CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 493 - Chi Yan

Zhan Long (ZL)

Capítulo 493 - Chi Yan

Tradução: Atrocittus | Revisão: Kvothe D.

“O que exatamente está enterrado aqui?”

Eu franzi minha testa e então levantei minha Espada do Reservatório Dracônico. Eu cavei profundamente no chão para ajudar Chi Yu Han. Com o Santo Espadachim número um da terra derrotado, provavelmente não haveria muitas coisas que desejadas por ele, muito menos fazê-lo parecer tão infeliz a ponto de colocar suas mãos e joelhos no chão para cavar. Isso deve ser algo extremamente importante.

Sob o movimento da espada, as rochas lentamente se soltaram. Finalmente, depois de um som de “Hua La”, um enorme buraco apareceu diante de mim. Nele foram esculpidos grandes caracteres - “Entrada da Tumba Real”!

“Sha Sha...”

Wan Er caminhou até a frente e, em seguida, puxou minha mão esquerda e disse suavemente: "É uma entrada...”

Eu assenti.

Tudo o que Chi Yu Han poderia fazer era ficar parado lá fracamente. Ambas as mãos estavam pingando sangue. Ele estava extremamente fraco no momento, agora que estava preso pelas correntes mágicas de selamento, mas ainda assim conseguiu reunir forças para caminhar até a entrada. Chi Yu Qing seguiu logo atrás dele. Como eu fazia parte da missão, trouxe Li Mu e os outros e os seguimos para a entrada.

Dentro da caverna seca, havia um cheiro decadente no ar. Foi lá que Chi Yan supervisionou a construção do Túmulo Real.

Chi Yu Han segurou na parede e mancou em torpor, deixando uma mancha sangrenta através da parede. Ele olhou cuidadosamente em volta e disse, trêmulo: “Naquele ano, eu tinha apenas três anos de idade, mas... mas nunca vou esquecer este lugar. Papai uma vez me trouxe aqui. Pai... os passos do pai estão por todas as partes aqui...”

Chi Yu Qing calmamente disse: “Irmão...”

“Eles disseram que o pai morreu no meio da batalha. Mas... mas eu sei. A última vez que vi, o pai estava bem aqui. Pai não morreu na batalha, mas sim...”

De repente, Chi Yu Han parou de falar. Ele olhou para um cristal enorme e estendeu a mão para tocá-lo.

“Shua!”

Era um cristal de memória. Em poucos segundos, o cenário ao nosso redor começou a derreter, levando-nos à memória. A paisagem começou a se transformar no Túmulo de trinta e sete anos atrás. Chi Yan estava totalmente vestido em uma armadura e tinha um olhar amoroso em seus olhos. Ele disse suavemente: “Yu Han, você é o filho que eu, Chi Yan, digo que definitivamente se tornará um herói corajoso. Cresça rapidamente. Vou ensinar-te tudo o que aprendi na minha vida e deixar-te tornar um comandante invicto...”

Ao lado de Chi Yan, um camareiro sussurrou: “General, esta tarde, sua majestade dará seu último comando. Ele escolheu Luo Lei como o comandante de seus exércitos. Além disso, ele quer levar dezessete dos nossos generais mais famosos...”

Chi Yan tremeu por um segundo e depois cerrou os dentes. Mas então ele olhou para o pequeno Chi Yu Han em seus braços e disse: “Sua majestade já se decidiu? Eu... Chi Yan, na mente de sua majestade, sou apenas um peão... Neste momento, é hora de desistirmos de tudo e fugirmos?”

O camareiro assentiu: “General, é melhor planejar primeiro!”

Antes que Chi Yan pudesse responder, um soldado trazendo o comando se ajoelhou no chão e disse: “Meu senhor, agora mesmo, os quatro magos reais vieram ao Túmulo Real. Eu não sei o que eles estão planejando!”

Chi Yan não disse nada, mas a magia vermelha de repente se arrastou pelo chão e envolveu seus pés. Ele olhou para baixo, os olhos cheios de desespero e raiva. Enquanto ele segurava Chi Yu Han, ele olhou para cima e rugiu, “Luo Lei, mesmo que eu, Chi Yan, seja considerado inútil para você, você deve nos deixar pai e filho sem nenhuma maneira de viver!? Você acha que usando o Selo do Dragão em mim, você poderá calar todos os dissidentes?!”

No final do túmulo, um velho carregando um cajado se aproximou, com um sorriso cruel nos lábios, “Chi Yan, seu velho bastardo. Sua vida vai acabar aqui. Você achou que seria capaz de continuar vivendo aqui e dizer ao mundo que morreu no túmulo que você mesmo construiu?”

Chi Yan berrou: “Lei Ge, seu desgraçado!”

“Ha ha ha...”

Este Mago Lei Ge levantou seu cajado, e uma luz vermelha na forma de um dragão de repente voou para fora da cabeça. “Hong!” a luz cercou Chi Yan e esmagou sua armadura, fazendo o sangue fluir para fora. Tudo o que Chi Yan fez foi se curvar e proteger Chi Yu Han em seus braços. Ele cuspiu sangue e todo o seu corpo parecia estar esmagado sob o peso das correntes.”

“Rápido!”

Chi Yan pegou Chi Yu Han em seus braços e entregou a um guarda ao lado dele e gritou: “Fuja pela segunda saída! Leve esta criança e envie-a para a tribo Chi You mais meridional para treinar. Não conte a ele quem foi seu pai. Nunca deixe que ele volte para a Cidade de Ba Huang. Rápido!”

A sepultura inteira começou a tremer, enquanto os quatro magos continuavam a pressão. Os pilares do Túmulo Real começaram a rachar. Pedregulhos rolaram do segundo andar e Chi Yan ficou preso. De repente, ele levantou os braços e pegou uma pedra caindo, e assim, usando apenas sua própria força mortal, ele levantou centenas de toneladas de peso.

“General!”

O soldado se virou, com lágrimas escorrendo pelo rosto.

Chi Yan rangeu os dentes. Antes de morrer, ele deu um último olhar de saudade para o pequeno Chi Yu Han, e com uma voz trêmula, “Diga a ele... diga a ele que seu pai realmente o amava, o amava tanto...”

Lei Ge riu e levantou uma única mão. Um após o outro, flechas mágicas invadiram o corpo de Chi Yan. Sua carne começou a se rasgar como algodão. O abdômen de Chi Yan havia sido dilacerado. “Ka Cha!” seu braço esquerdo quebrou. “Peng!” Uma viga caiu em seu ombro, mas Chi Yan permaneceu forte. Ele observou o soldado desaparecer no final do túmulo. Chi Yan de repente agarrou sua espada com a mão direita e jogou-a!

“Pu Chi!”

A espada perfurou o peito de Lei Ge. Ele ficou mudo ali e caiu no chão.

“Peng...”

Chi Yan foi forçado a ficar de joelhos com o peso, mas ainda não desistiu. Seus olhos estavam vermelhos e sangue escorria de seus olhos por todo o rosto. De repente, tudo ficou escuro, e ele usou o último pedaço de sua força, antes de murmurar: “Yu Han, meu querido filho, eu gostaria de poder vê-lo crescer, mas lamento, parece que não estou fadado a ver você crescer...”

Agarrando seu punho direito, as veias de Chi Yan explodiram de repente e a energia de Dou Qi circulou ao redor de seu corpo. Lentamente, uma luz brilhou e, em seu lugar, havia um enorme cristal. Mesmo que isso significasse usar o último pedaço de energia, ele escolheu se transformar em uma rocha para proteger Chi Yu Han.

....

“Pai, pai...”

Chi Yu Han se ajoelhou no chão com lágrimas rolando por suas bochechas. Ele se arrastou para frente de joelhos, todo o caminho até a sepultura caída. Surpreso, ele viu que Chi Yan havia se transformado em uma pedra enorme, ajoelhada ali. Sua mão esquerda desmoronou devido ao peso, e seu braço direito foi cortado com feridas até o osso.

Chi Yu Han tocou suavemente os ferimentos no braço de seu pai. Ele não conseguia parar as lágrimas: “Pai... Você disse antes que me ensinaria a andar de cavalo e me ensinar a esgrima. Você disse que me ensinaria a condensar meu Dou Qi, ou até mesmo a arte da batalha... Pai, eu ainda me lembro de todas as suas palavras, eu me lembro de todas elas. Apenas abra seus olhos e olhe para mim, Yu Han cresceu...”

Chi Yu Qing ajoelhou-se ao lado de Chi Yu Han e gritou: “Pai, pai...”

Naquele momento, “Peng” foi o som de rachaduras. O corpo de pedra de Chi Yan se partiu e toda a sala pareceu tremer. Chi Yu Han saltou para frente para proteger o corpo de seu pai. “Ahhh", “Solte-me! Maldito selo mágico, me liberte! Eu posso proteger meu pai! Por que você deve me tratar assim?”

Eu avancei e levantei uma viga quebrada. Li Mu e Wang Jian todos correram para ajudar a segurar a viga. Com a força de três jogadores de armaduras pesadas, as vigas pararam de cair.

Naquele momento, o corpo de pedra de Chi Yan de repente brilhou, e o fantasma de Chi Yan apareceu na frente dele. Ele tinha o mesmo olhar amoroso que ele tinha na memória quando olhava para Chi Yu Han. Calorosamente, ele disse, “Yu Han, poder ver você e Yu Qing adultos me deixa extremamente feliz...”

“Pai, é você?” Chi Yu Han exclamou de prazer.

Chi Yan disse suavemente: “Você pode dizer que sou eu e pode dizer que não sou. Esta é uma lasca do meu espírito que está ligada a este lugar. Neste momento, tenho algo para lhe contar.”

Chi Yu Han respondeu: “Pai, diga-me...”

Chi Yan olhou para cima, mas não conseguia ver o céu, e disse lentamente: “Durante toda a minha vida, eu sempre tive um profundo amor pela Cidade de Ba Huang, esta bela casa. E assim, mesmo sabendo que meu rei queria me matar, eu não conduzi uma rebelião. Eu vi muito derramamento de sangue durante a batalha. Começar uma guerra só levaria à morte de mais inocentes. Você também. Como generais, a razão pela qual lutamos guerras e protegemos nossas nações é pelo bem da paz mundial. Mesmo que soframos humilhação, devemos calmamente aceitar tudo. Lembre-se, não comece uma rebelião. Estas são as últimas palavras que eu deixo com você. Por favor, viva a sua vida em paz...”

“Shua!”

A figura de Chi Yan desapareceu.

....

“Este lugar vai entrar em colapso, apresse-se e vamos embora!” Wan Er disse em voz baixa.

Eu gritei rapidamente “Tome Chi Yu Han e Chi Yu Qing e vá!”

Wan Er e Qing Qian arrastaram os dois NPCs e correram para fora do túmulo. Li Mu, Wang Jian e eu nos reunimos e fomos juntos!

“Hong hong hong...”

Depois de vários roncos e estrondos, toda a Tumba Real se transformou em uma pilha de escombros.

Chi Yu Han ficou ali em silêncio. Depois de meio segundo, de repente ele olhou para mim e disse: “Jovem, vou segui-lo de volta à Cidade de Ba Huang e ser julgado. Obrigado por me deixar ver meu pai pela última vez...”

Eu balancei a cabeça: “Então vamos lá. De volta à Cidade de Ba Huang. Acredito que a Princesa Angela definitivamente lhe dará justiça.”

“Ok!”

....

E assim, o homem mais forte da terra, que havia chegado ao Domínio Sagrado, de boa vontade nos seguiu de volta à Cidade de Ba Huang.

Quando entramos na cidade, fomos direto para o palácio real. Como se algo importante tivesse acontecido, o número de guardas em frente ao palácio real aumentou significativamente. Um deles levantou a espada e disse: “Quem é você? Como ousa invadir o palácio real da Cidade de Ba Huang?

Eu disse: “Eu trouxe alguém que a Princesa Angela precisa."

“Quem?”

Eu dei um passo em frente e revelei os dois irmãos, Chi Yu Han e Chi Yu Qing. Naquele momento, o soldado de repente pulou: “Isso... Então vocês dois me sigam!”

Subimos devagar os degraus em direção ao Grande Salão da Cidade de Ba Huang. Fomos recebidos por uma multidão de guardas. Ao longe, havia incontáveis Espadachins e Arqueiros nos aguardando.

“Da da da...”

A Elfa da Lua, Princesa Angela se adiantou e puxou sua espada. Atônita, ela olhou para mim: “Você realmente conseguiu completar a missão!”

Eu balancei a cabeça com um sorriso: “Eu simplesmente não podia desonrar o seu comando!” (Atrocittus: Oxe, fiquei com dó do boss agora...)

Por Atrocittus | 18/08/18 às 12:00 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Chinesa, Harém, Comédia, Ficção Cientifica, VRMMO, Realidade Vitual