A Will Eternal 48

Home/A Will Eternal 48
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo

Tradutor: ScryzZ | Revisor: Venus

Capítulo 48 – O Grande Mundo

Um dia depois, quando a primeira pedra espiritual estava completamente esgotada, Feng Yan afastou o Barco de Vento, e os três ficaram no topo de um pico de uma montanha sob o céu noturno, observando o sol lentamente se pôr sobre o horizonte. Logo, a escuridão cobriu a terra.

Ao pé da montanha, a densa selva ecoava com os rugidos de animais e bestas selvagens. O ar estava muito úmido.

“Depois que passarmos por essa selva podemos descansar” Feng Yan disse friamente. “O que vocês dois acham?” Ele olhou para Du Lingfei e Bai Xiaochun.

“Está muito escuro” Bai Xiaochun apontou. “Aquela selva pode ter alguns animais selvagens perigosos; porque não a sobrevoamos com o Barco de Vento?”

“Faça uma pausa sozinho, se quiser” Du Lingfei disse bufando frio. “São apenas algumas árvores.” Não ocultando seu desdém pelo medo que Bai Xiaochun sentia da morte, ela entrou em movimento, dirigindo-se diretamente para a selva.

Um brilho de desprezo se agitou profundamente nos olhos de Feng Yan, mas ele sorriu mesmo assim e então desceu a montanha.

Bai Xiaochun franziu o cenho enquanto observava os dois saindo. Finalmente ele suspirou, e os seguiu pela montanha em direção à selva, mais vigilante do que nunca.

A medida que adentravam na selva a umidade aumentava, e haviam até mesmo alguns locais que eram lamaçais ou pântanos. Os animais ocasionalmente apareciam, mas eram três cultivadores de Condensação de Qi. Eles não diminuíram a velocidade enquanto avançavam, gradualmente se aprofundavam cada vez mais dentro da selva.

O tempo passou. Eventualmente, já era tarde da noite. Quando a lua se levantou, já estavam a meio caminho do outro lado. Até agora eles não encontraram feras selvagens. A viagem tinha ido muito bem. Bai Xiaochun estava na retaguarda, e mesmo o menor som ou movimento faria com que ele pulasse de medo. O desdém de Du Lingfei ficava cada vez maior.

“Cuidado!” Bai Xiaochun repentinamente falou, parando no lugar com uma expressão muito desconfortável em seu rosto.

Du Lingfei riu friamente, e estava prestes a dizer algo sarcástico quando de repente, um vento selvagem soprou em direção a eles, junto com um odor ácido. O rosto de Du Lingfei tremeu, ela olhou para a selva e viu inúmeros olhos olhando para eles.

Eram vermelhos brilhantes e quase no mesmo instante em que os viram, ouviu-se o som de asas. Inúmeros morcegos apareceram, cada um do tamanho de uma mão e voavam em sua direção.

“Morcegos de duas cabeças!” Exclamou Feng Yan. “Seu veneno drena o sangue e sela a garganta! Dividam-se, nos encontraremos no pico da montanha do outro lado da selva.” Com o rosto tremeluzindo, Feng Yan avançou em velocidade máxima.

As pupilas de Du Lingfei se apertaram, ela acenou com as mãos na frente dela, jogando pra frente um talismã de papel. Enquanto queimava, uma luz azul se espalhou, cobrindo-a com um escudo e também aumentando sua velocidade. Ela escolheu outra direção e avançou. Olhando por cima do ombro quando saiu, ficou chocada ao descobrir que Bai Xiaochun havia desaparecido há muito tempo.

Bai Xiaochun tinha começado a fugir assim que o vento soprou. Naturalmente, Bai Xiaochun era muito cuidadoso e perspicaz, e estava extremamente sintonizado com o perigo.

Enquanto fugiam os morcegos começaram a se aproximar, fazendo com que um som estridente percorresse o ar. Eles rapidamente se dividiram em três grupos, que começaram a perseguir os três discípulos.

Um sorriso frio apareceu no rosto de Feng Yan enquanto ele atravessava a selva, e ele rapidamente guardou a vara de incenso que ele tinha acabado de segurar. Foi essa vara de incenso que atraiu os morcegos, e também foi por isso que ele tinha escolhido passar por aquela selva no caminho para a sua missão. Ele imaginara que aquele seria provavelmente um lugar que existiria Morcegos de duas cabeças.

“Os mais fracos deles estão no terceiro nível de Condensação de Qi. Bai Xiaochun, não me culpe por alguém querer você morto.” Rindo friamente, ele deu um tapa na sua bolsa de armazenamento para pegar uma vara de madeira. Depois de soprar uma lufada de ar sobre o pau, ele o acendeu com chamas pretas que fizeram com que os morcegos dessem um penetrante grito. Aparentemente, eles odiavam aquelas chamas, e instantaneamente se dispersaram.

Feng Yan sorriu e continuou em frente, sentindo-se muito mais à vontade.

Quanto a Bai Xiaochun, ele estava se apressando ao longo da selva enquanto era perseguido por numerosos morcegos. No entanto, os morcegos não podiam se igualar a sua velocidade, e em pouco tempo havia uma grande distância entre eles. Ocasionalmente, um feixe de luz de espada se iluminava, e um morcego gritava e caía do ar.

Bai Xiaochun correu, e depois de passar tempo suficiente para que uma vara de incenso queimasse, ele olhou por cima do ombro e franziu a testa.

“Foi estranho que todos aqueles morcegos aparecessem de repente” pensou. Voltou um pouco e encontrou um dos morcegos que matara com uma espada voadora, e, depois de examiná-lo de perto, seus olhos brilharam.

“Estes não são morcegos de duas cabeças, eles são Morcegos de Veias Violeta! Eles são tão venenosos quanto os morcegos de Duas Cabeças, mas eles são diferentes, seus dentes são o principal ingrediente para a medicina espiritual de nível 2: Incenso do Sangue Ardente!”

“Quando voltar para a seita, posso vender cada presa por cinquenta pontos de mérito.” Bai Xiaochun imediatamente ficou encantado. Não existiam muitas pessoas que reconheceriam que estes morcegos foram listados no quinto volume das criaturas espirituais.

Sentindo-se muito animado, ele começou a coletar os cadáveres dos morcegos. Não demorou muito para que ele tivesse dez morcegos, dos quais ele começou a extrair os dentes.

“Esses morcegos não são tão fortes como imaginei…” ele disse, rindo. Logo, um escudo surgiu em torno dele, e ele começou a procurar através da selva. Em pouco tempo, um grupo inteiro de Morcegos de Veias Violeta voaram em sua direção.

Ele rapidamente fez um gesto de encantamento com a mão direita e enviou uma espada voando em direção aos morcegos. Sua velocidade era incrível, e antes que pudessem chegar perto dele, gritos miseráveis permearam o ar, e inúmeros morcegos começaram a cair ao chão. Os poucos que passaram pela espada colidiram em seu escudo e foram enviados para trás girando.

Bai Xiaochun recolheu os morcegos mortos. Percebendo que ele não estava mais em perigo, sentiu-se mais à vontade do que nunca. Estufando seu peito com orgulho, ele continuou a procurar através da selva.

Foi dessa forma que ele abriu caminho, coletando mais e mais presas…

Quatro horas mais tarde, Feng Yan finalmente completou o seu caminho para fora da selva e chegou ao ponto de encontro no pico da montanha. Lá, ele se sentou com as pernas cruzadas, um leve sorriso no rosto enquanto esperava.

Outras duas horas se passaram, e Du Lingfei disparou das árvores, parecendo muito desgrenhada. Enquanto acelerava em direção a montanha, ela olhou ansiosamente para trás em direção a selva escura. Eventualmente, ela chegou a Feng Yan, e percebeu que Bai Xiaochun estava longe de ser visto.

“Bai Xiaochun ainda não saiu?” Ela perguntou.

Feng Yan suspirou e sacudiu a cabeça. “Eu espero que o irmão júnior Bai esteja bem. Infelizmente, os Morcegos de Duas Cabeças são os mais ativos na noite. Se voltarmos para procurá-lo, estaríamos em perigo.” Para tornar as coisas ainda mais realistas, ele não descansou, mas em vez disso esticou o pescoço ansiosamente para a selva, como se estivesse esperando que Bai Xiaochun aparecesse.

Du Lingfei ficou em silêncio. Embora odiasse Bai Xiaochun, ela não o odiava a ponto de desejar que ele morresse. Afinal, eles eram membros da mesma seita. Finalmente, sentou-se de pernas cruzadas e olhou para a selva, suspirando.

O tempo passou, e logo estava quase amanhecendo.

Depois de esperar toda a noite sem ver Bai Xiaochun, Du Lingfei estava ficando com um sentimento muito desconfortável.

Feng Yan levantou-se. Depois de ter ficado acordado a noite inteira, seus olhos estavam injetados de sangue enquanto olhava desanimado para a selva. “Se ele não apareceu até agora, temo que isso signifique que Bai Xiaochun… encontrou um desastre. É tudo culpa minha. Se eu não tivesse sugerido atravessar a selva, irmão júnior Bai não teria…”

“Irmão Feng, não se culpe”, Du Lingfei disse. “Quem pensaria que haveria Morcegos de Duas Cabeças neste lugar? Talvez Bai Xiaochun ainda não esteja morto. Além disso, se ele estiver morto, então, como companheiros discípulos, devemos ir buscar seu cadáver!” Ela não sabia exatamente que tipo de emoções estava experimentando, mas era uma sensação muito estranha. Embora Bai Xiaochun a incomodasse, de algum modo ela se sentia perturbada. Afinal, não havia nenhum rancor profundo entre os dois.

Feng Yan suspirou e acenou seriamente com a cabeça. “Você tem razão irmã Junior Du. Não importa o que aconteceu, não podemos desistir dele.”

Com isso, os dois se prepararam para descer a montanha para iniciar a busca.

No entanto, alguns instantes depois eles avistam Bai Xiaochun saindo de dentro das árvores, bocejando. Assim que ele saiu da selva, ele se esticou preguiçosamente.

Os olhos de Du Lingfei ficaram arregalados, e Feng Yan quase não pôde acreditar no que estava vendo quando Bai Xiaochun casualmente começou a subir o caminho da montanha.

Parecia que ele tinha acabado de acordar depois e uma boa noite de sono. Ele parecia animado e enérgico, ao contrário de Feng Yan e Du Lingfei, que estavam cansados de uma noite sem descanso.

Logo, Bai Xiaochun estava no topo da montanha. Quando ele avistou Feng Yan e Du Lingfei, ele se apressou e gritou: “Bom dia! Irmão mais velho Feng, Irmã mais velha Du, essa selva é muito assustadora! Eu quase perdi minha pequena vida.”

Bai Xiaochun realmente tinha descansado bem naquela noite. Depois de matar os morcegos por toda a selva, ele não só tinha adquirido um generoso lucro, mas também tinha encontrado a caverna dos morcegos, onde ele teve uma noite maravilhosa de sono.

Uma expressão desagradável podia ser vista no rosto de Du Lingfei enquanto olhava para Bai Xiaochun. Resmungando friamente, ela pensou nos sentimentos complicados que sentira, e de repente se sentiu ainda mais aborrecida com Bai Xiaochun.

Um brilho frio passou pelos olhos de Feng Yan, embora sua expressão fosse de alegria. “Irmão Junior Bai! Estou tão feliz por te ver em segurança. Estivemos preocupados com você a noite inteira.”

Bai Xiaochun riu, e embora sua expressão parecesse normal um brilho frio brilhou no fundo de seus olhos.

Logo, os três estavam novamente em seu caminho, sentados no navio. Considerando o que acabara de acontecer, Bai Xiaochun sugeriu que eles voassem no navio à noite e avançassem a pé durante o dia. De rara forma, Du Lingfei concordou, e quanto a Feng Yan, depois de um momento pensando, ele acenou com a cabeça.

Assim, eles prosseguiram ao longo do Rio do Caminho Celestial enquanto se dirigiam para a Extensão Inferior.

Um mês se passou.

Este era o local mais distante que Bai Xiaochun já tinha ido em toda a sua vida. Ele viu numerosas montanhas e selvas, lugares onde não havia nenhum sinal de habitação humana, e tudo era como um enorme deserto.

Em um ponto de suas viagens, o chão começou a tremer, e Bai Xiaochun olhou para as montanhas distantes para ver algo completamente surpreendente. Era um enorme gigante coberto de espessas peles, que fazia o chão tremer com cada passo que ele dava.

A visão do gigante fez com que Bai Xiaochun ofegasse.

Uma noite, quando eles estavam voando, um relâmpago caiu em um ponto distante, e Bai Xiaochun viu… um enorme pássaro que era tão grande quanto o Pico da Nuvem Perfumada. Enquanto assobiava pelo ar, inúmeros raios dançavam por seu corpo. A simples visão de uma criatura que voava no meio da noite era completamente espantosa.

A coisa mais memorável que Bai Xiaochun viu durante o dia foi quando viu uma besta na margem sul do rio. Ela tinha quatro pernas esticadas e uma cabeça enorme como uma montanha. De repente, um gigantesco crocodilo dourado de 30 mil metros apareceu do Rio do Caminho Celestial e devorou a criatura. Quando o crocodilo afundou na água, lançou um olhar frio para Bai Xiaochun e os outros.

Esse único olhar fez com que suas mentes caíssem, e o sangue escorressem dos cantos de suas bocas. Uma dor aguda rasgou seus olhos, e levou um longo tempo para eles se recuperarem.

Bai Xiaochun estremeceu e murmurou: “Terrível. O mundo é muito aterrorizante!”

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-04-28T20:09:02+00:00 28/04/2017 as 8:09|A Will Eternal|8 Comments

About the Author:

Scryzz
Gamer, Otaku e Trophy Hunter. Fã absoluto de One Piece, Dragon Age, CSR, TDG, PS3, PS4, PSV, Cinema, Música e, é claro, Linkin Park!
  • Janailson Barbosa Granja

    Obrigado pelo capítulo

  • Sabin

    Obrigado pelo capítulo. Apesar de tudo o bai xiaochun saiu no lucro por causa do cara

  • 乙ᗯᕮƗƬᕮᘉᔕᕼƗ

    Essa Du Lingfei ainda não sabe, mas já tá xonada no Bai… esse encanto do Bai Xiaochun com o descobrimento de coisas novas é simplesmente cativante…

  • emerick

    Um crocodilo de 30 km , o autor estouro as medidas ai

    • scryzz

      Não são 30 mil KM, são 30 Mil Metros ahhsaushas

    • Lucas

      Também acho… Rsrsrs
      Pesquisei um pouco sobre as maiores montanhas da Terra e o resultado foi que Mauna Kea (a montanha mais alta do mundo, da base ao topo)
      Acontece que esse crocodilo aí tem quase 3x o tamanho dela…
      Tipo, imagina o tamanho e a profundidade do rio pra ele imergir completamente…
      O autor forçou nessa…

    • ✞ ◤Otaku◢✞◤ON◢✞

      30 Km se considerar o comprimento. A altura dele pode mt bem ser 2 kilometros. Um crocodilo aqui tem ate uns 2 metros de comprimento, mas a altura dele é geralmente uns 15 20 cm. Ou as vezes ele estava usando outra medida, como pés, que foi traduzida errada.

  • pecinho alves

    ty cap

Avada WordPress Themes