O Herdeiro do Mundo 06

/O Herdeiro do Mundo 06
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Autor: Edson Fernandes da Costa | Revisor: Yan Fonseca

Capítulo 06 – Clã Asura

Rael teve dificuldades para pega no sono devido o novo quarto e a falta de Violeta, ele já estava acostumado com o toque do corpo dela, o cheiro e até mesmo a respiração dela em seu pescoço. Mesmo que eles nunca tivessem feito nada demais além de se abraçar e beijarem algumas poucas vezes, ele ainda sim estava se sentindo inseguro e a razão nem mesmo ele poderia imaginar, afinal ele sabia muitas coisas do mundo, porém não sabia nada sobre aquelas.

                Ao acorda pela manhã ele se sentiu muito mais leve e aquele sentimento da falta de Violeta havia ido embora mesmo ele não tendo a visto. Ele só pôde suspirar enquanto pensava nela e pulou da cama para começar o novo dia.

                Depois do café em família, ele saiu com a animada Rita pela cidade. Ela não parava de falar enquanto ia apresentando os locais importantes, como locais de café, restaurantes, outros tipos de comércios, escolas de cultivo, pequenas seitas etc.

                O que Rael mais prestava atenção era na movimentação de pessoas, agricultores passando com as cestas de frutas, legumes, carroças de comerciantes, vários especialistas caminhando sozinhos, em grupos de colegas, clãs e outros com escravos, o que deixou Rael imediatamente de mau humor, pois se lembrou de seu passado. Antes de saírem, Adam deu algum dinheiro para Rita e para ele enquanto montava sua barraca em frente a porta de casa, Rael até ofereceu ajuda, mas o mesmo recusou dizendo que Rael não precisava se preocupar com isso.

― Irmão mais velho ainda não tem um bracelete do infinito né? Que tal comprarmos um? ― perguntou Rita depois de analisar os braços de Rael, obviamente ela não tinha como saber por causa das mangas longas, mas como ontem ele havia chegado trazendo as roupas em uma mala, ela raciocinou que ele não teria.

― Tenho sim, não se preocupe ― disse Rael logo em seguida.

                Os braceletes eram usados para armazenar itens, roupas, joias, qualquer coisa que não fosse viva. Cada bracelete tinha sua própria capacidade, os mais em conta podiam carregar muita pouca coisa.

                Todo alquimista que se preze tinha obrigação de ter um bracelete mesmo que fosse o mais tosco, isso porque dentro dos braceletes o tempo não corria, qualquer coisa colocada neles parariam no tempo como, por exemplo, ervas.

― Algo aborreceu o irmão mais velho? ― Rita perguntou vendo Rael com uma expressão mais fechada, enquanto ele via um especialista adulto mostrando o dedo e reclamando com um outro rapaz, esse rapaz tinha, cercando todo o pescoço, uma tatuagem escura de uma corrente grossa e no meio da corrente, tinha os nomes (Clã Ondulas) o que significava que ele era escravo desse clã.

― Não. ― disse Rael se recompondo enquanto tornava a olhar para outro lugar disfarçando.

                Rael não só estava andando e olhando em volta, ele também estava analisando o nível de cultivo de todas as pessoas e ninguém ali até o momento mostrou que daria trabalho para ele, caso ele resolvesse agir.

― Se o irmão mais velho tiver com algum problema pode me dizer, eu farei o meu melhor para ajudá-lo ― disse Rita tentando parecer um pouco preocupada.

― Que tal nos chamarmos pelos nomes naturalmente? Chamo você de Rita e você me chama de Samuel, creio que isso seja muito melhor. ― perguntou Rael se lembrando que assim que ele encontrou Violeta, ela propôs isso, se ele ia ficar muito tempo com Rita então seria melhor assim.

― Tem certeza sobre isso? A gente mal se conheceu e isso seria ainda mais estranho, irmão mais velho sabe, irmãos que param de se chamarem de irmãos entre si é porque… ― Rita olhava em volta vermelha e preocupada como se imagina-se que alguém poderia está vigiando a conversa e nem conseguiu terminar de falar de tamanha vergonha.

― Por que o que? ― perguntou Rael, olhando despreocupado para a vergonhosa Rita, que ao ver seu olhar travado nela, não sabia onde exatamente enfiar a cara. Ela achou ele tão maduro e tão firme em sua decisão que nem se quer pensava em dar chance dela dizer não.

― Tudo bem! Se é assim que o irmão mais velho quer, eu concordo. ― disse ela e depois respirou fundo, porque seu coração quase saiu pela boca.

                Rael ficou confuso observando ela sem entender porque ela estava tendo tanta dificuldade naquele assunto. Será que era porque apesar dos dois estarem andando juntos, ele ainda não tinha pego a mão dela? Assim como Violeta fazia com ele? Seria esse o problema? Violeta havia dito para tratar bem a família de Adam para não levantar suspeitas e nesse momento, Rita estava muito estranha.

                Então ele não pôde deixar de estender a mão esquerda e agarrar rapidamente e fortemente a mão dela. Foi só então que ele percebeu, ao agarrar a pequena mão dela ela estava tremendo tanto que ele até imaginou que ela estaria doente, além disso ela tinha ficado ainda mais vermelha e o aperto de mão vinha somente pela vontade dele, quando andava assim com a Violeta o aperto era feito de ambos, então porque Rita não apertava de volta? Além disso ela de repente tinha ficado bem rígida e não tirava os olhos de sua linha reta de visão.

― Algum problema? ― perguntou Rael segurando firmemente a mão dela enquanto a olhava.

                Rita estava tão nervosa que poderia soltar a mão de Rael e correr o mais longe dele possível se suas pernas não tivessem em modo automático, seu coração batia tanto que ela não duvidava que alguém passando não poderia ouvir, ela nem se quer ousava pensar em olhar para algum lugar, estava completamente morta de vergonha, Rael era definitivamente um rapaz decidido e ele deixou isso bem claro em poucas palavras e em poucas ações. O peito dela não parava de descer e subir rapidamente e não importava quanto passos dessem, ela não conseguia parar de fica nervosa.

― Espere um pouco ― Rael praticamente a segurou pelos braços e a encostou na parede, ambos ficaram frente a frente e Rael manteve os braços segurando os dela.

                Encarando Rael que aproximava o rosto do dela com um olhar curioso, ela ficou ainda mais desesperada, porque ela não conseguia pensar numa razão diferente de Rael fazer aquilo se não fosse a intenção de beijá-la, além do mais ele iria fazer isso assim em publico? Adicionando o fato que ele ainda estava a segurando.

                Em toda sua vida Rita nunca tinha ficado tão nervosa como naquela situação e pior, quando ela olhava para Rael de volta, ela percebia que sua face era tão naturalmente calma que não tinha nem mesmo qualquer traço de vergonha ou duvida sobre aquilo.

― Não importa o que, por favor, aqui não… ― Rita disse baixinho vendo o rosto de Rael se aproximar e não aguentando mais fechou seus olhos, mas não virou o rosto, porém seus lábios ficaram se apertando fortemente.

                A mão esquerda de Rael se moveu e apalpou por cima de seus peitos, para ser mais exato entre o meio deles, ela pôde sentir a palma apertando entre sua blusa e assim abriu os olhos o encarando bem de perto, os dois estavam tão perto que um movimento em falso e já rolaria um beijo. Rita já estava envergonhada demais para ficar qualquer nível acima, porém tocar nela naquela região no meio da rua, era mais do que extremo exagerado.

― Estranho, você com certeza está nervosa, seu coração bate muito forte e seu sangue está circulando ligeiramente rápido, porém, eu não vejo qualquer problema de saúde em você, nem mesmo seus olhos aparentam qualquer sinal, se você sente alguma coisa, por favor me diga, não entendo tudo de medicina, mas se for algo que eu conheça eu posso tentar ajudar ― explicou Rael retirando a mão de cima dos peitos dela.

                Hã? Rita não pôde deixar de se perguntar e então seus pensamentos foram se reunindo, se reunindo até que ela começou a entender mais ou menos o que estava se passando, Rael achou que ela estava doente? Por isso tomou essas ultimas ações? Além disso ela não duvidava dele, não depois de olhar suas veias espirituais como um simples toque.

                Então quase tudo até agora era devido uma preocupação dele por ela? Rita ficou muito séria e se soltou de Rael dando um passo para o lado ficando de costas para ele, ela ainda estava nervosa, porém depois de entender a situação ficou um pouco mais calma e não reclamou dele ter encostado a mão naquele local sagrado dela.

― Estou bem, não se preocupe já podemos continuar. ― Rita respondeu isso depois de respirar fundo e reuni bem as palavras para não gaguejar. Seu pai sempre dizia que gaguejar era sinal de fraqueza ou indecisão.

― Que bom, eu estava preocupado em não poder reconhecer algum problema de saúde que você estivesse tendo. ― disse Rael voltando para o lado dela.

                Rita já tinha voltado a caminhar e mais uma vez, teve sua mão direita segurada por Rael, dessa vez a surpresa foi um pouco menor.

                Depois de caminharem por mais uns três minutos onde Rita já estava até mais acostumada com aquela situação, ela parou de repente olhando uma barraca e se animou.

― Eu não acredito! Depois de meses eu finalmente estou encontrando uma delas! ― Rita praticamente saltou do lado de Rael e correu soltando a mão dele, para a barraca a frente com pressa, ela não tirava os olhos de uma linda tiara azul com algumas pequenas pedras de cristais brancas incrustadas, o sol fazia a tiara brilhar de tão bonita que era. Rael apenas a acompanhou com calma chegando um pouco depois.

― Qual é o preço da Tiara? ― Rita apressou-se para o velho comerciante que imediatamente abriu um animado sorriso.

― Tiara de marfim cristalizada, esta é a ultima e o próximo carregamento delas só chegara no ano seguinte, acredito que vinte moedas de ouro é um bom preço para ela ― disse o comerciante calmamente. Rael não se meteu, ele não entendia dos preços embora entendia como ela era feita e todas essas questões, ele apenas ficou do lado vendo Rita fazer negócio.

― Em qualquer outro dia iríamos discuti isso, mas hoje estou muito feliz por finalmente encontrar uma, então pago as vinte moedas. ― Rita fez o bracelete prateado em seu braço esquerdo brilhar enquanto estendia a mão direita, logo as vinte moedas de ouro apareceram diante dela e ela estendeu para o comerciante. Quando o comerciante já estava para receber o dinheiro, uma mão maior chegou e tomou a tiara de cima da mesa.

― Pagarei as vinte moedas de ouro então isso agora é meu. ― disse com uma voz arrogante. Todas as atenções se voltaram a ele. Era um jovem elegante que usava boas roupas, ele também estava acompanhado por dois escravos jovens, apenas um pouco mais velhos que ele, ambos com as correntes tatuadas no pescoço.

― Oh jovem mestre, será um prazer negociar com você! ― o comerciante não tinha escolha depois de reconhecer o sujeito a não ser tratá-lo bem.

                Rita percebeu que ele era Tomas da família Asura e imediatamente desistiu recuando a mão com as moedas enquanto fechava a mão, tudo que ela iria fazer era recuar e fingir que aquilo não aconteceu, qualquer um com o mínimo de juízo faria isso, nessa cidade a família Asura era a mais respeitada e aquela com o maior numero de especialistas, uma mera filha de comerciante estava longe de sonhar em retrucar qualquer ação ali.

― Você por acaso perdeu a visão? ― perguntou Rael de mãos no bolso, entrando no local em que Rita acabava de sair, apenas para encarar de perto Tomas. Não só Rita ficou surpresa, como também o comerciante, Tomas e os dois escravos.

                Quem nessa cidade ousaria se meter com a família Asura? Somente um louco, Tomas ainda tinha sido muito educado fingindo que nem se quer viu a garota. Ainda por cima estava o chamando de você, nem se quer o chamava de jovem mestre.

― Você falou comigo? ― perguntou Tomas com rispidez encarando Rael, ele não queria acreditar que aquilo estava mesmo acontecendo, ninguém acreditaria.

― Além de cego é surdo? Você não viu que minha irmã já estava fechando o negócio com ele? ― perguntou Rael sem um pingo de medo, sua voz saia tão firme que era difícil acreditar.

                Isso até mesmo assustou Tomas que por um momento chegou a pensar que estaria se metendo com alguém do clã Torres, se esse fosse o caso ele é quem deveria recuar e imediatamente pedir desculpas, porém dificilmente algum membro do clã Torres apareceria nessa cidade e também, ele estava com roupas normais e sem nenhum sinal do símbolo do clã Torres.

                Tomas então se acalmou e analisou o cultivo de Rael, tudo que ele sentiu foi o Espiritual Formação da Alma nível cinco, ele teve um choque inicial mais em seguida se acalmou. Então ele riu por dentro em silêncio, ele também reconheceu Rita um pouco depois e se lembrou que ela era uma simples filha de um comerciante. Rita fazia parte da mesma escola de cultivo que ele.

― Por favor, perdoe meu irmão mais velho, ele é novo na cidade e por isso ainda não conhece seu clã ou outras coisas de importância. ― disse Rita sem jeito olhando Tomas e tentando puxar o braço direito de Rael que nem se quer se movia, ele não tirava os olhos de Tomas.

― Hunf! ― Tomas apenas ignorou Rita irritado e acrescentou ― Por acaso você não sabe que eu sou um mestre da família Asura? Faz ideia de com quem está se metendo? ― perguntou Tomas.

― E isso te da o direito de se intrometer em um negócio nosso? Não seria falta de educação? Se você é de uma família forte e respeitável, não deveria está dando exemplo? ― perguntou Rael continuando firme. O rosto de Tomas começou a ficar vermelho como tomate. Varias pessoas que passavam tiveram que parar porque não acreditavam que alguém ali ousava falar algo da família Asura, Rita puxava Rael de todas as formas, mas ela era como uma garotinha tentando mover uma montanha.

― Por favor, se acalmem, é apenas uma tiara de marfim. ― disse o comerciante em desespero, se uma batalha começasse ali sua barraca e seus artigos poderiam até serem destruídos.

― Se você reconheceu seu erro já mostra que é uma pessoa descente ao contrario de tudo que imaginei. ― disse Rael, movendo a mão esquerda como um raio e retirou a tiara das mãos de Tomas.

                Virou-se e depositou as vinte moedas de ouro em cima da mesa do comerciante, e como se estivesse tudo certo, saiu caminhando levando Rita do lado.

                A primeira reação de Tomas foi abri a boca e olhar as próprias mãos vazias vezes, em seguida ele notou que todos estavam o olhando e cochichando silenciosamente, o que o incomodou mais ainda. Rael também tinha deixado as coisas explicitas para todos que ouviram, se Tomas agisse com agressividade então ele estaria sendo um babaca, mas se ele não agisse ele estaria sendo humilhado, isso deixou Tomas ainda mais irritado.

― Vocês dois! Ensinem uma boa lição para ele e me tragam de volta a tiara! ― Tomas praticamente rugiu enquanto gritava apontando o dedo para as costas de Rael que já seguia a uns doze metros dele. As pessoas imediatamente ficaram caladas, os dois escravos de Tomas já tinham o cultivo Espiritual da Alma Profunda enquanto Rael transparecia ter apenas o cultivo Espiritual Formação da Alma, obviamente todos já sabiam qual ia ser o resultado. Um massacre.

                Rael se virou com rapidez e empurrou Rita para trás quando os dois vieram. Os escravos tinham que obedecer as ordens mesmo que esse não fosse seus desejos verdadeiros, com as suas vontade escravizadas tudo que eles podiam fazer era baixar a cabeça e obedecer qualquer tipo de ordem da família Asura, por isso eles não podiam pegar leve, iriam ter que machucar Rael mesmo adorando o que ele fez antes.

                Suas expressões tristes enquanto se dirigiam a Rael para atacá-lo já era quase um pedido de desculpas para o que vinha acontecer em seguida. As correntes no pescoço eram chamadas de (Corrente da Alma), uma vez que uma ordem era recebida elas brilhavam e ninguém podia lutar contra essa ordem a não ser cumpri-la, mesmo que fosse para eles mesmos se matarem, além disso, ela impedia que os escravos se rebelassem contra seus mestres, uma vez que tentassem o fazer, perderiam todo o poder e seriam dominados por um dor excruciante de tirar a alma do corpo.

                Todos podiam ver os dois escravos com as lâminas de aura nas mãos prontos para perfurar violentamente o corpo de Rael, até mesmo seus corpos estavam cobertos por uma forte aura vermelha. Rita levou as mãos para a boca no momento que entendeu o que estava prestes a acontecer, ela praticamente ficou paralisada de medo e preocupação. Foi tão de repente que quase ninguém nem percebeu, Rael saltou a frente fazendo uma rajada de vento soprar em volta e ficou entre os dois já com as palmas abertas e encostadas no peito de ambos, um de cada lado. Essa ação foi tão rápida que parecia que o corpo de Rael ainda estava lá atrás, foi completamente surpreendente.

― Eu é que peço desculpas a vocês. ― disse Rael baixinho, apenas o suficiente para os dois ouvirem e os empurrou para frente e para baixo.

                O chão se partiu dos dois lados quando as costas de ambos foram imprensadas. Os dois até mesmo cuspiram sangue de tão sério que pareceu o ataque e imediatamente as lâminas de aura sumiram de suas mãos e a aura de seus corpos sumiram, os dois perderam completamente as forças.

                As pessoas em volta ficaram boquiabertas enquanto achavam que estavam sonhando. Tomas estava lá de olhos arregalados, sem entender como alguém do cultivo Espiritual Formação da Alma, tinha derrotado dois cultivadores do Espiritual Da Alma Profunda e ainda por cima com apenas um só ataque isso sem mencionar o fato que ele não pareceu nem usar qualquer tipo de habilidade, energia ou técnica, ele partiu de mãos vazia? Isso seria mesmo possível?

― Então você ainda tem assuntos comigo? ― perguntou Rael se aproximando de Tomas em passos normais depois de derrubar os dois. A dura realidade bateu nos olhos de Tomas como um tapa, ele não estava mesmo sonhando.

                As pessoas em volta só poderiam assistir e ficarem se perguntando de onde tinha vindo Rael, um jovem tão lindo e tão forte, além disso seus cabelos levemente vermelhos o deixava ainda mais diferenciado. Enquanto lá do outro lado estava Rita de boca aberta, confusa e mãos agora abaixadas, assim como a maioria das pessoas, ninguém imaginava esse tipo de resultado.

― Se afaste! Ou você pagará por ter mexido comigo! Minha família Asura acabará com você em um piscar de olhos! ― gritou Tomas andando para trás.

― Mas foi você que começou tudo isso, por que está recuando agora? A pouco mandou seus escravos me atacarem, então porque não encara as consequências de seus atos como um homem de verdade? ― Rael perguntou com uma voz fria e parou de frente a Tomas.

                Tomas estava tão assustado que caiu de bunda no chão enquanto encarava Rael.

                Rael apenas ficou o olhando de cima com desdém. Aquela cena surpreendeu e chocou todos, um membro da família Asura estava mesmo no chão sendo humilhado por um estranho e ainda alguém com cultivo tão baixo, embora isso não era o que parecia.

― Da próxima vez que você se meter comigo, esteja preparado, porque eu não pegarei leve como hoje. ― Rael não fez nada que as pessoas pudessem perceber, mas deixou escapar sua aura assassina com traços de escuridão invisíveis para as pessoas em volta.

                E então o pavor explodiu no corpo e na alma de Tomas, ele sentiu que estava diante de deus maligno, na verdade diante do próprio deus do inferno e ficou completamente paralisado, o pavor foi tão intenso que seus ossos pareciam se bater por dentro e ele acabou até mesmo se mijando.

                Quando Rael se virou dando as costas as pessoas não podiam fazer outra coisa a não ser rirem da situação. Tomas ficou tão vermelho de vergonha que abaixou a cabeça, se levantou e saiu correndo sem se quer sonhar em olhar para trás.

― Não precisam se preocupar, eu não afetei diretamente a cultivação de vocês, apenas lancei um pouco do meu poder e deixei os órgãos de vocês momentaneamente confusos, em alguns minutos estarão bem. ― Rael disse parando no meio dos dois.

                Os dois ficaram surpresos ouvindo as explicações e apenas suspiraram de alivio enquanto cobriam os rostos com os braços, ainda estavam deitados, eles sabiam que Rael era muito mais forte depois daquilo e não imaginavam porque ele havia sido tão gentil com eles, afinal eles eram meros escravos, não tinham mais nomes, eram apenas sombras do que um dia foram.

                Rael precisou ser sério contra eles, caso contrario eles teriam o atacado novamente até caírem e apenas iam se machucar mais. Depois ele se voltou para Rita que estava esperando mais a frente, ainda em estado de transe.

― Então vamos volta pra casa? ― perguntou Rael calmo chegando ao lado de Rita. Ela estava tão intrigada como todas as outras pessoas.

― Você está mesmo apenas no quinto nível Espiritual Formação da Alma? ― perguntou Rita surpresa, foi a primeira pergunta que ela conseguiu reformular depois de ver tudo que aconteceu.

― Sim. ― respondeu Rael normalmente seguindo caminho. As pessoas atrás não paravam de cochichar e se perguntarem dele. A maioria já conhecia Rita, mas não tinham ideia de quem seria Rael ou o que ele seria dela.

― Você mexeu com a família Asura, isso não foi bom. ― disse Rita preocupada seguindo Rael que agora caminhava liderando em frente.

― Não se preocupe, se alguma coisa acontecer, eu resolvo. ― garantiu Rael despreocupado olhando Rita de lado com um sorriso natural, isso deixou Rita se sentindo um pouco estranha, ela nunca tinha tido aquele sentimento de proteção vindo de alguém, isso fez o coração dela ficar ainda mais quente.

― Por que você fez tudo isso? Eu não entendo. ― reclamou Rita mesmo se sentindo bem. Afinal o clã Asura não deixaria aquilo passar tão facilmente.

― Por você é claro, você é minha irmãzinha então é meu trabalho proteger você e cuidar dos seus interesses. ― disse Rael olhando pra ela e depois voltou a olhar para frente.

                Rita criou coragem e agarrou a mão esquerda de Rael o surpreendendo. Ele olhou normalmente de lado para ela e ela rapidamente mudou a direção de seu olhar para algum lado.

                É claro que muitas pessoas viram aquilo, e entre elas uma bela jovem morena de longos cabelos escuros, ela era um pouco mais velha que Rita e um pouco mais alta, ela tinha acompanhado toda ação desde que começou mantendo distância e ficou fascinada com Rael, não só pelo seu charme misterioso como também sua força, mas ao ver aquela cena se enfureceu completamente.

                Ela mordeu os lábios com tanta força que chegou a sair um pouco de sangue. Depois ela se virou e saiu enfurecida enquanto as pessoas corriam saindo da frente dela. Todos puderam ver o símbolo escuro de Torres gêmeas em seu vestido vermelho e reconheceram o clã que ela fazia parte (Clã Torres), três escravos a seguiam cautelosamente de trás mantendo distância como sempre eram ordenados, até que ela fez sinal para eles se aproximarem enquanto ela aguardava.

― Descubram tudo que puder sobre esse jovem e não importa o que, eu preciso de todas as informações, não deixem passar nada. ― disse ela de costas para os escravos enquanto mantinha os braços cruzados nos peitos de porte médio.

                As pessoas que viam ela ficavam fascinadas com sua beleza, e quando reconheciam o clã que ela fazia parte baixavam suas cabeças e seguiam seus caminhos o mais rápido possível. Ninguém jamais ousaria mexer com uma mestra do clã Torres.

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-08-09T20:09:35+00:00 09/08/2017 as 8:09|Herdeiro do Mundo|61 Comments

About the Author:

Scryzz
Gamer, Otaku e Trophy Hunter. Fã absoluto de One Piece, Dragon Age, CSR, TDG, PS3, PS4, PSV, Cinema, Música e, é claro, Linkin Park!
  • rv21

    Muito boa a Novel! Ja esta na lista para eu seguir lendo.
    Cada vez a saikai me surpreende mais com as melhores novels! PARABENS!!!!

  • Leonardo

    ótima novel esperando mais

  • Rogerio De Miranda

    Muito bom gostei acompanharei

  • Arthur henrique

    Seila pq mas eu acho q o nome do principal deveria ser tipo em chinês eu me sinto meio desconfortavel lendo o kra treinar com um nome seila…europeu?

    • Yamasuke

      Isso se chama sair da sua área de conforto, é bom sabia ? Não acho que vá atrapalhar o nome do cara ser “europeu”.

      • Arthur henrique

        Pra min tem um nome menos impactante e mais desinterresador tbm e tbm pq rael eh apelido do meu tio ai fico imaginado o meu tio cultivar ao invés do principal
        Ps.:tem casos q n eh tão bom sair da zona de conforto como por exemplo sair do brasil e morar no haiti

        • Yamasuke

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Se seu tio for ruivo combina perfeitamente

          • Arthur henrique

            Graças a deu ele n eh e ele eh extremamente religioso e quando vi harem n comsiguir imagina ele com várias mulheres

          • Tyrone Costa

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Raiden ►тнε gคмεя◄

            kkkkkk ainda bem que meu tio n tem o apelido de rael

        • Lordletal

          Você deveria agradecer por eu não te colocado o nome do MC de (Pedro ou João) por exemplo kkk

          • Tyrone Costa

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Marcelo

            KKKKKKKKKKKKKKKKK,toma destraido

      • Ranger

        Area de conforto? Eu nunca me senti confortavel lendo aqueles nomes complicados, tenha dó né! Não sei como alguem se acostuma com os nomes chineses, eu jamais me acostumei

    • Lordletal

      Um escritor me disse uma vez que escrever novels usando nomes naturais seria um fracasso (tomei isso como um desafio). Eu nunca gostei dos nomes chineses, então juntei uma coisa com a outra Aqui estamos. Eu definitivamente não me arrependo e não me arrependerei de usar nomes diferentes do habitual, porque eu mesmo sempre desejei ler uma novel com nomes fáceis de lembrar ^^

    • Craudiao

      Eu já sempre me incomodei com os momes terem uma só origem e os clãs/seitas todos terem o mesmo sobrenome, menos a mãe do MC que é sempre a única pessoa que não o sobrenome dos demais… Até quando aparece pessoas de outros mundos/dimensões tem nomes similares… Além disso, Novels chinesas usam nomes chineses, coreanas usam nomes coreanose japonesas usam nomes japoneses, porque brasileiras não podem usar nomes comuns a nossa cultura???

  • Janailson Barbosa Granja

    Obrigado pelo capítulo

  • Maycon

    Obg pelo cap….e as ppks já começara a aparecer kkkkkkk

  • Lucas Silvestre

    mais uma novel pra acompanhar.. 😉

  • Matheus Raimundo

    Novel excelente quero um combo

  • Tyrone Costa

    Tá de parabèns, estou gostando bastante, irei acompahar!

  • Tyrone Costa

    Q dias saem os cap?

    • Lordletal

      (As datas de lançamentos ainda não estão prontas. Mas depois desse final de semana teremos uma resposta concreta. acredito que começando da semana que vem os lançamentos possam ser de Quarta e Sabado)

      • Tyrone Costa

        Valeu! Esperando pelo cap 07.

  • Higorcrazy silva

    Prevejo a destruição de um certo clã que começa com *A* termina com *SURA*

  • Raylane Trindade.

    Amei S2 Quando sai mais capítulos?

    • Lordletal

      (As datas de lançamentos ainda não estão prontas. Mas depois desse final de semana teremos uma resposta concreta. acredito que começando da semana que vem os lançamentos possam ser de Quarta e Sabado),,,

      • Raylane Trindade.

        Se for assim então eu espero ansiosamente!

  • Leandrz

    Eu achei interessante os nomes dos personagens serem ocidentais, da uma variada no padrão e eu acho que e bom sair da zona de conforto e tentar ousar.

    Eu tenho uma sugestão que seria em relação a personalidade do MC, seria interessante se ele fosse um psicopata porque levando em consideração a vida que ele teve, o período de treinamento dele onde ele ficou praticamente isolado do resto do mundo e o seu objetivo, seria o suficiente para afetar o desdo psicológico dele tornando um psicopata.

    Acho que seria interessante a interação do MC com os outros personagens porque ele seria mais manipulador e meticuloso, lembrando que um psicopata não é necessariamente uma pessoa ruim.

    • Tyrone Costa

      Acho q o perfil de psicopata não de encaixa nele, pois para ele se tornar um, ele meio q teria ter q matado já quando era novo e até agora ele nunca matou ninguém.

      • Ranger

        Espero que não. Quero ele seja feros como um tigre e valente como um leão mas não um psicopata.
        Mas quero ver mesmo ele quebrar toda a familia tirando apenas a Natalia

  • Igor Ribeiro

    Prevejo massacre

  • Henrique Neiva

    O que essa mulher quer ? E pq fico tão nervosa, será que ela percebeu que ele estava escondendo seu nível de cultivo e que ele pode ser um problema se provocado.

    Vlw pelo cap.

    • Rogerio De Miranda

      É a irmã dele cara ctz ela fico nervosa pq reconheceu ele é tava com a menina

      • Henrique Neiva

        Mas não descrevel a à mulher só falo que estava com um vestido vermelho e com o emblema do clã da torre

      • Davi Nadolny

        Na verdade é uma Fã Boy do Protagonista kkm
        E com certeza não é a irmã do Rael. Porque ela era super amavel com ele,sendo assim impoSsivel ter um caráter obsessiva como a presentada por esta moça. Tem que ter em conta que o Clã Torres é um dos maiores do contienente,sendo assim grande e com muitos membros

  • Daniel Huggo

    Pelo li este capítulo ficou foda. Pelo final do mesmo meu coração diz que pode ser a irmã de sangue do personagem principal. Mandou os escravos saberem que é ele. Só uma opinião. Irei acompanhar com certeza essa novel.

    • Gabriel Nascimento

      Pensei a MSM coisa man a primeira coisa que me veio na mente era a irmã dele

    • Tyrone Costa

      Eu pensei nisso tb, mas essa tipo de atitude dela foi meu pau no cu, agora eu já não acho q seja ela.

  • Marcelo

    nossa Parebens que obra…..

  • rafael1295

    ― Além de cego é surdo? Você não viu que minha irmã já estava fechando o negócio com ele?”Toma distraido

    • Tyrone Costa

      kkkkkkkkkkkkkkk

    • Marcelo

      Kkkkkkkkk

    • Fullero.com

      kkkkkkkkkkkk

  • KING

    hoje sai novo cap?

  • zaro

    Gostei da novel, e também dos nomes serem ocidentais isso da uma boa diferença, porém eu espero que esse MC cometa o erro de não pegar a mulherada seria bom um MC que comer geral sem se envolver sério com nenhuma mulher seria foda, hehehe.

  • Davi Nadolny

    Justamente eu estava pensando sobre a possibilidade de aparecer mais um novel Brasileira,quando estava lendo o Ultimo Herdeiro da Luz,e meditando sobre as duas ótimas novelas escrita por Brasileiros que há no site da Saikai. E justo ao terminar de ler o capítulo que me levou nesta meditação me aparece a referência desta obra,e ao ler o Epílogo despertou o interesse,e vim ler,e digasse de passagem começou muito bem. Parabéns ao autor de O Herdeiro do Mundo!
    Existe fortes indicações de que será uma ótima Novela.
    Um protagonista com um caráter louvável e ambições um pouco inovadoras,em contraste do que vimos no mundo de novelas até hoje. Porém a inovação sempre é uma boa noticia,quando se sabe explorar o que é apresentado,e que você possa desenvolver bem esta história,explorando ao máximo o conteúdo de O Herdeiro o Mundo.
    Estaremos na expectativa.

  • Shirosaki

    Quero só vê quando ele entender o significado de tudo que ele esta fazendo com as meninas!
    E como vão ficar essas relações, ansioso. Esta muito bom a Novel, estou gostando
    Vlw’s pelo cap. ‘–‘

    • Tyrone Costa

      Ele é mó inocentekkkkk coitado kkkk

  • Lucas Silvestre

    uma duvida de muitos, qual a frequência de postagem prevista pra cada novo capitulo?

  • koloke

    Novel bacana gostei muito me deu aquela vontade de ler o próximo cap Parabéns pelo projeto tô um pouco ansioso para ver o próximo capítulo

  • Diego

    Ótimo Novel. Parabéns ao Autor e a Saikai Scan por nos fornecer leituras ótimas!!!!

  • Maycon

    Já considero pakas essa obra …só gostaria de saber os dias que saem os cap …obg pelo cap 🙇👊✋

  • Ranger

    A garota do final claramente ficou com ciume, pela maneira arrogante que ela agi, já se nota que ela ver Rael como uma propriedade dela. O que parece que ela já tem desejos pelo MC e não são desejos de morte porque se fosse o caso ela simplesmente, mandaria seus escravos mata-lo.
    O final foi bem armado de modo a nos deixar todos curiosos para o próximo capitulo. Não vi muitas novelas me chamando tanta atenção com apenas 6 capitulos.
    Espero que ela continue em um pique agradavel e não caia em resultados. Porque geralmente as novelas começam devagar e esquentam a parti de uns 20 a 50 capitulos. Aqui temos uma novela que esquenta a parti de 6 capitulos

    • Marcelo

      Comigo isso só aconteceu com o último herdeiro da luz e agr com o herdeiro do mundo!!

  • Dannyel Batista

    Comecei a ler o capítulo 1 e pensei: vou ler esse e mais um e vou dormir. Aí comecei o 3 e pensei: so mais esse….E aqui estou, sem mais capítulos para ler :/

    Mas pelo visto hoje (sabado) sai mais ne? Coisa boa

    To curtindo bastante essa novel, na espectativa para mais capítulos 😀

  • Andre dragneel

    Obrigado pelo capitulo 😀

  • KaoriMiyazono

    Hhahahahahahaha ele deve ter um imã de irmã só pode kkk

  • Fullero.com

    nossa que foda.

    mlk ta tocando o terror kkkkk

  • Kyoua Eduardo

    Rael é um homão da porr@

  • eduardo arnhold

    mto bom…..obr pelo capitulo