Rebirth of the Thief 01

Home/Rebirth of the Thief 01
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo

Tradutor: mzpedro | Revisor: Galdemos

Capítulo 01 – Renascimento

「Nascido em sofrimento. Sofrendo até a morte.
Partir com desejo de alguém leva ao amargor.
Amargor leva ao que não se deseja.
Sofrimento é algo que não se consegue obter. 」

No budismo, existem 8 sofrimentos; Nie Yan ocupava não menos que cinco deles. Toda sua vida, desde o nascimento foi uma crônica de tragédias. Felizmente, foi uma crônica curta, porque ele só viveu até os 28 anos antes de encarar sua morte.

Talvez, sua vida deveria ter acabado neste momento. Porém, o destino concebeu uma virada nos acontecimentos.

Nie Yan voltou. Uma sensação úmida veio de suas costas. Ele sentiu suas roupas colando em sua pele. Uma sensação desconfortável. Ele lembrava vagamente de ser atingido nas costas e desabar no chão. Seu sangue se esvaia, regando a terra.

“Não é apenas a morte?” Nie Yan continuou imóvel onde tinha caído. “Morrer silenciosamente assim… Isso não pode ser considerado um tipo tranquilo de morrer?”

Ele esperou em uma emboscada por 5 dias em frente a mansão de Cao Xu. Ele esperou naquele lugar com grandes dificuldades, até Cao Xu aparecer. Assim que Cao Xu estva entrando em seu veiculo, Nie Yan apertou o gatilho. Usando sua sniper, ele atirou diretamente através do crânio de Cao Xu. [Bang.] Sangue cobria o chão. Olhando através da mira de uma distância considerável, um buraco apareceu na cabeça de Cao Xu, seu sangue escorreu suavemente.

Os olhos de Cao Xu encararam o vazio antes de finalmente vaguearem enquanto a luz ia se apagando.

Revendo essa cena em sua cabeça, Nie Yan sentiu uma sensação incomparavelmente agradável no fundo de seu coração enquanto relembrava a cena da bala atravessando a cabeça de Cao Xu. Naturalmente, era porque ele tinha se livrado de seu ódio.

Cao Xu possuía uma vida de glórias e esplendor, mas ele morreu nas mãos de um ninguém como Nie Yan. Mesmo que ele se tornasse um fantasma, Nie Yan não seria tão cruel. Em frente a morte, todos estavam no mesmo patamar. Mesmo que ele tivesse uma riqueza comparável a nações, não foi o bastante para salvar sua vida.

Cao Xu cometeu vários atos malignos… Até porque, não existia reencarnação para alguém com tais atos.

N.R  – Deve ser algum ditado Chinês.

No mesmo momento em que os miolos de Cao Xu explodiram, Nie Yan se deu conta. Sua perspectiva de vida sofreu uma enorme mudança. “Então tudo na vida não é mais que um simples tiro de sniper.”. Talvez, amanhã, sua foto estaria estampada nos jornais. O título seria “Milionário Cao Xu é assassinado!”. Em baixo, um gigante retrato do criminoso para as pessoas reverenciarem.

Imediatamente depois de Nie Yan ter assassinado Cao Xu, os guarda-costas do mesmo, descobriram sua localização e começaram a perseguição. Eles atiraram em Nie Yan, e uma bala conseguiu acertar suas costas.

Ele sentiu uma explosão de dor. “Então assim que é tomar um tiro…”. Seu coração rapidamente ficou frio, enquanto sua vida, rapidamente escapava de seu corpo.

“Eu vou morrer?” ele pensou, e riu enfraquecidamente. Ele estava rindo da vida ser cruelmente tão curta. Ele estava rindo da sua vida confusa e hesitante. Apenas quando ele estava morrendo, ele acordou para a realidade.

Pouco depois dessa realização, lágrimas escorreram por seu rosto.

A profunda animosidade em relação a seus pais deixou de existir. Os eventos do passado estavam agora passando por seus pensamentos como se fosse um filme. A única coisa que ele desejava agora em seu leito de morte, era o sorriso tímido e sem defeitos dela.

Ela era a colega de classe de Nie Yan no ensino médio. Atualmente, ela já tinha se casado com outro, mesmo assim, sua forma elegante e refinada permaneceu cravada em sua mente; assim como no passado. Ele se perguntou… “Quando ela receber a notícia de minha morte, de como eu levei Cao Xu junto comigo, como ela vai reagir? Ela vai suspirar? Ou talvez… ela vai chorar em tristeza?”

As memórias empoeiradas do passado apareceram e passaram por suas restrições, começaram a invadir. Elas estavam agora, inundando sua mente. Ele se arrependia. Algumas coisas… quando ele finalmente entendia, já era muito tarde. Nessa vida, ele tinha muitos arrependimentos, muitos desejos não concluídos…

Nie Yan tentou agarrar o ar com suas mãos, esperando alcançar alguma coisa…
Entretanto, para seu descobrimento, tudo já estava fora de seu alcance. Assim, sua vida chegou ao limite – a frente só um silencioso abismo eterno.

Remorso e desânimo pareciam uma adaga que incessantemente perfuravam seu coração; a dor no seu peito era incontrolável.

“O que eu fiz de errado nas minhas vidas passada para que os céus me atormentem e me punam de tal forma!?”

As queixas de Nie Yan ressoavam pelos céus. Ele era amargoso. Ele gritou, cheio de ressentimento em sua mente, enquanto lágrimas incessantemente caiam de seus olhos.

Esse momento pareceu continuar por eras, e sem saber quanto tempo passou, Sua mente gradualmente se acalmou, recuperando sua face serena.

Sua mente ainda estava ativa, enquanto ele ponderava… “Será que…? Isso é a morte? Talvez, isso é meu espírito?”

Por um longo tempo, Nie Yan pode sentir uma sensação de toque em seus dedos, além disso, parecia real. “Porque, depois de tudo isso eu ainda estou consciente?” Ele imediatamente sentou. Estudando seus arredores, ele encarou cegamente, completamente perdido.

“Será que…? Este é o inferno?”

Os olhos perdidos de Nie Yan gradualmente recuperaram seu foco. Enquanto ele olhava ao redor, algumas coisas velhas entraram em seu campo de visão: uma cama de madeira, uma cadeira, e o chão que estava visivelmente danificado.

“Que lugar é esse? Eu não já morri?”

Como se ele estivesse em um sonho – tendo uma sensação de ilusão – ele começou a sentir suas costas; suas mãos molhadas e pegajosas. Entretanto, quando ele moveu sua mão até sua visão, ele notou que não era sangue, mas sim suor. A sensação úmida que ele sentiu mais cedo era devido a sua camisa estar colada em suas costas.

“O que está acontecendo?”

“Eu não perdi muito sangue?” Ele vagamente lembrava-se do seu sangue vermelho. Era como um vinho vermelho, porém com um toque escarlate; era a cor de sua vida desaparecendo.

Nie Yan ainda sentiu dor após se beliscar. “Isso realmente não é um sonho. Será possível que… assassinar Cao Xu também foi um sonho?”

“Por que pareceu tão real?”

Assim como Zhuang Zhuo sussurrou quando acordou de um sonho: “Eu sou Zhuang Zhuo que sonhou ser uma borboleta, ou eu sou uma borboleta que sonhou ser Zhuang Zhuo?”

N.R – Podemos das o exemplo do filme Matrix nessa situação, você não sabe qual dos dois lugares é a realidade se ninguém tentar te ajudar.

“Como eu determino o que é real e o que é um sonho?”

Ele encarou seus arredores com várias dúvidas. Eram muitas questões que não tinham respostas.

Pela fraca luz, tinha uma gasta cama de madeira, cadeira e mesa. Na parede, ficava o relógio do seu avô, seu velho adorava exagerar como um impagável objeto antigo. [Tic Toc Tic Toc] O som produzido ecoava no silêncio. Nie Ya se lembrava que as horas do relógio nunca estiveram certas, nem mesmo uma vez.

Como se suas memórias passadas estivesse guardadas em um álbum de fotos, elas começaram a se abrir.

“Esse quarto parece tão familiar. Essa não é a casa que eu morei durante meu ensino médio?”

Através do buraco acima da cortina, a luz do sol brilhava. Ele sentiu a dor de uma picada quando a luz do sol refletiu em seus olhos, causando suas pupilas a piscarem violentamente. Foi como se ele estivesse acordando para a realidade.

“Eu ainda estou vivo…” Nie Ya esticou seu braço para frente. Ele encarou seu braço tenro e imaturo antes de notar a doentia palidez de sua cor.

“Eu… o que está acontecendo aqui? Eu sou eu mesmo de 10 anos atrás, ou eu sou eu mesmo de 10 anos no futuro?” Nie Yan coçou sua cabeça em um grande impasse.

Tentando encaixar os fatos, alguns fragmentos de sua memória começaram a surgir. Gradualmente se tornaram claros e distintos.

Esse ano ele tinha feito 18 anos. Eram as férias de verão e seus pais não estavam em casa. Ele sofreu de uma febre de quase 40° naquele verão e quase morreu… Apenas pela sorte ele conseguiu sobreviver.

Naquele tempo, seus pais o deixaram com uma pequena quantia em dinheiro, logo depois, eles partiram sem uma palavra de adeus. Eles nunca voltaram para casa, mesmo depois de 2, 3 meses, e ele não conseguia falar com eles pelo celular. Era como se eles tivessem desaparecido sem nenhum traço. Ele pensou que seus pais não o queriam mais. Ele estava alarmado… assustado. Todos os tipos de emoção começaram a o acompanhar e sobrecarregar sua mente. Somado a isso, ele ainda teve aquela alta febre. Essa experiência deixou um profundo trauma em seu coração. Ele ficou tímido, se escondendo da menor brisa. Ele precisou chegar aos 25 para conseguir corrigir esse comportamento.

Somente quando havia crescido que ele descobriu que seus pais não tinham abandonado ele de propósito. Ao invés, eles pegaram dinheiro emprestado com um amigo da família e começaram um minúsculo comércio nas bordas do país. Naquela época, o país precisava urgentemente de um tipo de metal chamado “polonium”; que provou ser um importante recurso estratégico. Seguindo a descoberta das nações sobre a utilização desse metal, eles rapidamente começaram a restringir as exportações e começaram a guardar os recursos. Não se sabe como os pais de Nie Yan foram capazes de achar tal elemento. No final, eles contrabandearam o metal para dentro do país, vendendo para o governo várias vezes mais caro do que eles compravam. Como resultado, eles conseguiram uma grande quantia de dinheiro.

Suas situações naquele tempo eram estressantes. Assim, seus pais não conseguiam contatar Nie Yan pelo telefone. Além disso, seus assuntos eram classificados como segredos militares. Se qualquer informação vazasse, resultaria em morte. Como consequência, o desentendimento de Nie Yan e seus pais chegou s tal ponto. Que levou vários anos após o assunto ter se passado para que seu pai lhe explicasse a verdade, e só assim Nie Yan os perdoou.

Foi naquele ano que seu pai recebeu seu primeiro grande pagamento e usou para abrir uma companhia de fundição. Além disso, ele assinou e completou vários grandes projetos, avançando a reputação da companhia rapidamente. Ele resolveu a situação da família, e como resultado, Nie Yan foi transferido para uma escola de ensino médio na cidade.

“Será possível? Eu realmente voltei para aquele tempo?”

“Eu posso começar tudo de novo?”

A situação emocional de Nie Yan era difícil de ser descrita; felicidade, surpresa e uma apreensão nervosa se misturavam enquanto suas emoções oscilavam por todos os lados. Ele estava ansioso de que tudo que aconteceu com ele, era apenas um sonho.

Nie Yan levantou de sua cama e abriu as cortinas da janela. Os raios de sol eram como fogo, enquanto eles liberavam sua alta temperatura. A sensação de calor vindo do sol provou que isso não era uma ilusão.

Ele olhou para baixo, em baixo do peitoril estavam seus livros-texto arrumados sobre a mesa: teoria mecânica, automação, linguagem, matemática avançada, design de A.I (ou I.A, quer dizer, inteligência artificial), e alguns mais…

Nie Yan abriu algumas páginas. Essas palavras familiares eram como uma corrente. Assim como suas memórias do passado, elas reforçaram suas memórias. Esses livros representavam o jovem que tinha passado. Após alcançar o último ano do ensino médio, ele foi transferido para uma escola de alta qualidade dentro da cidade. Os projetos que seu pai tinha feito funcionaram. Assim, qualquer desejo material que ele possuísse era facilmente obtido. Sua ascensão a filho de um grande empresário rico, fez com que ele se tornasse preguiçoso e inútil. Quando ele se formou no ensino médio, suas notas eram definitivamente menos do que medíocre. Depois, seu pai gastou uma boa quantia em dinheiro para que ele estudasse em uma universidade famosa. Apenas… quando ele graduou na universidade, ele não tinha aprendido absolutamente nada; ele gastou todo dia sentado preguiçosamente.

Quando ele atingiu a idade de 25 anos, os negócios de seu pai começaram a sofrer ataques da “Grupo Financeiro Cao Xu Century”. Várias famílias que eram altamente confiáveis foram subornadas por Cao Xu para traírem o pai de Nie Yan. Assim, sua companhia, sofreu várias perdas em sucessão… Dinheiro, novamente se tornou um problema na família. Seu pai cometeu suicídio devido aos problemas e sua mãe ficou doente devido a tristeza. Ela eventualmente morreu no final. Somente depois de perder os dois pais, Nie Yan começou a progredir em seus estudos, autodidata em vários cursos. Entretanto, já era muito tarde. Ele tinha simplesmente perdido muitas oportunidades.

Cheio de desejo, Nie Yan estava preparado para ter de volta um pouco do que perdeu. Porém, como poderia Cao Xu deixar o filho de seu inimigo voltar à ativa? Com Cao Xu interferindo por trás dos panos, Não tinha nem mesmo uma companhia que se atrevia a contratar ele, deixando ele sem saída. Se não fosse por ele jogar o jogo de realidade virtual chamado Conviction e ganhando uma pequena quantia vendendo itens, ele não seria capaz nem de comer.

Ele não tinha esperanças de derrotar Cao Xu que elevava sua influência pelas sombras. Entretanto, uma presa sem saída pode ser altamente perigosa. Chegando a um impasse, Nie Yan decidiu que levaria Cao Xu junto com ele. O som do tiro desafogava os ressentimentos de Nie Yan.

Seu destino era brilhante e claro, então Cao Xu jamais imaginou que encontraria esse tipo de destino.

Nie Yan acreditava estar morto, assim, ele nunca imaginou que o tempo pregaria uma peça, voltando ele para as férias de verão de seu segundo ano do ensino médio.

E mesmo que ele não pudesse contatar seus pais, ele podia ter certeza que eles ainda estavam vivos – frequentemente, quando ele pensava nisso, lágrimas enchiam seus olhos.

Quando o garoto quis ajudar seus pais, eles já tinham partido… Nenhuma outra pessoa era capaz de entender o amargor e a aflição no coração de Nie Yan.

Os céus deram a ele uma nova oportunidade. Ele jamais vai ficar confuso e agir sem propósito de novo.

Iria levar um pouco mais de 20 dias para que seus pais voltassem, e como eram suas férias de verão, nesse momento, ele só podia ficar em casa.

“Naquele ano… na parte final do semestre durante meu segundo ano do ensino médio, se eu me lembro bem, o lançamento de Conviction, não foi a muito tempo atrás.” Nie Yan se lembrou de inúmeras firmas financeiras estabelecendo presença em Conviction, rapidamente aumentando a popularidade no ano de lançamento. Eles investiram uma enorme quantidade de dinheiro no desenvolvimento do jogo. Foi por causa dessa grande quantidade de investimentos que Conviction se tornou um segundo mundo para a população.

Depois de entrar na escola de alta qualidade que ele foi finalmente conhecer o jogo que seu melhor amigo apresentou, até então, um semestre já tinha se passado. Com isso, muitas pessoas já estavam com níveis elevados. Ele já tinha perdido o melhor momento para começar a evoluir. Então, ele não tinha alternativa senão tentar alcançar eles com todas suas forças.

As velhas fotos do álbum – sua memória – novamente voltaram no tempo, revelando suas cores brilhantes. Os mais inesquecíveis momentos vieram do tempo que ele gastou dentro do jogo. Ele veio a conhecer vários amigos naquele jogo. No calendário da sua vida, era só por causa deles que sua solidão não ficou insuportável.

Antes de assassinar Cao Xu, Nie Yan era certamente um ladrão lvl 180+. Mesmo que não estivesse no topo, ele podia ser vagamente colocado entre os experts.

Nie Yan subitamente se lembrou que tinha um cartão de crédito contendo toda suas economias dentro da gaveta.

“Eu tenho dinheiro o bastante para comprar um capacete de Realidade Virtual!” Nie Yan pensou sozinho. Abrindo a gaveta, ele mexeu em tudo, procurando. No final, ele achou um cartão de crédito prateado no canto da gaveta. Se ele lembrava corretamente, a quantidade de dinheiro presente no cartão era cerca de 2 mil créditos; 1 crédito equivalente a 1 dólar. Esse dinheiro veio de suas economias com roupa e comida nos últimos anos. Antigamente, ele queria comprar o mais avançado modelo X3. Porém, com o tempo necessário para juntar o dinheiro, o modelo já tinha se tornado obsoleto. Naturalmente, ele possuía muito mais dinheiro depois que os negócios do seu pai deram lucro. Graças ao seu pai querer recompensar Nie Yan, ele dava tudo que Nie Yan pedia para ele. Algo que ele queria…? Se pudesse ser comprado, ia chegar.

N.R – X3 é o óculos de VRMMO.

Nie Yan tinha 18 anos, mas possuía uma alma de 28. Tudo tinha começado de novo. De agora em diante, um novo capítulo tinha sido aberto em sua vida. Entretanto, sem o dinheiro suficiente ele não seria capaz de alcançar nada. Então, ele iria começar com o jogo. Usando suas experiências passadas, se tornar um profissional e ganhar um pouco de dinheiro com o jogo era tarefa fácil.

Nie Yan se lembrava de quando os primeiros capacetes para o Conviction foram lançados. Em uma tentativa de fazer vender, os preços eram bem baratos. Tinham três modelos de entrada: Modelo A, B e C. As configurações de cada modelo eram únicas. O Nível de imersão de cada um dos capacetes de realidade virtual variava de 76% – 98%. Uma quantia de mil e trezentos créditos era o bastante para comprar o modelo mais barato. Com a quantidade de dinheiro atual que Nie Yan tinha em seu cartão, era o bastante para ele comprar o modelo mais barato de capacete.

N.R – Pra quem ainda esta em duvida de como é, assista Sword of Art Online.

Ele podia claramente se lembrar de vários itens e coisas do jogo. Se ele começasse de novo, não seria difícil de obter alguns resultados.

Colocando seu cartão de crédito dentro do bolso, ele rapidamente olhou para seu livro de matemática avançada em cima da mesa. Como se Deus tivesse rapidamente mexido no livro, ele balançou um pouco e uma nota de 100 dólares apareceu. Naquele momento, ele se lembrou de várias coisas, e suas memórias começaram a fluir de novo.

Ele lembrou que o primeiro encontro dele com Xie Yao iria ocorrer hoje. Ele tinha pego a nota de 100 dólares e saído de casa para comprar remédio na farmácia.

Xie Yao era a menina que sentava ao seu lado no seu último ano do ensino médio, assim como a garota mais bonita da classe. Novamente ele relembrou dos eventos passados; uma parte da sua vida que ele não conseguia olhar sem causar tremedeiras em seu peito. Depois de quase uma década, Xie Yao e o gênio de sua turma, Liu Rui, se apaixonaram; os dois se mudaram juntos para a lua. Somente depois de ele e Xie Yao se comunicarem várias vezes por telefone que ele descobriu que Xie Yao não estava nem um pouco feliz. Quando os assuntos do passado, no seu último ano do ensino médio eram trazidos à tona, ambos suspiravam profundamente.

N.R – Eu n entendi esse de ir para a Lua, mas deve ser uma metáfora de ir pra longe ou algo assim.

Se ele tivesse tido só um pouco mais de coragem… se ele não fosse tão covarde e inferior frente a Xie Yao. Talvez ele não tivesse perdido sua chance…

Às vezes… algumas decisões seguem para toda a vida; elas se tornam arrependimentos que nunca serão resolvidos.

Naquele tempo, Xie Yao sempre gostou de usar saias brancas. Puras e bonitas, sua aparência permaneceu profundamente gravada no coração de Nie Yan. Esse tipo de lembrança melancólica era como o som de uma flauta tocando na tarde; tranquila e distante no horizonte…

Nie Yan olhou para o relógio, marcando exatamente três horas. “Ainda deve dar tempo.” Ele pegou a nota de 100 dólares, correu escada abaixo e saiu de casa.

Sua família vivia em um distrito suburbano. Era extremamente inanimado. Uma rua gasta que não era nem um pouco larga, enquanto o vento soprava, enchia tudo de poeira. Ao contrário do esperado, várias árvores cresciam nos lados da rua. Sob o ardente calor do sol, elas permaneciam exuberantes e florescendo, fazendo sombra na terra sob elas…

Recebidos por uma tarde quente, nenhum pedestre podia ser visto andando pela rua. Carros eram poucos e distantes… ocasionalmente, um ou dois carros flutuantes podiam ser vistos…

No passado, Nie Yan odiava essa cidade. Porém, depois de reencarnar, já que novamente ele se encontrava nesse lugar sem vida, Nie Yan não sentiu ódio nem desgosto, pelo contrário, sentiu um profundo sentimento de familiaridade. Esse foi o lugar que ele morou quando tinha 18 anos.

Antes de Nie Yan atingir 25 anos, ele era tímido e fraco; não se pode dizer que não era relacionado com a forma com que ele estava vivendo. Ele era só um pequeno garoto de uma pequena cidade cuja família ficou rica, e por causa disso, foi transferido para uma das melhores escolas. Originalmente, durante seus dois primeiros anos de ensino médio, suas notas podiam ser consideradas excepcionais. Entretanto, no final, era exatamente o inverso. Ele era frequentemente ridicularizado por usar roupas bregas. Somando os eventos ocorridos durante o verão, fez com que ele perdesse muito de sua autoestima e deixaram várias inseguranças psicológicas. Quando ele se mudou para um novo lugar, ele já era inseguro e tímido, nunca se encaixando com as pessoas. Se ele não viesse a conhecer vários bons amigos, seria difícil dizer que ele não sofreria de problemas psicológicos.

Entretanto, isso era no passado. Atualmente, ele nunca tinha imaginado que após viver uma vida inteira, ele voltaria para onde tudo começou. Dessa vez, ele prometeu para si mesmo que não iria cometer os mesmos erros de sua vida passada.

Ele correu em direção a farmácia.

As construções ao redor eram todas bem gastas, não tinha o menor sinal de vida… Seguindo a velocidade alarmante da urbanização, as pessoas dessa pequena cidade iriam migrar para as densas populações das cidades grandes. E as áreas das bordas dessas pequenas cidades ficariam cada vez mais desabitadas de acordo com a redução da população. Depois de cem anos, essa área seria demolida e novamente se tornar em campo aberto…

“Aqui é a escola, e do outro lado é o supermercado…” como um cavalo velho que sabe o caminho, Nie Yan observava as construções ao redor com familiaridade. Sua forma de pensar ficava cada vez mais otimista, “Eu voltei, eu realmente voltei!”

No passado, ele sempre sentiu um ressentimento em relação ao seu destino injusto. Porém, agora ele estava agradecido aos céus.

“Eu vou começar tudo de novo! Eu vou fazer certo dessa vez!” Nie Yan estava tentado gritar essas palavras para fora de seus pulmões, liberando as emoções indescritíveis que estavam passando por seu coração.

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo
By | 2017-03-13T19:28:40+00:00 30/08/2016 as 9:36|Novels, Rebirth of the Thief Who Roamed The World|15 Comments

About the Author:

Galdemos
Queria muito um Jindan, Amo One Piece, TDG, FMA e Qualquer novel. Jogador de LoL, Dota e Monster Hunter.
  • Willian Brehme

    Obrigado pelo capítulo

  • Renan Teodoro

    Gostei ! hhehehe vamos ver como vai desenrolar a historia e o que ela vai abordar !

  • PlayerLEL “tHe ZiK’A dO bAgUi”

    esse parece bom

  • o tamanho do cap vai ser assim pros futuros cap ou vai diminuir?

    • Galdemos

      Não, é so nos primeiros caps.

  • Henrique Escórcio

    gostei desse novel… obrigado pelo capitulo da nova obra.

  • FallenGod

    Interessante. Obrigado pelo cap.

  • kaio

    naquela parte de foram pra lua e literalmente eles podem ir pra outros planetas

    • André Felipe

      vlw a explicação, que me deixou duvidas ^^

  • antonio Garcia

    essa parece ser uma boa novel. Obrigada pela tradução.

  • Luciano Sampaio

    gostei da novel obrigado pelo cap.

    ahh quem dera renascer aos meus 18 anos kkkkkk

  • Eduardo Sousa Maia

    Incrivel é que em td a novel que eu venho ler sempre tem o titulo renascido kk

    • kaio

      provavelmente todas são do mad kkk

      • Eduardo Sousa Maia

        Acho que eram… kk

  • as ideias carros voam então ir pra lua nem é tão incomum seila não sei que doidera essa bagui a realidade virtual demoro pra aparecer então

Avada WordPress Themes