Red Storm 7.5

/Red Storm 7.5
Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo

Tradutor: Luis Gimenes | Revisor: Illusia

Livro 1-7.5 A Conspiração (IV)

Era como se ele estivesse dizendo que Pere não deveria tocá-lo. Embora Pere estivesse confuso, sentiu que não deveria tocá-lo e tirou as mãos.

“Você está acordado? Sua condição é realmente ruim assim?”

Pere estava muito preocupado. Isso foi surpreendente, porque era difícil para Yulian ouvir algo de Pere normalmente. Infelizmente, Yulian não conseguiu responder.

Pere se decidiu e acenou com a cabeça enquanto falava.

“Tudo bem. Enquanto você estiver vivo, isso é tudo o que importa. Aguarde um pouco mais. O Oásis Rivolde não está muito longe!”

Era isso que Pere estava contando a Yulian, mas sabia que a estrada para Rivolde ainda era longa.

Não importava quão rápido eles cavalgassem, levaria pelo menos três dias para chegar a Rivolde, o Oasis mais próximo de Pareia.

Ele estava preocupado que Yulian não pudesse durar tanto tempo e ele também estava preocupado porque precisaria atravessar o território de Shuarei para chegar lá. Normalmente, eles usariam a rota do norte, mas não estavam em condição de fazê-lo agora. Eles precisavam tomar a rota mais rápida possível.

Pere começou a forçar o pirma. Ele devia pelo menos viajar enquanto ele estava tentando resolver as coisas. Ele acreditava que Grace logo chegaria com reforços e xamãs, mas também estava preocupado com isso.

Se a maldita Librie chegasse primeiro e começasse a assumir o controle…

Mesmo Pere sabia que, se Yuiian não estivesse lá, o comando cairia para Librie. Além disso, Librie não teria cometido estupidamente esta rebelião sem pensar nas coisas…

Pere estava cheio de preocupações enquanto continuava.

O sol começou a subir, mas a mente de Pere ainda estava o mesmo pesadelo terrível.

O quanto ele deve ter viajado?

O sol estava alto acima de sua cabeça.

‘É cansativo.’

Uma vez que Grace havia preparado o pirma apenas para uma sessão noturna, não havia água no pirma. Pere estava usando suas fortes habilidades mentais para sobreviver ao calor do sol assassino e continuar em frente.

Na verdade, cruzando o deserto sem um turbante e sem água era suicídio. No entanto, Pere não se desesperou.

Ele sabia que seu deus guardião o ajudaria.

Ele tinha fé e acreditava que Neo Latin não o abandonaria, especialmente depois de ter dado uma oração de abstenção de álcool. Pere tinha plena confiança em sua vontade de viver.

Naquele momento, viu uma nuvem de areia na distância.

“Hã?”

Se fosse Grace, deveria vir das costas, não da frente.

Pere agarrou firmemente o punho de sua shamshir.

‘Droga.’

Pere xingou uma vez que descobriu quem estava dentro das nuvem de areia.

Antes que ele pudesse ver as pessoas lá dentro, ele viu a grande bandeira azul e o Shamshir que estava desenhada nela.

Era a Espada do Deserto, a brigada das “Mãos Sangrentas” de Shuarei, Venersis. Quando ele estava correndo para a frente perdido em pensamentos, ele já deveria ter chego no território de Shuarei.

Mesmo que ele tentasse fugir, o pirma estava cansado.

Não era surpreendente.

Ele correu até agora, levando duas pessoas.

“Se eu não tenho um jeito de escapar, devo encontrá-los e deixar tudo sob a vontade dos céus. Tenho certeza de que não vamos morrer.”

Embora conhecesse seus amargos inimigos, Pere sentiu-se surpreendentemente calmo e descansado. Ele tinha uma estranha sensação de que, mesmo que algo ainda mais grave do que isso acontecesse, ele não morreria.

A Espada do Deserto logo cercou Pere e Yulian. Eles pareciam ser cerca de cinquenta pessoas.

Era como se eles estivessem esperando por alguém.

Pere ainda não perdeu sua expressão calma e começou a girar o shamshir em sua mão.

Mas, de repente, sentiu uma pressão esmagadora. Esse vento de pressão rapidamente atacou Pere.

Os olhos de Pere se abriram amplamente enquanto ele avançava em direção ao vento.

Quem ousaria mostrar esse tipo de pressão a ele?

Se ele tivesse que duelar até a morte, ele estava confiante de que se fosse até mesmo seu irmão, ele não perderia.

Pere podia ver um homem de meia idade com a mesma altura aproximando-se lentamente dele em um grande pirma.

Pere virou o corpo para este homem, que ainda estava tentando oprimi-lo enquanto exalava um ar perfurante em sua direção. Então, como se quisesse dizer que ele poderia fazer o mesmo, ele abriu o peito e abaixou seu shamshir na frente dele enquanto olhava para o homem.

O homem pareceu ser surpreendido e lisonjeado por Pere e perguntou.

“Quem é você?”

Havia uma sensação de perigo proveniente de cada uma de suas palavras.

Ele sentia a mesma coisa quando seu pai falava bravo.

No entanto, ele não tinha planos de se enganar.

Pere superou o perigo que sentiu e gritou alto.

“Eu sou o segundo filho do “Olho Benevolente” de Pareia, Baguna Provoke, o “Grande Forte”, Pere Provoke. Quem é o guerreiro que fala comigo?”

O homem assentiu com a cabeça.

Era um nome que ele continuava ouvindo esses dias.

Os dois filhos de Pareia eram extremamente talentosos. O filho mais velho pegou um Dragão das Areias por conta própria e o segundo filho era conhecido como um indivíduo extremamente forte que poderia derrotar qualquer um que enfrentasse.

Se fosse um guerreiro com tanta fama, parecia bom dizer-lhe o nome dele.

O homem respondeu com uma voz silenciosa e poderosa.

“Eu sou Venersis,” Mãos Sangrentas”, da força de Shuarei, a Espada do Deserto.”

CONTINUA…

Capítulo Anterior
Índice
Próximo Capitulo
Contribua com o novo site da Saikai Scan
By | 2017-11-14T10:37:50+00:00 14/11/2017 as 10:37|Red Storm|0 Comments

About the Author:

Luisfsg