Cult of the Sacred Runes 84

/Cult of the Sacred Runes 84
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Tradutores: ScryzZ, Bossun, Kb’los Do Mal | Revisor: Takumi, Xantii

Capítulo 84 – Pergaminhos

Embora houvesse um ligeiro cheiro no ar, a brisa trazia nuvens de névoa branca. Uma névoa cheia de energia primordial refrescante. Esse contraste confundiu Ye Wei e ele realmente não conseguia dizer se gostava ou não desse ambiente estranho.

Enquanto Ye Wei cuidadosamente analisava seus arredores, alguma coisa crescendo no topo de uma rocha negra chamou sua atenção, “Nuvem negra na forma de folhas com uma haste verde!”. Ele disse para si mesmo enquanto via essas folhas negras gentilmente fluindo com a brisa.

“Não há erro, essa erva é uma Onda Negra!”. Os olhos de Ye Wei estavam arregalados e havia uma animação sincera no seu rosto, “Essa é uma requintada erva de resfriamento e é um ingrediente chave para as Pílulas do Sol Ardente!”.

Ye Wei ergueu a cabeça e olhou mais longe. Ele viu que havia Ondas Negras crescendo no pântano!

Ye Wei nunca imaginou que ele seria sortudo o suficiente de ver uma raridade em plena vista no mundo, mas parecia que esse era o caso nesse reino. Ele analisou os arredores e viu oito ondas negras. Quem sabia quantas mais haviam escondidas pela névoa.

“Ervas de alto nível estão por todo o lugar. Que tipo de lugar é esse?!”. Ye Wei exclamou. Ele não hesitou e correu colocando todas as ervas que ele via na sua bolsa.

“O que é esse monumento de pedra?”. Enquanto Ye Wei coletava a última onda negra, ele viu uma pedra que estava escondida atrás de um grosso arbusto e despertou seu interesse.

Metade da pedra estava soterrada sob a lama negra. Três armas enferrujadas estavam espalhadas ao seu redor. Um pedaço de madeira negra, uma antiga espada e uma lâmina escarlate longa.

“Armas Místicas!”. Os olhos de Ye Wei brilharam. Embora essas armas pareciam castigadas e enferrujadas, elas estavam brilhando com uma inequívoca luz verde, uma luz que representava seu valor.

Armas místicas nível médio podiam ser compradas, mas seus preços refletiam sua raridade, não quanto o material valia atualmente. Elas frequentemente alcançavam preços acima de milhões de pratas em leilões.

Ye Wei estava radiante, ele literalmente tinha acabado de achar três armas nível médio no repositório e agora ele estava olhando para mais três. Seu corpo estava tremendo de animação.

“Eh?”. Ye Wei avançou rapidamente na direção das armas, mas quando estava para puxar a madeira preta da lama, ele percebeu que havia um pequeno buraco próximo a ela e ficou atento.

“Alguém esteve aqui antes de mim?”. O rosto de Ye Wei ficou pálido. Ele rapidamente colocou sua mão dentro da bolsa e tirou um pergaminho. O buraco era pequeno, mas não parecia natural. Era inteiramente possível que ele foi deixado depois que outra pequena arma mística foi escavada.

“Você tem muita consciência!”. Não muito longe em uma árvore espessa, Lu Chao assistia todos os movimentos de Ye Wei por entre os galhos. Ele parecia uma cobra perseguindo sua presa, esperando o momento certo de dar um golpe fatal.

“Você tem alguns pergaminhos nível médio com você, e daí? Eu não acho que um Estudante lixo como você pode se defender contra mim agora que eu tenho essa arma mística nível médio duas estrelas comigo”. Ele pensou enquanto olhava para a adaga de três polegadas na palma de sua mão com um sorriso de escárnio e sanguinário no rosto.

Todas as armas místicas nível médio contém posturas Místicas e elas são classificadas em um sistema de dez estrelas de acordo com o quão forte é a postura na arma. Embora a Arma de Lu Chao fosse apenas nível duas estrelas, a ameaça imposta pela postura Mística não era algo que um Estudante normal pudesse aguentar.

Não muito tempo atrás ele estava cavando as armas próximas ao monumento de pedra, ele sentiu alguém se aproximando e pensou que fosse um exército de cultivadores chegando, então ele se escondeu rapidamente em um lugar seguro e imperceptível enquanto pegava essa adaga.

Apertando a arma mística nível médio fortemente, Lu Chao estava mais confiante que nunca. Ele sabia muito bem que Ye Wei tinha dois pergaminhos nível médio, mas não estava mais assustado. “Eu não ligo para seus pergaminhos místicos quando eu tenho algo melhor!”.

“Haviam quatro repositórios no total e três deles foram divididos entre Hong Xun, Xue Yao e aqueles Guerreiros e esse garoto pegou um inteiro para si mesmo!”. Pensando sobre a grande quantidade de tesouros que possivelmente estavam no repositório, Lu Chao lambeu seus lábios secos enquanto estreitava seus gananciosos olhos para Ye Wei.

“Hong Xun e o resto não seguiram ele. O destino está do meu lado!”. Lu Chao riu perversamente. Com a impressão que Ye Wei poderia não estar sozinho, ele estava hesitando em atacar imediatamente. Se alguma centena de Guerreiro fossem lutar juntos contra ele, mesmo tendo dez armas místicas com ele não faria diferença.

“Você sabe que eu estou aqui e você acha que vai ter tempo para se defender e coletar as armas místicas?!”. Lu Chao riu e disse enquanto Ye Wei pegava a ponta da madeira negra. Ele deu um grande passo no galho e se lançou na direção de Ye Wei. Asas primordiais apareceram em suas costas enquanto ele mergulhava ferozmente como um falcão.

“Haha, você não aguentou mais esperar?”. Ye Wei intencionalmente expôs suas costas para Lu Chao, mas nunca realmente baixou sua guarda. Enquanto uma de suas mãos estava na madeira negra, sua outra mão segurava o pergaminho de nível baixo. Ele podia sentir a presença se aproximando, mas lembrou de se manter calmo.

“Agora é a hora!”. Não havia jeito de Lu Chao se esconder quando Ye Wei tinha uma impecável sensibilidade da alma e Ye Wei sabia exatamente qual era o alcance de Lu Chao e de onde ele estava atacando. A emboscada não tinha qualquer elemento surpresa para Ye Wei e por causa disso ele era capaz de se manter calmo. Quando Lu Chao estava apenas a poucos metros de distância, ele ouviu o som de tecido rasgando.

“Buzz!”.

O pergaminho não era um daqueles que ele ganhou de Zi Yan, era um pergaminho ofensivo nível baixo que ele encontrou no repositório!

O pergaminho tinha uma postura Espiritual proibida de nível alto – Espadas Triplas Divisoras do Céu.

“Postura Espiritual Proibida!”. Lu Chao viu as três espadas de Qi enquanto elas perfuravam o céu a uma velocidade aterrorizadora. Ele canalizou seu Qi para as asas e voou para trás, se afastando do curso das espadas de Qi de Ye Wei.

“Whiz!”.

Uma das espadas de Qi raspou a bochecha de Lu Chao deixando um corte em sua pele outrora impecável.

O plano de Lu Chao era se aproximar sem ser detectado e finalizar Ye Wei antes que ele pudesse reagir. Ele não podia acreditar que não apenas seu plano falhou mas que ele esteve tão perto de ser gravemente ferido por um contra ataque na sua cabeça.

Posturas Espirituais Proibidas de alto nível eram ameaças mesmo para Guerreiros dez estrelas! O Guerreiro sete estrelas Lu Chao não tinha como se defender contra isso, especialmente quando ele nem mesmo esperava que Ye Wei fosse reagir.

“Droga!”.

Lu Chao mal desviou do ataque. Seu rosto ficou pálido, sentindo que foi enganado, pensando que Ye Wei tinha apenas pergaminhos defensivos com ele.

“Desvie disso!”. Ye Wei olhou para a figura atrapalhada de Lu Chao sabendo que ele quase não desviou da primeira onda de espadas de Qi. Ye Wei canalizou seu Qi para aumentar a velocidade das espadas e então virou elas de volta na direção de Lu Chao.

“Zoom!”.

As espadas de Qi aceleraram, e apesar dos esforços de Lu Chao, ele apenas desviou de duas das três espadas. A última voou direto para seu rosto.

As pupilas de Lu Chao dilataram enquanto via a espada de Qi se aproximando. As veias no seu rosto dilataram enquanto enchia seu corpo com Qi. Ele conseguiu mover sua cabeça apenas uma polegada para esquerda um segundo antes da espada acertar.

“Eu vou te matar!”.

A afiada lâmina da espada deixou uma chocante ferida no pescoço de Lu Chao. Sangue estava jorrando enquanto ele era dominado pela dor. Sua expressão facial se transformou de surpresa para ódio. Ele encarou Ye Wei com a intenção de matar e então agressivamente injetou seu Qi na adaga em sua mão.

“Morra!”.

O Qi de Lu Chao ativou a postura dentro da sua arma mística nível médio duas estrelas. A adaga de três polegadas imediatamente brilhou e um tornado de Qi começou a se formar ao seu redor.

A adaga de Qi voou na direção de Ye Wei em um Flash. Elas eram rápidas, difíceis de enxergar e envoltas com um Qi perigoso. Elas voavam baixo em relação ao solo, tão baixo que toda a grama, lama e pedra em seu caminho voavam no ar.

A adaga de três polegadas estavam avançando em Ye Wei como um predador sedento de sangue.

Isso era ruim para Ye Wei. Ele esperava a emboscada de Lu Chao, mas ele não antecipou que ele teria uma arma mística de nível médio. Suas pupilas dilataram enquanto ele pensava como proceder. “A forma dessa adaga combina com o buraco no monumento de pedra!”.

“Corte!”. Ye Wei redirecionou as três espadas de Qi para a adaga de Lu Chao e ao mesmo tempo, ele pegou outro pergaminho de sua bolsa.

“Bang! Bang!”.

A espada de Qi foi transformada em fios de energia e desapareceu antes que pudesse chegar perto da adaga, como se fosse dissipada pelo furacão de Qi envolto na adaga. Imóvel pela espada de Qi, a adaga continuou se aproximando de Ye Wei.

“Apenas uma postura Espiritual, não há como você se proteger da minha postura Mística com essa merda! Diga adeus para sua patética vida!”. Atrás do furacão, Lu Chao estava rindo imprudentemente. Ele já podia ver a cabeça de Ye Wei caindo de seu corpo, cortado pelo seu vicioso ataque.

“Postura Espiritual Proibida de nível alto – Escudo de Vento Ciano!*”. Ye Wei lentamente exalou enquanto focava sua mente para se acalmar e rasgou um dos seus pergaminhos.

N.T.: Adaptamos o nome pois o termo em inglês não tem uma tradução certa para o português (Cyan Windguard).

“É apenas uma arma mística nível médio. Eu tenho muitos pergaminhos para lidar com isso, não há necessidade de ficar em pânico.

“Zoom! Zoom!”.

Mais de cem runas brilhantes apareceram e espalharam formando uma tela que então se transformou em uma parede curva de vento verde na frente de Ye Wei.

“Bang!”.

Momentos depois da parede de vento aparecer, ela foi atingida pela adaga junto com o furacão de Qi, lama e pedras. A parede de vento tremeu vigorosamente e o ponto de impacto ondulava, ela estava começando a mostrar sinais de quebra.

“Pergaminhos? Haha, eu gostaria de ver quantos pergaminhos você tem!”. Lu Chao estava levitando e assistindo Ye Wei do meio do ar com um sorriso maligno no rosto.

“Crack! Crack!”.

Sob a pressão do furacão de Qi, a parede verde estava começando a rachar e dobrar. Uma teia de aranha de rachaduras começou a aparecer e crescer na postura defensiva de Ye Wei.

“Pergaminhos? Eu tenho muitos deles!”. Parado atrás da parede de vento, Ye Wei colocou sua mão dentro da bolsa e calmamente pegou outro pergaminho.

Depois de um alto estrondo, a parede de vento foi destruída, mas na mesma hora, Ye Wei rasgou o segundo pergaminho liberando outra postura Espiritual Proibida.

Uma tela de Qi verde com um brilho metálico apareceu onde a parede de vento tinha acabado de dissipar!

Como eles eram produzidos em massa, pergaminhos de nível baixo eram muito mais baratos que os de nível médio. O suprimento de pergaminhos de nível baixo nunca abaixava. Se uma pessoa tivesse dinheiro o suficiente, ela nunca ficaria sem eles e por causa disso, Ye Wei estava mais do que disposto a usar esses pergaminhos. Ele preferia gastar mais tempo usando eles antes de realmente decidir usar um pergaminho nível médio como eles eram mais raros de encontrar.

“Boom!”.

A adaga e o furacão de Qi quebravam a defesa de Ye Wei repetidamente. Ye Wei recuou alguns passos e rasgou um pergaminho após outro ativando escudo depois de escudo na frente dele.

Apesar da adaga quebrar através dos escudos consistentemente, ela também enfraquecia cada vez que quebrava uma postura defensiva.

A postura mística era impressionante, mas apenas não podia atingir Ye Wei porque ele estava protegido por muitas posturas defensivas. Até esse momento Ye Wei já tinha rasgado oito pergaminhos calmamente, o furacão de Qi em volta da adaga diminuiu e Lu Chao estava completamente chocado.

“Quan…Quantos pergaminhos você tem?!”. Lu Chao podia sentir e ver como a adaga estava ficando cada vez mais fraca enquanto gritava para Ye Wei.

Ye Wei já tinha rasgado oito pergaminhos e estava calmo como sempre. Uma de suas mão estava em sua bolsa pronta para pegar outro pergaminho se precisasse.

“Você quer saber quantos pergaminhos eu tenho? Apenas continue gastando seu Qi ativando a postura na sua adaga, eu estou curioso, quanto tempo seu dantian vai durar se você continuar injetando Qi em seu pequeno brinquedo!”. Ye Wei disse enquanto encarava Lu Chao com um olhar frio.

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-03-13T19:23:20+00:00 14/10/2016 as 12:16|Cult of the Sacred Runes, Novels|11 Comments

About the Author:

Takumi

Programador, jogador de LoL e tenho como hobby ler muitos livros e agora Novels, também toco violino e trompete.

  • Iriscelio

    ScryzZ, Bossun, Kb’los Do Mal, Takumi e Xantii muito obrigado pelo capítulo 84 de Cult!!!!!!

  • gustavo alexandre

    no minimo o ye wei vai pegar uma arma bem poderosa nesse pantano

    • scryzz

      Sabe de Nada Inocente auhsuahsass

      • Lucas Gabriel

        Aposto que ele vai pegar o GameShark do Nie Lie por engano.

        • Isaias Anaias

          Ele vai pega a espada meteorica do deus do trovao do nie li refinada +infinito

  • BloodKnight

    Obrigado ScryzZ, Bossun, Kb’los Do Mal, Takumi e Xantii pelo capítulo 84 de Cult of the Sacred Runes……………….=D

  • kauan071

    BRIGADO PELO CAPITULO^^

  • Shirosaki

    Eita que isso bixo aii pqp hauhaauah
    não aprende msm zD

  • Ricardo Camilo

    Obrigado pelo capítulo.
    podia ter pego a adaga e ido embora, mas não….. tinha de se vingar por ter sido trouxa de suas propiás merdas

  • João Damasceno

    Nie li que pegou o gameshark dele, essa obra é mais antiga

  • rafael1295

    “Pergaminhos? Haha, eu gostaria de ver quantos pergaminhos você tem!”.ele tem 1200 e pouco kkkk