Panlong (Coling Dragon) 29

/Panlong (Coling Dragon) 29
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo

Tradutor: Fordring | Revisor: Mizuno Skiadrum

Capítulo 29 – “Bebe”, o Rato das Sombras (Parte 2)

O pequeno Rato das Sombras anteriormente prestou atenção em Linley indo caçar lebres na montanha, mas dessa vez, Linley não estava indo para a montanha.  Ele estava indo em uma direção totalmente diferente, viajando em uma estrada. O pequeno Rato das Sombras entrou em pânico na mesma hora.

“Squeak, squeak!”

O pequeno Rato das Sombras de repente correu em direção a Linley.

Justo quando Linley estava andando, ele subitamente percebeu que suas pernas foram abraçadas por trás. Abaixando sua cabeça, ele viu que era o pequeno Rato das Sombras. O pequeno Rato das Sombras estava de pé em suas pernas traseiras, suas pernas dianteiras estavam apertadas firmemente ao redor de Linley. Ele olhava para Linley com seus dois olhos trêmulos e lastimáveis, como se ele estivesse a ponto de chorar.

“Hã, o que o pequeno Rato das Sombras está fazendo aqui?” Linley foi pego de surpresa.

Próximo a ele, Hillman virou a cabeça na direção deles. Ao ver o pequeno Rato das Sombras, ele ficou chocado. “Uma besta mágica! É um Rato Comedor de Pedra?” Hillman não sabia muito sobre os vários tipos de bestas mágicas, mas houve uma vez em que um exército inteiro foi devorado pelos Ratos Comedores de Pedra, então a maioria dos soldados sabiam e temiam bestas mágicas do tipo roedor.

“Linley, tenha cuidado!” Hillman imediatamente correu na direção deles. Linley só viu um borrão, e então Hillman estava lá, próximo do pequeno Rato das Sombras.

Mas o pequeno Rato das Sombras era ainda mais rápido, e em um piscar de olhos, subiu no ombro de Linley.

“Tio Hillman, espere!” Linley finalmente conseguiu reagir.

Hillman ficou assustado.

“Tio Hillman, esse é o animal de estimação que eu estava alimentando e criando no pátio de trás.” Linley disse apressadamente. “Rato das Sombras, não é verdade?”

O pequeno Rato das Sombras pareceu entender as palavras de Linley, e assentiu com sua pequena cabeça.

Hillman olhou para Linley em choque. “Linley, você está dizendo que você vem criando uma besta mágica?”

“Tio Hillman, espere um segundo. Deixe-me falar pra ele ir pra casa.” Linley segurou o pequeno Rato das Sombras em suas mãos e disse pra ele. “Pequeno Rato das Sombras, eu vou embora com Tio Hillman para a capital. Você não pode ir comigo. Entendeu?”

O pequeno Rato das Sombras só olhou para Linley com seus olhos tristes e lamentáveis, como se ele estivesse a ponto de chorar.

Linley colocou o pequeno Rato das Sombras no chão, e então acenou para ele. “Volte pra casa”. E então apontou para a estrada. “Eu vou naquela direção. Para a capital.”

Depois de acenar, Linley começou a seguir em frente.

“Squeak. Squeaaaaaaaaak!” O pequeno Rato das Sombras ficou parado lá, olhando Linley.

“Tio Hillman, vamos lá. Hehe, o pequeno Rato das Sombras é esperto. Ele sabe o que eu estou dizendo.” Linley disse para Hillman. Hillman, que estava assistindo o espetáculo com espanto, riu e continuou a andar com Linley.

Vendo Linley e Hillman desaparecerem vagarosamente, o pequeno Rato das Sombras ainda ficou lá, imóvel.

“Squeak, squeak…”

O pequeno Rato das Sombras, de repente, deu um chiado bem alto, e então se tornou um borrão negro, viajando vinte ou trinta metros em um piscar de olhos. Sua velocidade era absolutamente chocante, assim como sua agilidade. Linley e Hillman estavam conversando enquanto andavam sobre a estrada, mas Hillman de repente sentiu que alguma coisa estava rapidamente avançando por trás deles e Hillman não pôde evitar olhar para trás.

“Whoooooosh!”

Hillman não teve nem tempo suficiente para reagir. Aquele borrão de repente pousou perto das pernas de Linley e imediatamente mordeu sua perna direita.

“Ow!” Sentido a dor aguda e repentina, Linley deu um pulo de imediato.

Olhando para baixo, ele viu que foi o pequeno Rato das Sombras. Nesse momento, o pequeno Rato das Sombras estava encarando Linley com seus pequenos olhos tristes e lamentáveis. Linley massageou sua perna, e notou que ela estava sangrando. Ele não pôde evitar ficar infeliz. Mas ao ver o quão triste o Rato das Sombras estava, ele não conseguiu ficar com raiva dele.

“Linley, você está bem?” Hillman disse.

“Eu estou bem.” Linley riu.

De repente –

Uma luz negra densa e espessa começou a emanar do corpo do pequeno Rato das Sombras. Uma gota de sangue subitamente voou da boca dele. Essa gota de sangue tinha tanto o sangue de Linley quanto o sangue do pequeno Rato das Sombras. Esse sangue, de repente, se transformou em dois triângulos negros opostos e interligados, cuja espessa luz negra se fundiu, se moldando em uma formação mágica estranha que liberava uma aura negra.

Linley e Hillman assistiam, atordoados.

“Isso… pode ser?” Linley tinha uma ideia selvagem em seu coração.

De dentro do Anel Espiral do Dragão, Doehring Cowart saiu. Sua barba branca flutuando alegremente, ele disse, “Linley, o rapazinho está criando a formação do ‘vínculo de igualdade’.”

“É realmente o ‘vínculo de igualdade’?” O coração de Linley se apertou. Mesmo que ele imaginasse tanto, ele ainda se sentiu atordoado e animado.

A estranha formação mágica negra se separou em duas, com um dos três triângulos negros voando para o corpo de Linley, e a outra voando para o corpo do pequeno Rato das Sombras. Ao ver isso, Hillman se encheu de choque e medo.

“Linley, você está bem?” Hillman estava começando a temer por Linley.

“Eu estou bem. Estou maravilhado!” Linley podia sentir seu espírito e o espírito do pequeno Rato das Sombras se ligando.

Em pés na calma estrada que levava para fora da Cidade de Wushan, Linley e o pequeno Rato das Sombras olhavam um para o outro, envolvidos em sua primeira comunicação.

“Pequeno Rato das Sombras, qual o seu nome?” Linley perguntou a ele mentalmente.

O pequeno Rato das Sombras disse, um pouco animado, “Bei… Bei…”

Linley encarou o pequeno Rato das Sombras.

“O que o pequeno Rato das Sombras está dizendo?” Linley realmente não entendeu.

Com sua barba flutuando, Doehring Cowart flutuou para perto dele e disse mentalmente, “Linley, esse pequeno Rato das Sombras ainda é uma criança. Ele não pode formar sons precisos ainda. Mesmo quando envolvido em uma comunicação mental com você, por agora, ele só pode comunicar simples intenções.”

Devido ao link espiritual, Linley podia sentir a animação do pequeno Rato das Sombras, mas o pequeno Rato das Sombras simplesmente não podia falar ainda.

“Ok, você disse ‘Bei… ‘ ‘Bei…’ então eu vou chamá-lo de Bebe. O que acha?” Linley riu enquanto olhava o pequeno Rato das Sombras.

O pequeno Rato das Sombras pareceu pensar por um momento, e então assentiu alegremente.

“Bebe”. Linley estava rindo tão amplamente que seu rosto estava a ponto de explodir.

“Squeak, squeak.” O pequeno Rato das Sombras imediatamente começou a saltitar.

“Bebe!”

“Squeak, squeak!”

“Bebe!”

“Squeak, squeak!”

….

Um garoto de oito anos de idade e um pequeno Rato das Sombras estavam ambos gritando animadamente.

“Linley, isso… o quê… o que é isso?” Só agora Hillman se recuperava do assombro. Seus olhar era de espanto e choque. “Linley, o que foi aquela formação mágica negra? O que aconteceu? Você está bem?”

Hillman ouviu que para as magias negras, havia muitas maldições e feitiços envolvidos.

Poderia ser que Linley acabou de ser enfeitiçado?

Hillman, que não sabia muito sobre mágica, não pôde evitar sentir-se chocado e com medo.

“Haha, eu estou bem. É apenas que Bebe se tornou minha besta mágica agora.” Linley estava extremamente feliz. “Venha, Bebe, segure-se no meu ombro.” Imediatamente, o pequeno Rato das Sombras deixou escapar um chiado alegre, e então subiu no ombro de Linley.

“Você… domou ele?” Hillman estava atordoado.

Hillman era um homem vivido, e é claro que ele sabia que para domar um besta mágica era extremamente difícil, um processo extremamente árduo. Mas logo agora, Linley havia subjugado uma besta mágica.

Hillman se sentiu totalmente aturdido. “Você… Você não tem um pergaminho de laço d’alma, como… como você fez isso?”

“É o suficiente, Tio Hillman.” Linley gargalhou. “Vamos nos adiantar, nós temos um monte de chão para andar ainda. A capital ainda está muito longe.” Enquanto falava, Linley puxou Hillman pela mão, sem permiti-lo falar enquanto eles continuavam na direção da capital.

E o pequeno Rato das Sombras, “Bebe”, ficou alegremente no ombro de Linley e chiou.

E com seus chiados para acompanhá-los, Linley, Hillman e o Rato das Sombras desapareceram pelo longo caminho.

Nota: O nome Bebe não deve ser confundido com bebê (ou baby). Ele, na verdade, vem de Bei’bei, que tem a sonoridade Bebe. Então, o fato do Bebê Rato das Sombras ser chamado de Bebe é só uma coincidência linguística.

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capítulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-03-13T19:22:25+00:00 25/10/2016 as 8:29|Panlong|5 Comments

About the Author:

Scryzz
Gamer, Otaku e Trophy Hunter. Fã absoluto de One Piece, Dragon Age, CSR, TDG, PS3, PS4, PSV, Cinema, Música e, é claro, Linkin Park!
  • Iriscelio

    Fordring e Mizuno Skiadrum muito obrigado pelo capítulo 29 de Panlong!!!!!

  • BloodKnight

    Obrigado Fordring e Mizuno Skiadrum pelo capítulo 29 de Panlong……………………..=D

  • Ricardo Camilo

    Fordring e Mizuno Skiadrum ,obrigado pelo capítulo

  • que coincidência hein ainda é um bebe tb kkkkk

  • Wallace Gomes

    Que coisinha fofa :3 (kkkkkk), muito obrigado pelo capítulo ^^.