「Ah, não, que pena. Não consegui pensar em mais nada para dizer ...」

 Por reflexo, disse a ela para dar o melhor de si nos estudos, mas da perspectiva de uma aluna que fazia o teste, era uma frase que eles estavam absolutamente cansados ​​de ouvir. Além disso, de jeito nenhum, Komachi, minha irmãzinha idiota poderia estar relaxando.

 Suponho que dizer a alguém para tentar o seu melhor quando já estava fazendo isso não era algo que você devesse fazer. Em primeiro lugar, ouvir isso de alguém que não estava se esforçando seria apenas irritante.

 Então, como eu poderia torcer por ela? Enquanto eu gemia, Komachi sorriu.

「Onii-chan, você só precisa dizer 『eu te amo』 em um momento como este.」

「Certo. Eu te amo, Komachi.」

「Não era assim que a Komachi queria, mas obrigada, onii-chan!」

「Que maldade ...」

 Uma gota de lágrima repentina caiu dos meus olhos. Agora mesmo, onii-chan colocou muito sentimento nisso também. Até acendi as luzes de freio cinco vezes também.

 Komachi sorriu divertidamente um pouco e então se levantou. Parecia que ela estava voltando a estudar em seu quarto.

「Ok! Essa foi uma boa mudança de humor.」

「Estou feliz por você...」

「Onii-chan, mudar seu humor seria bom para você, ok? Tipo, se você se atropelar, é melhor se distrair dos sentimentos ruins, sabe?」

「Isso... Bem, sim, isso mesmo.」

 Isso é apenas uma desculpa para fugir, não é? Eu tentei dizer isso.

 No entanto, quando alguém em algum lugar que desviou os olhos da mesma maneira veio à mente, não consegui dizer isso intencionalmente.


Patrocinadores do Projeto: Suicchi; Clubedoeletrônico; Kendy; Warasu; Yuiti; Guilherme; Cabral; Felipe

Por Riberiru | 20/11/20 às 15:02 | Romance, Comédia, Vida Escolar, Slice of Life, Japonesa