Deus Imperador dos Taos 40

/Deus Imperador dos Taos 40
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo

Autor: Matteus Germano | Revisor: Skarr

Cidade da Brisa Gentil, Capítulo 40

Uma leve brisa viajava por Pingjing Hu. Agradável e calma, ela invade gentilmente uma espaçosa sala com paredes brancas, muito limpas, e com flores na janela. Como um gracioso jardineiro, ela apanha a doce fragrância das flores e anexa a si mesma. Perfumando todo o local.

O anteriormente inodoro ar roubou o perfume das gardênias e jasmins e infestou aquele cômodo. Um perfume conhecido… Familiar… Amado… O mesmo perfume que carregavam os cabelos da criatura mais importante para ele naquela vida: sua neta.

“Shishi!” gritou Dawei enquanto levantava da cama. Em sua mente, memórias vívidas que ardiam mais que as chamas que consumiam sua loja: um grupo de homens levando sua neta e sua amada loja destruída.

“Está tudo bem!”

Uma conhecida voz ecoou pelo cômodo, Dawei instantaneamente se virou para a direção da voz. Surpreendentemente, era o garoto que havia lhe dado o tesouro mágico natural: Lianjie!

Alguns segundos foram necessários para Dawei assimilar o que Lianjie havia dito. Quando isto aconteceu, o enorme homem levantou-se e pousou violentamente suas mãos sobre os ombros de Lianjie.

“Onde está ela? Como assim está tudo bem? Onde está a minha neta!” Dawei gritava desesperadamente.

“Dawei ge, é como irmão Lianjie falou. Shishi está bem! Nós a resgatamos!” Um pequeno garoto careca surgiu por detrás do outro jovem.

“Resgataram-na? Deuses! Muito obrigado!” Os olhos do grande homem se encheram de água e seus braços agarraram ambos os garotos em um apertado abraço, erguendo-os logo em seguida. “Muito obrigado! Eu, Chen Dawei, sustentarei um mérito com vocês!”

“Ugh… Aper… Ta… Do!” Lianjie falou.

“Ah, claro! Desculpem…” Dawei, sem graça, botou os garotos no chão.

Lianjie levou um breve instante para se recuperar do abraço descomunalmente forte e começou a falar: “Nós tivemos ajuda. Yuanjia foi decisivo no nosso sucesso. Ele foi implacável com os nossos inimigos.”

“Aquele garoto… Vocês… Ele está bem?” Dawei sentou-se na cama e respirou profundamente. Internamente, ele agradecia ao destino que colocara jovens com tamanho talento em seu caminho. Quem poderá adivinhar o que estes três serão capazes de realizar no futuro?

“Sim, ele está tomando conta de Shishi e das outras garotas.” Lianjie respondeu com um sorriso no rosto.

“Outras garotas? O que está havendo?” Dawei arqueou a sobrancelha. Seu faro indicava um problema com raízes mais profundas do que aparentavam.

“Bem… Ainda bem que você está sentado…” Yan respondeu enquanto coçava a cabeça. A expressão em seu rosto era estranha, o que deixou Dawei ainda mais preocupado.

“Shishi e outras garotas foram levadas por um culto. Eles queriam sacrificá-las para que uma entidade maligna pudesse ser libertada…” Lianjie deu uma pausa, subiu o olhar para o teto e só então continuou: “No entanto…”

“No entanto o que?” Dawei arqueou a sobrancelha.

“Tem mais uma coisa…” Lianjie sentou-se do lado de Dawei e retirou uma carta de seu anel espacial. “Leia.” Ele estendeu a mão e entregou o pedaço de papel.

“Uma carta?” Com a carta em suas mãos, Dawei começou a percorrer as linhas com o seu olhar. Não demorou muito para que seu coração entrasse em combustão pelo conteúdo da carta. Ele arregalou os olhos e seu corpo tremia descontroladamente e então continuou: “É a caligrafia dele… Ele fez vista grossa… Esse maldito! Eu vou matá-lo!”

Dawei se levantou da cama e sua aura espiritual explodiu, arremessando contra parede Lianjie e Yan além de destruir todos os móveis do quarto. Ele estava envolto em uma aura carmesim que possuía uma intenção de matar tão grande que tornava difícil até mesmo respirar.

Lianjie soltou um ‘ugh’ e ativou seu domínio do vento ao redor dele e de Yan, protegendo-os dos destroços que voavam pelo quarto.

“Ele avançou para o estágio espiritual?!” Yan falou atônito.

“O Espírito do Frenesi Insano!” Thadra gritou de dentro de Lianjie.

“O que é isso?” Lianjie estava abismado com tamanha pressão sendo emanada por aquela aura.

“Quando você atinge o estágio espiritual você acorda a verdadeira natureza de seu espírito. Comumente os espíritos são de ordem comum, mas a espíritos especiais, como o dele. Alguém que encarnou muitas vezes como um guerreiro feroz acaba adquirindo o Espírito do Frenesi Violento. Ele garante grandes proezas em batalhas, mas geralmente proporciona fins trágicos e tortuosos.” Thadra explicou.

“Oh, existe algo assim… Sem dúvidas, a caminhada marcial é vasta…” Como um garoto de uma tribo extremamente pequena, Lianjie nunca teve grandes explicações sobre cultivo e coisas assim. Seu pai, embora um praticante, já havia ficado para trás há muito tempo. Além disso, o acervo de livros da sua tribo era rico como um solo infértil, tornando difícil qualquer pesquisa acadêmica.

Todo o seu conhecimento prévio lhe foi dado graças à sua mãe, Qiu Liang. Uma jovem de origem mais nobre que ocorreu de se apaixonar pelo seu pai, Yu Gongren.

De repente, Lianjie se deu conta de que a única prova concreta da participação de Jian Shou nas atividades obscuras de Zi e seu culto estavam na mão de um homem dominado pela fúria. Seu coração gelou e ele gritou aflito: “ACALME-SE, DAWEI! EU TENHO UM PLANO!”

“Eu também tenho um plano… Eu vou te dizer qual é: eu vou exterminar toda a família daquele miserável!” Dawei respondeu.

“Dawei ge, acalme-se! Nós não estamos em um clichê daquelas novelas onde tudo se resolve na pancadaria! Se você matá-lo estará assinando sua certidão de óbito e de Shishi! Você tem a prova da traição de Jian Shou para com seu povo, o governo de Yu Cao e o reino! Corte a serpente pela cabeça!” Yan, que estava quieto, não perdeu a compostura e tentou mostrar o panorama completo da situação para o velho homem.

“Cortar a serpente pela cabeça… Vocês estão certos, eu estou sendo imprudente ao me deixar levar pela raiva momentânea. Além do mais, ao destruírem minha loja, destruíram a minha chance de limpar minha reputação. Todavia, vocês dois novamente me deram outra oportunidade. Eu, Dawei, estou em débito com vocês.” Pouco a pouco a pressão criada pela aura espiritual foi se dissipando até o ponto de sumir completamente. O velho homem então se prostrou perante os jovens.

“Não há necessidade disso, Dawei ge! Levante, nós somos amigos desde o dia em que entramos em sua loja!” Lianjie foi até ele e levantou-o do chão.

“Certo, certo… Agora, se me permitem, eu tenho de ir até Yu Cao. Eu tenho um tirano para denunciar… Heheheh! Se eu for o carrasco de sua morte, poderei morrer feliz.” Dawei colocou as mãos sobre sua barriga e começou a rir. No fundo, ele imaginava a dádiva que seria caso fosse atribuída a ele a execução do traidor Jian Shou.

“Antes que você vá embora… Você pode nos dizer para onde fica residência dos Jian?” Lianjie perguntou com um sorriso no rosto.

“Residência dos Jian? O que você quer fazer na… Oh… Sim…” Dawei imediatamente entendeu o que os dois garotos queriam. Embora Jian Shou fosse uma figura além das suas possibilidades e força, seu filho não era. Sendo assim, começou a explicar não só onde se localizava a residência do prefeito, mas também a rotina de Jiangshen.

O filho do prefeito era o legítimo calças de seda. Ele era um verdadeiro playboy sob o delírio de ser forte. Certo de que sempre sairia impune, ele sempre se metia em confusão e apelava para o nome de seu pai. Tinha o costume de assediar moças no centro do vilarejo todos os dias durante o final da tarde.

Sabendo disso, os lábios de Lianjie e Yan se transformaram em uma parábola.

 

{N/T:  o termo calças de seda se refere a alguém que é dominante, mas um inútil. Usado como ofensa a playboys.}

 

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-12-05T23:35:22+00:00 05/12/2017 as 11:35|Deus Imperador dos Taos|7 Comments

About the Author:

Luisfsg
  • Davi Rhodis

    Dawei ge, acalme-se! Nós não estamos em um clichê daquelas novelas onde tudo se resolve na pancadaria!
    Eu rir alto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E é cada expressão estranho em ‘-‘

  • Arthur Queiroz

    Eu to rindo e ao mesmo tempo ansioso pelo próximo cap

  • Janailson Barbosa Granja

    Obrigado pelo capítulo

  • Rei Mono

    1º Capitulo – 4.277 Caracteres

    40º Capitulo – 1.257 Caracteres.

    Pôw mano, que diminuição brusca no tamanho do capitulo haha

    Mas a Novela pelo menos está boa. Ancioso para o desenvolver da História.

    • Mattheus Germano

      Capítulo de introdução sempre é mais comprido. Outra coisa, eu escrevo enquanto trabalho, porque realmente NÃO tenho tempo.
      Eu escolhi a média de 1,2k – 2k caracteres pra poder publicar mais seguido.

      • Rei Mono

        Claro. Eu imagino mesmo!
        Fiz uma comparação de bobeira mesmo, sei que a vida de Combo : escrever/trabalhar/ estudar. Não deve ser fácil. A Novela está com qualidade e frequência, e isto é o que importa 🙂

  • Jackson Melshan

    Obrigado pelo capítulo xD.