Cult of the Sacred Runes 41

/Cult of the Sacred Runes 41
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Tradutores: ScryzZ, Bossun, Kb’los Do Mal, KouhaiNovel Revisor: Takumi

Capítulo 41 – Palma dos Deuses

Ye Zheng Qing ficou chocado ao ver três pergaminhos verdes na mão do Patriarca Du. A família Du tinham recursos, mas um pergaminhos místico de classe médio era super raro, e não era algo que poderia ser adquiridos através de riqueza!

Uma postura mística inscrita em um pergaminho seria ativada quando se rasgasse o mesmo.

Equipamentos e pergaminhos místicos, ambos tinham seus prós e contras.

Os pergaminhos eram relativamente mais baratos e sua ativação não necessita de Qi, mas a desvantagem era que eles eram artefatos de uso único. Uma vez rasgados e ativados, eles se tornam inúteis, e apenas uma fração do poder da postura inscrita seria lançada em comparação com um equipamento místico.

Os equipamentos eram reutilizáveis, se ativados por Qi iriam libertar o potencial completo da postura armazenada nelas enquanto o Qi do usuário durasse. Seu preço e raridade eram os seus inconvenientes, juntamente com o fato de que eles não funcionavam quando o usuário não tivesse Qi, ao contrário dos pergaminhos.

Dito isto, ambos os equipamentos e pergaminhos de classe médio eram muito raros, e as pessoas que os possuiam, geralmente preferiam guardá-los.

“A pessoa que nos apoia me deu estes três pergaminhos que eu nunca pensei que eu teria que usá-los. Você deve estar orgulhoso de si mesmo por me colocar nesta situação!”. Du Yuan Ming zombou.

Ambos Zhou Wu e Dong Ho tinham ciúmes do Patriarca Du. Eles mantiveram um relacionamento saudável com Lu Feng, mas nunca tinham recebido nenhum presente como o patriarca recebeu.

Lu Feng era forte, mas ele não era capaz de inscrever pergaminhos de classe média. Estes três pergaminhos foram feitos por ninguém menos que seu mestre, mestre Mu, o próprio.

“Du Yuan Ming, nenhum de nós está com medo de morrer pela família!”. Ye Zheng Qing se virou energizado pelos rostos corajosos de seus parentes, dizendo ao Patriarca Du: “Estamos todos nessa! Talvez não possamos fazer isso hoje, mas sua família não irá sair desta arena do jeito que entraram, se saírem!”.

Ye Zheng Qing olhou para a família Du enquanto ele furiosamente injetou Qi em seu bracelete de ossos.

O bracelete vibrava e zumbia! Ele irradiava uma embaçada, mas brilhante explosão de luz verde conforme as runas esculpidas nos fragmentos de ossos se contraiam. As runas então emitiram uma embaçada esfera de luz verde. Elas se transformaram em uma espécie de um enorme pássaro, e uma grande carga de energia explodiu do artefato!

O canto do pássaro era proporcional ao tamanho da criatura. Ele brandiu suas asas e voou em direção a família Du.

“Não!”. Du Yuan Ming começou a entrar em pânico, “Eu vou lidar com Ye Zheng Qing enquanto vocês dois acabem com o resto deles!”. Ele disse a Zhou Wu e Dong Ho enquanto ele rasgava um dos pergaminhos. Uma grossa videira saiu de dentro do pergaminho rasgado e partiu em direção ao Grande Pássaro Verde. O pássaro foi emaranhado e desacelerou momentos depois.

A destruição que vinha dos dois Guerreiros Condensados armados com equipamentos e pergaminhos místicos era um perigo real a vida, e por isso o público começou a fugir em pânico devido a extensão desta luta se intensificar rapidamente.

“Boom!”.

Embora emaranhado nas videiras, o ataque do Pássaro Verde não foi interrompido. Ele abriu o bico e cuspiu um espesso pilar de fogo. Isto incinerou alguns dos jovens Du que eram lentos demais para reagir, e seus gritos arrepiantes lentamente desapareceu no mar de fogo.

“Droga!”. A expressão de Du Yuan Ming estava torcida. Com a velocidade impecável de um Guerreiro Condensado Sete Estrelas, ele viajou para o lado Ye da arena em um piscar de olhos. Ele estava levitando sobre os jovens Ye, com uma longa sequência de runas brilhantes já na ponta do dedo.

Juntamente com essa postura ele rasgou o segundo pergaminho. Este convocou bolas de fogo que choveram sobre o Grande Pássaro Verde. Eles deixaram longas trilhas de fogo que se assemelhavam cometas colossais que quebram através da atmosfera.

Foi preciso de dois pergaminhos de classe médio em cima de um escudo de Qi para finalmente parar o ataque vigoroso do Pássaro Verde. Mas a raiva de Du Ming Yue não havia diminuído devido às baixas sofridas, e ele não ia deixar isso passar. “Faça!”.

Zhou Wu e Dong Ho riram quando eles foram em direção ao lado Ye. A mão do General se abriu, e era tão grande como um ventilador de mão. Ele estendeu o braço em direção a Ye Wei.

“Não toque em meu sobrinho!”. Ye Hai gritou, em seguida, canalizou seu Qi e golpeou com a palma da mão.

“Você não está em meu nível!”. Zhou Wu riu e espalmou a palma de Ye Hai com sua mão. O braço de Ye Hai imediatamente quebrou após o contato. Ye Hai foi subjugado pela energia esmagadora, ele cuspiu sangue e caiu no chão.

Havia sorrisos cruéis em ambos os rostos do General e do Presidente quando Ye Hai foi jogado para trás.

“Vocês são um lixo! Há alguém aqui que pode lutar? Estou ficando entediado! Se vocês não vierem lutar, eu vou apenas terminar com suas vidas miseráveis e enviar-lhes para conhecer os seus antepassados!”. Zhou Wu rapidamente escreveu uma sequência rúnica  com cada uma de suas mãos.

“Zumbido!”.

Impulsionada pelo Qi, as runas começaram a vibrar. As runas se transformaram em 20 palmas de mãos vermelho-sangue, cada uma delas tinha dez metros de comprimento e emanava um desprezível Qi para fora das ranhuras e linhas das palmas de mão. Elas eram como as mãos gigantescas de um demônio.

Postura Mística, Palma dos Deuses!

[nota: Palma dos Deuses é uma referência ao golpe “Incho Palms” ou Palma da Mão do Sangue Sagrado. Dito na mitologia Grega que quando uma pessoa se banhava no sangue de um Deus ele se tornava imortal. E por ser um nome grande, foi decidido simplificar, e ficou mais maneiro, tipo os golpes de Inuzuma Eleven.]

“Bang!”.

As palmas vermelhas ainda estavam se materializando, mas eles já estavam emitindo ondas de pressão petrificantes que lançou todos os jovens Ye incluindo Ye Wei para o chão. Eles foram pressionados contra o chão, pálidos e indefesos.

“Crack!”.

O poder de comando de Zhou Wu era ameaçador! Antes de realmente atacar, as palmas vermelhas apenas pairavam no ar, mas as articulações de Ye Wei estavam começando a rachar como se elas estivessem prestes a serem destruídas. As ondas de pressão impiedosamente chocaram contra ele o fazendo sangrar internamente e cuspir mais sangue.

“Pequeno Wei!”. Ye Zhong desajeitadamente deu um passo para o lado de Ye Wei. Ele virou a cabeça para o seu pequeno primo e gritou com uma voz rouca depois de ver a condição do seu parceiro precioso. “Sobre o meu cadáver!”.

“E o meu tigre!”. Ye Zhong forçou o seu seco Sentient e dantian com o último suspiro de sua força de vontade e Qi se obrigando a realizar o Ataque do Tigre Branco. Havia apenas um pensamento em sua mente: “Ele tinha que proteger Ye Wei”.

“Rugido!”.

O poderoso animal apareceu. Ele rosnou e imediatamente se lançou na palma vermelha caindo sobre o corpo de Ye Wei. O tigre e Ye Zhong trocaram um olhar feroz e determinado.

“Isso é hilário. Você ainda é apenas um guerreiro comum! O que você está pensando?”. Zhou Wu riu histericamente, em seguida, bateu com a mão, e outra palma vermelha caiu com grande ímpeto.

“Bang!”.

O Tigre Branco foi quebrado pela palma vermelha imediatamente.

Ambas eram posturas misticas, mas Zhou Wu tinha décadas de treinamento antes de Ye Zhong nem ter nascido. A postura do Guerreiro Condensado Sete Estrela destruiu o ataque do Tigre Branco quando se chocaram.

“Pequeno Wei, me desculpe…”. Ye Zhong perdeu a consciência quando o Tigre foi destruido, e seu Sentient foi fraturado.

“Primo Zhong!”. Ye Wei gritava a plenos pulmões enquanto as lágrimas escorriam de seus olhos avermelhados de raiva. Seu Sentient também começou a agitar.

Um flash dourado surgiu no Sentient de Ye Wei permitindo seu corpo se enrijecer sob a imensa pressão.

Um a um, os Ye cairam no chão com sangue saindo de suas bocas. Ye Wei continuava em pé, mas sua consciência estava desaparecendo.

“Um estudante e ainda está em pé? Admirável!”. Zhou Wu grunhiu e canalizou mais Qi, mais dez palmas vermelhas seguiram em direção de Ye Wei com uma força ainda maior.

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-03-13T19:28:01+00:00 07/09/2016 as 5:02|Cult of the Sacred Runes|8 Comments

About the Author:

Scryzz

Gamer, Otaku e Trophy Hunter. Fã absoluto de One Piece, Dragon Age, CSR, TDG, PS3, PS4, PSV, Cinema, Música e, é claro, Linkin Park!