CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 9.3 - Repetidamente, Hikigaya Hachiman se questiona (parte 2)

Yahari Ore no Seichun Love Comedy wa Machigatteiru (Oregairu)

Capítulo 9.3 - Repetidamente, Hikigaya Hachiman se questiona (parte 2)

Tradução: Riberiru | Revisão: Marverick

 Depois que saí do prédio da escola, fui imediatamente para o centro comunitário.

 Eu tranquei minha bicicleta no estacionamento de bicicletas. Depois de vários passos, reajustei minha bolsa que não estava bem pesada sobre meus ombros.

 Quando eu caminhei até a entrada, ouvi o som de passos se aproximando de mim por trás.

「Seeenpai!」

 Junto com a voz, houve um leve golpe que atingiu minhas costas. Mas mesmo sem me virar, eu sabia quem era. Havia apenas uma pessoa que me chamaria de senpai, além da minha irmãzinha Komachi, que também faria esse tipo de coisa. Só poderia ser Isshiki Iroha.

「Oi.」

 Eu respondi enquanto me virava e a dono da voz era Isshiki Iroha como esperado. Isshiki inflou as bochechas em descontentamento enquanto olhava levemente para mim.

「Mas que reação fraca...」

「Bem, é que você é muito astuta...」

 Além disso, eu estava acostumado com isso por causa da Komachi de qualquer maneira...

「Oh, vamos lá, sou apenas eu sendo honesta com você~」

 Isshiki pressionou suas bochechas com uma das mãos e se mostrou tímida. Sério, você não teve que se dar ao trabalho de fazer isso tão astutamente... Quando olhei para as mãos da Isshiki, ela estava segurando uma sacola com lanches e doces hoje também.

 Eu estendi minha mão sem palavras, indicando a ela para entregá-los.

 Isshiki estava ligeiramente surpresa com a minha mão estendida de repente, mas depois de uma risada, ela entregou as sacolas. Ela então falou provocativamente.

「Então, novamente, eu acho que você está sendo muito astuto senpai...」

「Oh, vamos lá, sou apenas eu sendo honesto com você.」

 Como posso dizer, minhas habilidades de onii-chan acabaram sendo ativadas automaticamente. Se isso me deixasse consciente, seria tão embaraçoso que minhas mãos começariam a suar. Ah, eu já estava consciente disso, então minhas mãos ficaram subitamente suadas. Riberiru: Habilidades de Onii-chan são passivas e ficam ativas o tempo todo.

 Como tínhamos esse tipo de conversa, entramos na mesma Sala de Treinamento em que estávamos ontem. Já estavam reunidos lá dentro todos da Escola Kaihin Sōgō e da Escola Sōbu.

「Ah, Iroha-chan.」

「Obrigado pelo seu trabalho árduo.」

 O presidente do conselho estudantil da Kaihin Sōgō, Tamanawa, levantou a mão e chamou Isshiki. Isshiki respondeu a ele enquanto ela se dirigia ao mesmo lugar em que estava ontem. Eu a segui logo atrás.

 Parecia que éramos os últimos a chegar. Todos se arrastaram para seus assentos e focaram sua atenção em Tamanawa.

「Ok, vamos começar? Conto com vocês.」

 Após sua fala, a conferência começou.

 Primeiro, Tamanawa verificou as atas que criamos ontem. Ele pressionou, pressionou e pressionou em seu Macbook Air. Ele parecia estar com os olhos cansados ​​enquanto franzia a testa. Ele então falou.

「Hmm, ainda há um pouco mais que precisa ser certo, então vamos continuar o brainstorm de ontem.」 Riberiru: Merda...

 Não, não era tão simples como só fazer um pouco mais. Não entendi nada do que foi discutido naquela conferência ontem. Por causa disso, as atas eram absurdamente abstratas.

 Seria bom se pudéssemos escrever algumas atas adequadas hoje, isso que pensei enquanto prestava atenção aos detalhes da conferência.

 Quem iniciou a conferência foi a Escola Kaihin Sōgō.

「Já que vamos fazer isso, seria bom se pudéssemos torná-lo um pouco mais chamativo.」

「É isso! É totalmente isso. Quero dizer, nós definitivamente deveríamos fazer algo grande ou algo assim.」

 Virei minha cabeça para a voz familiar e Orimoto estava inclinado para frente, aprovando a ideia. Quando ela o fez, Tamanawa tinha uma expressão complicada enquanto olhava para seu Macbook Air.

「... Verdade. Acho que podemos resolver muitas coisas de pequena escala.」

 Eh? Sério? Podemos? Uma olhada nos minutos e a única coisa que eu pude ver registrada foi um monte de CONCEPTS estratégicas do LOGICAL THINKING.

 Será que eles decidiram algo sem eu saber? Fiquei um pouco ansioso e falei com Isshiki ao meu lado.

「Ei... eu não tenho certeza do que vocês estão tentando fazer aqui ...」

「... Bem, isso é porque nada específico foi decidido ainda.」

 Isshiki tinha um tom resignado quando ela respondeu em voz baixa.

 Quanto ao que já havia sido decidido, as únicas coisas eram a data, o local e o objetivo.

 A data era na véspera de Natal. O local era o grande salão deste centro comunitário. O objetivo era realizar um evento de Natal dirigido aos alunos da creche próxima e aos idosos que se deslocavam para o serviço diurno como forma de voluntariado com o objetivo de contribuição regional e intercâmbio cultural.

 Mas os detalhes cruciais ainda não foram finalizados.

 A direção da discussão agora deveria ter sido o conceito por trás desses detalhes. Mas, bem, não parecia nada assim.

 Tamanawa finalizou a maioria de suas opiniões e perguntou a Isshiki.

「Sendo assim, gostaria de ampliar a escala do evento. O que você acha?」

「Mmm. Vamos ver.」

 Questionado sobre sua opinião, Isshiki deu um sorriso alegre enquanto ela murmurava vagamente. Tamanawa aparentemente tinha a mesma opinião quando sorriu de volta.

 Um suspiro escorregadio pôde ser ouvido perto. Quando dei uma olhada de lado, o suspiro se originou de nosso vice-presidente.

 Ele pensou o mesmo.

 Independentemente de quão trivial nossa tarefa como ajudante fosse, havia um problema se mais trabalho fosse forçado em nossas gargantas. É aqui que devemos nos opor firmemente.

「Isshiki, não temos tempo e pessoas suficientes para aumentar a escala do evento.」

 Não teria muita utilidade se alguém como eu, que no máximo representava o trabalho de uma pessoa, o dissesse. Minha intenção era sussurrar para Isshiki, que era nossa representante, para que ela dissesse.

 Mas Tamanawa parecia ter ouvido.

「NO, NO. Não é isso.」

 Tamanawa combinou gestos corporais e com as mãos consideravelmente exagerados quando começou a falar em um tom que não só eu podia ouvir, mas também todos os outros.

「BRAINSTORMING é, perceba, onde você não rejeita a opinião de uma pessoa. Por causa das limitações de tempo e falta de pessoal, não podemos expandi-lo ainda mais. Nesse caso, queremos descobrir como podemos resolver isso. Dessa forma , podemos avançar facilmente com a discussão. Precisamos tomar uma decisão rapidamente. É por isso que sua opinião não é boa.」 Riberiru: Ahn. A opinião dele foi totalmente razoável, mas você é quem quer forçar que os eventos ocorram a sua maneira. E o objetivo do brainstorming é considerar todas as opiniões, mas ele rejeitou o Hachiman imediatamente.

 Ce-Certo... É o que você diz, mas agora mesmo, você rejeitou instantaneamente minha opinião...

 Tamanawa me encarou com um sorriso alegre de um cara legal.

「Vamos conversar sobre como podemos tornar isso possível!」

 Portanto, aumentar a escala era imutável...?

 Nem uma única voz levantou objeções à sugestão de Tamanawa. Então, novamente, graças ao seu discurso anterior, não havia espaço para opiniões divergentes.

 Posteriormente, a conferência se transformou em uma discussão sobre como abordar o aumento da escala do evento e na troca de opiniões voltadas para a implementação dessas abordagens.

「Talvez possamos envolver a COMMUNITY regional de alguma forma.」

「Nesse caso, devemos fazer isso para que possamos enterrar o GAP geracional.」

 Por enquanto, estava a registar as atas, mas continuaram as propostas que me fizeram pensar se devia ou não fazer um memorando delas.

「E se tivéssemos uma escola secundária próxima?」

 Outra nova opinião veio da Escola Kaihin Sōgō. Ei, ei, o que há com esses tipos excessivamente conscientes (risos), que gostam tanto de trabalhar junto com outras pessoas? Me pergunto se eles estavam assistindo a um sonho em que sua consciência estava tão elevada que ascenderam às dimensões superiores e, como resultado, tornaram-se parte da Entidade de Integração de Informações.

 Ainda assim, não havia nenhum mérito em incluir outra escola secundária. Já estávamos tendo problemas para nos controlarmos agora. Aumentar a produção de opiniões de outras pessoas apenas tornaria mais difícil manter o controle de todas elas. Não há dúvida de que a carga de trabalho também aumentaria. Eu tinha que evitar isso a todo custo...

 Mas uma objeção simples seria derrubada. O que devo fazer para evitar que isso aconteça?

 ... Não há escolha então. A única maneira de dar uma opinião contrária era expressá-la de maneira indireta, em conformidade com suas regras. Se for esse o caso, certamente seria difícil ter Isshiki para dizer isso como meu proxy, pois seria muito longo.

「Esta é apenas uma FLASH IDEA, mas como CONTRARY à sugestão anterior, acho que seria melhor esperar o efeito de SINERGY de duas escolas formando uma relação próxima e sua coordenação, mas o que você acha?」

 Com isso, eu poderia perguntar a ele o que ele achou disso enquanto misturava algum jargão katakana ali. Uma comoção ocorreu quando uma pessoa inesperada falou de repente. Diagonalmente oposta a mim estava Orimoto, que me olhou fixamente.

 Mas aquele com quem eu estava lidando era apenas uma pessoa.

 Como eu pensei, o amante de jargão katakana, Tamanawa, mordeu a isca.

「... Entendo. Então, seria melhor se não fosse em outra escola. Como uma faculdade ou algo assim.」 Riberiru: Reação

 Isso não foi bom. Droga. Nesse ritmo, vai se tornar um incômodo tentar assumir o CONTROL das coisas. Eu deveria prosseguir aqui.

「Não, espere. Se for esse o caso, não poderemos ter a INITIATIVE. Mesmo que encontrássemos STAKEHOLDERS e em um CONSENSUS, precisaríamos de uma PARTNERSHIP onde poderíamos ter um MANIFESTO de não BLUR que nos permita dar SUGGESTIONS transparentes...」 initiative = iniciativa || stakeholders = partes interessadas, acionistas || consensus = consenso || partnership = parceria || manifesto = proclamação || blur = borrar || suggestions = sugestões.

「Senpai, o que diabos você está dizendo...?」

 Isshiki estava com o rosto horrorizado. Bem, eu nem sabia o que estava dizendo. manifesto foi completamente aleatório aqui também. Mas agora, essa era a única maneira de dizer isso.

 Embora eu tenha dito isso por desespero, graças à alta porcentagem de linguagem katakana usada em meu discurso, Tamanawa estava balançando a cabeça.

「Verdade. Então...」

 Bom, bom, parecia que Tamanawa iria se convencer desta vez. O que foi? Esse cara era do tipo que ouvia quando você conversava com ele. Ele é um cara muito bom. Acabei destruindo seu argumento novamente? Quero conhecer a derrota. N/T: referência ao mangá “Grappler Baki”.

 No momento em que pensei isso, Tamanawa ergueu o dedo indicador.

「Então, que tal uma escola primária próxima? Podemos ser capazes de incluir um público diferente, além de nós, alunos do ensino médio.」

「... Hã?」

 Sobre o que esse cara estava tagarelando...? Incapaz de responder à sua proposta repentina, Tamanawa acrescentou outra opinião. Parecia que ele estava realmente interessado em sua proposta.

「Hmm, algo como GAMEDUCATION? Fazendo dessa forma, podemos tornar o trabalho divertido e podemos obter a ajuda dos alunos do ensino fundamental da região.」 Riberiru: ele falou game education errado mesmo.

「Isso é WIN WIN, né?」

 Alguém da Escola Kaihin Sōgō concordou com a ideia. Quando essa pessoa o fez, Orimoto bateu palmas e apontou.

「WIN WIN! É isso aí!」

 O que é isso...?

 Não foi só Orimoto, mas os outros também concordaram. Tamanawa acenou com a cabeça de forma convincente e começou a liderar como se o assunto estivesse resolvido. Riberiru: por isso odeio panelinhas. E como o Hachiman tá sozinho, ele pode simplesmente descartar qualquer ideia que ele mandar simplesmente falando um monte de coisas aleatórias.

「Nosso lado tratará da APPOINTMENT e NEGOTIATION com a escola primária. Depois disso, gostaria de pedir ao pessoal da Escola Sōbu que cuide do resto.」 Riberiru: ou seja, pau no c* de vocês.

 Ele sorriu ao dizer isso a Isshiki.

 Mas Isshiki teve uma atitude ambígua ao responder ‘hmm’, sem dar uma resposta clara sim ou não. Em primeiro lugar, Isshiki estava do lado que não tinha motivação para trabalhar. Ela provavelmente teve uma impressão negativa com a ideia de aumentar a carga de trabalho. Isso provavelmente estava relacionado à sua hesitação.

「O que acha?」

 Mas Tamanawa a pressionou.

「... Ok, eu entendo.」

 Com um sorriso alegre e repentino, Isshiki respondeu.

 Bem, não há muito que ela pudesse fazer. Para Isshiki, a pessoa com quem ela estava lidando era um menino mais velho que ela e também o presidente do conselho estudantil da outra escola. Não era algo que ela pudesse recusar facilmente. Era provável que essa fosse a forma como suas opiniões eram forçadas a eles.

 Com isso, nossa maior carga de trabalho ficou decidida.

 Outro suspiro do vice-presidente pôde ser ouvido novamente. Eu queria suspirar também. É só suspiros o tempo todo!

 Mas simplesmente receber mais trabalho já era um grande aborrecimento.

 Mesmo que fossem um ou dois empregos inúteis, tínhamos que apostar na possibilidade de podermos diminuir a quantidade de trabalho. Se for para não ter que trabalhar, então não odeio o esforço que seria necessário para isso ...

「Ei, isso é algo que podemos decidir por conta própria?」

「Claro, se não tivermos INITIATIVE, não significará nada, certo?」

 Tamanawa respondeu minha pergunta enquanto afastava sua franja. Falar com esse cara realmente fez minha cabeça doer...  Eu apertei minha sobrancelha enquanto falava.

「Não é isso que eu quero dizer... Mesmo se tivéssemos as crianças do primário ajudando, isso também significava que precisaríamos de guardiões para participar também. Nesse ponto, teremos problemas em relação à CAPACITY do salão.」

 O centro comunitário foi designado como o local de encontro nos estágios iniciais deste plano. Isso era algo que não podia ser mudado. Se for esse o caso, então existe um limite máximo para o número de pessoas que podem participar neste evento. Você não poderia sair por aí convidando alguém ou algum cara como quisesse.

 Quando expliquei, Isshiki assentiu.

「Aah, isso mesmo. Não saberemos quantas pessoas da pré escola e cuidadores virão afinal...」

 Isso não foi confirmado...? Achei que havia muitas outras coisas que precisavam ser feitas antes de pensar em aumentar a escala, mas mesmo assim Tamanawa não cedeu. Ele considerou nossas opiniões e reforçou as suas.

「Hmm, isso significa que teremos que confirmar então. Além disso, seria melhor entrarmos em contato com eles com antecedência. Depois disso, decidiremos sobre o número de alunos do primário participantes e entraremos em contato com eles.」

 Por enquanto, o que faríamos estava decidido.

 Escola Sōbu e Escola Kaihin Sōgō iriam verificar com a pré escola e cuidadores, respectivamente. Depois disso, checaríamos com a escola primária.

 Bem, não tinha jeito mesmo.. Conseguimos garantir um limite para o número de participantes. Eu deveria pelo menos estar aliviado por não ter que lidar com um grupo infinito de pessoas.

 Isso mesmo, Hachiman! Não importa o tempo, você tem que encontrar as coisas boas!

 A conferência, que começou como um brainstorm, terminou e todos nós fomos rapidamente para nossos trabalhos designados.

「Hum, então o que devemos fazer?」

 Isshiki reuniu o conselho estudantil e eu e começou.

「Temos outro trabalho também, então gostaria de determinar quem deve ir para a pré escola e quem deve ficar para fazer as atas ou algo assim...」

 Hmph. Bem, como é apenas para confirmar informações, não havia necessidade de todos irem ao mesmo tempo. O número de pessoas que devem ir deve ser o menor possível. O problema era quem iria... Honestamente, isso realmente não era algo que precisava ser discutido.

 Antes de eu dizer algo sobre isso, o vice-presidente falou com relutância.

「Acho que seria melhor se a presidente lidasse com a negociação ...」

「Ah, aah, sim, entendo. Suponho que sim...」

 Quando ela disse isso, os ombros de Isshiki caíram. Bem, a ida da representante era a decisão correta aqui. O que Isshiki deveria estar fazendo agora não era decidir quem iria, mas delegar trabalho aos membros restantes da equipe.

 O vice-presidente parecia estar pensando a mesma coisa ao acrescentar com moderação.

「Sim... Não, não se limita apenas a isso. Existem várias outras coisas também, eu acho.」

「Haa... eu acho muuuito.」

 O vice-presidente suspirou com a atitude de Isshiki.

 ── Aah, então o suspiro dele durante a conferência foi esse.

 Ao contrário de mim, o vice-presidente não ficou chateado com o aumento da carga de trabalho.

 A principal razão teve a ver com Isshiki.

 Entendo... realmente parecia um terceirizado no pior sentido da palavra.

 Os membros do conselho estudantil da Escola Sōbu, incluindo o vice-presidente, tentavam dizer à Isshiki Iroha se comportar como uma presidente do conselho estudantil.

 Mas a pessoa em questão, Isshiki, foi atenciosa com o outro presidente do conselho estudantil, que também forçou suas opiniões sobre ela do começo ao fim. Além disso, o fato dela ser do primeiro ano também contribuiu para que o lado do Escola Sōbu agisse de forma reservada.

 Do ponto de vista dos nossos membros, eles provavelmente não se importaram tanto, pois apenas queriam ter algum trabalho a fazer.

 Bem, era a SAGA humana de acabar pensando em algo quando lhes foi dito para não se importar. Por enquanto, eles terão que trabalhar com essa estranha sensação de distância.

 Mas, já que eu era o motivo de fazer de Isshiki presidente, também tinha algumas responsabilidades. Eu tinha que ter certeza de a apoiar adequadamente durante este evento.

「Isshiki, eu irei com você para a pré escola também. Enquanto isso, podemos deixar o resto do trabalho para os outros.」

 Enviei um olhar para o vice-presidente perguntando se isso era bom o suficiente e ele assentiu. Isshiki, que assistiu a nossa troca, pareceu um pouco aliviada enquanto fazia uma expressão mais gentil.

「Sim. Então vamos com isso. Ok, vou fazer um telefonema rápido.」

 Quando ela disse isso, Isshiki clicou em seu celular e ligou. Mesmo que fosse algo tão simples como confirmar, de repente intrometer-se neles não era algo que poderíamos fazer. Era necessário marcar uma consulta com antecedência.

 Enquanto esperava o telefonema terminar, fiquei ali parado pensando em quanto tempo livre eu tinha e, no canto dos olhos, um rosto familiar se aproximou de mim.

 Orimoto ergueu a mão e falou comigo.

「Hikigaya, você faz parte do conselho estudantil no ginasial?」

「Não, de jeito nenhum.」

 Estávamos na mesma escola e ela não sabia disso? Mas quando pensei sobre isso com mais cuidado, não consegui me lembrar de uma única pessoa do conselho estudantil da época. Mas, por outro lado, ser incapaz de me lembrar deles significava que não eram parte do meu trauma, então provavelmente eram boas pessoas. O esquecimento dessas boas pessoas fez com que eu me desculpasse um pouco.

 Orimoto procurou por suas memórias Orimoto. Ela assentiu.

「É mesmo. Mas você parece meio acostumado com isso, não?」

「Isso não é verdade.」

 Apesar de ter dito isso, acumulei alguma experiência desde que participei recentemente no Festival Cultural e no Festival Atlético. Em comparação com antes, desenvolvi certa tolerância a esses tipos de trabalho.

「A propósito, por que você está ajudando, afinal?」

「Bem, me pediram.」

「Uh huuuh...」

 Orimoto fez uma pequena pausa em resposta à minha explicação. Seu olhar para mim me deixou um pouco desconfortável. Eu torci meu corpo de forma a sair de sua vista e ela me perguntou algo ultrajante.

「Você terminou com sua namorada?」

「Haa?」

 O que ela estava dizendo...? Quando perguntei de volta sem entender o que ela queria dizer, Orimoto olhou para Isshiki, que estava ao telefone um pouco mais longe.

「Oh, eu só pensei que você estava mirando na Iroha-chan, foi isso.」

 Novamente, o que ela estava dizendo ...? Claro, o rosto de Isshiki era fofo, mas eu não era alguém que poderia lidar com ela de qualquer maneira. Em primeiro lugar, não achei que ela fosse do tipo que tentaria fazer alguma coisa.

「Nada disso... Além disso, eu nunca tive uma namorada, então não terminei com ninguém.」 Riberiru: Tristes palavras. Eu também nunca terminei com ninguém.

 Por que eu tive que dizer essas coisas para uma garota a quem me confessei há muito tempo? Foi isso? Um novo método de bullying que transcende o tempo...? Além disso, adorei a mim mesmo que pode responder honestamente a essas perguntas. Se fosse um conto popular japonês, eu seria o vencedor. Ah, nada bom, eu não tinha cachorro. Eu também não tinha algas. As algas não eram uma história diferente?

 Orimoto piscou em resposta.

「Ah, entendo... eu tinha certeza que você estava namorando uma daquelas garotas.」

 De quais garotas você estava falando...? Eu perguntei a ela com um olhar e vendo isso, Orimoto girou seu dedo indicador levantado e acrescentou.

「Lembra? Aquelas quando saímos daquela vez.」

 Só houve uma vez que Orimoto e eu saímos. Dito isso, Hayama e sua amiga também estiveram presentes e não éramos apenas nós. Se eu fosse dizer mais corretamente, eu era apenas um extra para que os números pudessem coincidir.

 Na época, de acordo com o plano de Hayama, tivemos um encontro com duas meninas. Eles eram Yukinoshita e Yuigahama.

 As meninas de que Orimoto falava eram sem dúvida aquelas duas.

「É isso… elas são do mesmo clube que eu.」

 Era difícil encontrar palavras que indicassem corretamente essa relação. Eu pretendia ser honesto de cara, mas também não tinha certeza se isso era correto. ‘Do mesmo clube’, eu realmente entendo o significado dessas palavras? Quando eu estava prestes a começar a pensar nisso, Orimoto me interrompeu com um ‘heeeh’ com uma voz estúpida.

「Então você está em um clube. Qual clube?」

「... Clube de Serviços Voluntários.」

 Eu não sabia como explicar, mas seria estranhamente problemático se a conversa fosse no sentido de uma mentira. Quando afirmei francamente, Orimoto bufou.

「O que diabos é isso? Sério, não entendi! Isso é super hilário.」

「Não, não é ...」

 Orimoto segurou seu estômago e explodiu em gargalhadas. Bem, definitivamente era um clube incompreensível. Mas não era nada hilário.

 Sério, eu não conseguia rir de jeito nenhum.


Patrocinadores do Projeto: Suicchi; Clubedoeletrônico; Kendy; Warasu; Yuiti; Guilherme; Cabral; Felipe

Por Riberiru | 20/11/20 às 15:02 | Romance, Comédia, Vida Escolar, Slice of Life, Japonesa