O Herdeiro do Mundo 45

/O Herdeiro do Mundo 45
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Autor: Edson Fernandes da Costa | Revisor: Sneed

Capítulo 45 – A Furiosa Isabela

Rael e Rose continuaram na proa por mais alguns minutos. Como aquela seria a ultima noite eles queriam aproveitar bem.

O Céu é muito lindo. Se eu pudesse voar seria incrível ― disse Rose.

No oitavo reino podemos flutuar ou reduzir o peso do corpo conforme aprendemos a controlar a energia do ar. Agora para voar de verdade, precisamos estar no décimo reino, o Lendário Poder Oculto.

― Se começa no oitavo reino porque demora tanto para desenvolver o voo?

― Dizem que a energia do ar é a mais difícil de controlar. Cultivadores que alcançam esse poder são lendas dentro de lendas ― Disse Rael

Minha mãe disse que eu vou poder voar como ela quando me tornar uma adulta ― disse Rose e sorriu por dentro como se não visse a hora disso acontecer.

Terá um longo treinamento pela frente ― disse Rael.

No meu caso não é treinamento. Minha mãe quando fez a mudança virou adulta e eu adolescente. Violeta acredita que isso teve haver com o nosso lado sexual. Como minha mãe já me tinha como filha então ela virou adulta, enquanto eu virei uma moça. Violeta acha que é você que vai me transformar em adulta. ― DisseRose.

Que estranho ― disse Rael um tanto quanto confuso.

Quando eu virar adulta meu poder crescerá a um nível semelhante ao da minha mãe. Então meu corpo também terminará de se desenvolver ― disse Rose forçando um sorriso estranho, ela ainda não controlava bem suas expressões.

E depois que virar adulta vocês param de evoluir? Como funciona esse poder de vocês?

― Não é que paramos. Nosso poder funciona como saltos. Nesse momento nossa energia ainda está se acostumando a esses corpos mais frágeis, quando estivermos totalmente acostumadas então nosso poder torna a aumenta gradualmente, como se fosse um cultivador cultivando dia e noite ― explicou Rose.

Se é assim ótimo. Só me pergunto como Violeta acha que vou fazer você virar uma adulta ― disse Rael.

Ela disse que você tinha que me tocar algumas vezes algo como isso, mas eu não sei ao que exatamente ela se referiu ― disse Rose.

Das ultimas vezes que eu tentei te tocar não fui muito feliz. Você não é uma garota fácil de lidar ― disse Rael de volta com um meio sorriso.

― Samuel! ― uma vez feminina o chamou. Rael percebeu que era Isabela e se virou. Havia alguns outros casais e grupos espalhados pela proa também acompanhando a passagem. Vários deles olharam na hora que Isabela o chamou. Eles já estavam com inveja de Rael ter Rose e a amizade do Elder Rayger, agora de quebra a atenção de Isabela.

― Isabela? ― perguntou Rael surpreso.

― Pode me dá um minuto? ― perguntou ela de volta e controlou ao máximo sua irritação que sempre apresentava para Rael.

― O que você quer? ― perguntou Rael tentando parecer normal visto que ela estava se esforçando para fazer o mesmo.

― Conversar ― disse Isabela.

― Estou ouvindo ― disse Rael.

― Em particular ― disse Isabela.

Rose você me espera aqui? ― pensou Rael olhando de lado. Rose fez um sim com a cabeça.

Rael acompanhou Isabela. Nenhum dos dois ficava a vontade um ao lado do outro. Parecia que havia uma estranha barreira entre eles, como um imã jogando um para longe do outro. Mas isso não parecia ser necessariamente algo ruim, na realidade era algo tão estranho que nenhum deles queria admitir.

Os dois caminharam por um tempo em silencio procurando um local mais privado. Rael não fazia ideia do que Isabela queria tratar. Bryam já deveria ter contado então era possível que ela quisesse agradecer.

Os dois encontraram e subiram uma escada que dava acesso a cabine, a mesma escada dava acesso ao teto da cabine onde não havia ninguém presente. Lá em cima Isabela parou encarando a estrutura da barca ficando em silencio por alguns segundos.

― Sei que é repentino, mas você poderia me contar um pouco da sua história? ― perguntou Isabela de costas. Rael achou a pergunta bem estranha.

― O que minha história tem de relevante agora? ― perguntou Rael.

― Você não é uma pessoa normal ― disse Isabela de volta.

― Eu poderia dizer o mesmo de você ― disse ele de volta. Isabela apertou os punhos como se estivesse se segurando.

― Só me diz sua historia, isso não é pedir muito! ― Indagou ela em um tom já ríspido, ela perdeu o controle mais rápido do que pensou.

― Vindo de uma pessoa que não conheço? Bem é pedir muito sim ― reclamou Rael.

― Por que eu fico assim perto de você? Desde que te vi eu… eu… eu odeio você! ― disse ela de repente e virou-se irritada.

― Que estranho, é assim que você agradece a quem salva sua vida? ― perguntou Rael.

― Por que me salvou? Você poderia ter morrido se tivesse sido descoberto. Então porque se arriscou por uma pessoa que não conhecia? O que você ganha salvando um grupo que nunca cruzou o seu caminho? Qual era seu objetivo desde o começo? Queria me impressionar? Me fazer ver você?

― Você acha que o mundo gira em torno de você? Acorda! Eu só te salvei porque achei que era a coisa certa ― reclamou Rael de volta um pouco irritado.

― Você! ― Isabela avançou a mão e Rael rapidamente segurou o pulso dela. Isabela ia tentar segurar Rael pela gola do sobretudo, mas ela não estava em seu melhor estado e Rael teve uma reação muito mais rápida que ela.

― Eu não sabia que você era uma pessoa tão sem vergonha, me trouxe até aqui simplesmente para me ameaçar? Essa é a grande líder dos Asas da Fênix? Foi essa pessoa baixa que salvei? Quando vi você a primeira vez tive a ilusão que era uma grande mulher de honra e poderosa, mas agora você não passa de uma piada ― disse Rael. Isabela tentou se soltar, mas havia algo de muito errado. Mesmo Isabela não estando cem por cento, ela parecia muito mais fraca contra Rael.

― Me solta! ― disse ela lutando para se livrar da mão de Rael.

― Por que está agindo assim? Por que me trata desse jeito? Eu não acredito que você possa essa pessoa ― perguntou Rael. Isabela que estava lutando para se soltar desistiu e gradualmente baixou a mão esquerda. A mão direita de Rael baixou junto segurando a mão dela. Isabela baixou a cabeça sem mais lutar e começou a falar lentamente.

― Desde que vi você a primeira vez no acampamento. Eu senti como se não tivesse objetivos, na verdade acho que nunca tive. Fui expulsa do meu clã, perseguida e quase morta por não aceitar um casamento arranjado. Depois conheci meu mestre a beira da morte. Alguns anos mais tarde, eu saí para o mundo, graças ao apoio do meu mestre meu antigo clã desistiu da minha cabeça. Então formei esse grupo criando os Asas da Fênix e conheci meus outros companheiros ― disse Isabela.

― Então você quer ficar forte para se vingar de toda sua família? ― perguntou Rael surpreso. Porque a história dela parecia muito com a dele.

― Não eu não tenho objetivos. Não consigo ter raiva do que fizeram contra mim, também não consigo me apegar a ninguém. Eu senti que minha vida inteira nunca teve qualquer relevância, tudo que busquei foi liberdade e vida, por isso treinei, montei esse grupo e cheguei até aqui. Então em um simples momento meu mundo inteiro se quebrou quando vi você, algo em você me puxa, quer me levar, quer me dar objetivos. Eu não sei o que é, mas tenho medo, porque eu nunca senti nada por ninguém antes! E é por isso que eu odeio você! ― disse Isabela e olhou para Rael.

― Sua idiota isso não é ódio! Eu senti algo parecido quando vi você e por isso te salvei, mas não é ódio ― disse Rael normalmente. Isabela ficou um pouco vermelha e pelo pulso Rael sentiu o coração dela acelerar. Se fosse antes ele ia achar que ela estava doente, mas agora ele já entendia um pouco desse sentimento.

― Você sentiu algo por mim? ― perguntou Isabela.

― Pra falar a verdade foi no acampamento também quando ficamos frente a frente. Minha vontade ali era de tomar você em meus braços e beijá-la o mais forte que pudesse. Eu achei que estava louco porque nunca senti nada igual por uma mulher que tinha acabado de conhecer. Mas também tem o fato que não entendo esse estranho sentimento e ninguém ainda me ensinou direito ― explicou Rael. O pulso de Isabela continuava pulsando mais forte.

― Você é exatamente o tipo de homem repulsivo que eu pensei que era, não estava enganada. Mesmo com uma noiva você está aqui me dizendo essas coisas ― reclamou Isabela friamente. Rael soltou o pulso dela.

― Não quer experimentar? Confirmar o que sentimos o pelo outro? Um beijo poderia resolver essa questão. O que me diz? ― perguntou Rael falando sério

― Você acha mesmo que eu beijaria você? Você ta sonhando muito alto garotinho! Primeira cresça, viva e daqui a mil anos… (Rael interrompeu)

― Me beija logo, iremos fazer isso cedo ou tarde de… (Isabela interrompeu porque avançou o rosto beijando os lábios de Rael enquanto fechava os olhos). Aquilo foi tão surpreendente que Rael até arregalou os olhos. Os lábios dos dois se moveram um pouco atrapalhados de inicio e se ajustaram em segundos. Rael não conseguia explicar, mas os lábios dela eram realmente incríveis, suaves, macios, doce e agradáveis. Os dois tinham entrado em um tipo de transe e estavam se beijando de olhos fechados, não foi um simples beijo de encosta e sai. Foi um beijo longo. Aquele beijo com Isabela ia muito mais alem do que ele sentiu quando beijou Mara. Era como se Isabela tivesse sido feita para ele, para aquele beijo. Os dois se soltaram com mais ou menos um minuto de beijo sobre o qual Isabela se afastou lentamente. Rael ficou em silencio confuso, porque ela antes relutou para dar aquele beijo e de repente tinha pulado nele.

― Agora você também é minha ― disse Rael e abriu um sorriso convencido quando se recuperou. Isabela ficou alguns segundos em silencio como se tivesse se acordando. Então ela olhou furiosa para Rael e mostrou fileiras de dentes perfeitos.

― Você! Como você ousa! ― ela rugiu furiosa. Seu peito descia e subia enquanto a respiração dela estava completamente acelerada.

― Eu ousei? Foi você que se jogou em mim, eu apenas dei a Idea ― defendeu-se Rael. Afinal pra ele tinha sido tão bom porque ela estava furiosa? Pra ela não tinha sido bom também?

― Eu vou matar! Vou acabar com você! ― Isabela foi ofendendo, se virou irritada e foi descendo as escadas ainda soltando ameaças ― Vou acabar com sua raça, com sua vida, vou destruir toda sua família, não vai sobrar um! ― Isabela gritava furiosa enquanto se afastava sem se virar para trás, ela não queria nem ver Rael.

― Sobre a parte da família eu espero seu apoio! ― gritou Rael indo até a beirada da escada. Então ficou olhando aquela linda mulher descer as escadas, feito uma fera. Ele ainda não entendia porque ela tinha tomado a iniciativa e ainda se irritado com ele. Aquilo era meio ilógico. Ele também não levou as ameaças a sério em seu coração. Por alguma razão ele sentia que Isabela não ia feri-lo.

Rose você está ai? ―perguntou Rael mentalmente.

Sim estou. Como foi a conversa com ela? ― perguntou Rose de volta curiosa. Rael começou a descer as escadas.

Especial eu acho, foi melhor do que o esperado ― disse Rael sem dar detalhes.

Isso é bom ― disse Rose inocentemente de volta.


Isabela já tinha se afastado de Rael e ainda estava furiosa. Ela não parava de ofender ele mentalmente e criar varias ameaças uma mais estranha que a outra. Rael arrancou o primeiro beijo dela, ela nunca o perdoaria. Ela sabia que tinha sido ela tomar a iniciativa e ele estava certo em dizer aquilo. Mas ela não quis fazer aquilo, em algum momento o corpo dela simplesmente fez e ela tinha gostado. Ela não queria admitir. Justo ela que nunca teve qualquer interesse em ninguém antes, beijou um mero garoto e gostou…

Isabela não podia estar mais irritada. Desde que viu Rael no acampamento começou a se sentir estranha e agora o corpo dela reagir daquele jeito. “Agora você também é minha” quando ela se lembrava das palavras de Rael ela morria de ódio. Se ela tivesse com seu poder total ela poderia ter destroçado Rael, arrancado suas roupas e capá-lo ali mesmo.

Quando Isabela entrou no quarto todos os seus companheiros já estavam deitados em suas camas separadas. Eles tinham ganhado um quarto com cinco camas e uma sempre sobrava.

― Conversou com ele Isabela? ― perguntou Bryam virando o rosto na direção dela.

― Cala a boca a vá dormir! ― rugiu Isabela de volta.

― Vocês brigaram de novo? ― perguntou Luana do outro lado.

― Por que vocês querem tanto saber? Por que não vão cuidar das suas vidas! ― Isabela continuava cuspindo ódio.

― Você nunca perdeu a linha assim, o que houve? ― perguntou Luana sem se importa.

― Nada! Agora durmam e me deixem descansar em paz! ― disse Isabela se deitando. Ela retirou seu cobertor do bracele e se cobriu dos pés a cabeça. Como se aquilo pudesse evitar as perguntas de seus companheiros e afastar os pensamentos de Rael.

Por mais que Isabela tentasse. Ela não tirava aquela sensação dos lábios. Tinha sido tão intenso que ela chegou a ficar hipnotizada. “Agora você também é minha

― Eu mato você! Eu mato! ― gritou Isabela segundos depois de deitada se lembrando das palavras de Rael. Todos no quarto se olharam curiosos. Ninguém podia adivinhar o que Isabela estava pensando.


Desafio especial do Dia das Crianças:

40 Reações, 5 Compartilhamentos.  Muito fácil, não? Link: Desafio

Não se esqueçam da página de Herdeiro do Mundo!

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-10-12T13:12:28+00:00 12/10/2017 as 1:12|Herdeiro do Mundo|49 Comments

About the Author:

Yamasuke
Mais um procrastinador de plantão !
  • vitor

    Mais um cap Gozei… K

  • Tyrone Costa

    ― Sobre a parte da família eu espero seu apoio!

    Isso iria ajuda Rael com certeza kkkk

  • Tyrone Costa

    Seria Isabele uma Tsundere?

    • Marcos Kliemann

      tambem não esperava por essa

  • Fullero.com

    Mulheres…

  • KING

    kkkkkkkkkkkkkkk

  • Joao Marcos

    Mais Capítulos *-*

    • KING

      BEM ISSO

  • KING

    A INOCENCIA DA ROSE É A MELHOR HAHAHAHHHA MELHOR PERSONAGEM KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Diego Oliveira Rapozo

    Estou achando que vai ter um combo pra comemora o dias das crianças em kkkkkkkk

    • Tyrone Costa

      Vai lá na pag na saikai curti o post q sai mais cap ainda hj!

    • Samuel Teixeira

      Se o pessoal reagir no post do capitulo 44 podemos ter 10 capitulos tudo hj

  • Daichi

    Mande mais para nozes!

  • Rian Martins

    Bmmm

  • Luis Gomes

    ta ficando bom

  • Raiden ►тнε gคмεя◄

    Kkkkkkkkkkkk nossa mano

  • vivaldo.junior

    gente não esqueçam de curtir e compartilhar o cap 44

  • Letícia

    Isabela e Rael casal perfeito espero que eles fique juntos

    • Coqueixo Henrique

      tbm kkkkk

  • Coqueixo Henrique

    a Mara é a masoquista do Harem
    e a Isabela vai ser a sádica do Harem kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Vitor Vieira

    Manda mais

    • Samuel Teixeira

      Compartilhar e curti na publicação do capitulo 44 na pagina do facebook e ganhamos mais um ou até 2

  • Samuel Teixeira

    ” Vou acabar com sua raça, com sua vida, vou destruir toda sua família, não vai sobrar um! ― Isabela gritava furiosa”
    “― Sobre a parte da família eu espero seu apoio! ― gritou Rael indo até a beirada da escada”
    morri de ri nessa parte kkkkkk

    • Craudiao

      Eu demorei para enteder que ele estava falando dos Torres…

      • Henrique Neiva

        Kkkkkkkkkkkkk

  • Meliodas

    AEEEEE! Valew pelo cap extra!

  • Ermeson

    O Rael tem agora cinco mulheres e não pegar nem uma cem conta com a Violeta já tá na hora dele pega elas

  • Victor Puntel

    Real, discípulo do MC Catra

    • koloke

      ta paecendo mesmo kkkkkkkkkk

    • thiago klinger

      kkkkk certamente

  • Samuel Teixeira

    Vamos lá pessoal que ainda não acabou, podemos ter um lindo combo de 10 DEZ capitulos hj
    Até agora estamos “feios” 2/10
    Vamos lá e vamos nós torna uma linda(o) 10/10 kkkk

    Com 400 reações e 50 compartilhamentos podemos garantir DEZ capitulos só hj
    Já temos muitos compartilhamentos falta agora reações. Marca os amigos, compartilha etc. Vamos garantir esses caps e ver o desenrolar dessa saga já agora. Vou botar essa mensagem em todos os capitulos para garantir que todos vejam. Lembrando que é o no post referente o capitulo *44* então tem que reagir e compartilhar o que está com o nome link:Desafio no final do capitulo 44

    • Tyrone Costa

      isso ae

  • Meliodas

    Esse desafio ta nice! Bora pessoal!

  • Ander

    Cada capítulo um melhor do que o outro kkkkk

  • Kyoua Eduardo

    Esse combo ta me matando de felicidade

  • Henrique Neiva

    Caramba até o final do novel, quantas mulher Rael vai ter kkkkkkkkkkkkk, as mulheres na lista são Violeta, Rita, Rika, Rose, Mara, Isabela e tem a concubina que ele quase foi aos finamente.

    Vlw pelo cap

  • rafael1295

    A mulher ta loucona kkkkkk

  • Richard Romeiro

    Quero mais+++++ ; )

  • Janailson Barbosa Granja

    Obrigado pelo capítulo

  • Lordletal

    Uiia batemos 200 likes na pagina O Herdeiro do Mundo *- * vou providenciar um capitulo de brinde

  • Michel Michels

    Rael foi do lixo da familia ao criador de harem.
    O kra eh rapido e rasteiro.

  • Andre dragneel

    KKKKK esse Rael kkkk agora so espera Isabele fica mais mansa ai rael vai e amansa a fera kkkk.

  • lobo200

    Rael discipulo do filosofo piton

  • Yun Zynnnn

    tsundere a vista kkkkkkkkkkk