Cult of the Sacred Runes 207

/Cult of the Sacred Runes 207
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Tradutores: ScryzZ, Bossun, Spell, Yakimeshi | Revisores: Stromkirk, LendaT, Bru

Capítulo 207 – Em Frente

“Isso deve ser tudo!” Ye Wei disse após vasculhar o último canto da sala.

Levou mais de duas horas para Ye Wei entender as logísticas e limpar o lugar. Ele deixou o vale após ter certeza de que cobriu seus rastros.

‘É ridículo o quão bem a Ordem de Transportação do Supremo Ye Yu funcionou. Se as pessoas descobrissem o quanto eu consegui hoje, minha família provavelmente estaria com problemas…’

Enquanto isso, alguns milhares de quilômetros dali…

“O que é isso!? Eu quero uma explicação! Alguém!?” A fúria do Rei Demônio Esqueleto ecoou pela caverna, enquanto seus subordinados estavam tremendo de medo.

“Vossa Majestade, não temos ideia! Isso é tudo que encontr…”

A cabeça do líder do esquadrão saiu de seu pescoço após o Rei Demônio movimentar seu braço. Ele não estava nem um pouco feliz com as pedras de Qi e joias comuns.

“Eu lutei e procurei por dias e é isso que eu recebo?” O brilho verde em seus olhos se intensificou. ‘O tesouro de um Supremo deveria ser maior e melhor do que isso!’

“Talvez alguém estivesse nas regiões dos tesouros antes de nós.” Ele murmurou e tentou deduzir. “Huyan Haoze… Eu não sei como você fez isso, mas bela jogada.”

***

Alguns meses depois, a área ao redor e a própria cidade da Lua Verde retornou à paz. Além disso, os Lu não perseguiram os Ye.

Era o inverno mais frio em décadas e a mansão dos Ye estava coberta com uma grossa camada de neve. O escritório estava iluminado por conjuntos de runas, as runas que compunham a original fórmula da Estrela Cadente criada pelo Supremo Ye Yu.

Cercado por pequenas pilhas de pergaminhos, Ye Wei esteve trabalhando todos os dias e noites por uma semana inteira, anotando as runas da fórmula e um tutorial para praticá-la. O jovem Mestre das Runas decidiu deixar a fórmula da Terra de nível baixo e uma coleção de posturas para a família Ye.

Uma vez que a família ainda precisava se tornar forte o suficiente para defender todo o tesouro, ele decidiu deixar apenas uma porção para trás no caso dos inimigos da família descobrirem sobre a aquisição.

Antes de Ye Wei começar a escrever, ele deixou o talismã junto a um cristal supremo e agora estava completamente recarregado.

“Parece que é isso…” Ye Wei bocejou e esticou suas costas, “Acho que estou pronto para ir.”

Era um fato conhecido para Ye Wei de que precisava ir mundo afora para se inspirar se ele quisesse ter sucesso em alcançar o nível de Guerreiro Elevado. Mas quando chegou a hora de dizer adeus, ele não tinha tanta certeza sobre deixar sua família para trás.

“Mordomo Fu” Ye Wei chamou.

“Jovem mestre?” Ele gentilmente abriu a porta.

“Você se importaria em dizer ao meu avô e aos outros para me encontrar no salão principal?” Ye Wei pediu enquanto olhava em volta do lugar em que cresceu, se sentindo nostálgico mas desejando explorar o mundo.

“Claro, mestre.” O mordomo podia facilmente ler as intenções do jovem. O rosto de criança do jovem mestre estava meio estranho, como se já estivesse sentindo falta de casa. “Então você irá mesmo?”

O mordomo estava incerto. Ele suspirou e olhou para os ombros estreitos em sua frente que estiveram carregando os pesos da família Ye nesses últimos anos. ‘Você era tão pequeno e considerado sem talento não faz muito tempo, mas olha para você agora…’

A contribuição de Ye Wei não fez apenas com que a família se tornasse indisputavelmente a mais forte na cidade da Lua Verde, mas ela também estava conseguindo atenção no estado, glorificada devido aos recentes eventos em relação à disputa com Lu Qianhuan.

O mordomo esteve servindo a família por muito tempo e podia dizer muito bem quando alguém estava a priorizando acima de sua própria vida. Ele sabia que era por causa de Ye Wei que agora a mansão era visitada com frequência por influentes.

“A Dinastia Zhou é vasta, eu ainda não sou forte o suficiente comparado com muitos. Eu devo viajar enquanto sou novo para que eu possa ser tão grande quando o Supremo Ye Yu!” Ye Wei disse, tentando melhorar o ânimo do mordomo, para fazer o velho sorrir. “Eu irei voltar, então preciso que você limpe e arrume meu quarto de vez em quando!”

“Não me diga como devo fazer meu trabalho!” O mordomo riu e respondeu. ‘Ele cresceu…’

Minutos depois, todos os Ye pararam o que estavam fazendo e foram para o salão principal, deixando trilhas de pegadas na neve nos corredores abertos.

“Vô, este é o sangue do Supremo Ye Yu. É extremamente forte e não pode ser coletado por métodos normais, me desculpe por não ter tido tempo para experimentar. Tenho certeza que o senhor pode descobrir algo.” Ye Wei cumprimentou o patriarca, discretamente entregou os frascos e então sussurrou em seu ouvido.

“Obrigado a todos por virem. Eu tenho algo que gostaria de dar para todos!” Ye Wei apontou para os pergaminhos que ele havia colocado sobre as longas mesas. “Eu refinei a fórmula da Estrela Cadente para Terra nível baixo e selecionei doze posturas Místicas de nível alto, vocês todos deveriam vê-las e estudá-las quando meu avô disser que vocês são fortes o suficiente.”

Ele moveu sua mão para a bolsa interespacial, colocou algumas coisas em outra mesa e disse, “Essas pílulas devem durar por dez anos. Use-as e não peguem atalhos enquanto cultivam, meu avô irá distribuir os recursos o mais justo possível, como ele sempre faz.”

“Aprendam a utilizar os pergaminhos e as armas, pegue-os se precisarem concluir alguma missão de alto risco. Nossa família precisa crescer e isso significa que todos precisamos trabalhar duro.”

“Pequeno Wei, você tem certeza sobre ir no local dos Helian?” O patriarca dos Ye suspirou profundamente, entristecido e um pouco nervoso.

“Sim!” O jovem Mestre das Runas acenou, determinado. “Eu preciso de diversificação. Eu preciso ver e ter experiências ao redor do mundo. Sem inspiração, eu nunca irei alcançar o nível Guerreiro Elevado.”

“Okay, eu respeito isso. Mas enquanto você estiver lá fora, por favor, tenha cuidado. Lembre-se, sempre há algo sinistro onde há o bem.” Ye Zhengqing bateu nos ombros de Ye Wei e disse em um tom meigo e preocupado. “Não importa onde estiver e pelo que passar, essa casa sempre será sua casa. Esses portões sempre estarão abertos quando você decidir retornar!”

“Muito obrigado, avô!” O jovem fechou seus olhos e abraçou seu avô.

“Pequeno Wei, cuide-se, por favor!”

“Wei, se as coisas não forem muito bem, não force! Você pode voltar para descansar sempre que quiser!”

Enquanto seus tios e tias davam o adeus, seus pais estavam sem palavras. Eles andaram para se juntar a ele próximo ao patriarca com olhos lacrimejando.

“Nós temos muito orgulho de você e sentiremos sua falta.” Sua mãe sussurrou em seu ouvido.

“Após um abraço de um minuto, Ye Wei foi em direção ao Ye Zhong. Ele socou o ombro de seu primo e disse: “Primo, cuide de todo mundo enquanto eu estiver fora, por favor!”

“Idiota, você não precisa nem dizer. Não seja descuidado lá fora!” Ye Zhong acenou e tremeu um pouco.

Após dizer adeus a todos, Ye Wei deixou o salão com o Mestre Yi. Seu mestre o levou para um dos pátios remotos.

“Já que você está partindo, eu devo lhe dar informações.” O Mestre Yi disse em um tom gentil.

“As famílias reais trabalham em rotação. Desde há trinta anos atrás, os Lin estão no cargo do governo e políticas gerais, os Huyan controlam o Exército Verde, mantendo a ordem nas fronteiras, e finalmente os Helian estão a cargo das finanças e exploração.”

“Embora os Lin estejam no poder, eles estão mantendo um perfil raso. Eles têm gasto seus recursos com expedições junto com os Helian ao invés de ter uma mão firme sobre a dinastia.” O Mestre Yi continuou.

“Os Huyan e os Helian não são aliados, considerando que eles romperam relações algum tempo atrás quando o Exército Verde falhou em reportar algumas descobertas de tesouros.”

Ye Wei franziu a testa e disse: “Isso quer dizer que eu devo ter cuidado com os Huyan?”

Mestre Yi balançou a cabeça, “Você recebeu uma grande oportunidade, mas também foi arrastado para uma situação complexa e delicada…”

O mestre e aprendiz andaram pelo pátio e falaram sobre outros assuntos. Após cerca de uma hora, o Mestre Yi levou o Ye Wei para uma carruagem mágica customizada.

“Me mande uma mensagem pela insígnia sempre que precisar falar comigo ou precisar de mim e me avise quando chegar. Eu devo estar na capital em algumas semanas, nós podemos nos encontrar lá.” O Mestre orgulhosamente colocou seus braços nos ombros de seu aprendiz legado e disse gentilmente.

“Obrigado por todos esses anos cuidando de mim, mestre.” Ye Wei sorriu enquanto acenava e entrou no compartimento luxuoso.

Flocos brancos estavam cobrindo o céu e o chão. A carruagem mágica de Ye Wei tomou a rota mais rápida para fora da cidade, o veículo flutuante não deixou uma marca no carpete de neve.

Ye Wei sentou no assento aconchegante feito da pele de uma besta exótica, olhando através das paredes com sua visão fortalecida pela força de vontade. Ele olhou para sua cidade natal vestida de branco e seus olhos seguiram pela estrada principal até a linha do horizonte enquanto sua mente estava pensativa.

‘Eu tenho que fazer uso das conexões que fiz e oportunidades que recebi. Sem dúvidas os Helian irão me ajudar a subir escadas enormes. Eu seria idiota se não tentasse me tornar mais forte e subir ainda mais alto por eles.’

‘Eu não estou simplesmente indo embora, estou entrando em um novo mundo. Um mundo onde posição e classe importa, onde eu venho de uma família de um Supremo. Eu herdei o legado do Imperador Glacial, então usarei isso a meu favor no futuro. E talvez então, quando eu conseguir um status melhor, eu possa conquistar a Ziyan…’

Ye Wei apertou seu punho, determinado desde que ele descobriu de seu mestre que Lin Ziyan era a única filha do patriarca dos Lin, o imperador da dinastia.

Ele agora entendia o porquê de ela precisar manter a distância, a razão pela qual ela o deixou foi para protegê-lo de um mundo perigoso.

“Eu irei me tornar imparável.” Ye Wei murmurou, seus olhos brilhavam com determinação. Sua sede para se tornar forte estava dominando sua mente.
“Eu não irei me trancar em um salão e treinar, isso é pura tolice. Eu irei aprender com os Helian, interpretar sua sabedoria e incorporar seus métodos para  adaptar minha cultivação. Eu não irei me tornar um de seus peões!”

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-03-13T19:41:43+00:00 07/02/2017 as 4:00|Cult of the Sacred Runes|27 Comments

About the Author:

Scryzz
Gamer, Otaku e Trophy Hunter. Fã absoluto de One Piece, Dragon Age, CSR, TDG, PS3, PS4, PSV, Cinema, Música e, é claro, Linkin Park!
  • ikki

    obrigado pelo capítulo nossa essa ultima parte foi foda !

  • Pecinho

    sabia que ele ia ajuda a desperta o sangue do supremo nos seus parentes, mais só aqueles da família que merecerem e de quebra vão ganhar por conquista , técnicas cultivo e etc…… acredito que só duas pessoas na cidade sabe sobre a cabeça do dragão então ^^ Yi e Vovó ^^
    Ye Wei rumo a gloria ^^
    vlw pelo cap!

    • Davi Gamer

      eles talvez saibam , mas se sabem não foi o ye wei que contou pois ele tem um juramento sagrado , eu ainda acho que ele vai quebrar um juramento e usar a energia pra treinar , eu tbm acho que a energia que mata com o juramento sagrado seja a energia cosmica ou parecida , talvez das estrelas , ou até do sol , quem sabe , dsadsdas tem muita historia boa nessa novel

      • Lucas Gabriel

        Se o juramento que o Ye Wei fez foi em nome dos céus e da terra, pode esquecer sobre quebrar. Em nenhuma das novels que já li, alguém ousou pensar em quebrar tais juramentos …

        • Davi Gamer

          ainda assim o ye wei pode se dar ao luxo de falar sobre a localização da cabeça do dragão , ou ele morreria ,

      • Pecinho

        mais como aprendemos com o rei demônio tem que ser bem especifico no juramento ^^ kakak

        • Davi Gamer

          sim dsadsaadsdas , tipo o ye wei pode ter falado que há a cabeça do dragão na cordilheira , mas ele não pode falar sobre a localização da cabeça dsadasdasdsaa

  • Queilan

    Obrigado pelo capitulo

  • Janailson Barbosa Granja

    Obrigado pelo capítulo

  • Vampari

    O louco, essa parte final do CP ficou muito bom *-*, esta nascendo um monstro.

  • Luiz Ed.

    Será que teremos outro time skip? Com Nosso Ye favorito voltando ainda mais forte? Mas claro que se isso acontecer o autor deve dar um jeito de contar 1 pouco da história, igual no primeiro time skip

    • Davi Gamer

      talvez , mas não acho que será no inicio do procimo capitulo , pq ainda tem coisas que vai acontecer antes disso , eu acho

  • Lucas Gabriel

    Obrigado Pelo Capitulo!

  • Miguel dias

    so eu q acho q faltou um pedaço de texto nisso ai?

    • Juan H. Waite

      tb fiqei com essa impressao.

      • Yakimeshi

        Não, não está faltando. Realmente não foi especificado o que exatamente ele conseguiu, este é o capítulo completo.

        • Juan H. Waite

          hmm ok!

  • Juan H. Waite

    la no começo será que n faltou algo? tipo, quais tesouros ele pegou na caverna?? fico parecendo que cortou algo…

    • Ricardo Camilo

      acho que ele não pegou nada ,só viu onde era o cofre mesmo ,pra no futuro buscar(?)

      • Juan H. Waite

        quando eu li essa parte – “Isso deve ser tudo!” Ye Wei disse após vasculhar o último canto da sala.

        Levou mais de duas horas para Ye Wei entender as logísticas e limpar o lugar. Ele deixou o vale após ter certeza de que cobriu seus rastros.”

        – eu interpretei como ele ja pegando tudo e levando com ele. + talvez vc tenha razao se pensar em limpeza no sentido de fazer uma faxina. vlw

  • BloodKnight

    Obrigado Bru, ScryzZ, Bossun, Spell, Yakimeshi, Stromkirk e LendaT pelo capítulo 207……………=D

  • Lucas 7433e 649

    Obrigado pelo cap!

  • Ricardo Camilo

    Obrigado pelo Capítulo 207 de CSR.
    la vem as conspirações .-.

  • Leo Ribeiro

    Vlww pelo cap

  • 乙ᗯᕮƗƬᕮᘉᔕᕼƗ

    Incrível como é sempre tudo por causa de uma Fêmea… Obrigado pelo cap!

    • rafael1295

      como dizia weed mulheres bonitas são como pragas deixam os homens loucos

  • Cleves Bispo

    Como dizia o famoso filosofo piton…